BAIXE GRÁTIS NOSSO KIT DE PLANEJAMENTO DE VIAGEM! CLIQUE AQUI!

Turismo em Buenos Aires na Argentina

Olá pessoal, aqui é a Nilce Bueno, trazendo mais um artigo sobre as nossas aventuras de viagens pelo mundo, hoje especialmente para quem está pensando fazer turismo em Buenos Aires na Argentina.

Vamos falar sobre os principais pontos turísticos de Buenos Aires, exemplificar porque esse é um destino que tantos brasileiros adoram conhecer, assim como trazer dicas que só quem esteve na cidade pode trazer.

Por quê visitar Buenos Aires

Mesmo sendo uma grande metrópole, com seus problemas urbanos, Buenos Aires é apaixonante logo à primeira vista, por sua arquitetura charmosa, edifícios imponentes do século 19, vida cultural fervilhante e opções incríveis de restaurantes, parques, lojas, pontos turísticos e entretenimento noturno.

Situada entre os rios Prata e Riachuelo, Buenos Aires é a terra em que nasceu o Papa Francisco, ex-arcebispo da cidade.

Ela é conhecida também como “capital mundial do teatro”, já que possui nada menos que 280 teatros, que mostram desde comédias, circos, musicais e balé.

Mas não é só isso que pode atrair você para fazer turismo em Buenos Aires. Podemos dizer com propriedade que entre os principais motivos estão:

  • Conhecer uma cultura diferente da nossa
  • Experimentar pratos típicos de outro país
  • Praticar o exercício de falar outro idioma (como o espanhol)
  • Viver de fato a experiência de uma viagem internacional
  • Não gastar tanto ou perder grandes horas de deslocamento

>> Saiba mais: Como é o réveillon em Buenos Aires

O El Caminito é passeio obrigatório ao fazer turismo em Buenos Aires
O El Caminito é passeio obrigatório ao fazer turismo em Buenos Aires

QUAL O MELHOR SEGURO DE VIAGEM PARA VOCÊ?










Nossa viagem para Buenos Aires

Minha família e eu desembarcamos o Aeroporto de Ezeiza, em Buenos Aires, no final do inverno, quando a temperatura já era mais quente e as ruas ganhavam o colorido das folhas cor de laranja que caem das árvores, dando início à primavera.

De fato, faz muito frio em Buenos Aires no inverno, até mesmo para quem é acostumado com o frio, como moradores dos estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Se essa fora a sua época do ano para a viagem, vá preparado com agasalhos de frio.

Nós passamos lá apenas 04 dias e mesmo assim pudemos conhecer mais da história e atrativos da maravilhosa capital da Argentina.

Chegamos e fomos nos instalar em nosso hotel, que seria nossa morada pelos próximos 04 dias. Ficamos hospedados no Alvear Art Hotel, de categoria 5 estrelas e localizado ao lado da histórica Plaza San Martín.

Drinks do bar do Alvear Art Hotel
Drinks do bar do Alvear Art Hotel

VAMOS FALAR DE DINHEIRO?

Se precisar de empréstimo para a viagem, existem empresas especialistas em crédito pessoal para ajudar nesse sentido. Para conhecer algumas delas, clique aqui.

Um cartão de crédito internacional ajuda a acumular milhas e evita que você carregue muito dinheiro na viagem aumentando a segurança. Clique aqui para conhecer algumas opções.

Para ter acesso a vários serviços financeiros, gerenciar gastos e pagar boletos durante a viagem você pode criar uma conta digital em sites como esses aqui da lista.

O Alvear Art Hotel foi simplesmente magnifico, com acomodações excelentes e com direito a um coquetel de boas-vindas no bar do hotel. Realmente honrou todas as suas avaliações positivas que encontramos na internet.

O hotel possui uma infraestrutura completa, com spa, bar, café, restaurante, wi-fi, tudo à disposição do hóspede, tudo com muito bom gosto e limpeza impecável. O café da manhã é muito farto e os funcionários extremamente cordiais.

Toda minha família parece que tem um fetiche com restaurantes e cafés. Gostamos de comer bem, conhecer a história de cada restaurante e saborear os pratos tradicionais de cada país e cidade que visitamos. E em Buenos Aires não foi diferente!

>> Leia também: Como foi nossa viagem a Mendoza

Bar do Alvear Art Hotel
Bar do Alvear Art Hotel

COMPARADOR DE SEGURO DE VIAGEM

Um passeio pelo Bairro Recoleta

Assim que deixamos as malas e estávamos prontos para sair pela estrada, fomos logo ao Bairro Recoleta, à procura do café La Biela, um dos cafés mais tradicionais de Buenos Aires, local frequentado por uma lista infinita de pessoas ilustres.

Esquina La Biela em Buenos Aires
Esquina La Biela em Buenos Aires

Na minha opinião, esse café fica na esquina mais charmosa da cidade, com uma vista realmente fascinante. Lá pudemos degustar deliciosos sanduíches, e eu pedi logo um de Jamon e um doce de leite dos deuses!

Sogros da minha filha Flávia no Café La Biela
Sogros da minha filha Flávia no Café La Biela

DICAS PARA A BAGAGEM

Importante conhecer as regras de bagagem antes de viajar para não pagar multa ou ser barrado de entrar no avião. Para conhecer as regras, clique aqui.

Se ainda não tem a mala para a viagem, pode fazer uma consulta e cotação de malas de viagem a partir de sites como esse clicando aqui.

Reserve um espaço nas malas para eventuais compras de roupas, presentes ou produtos típicos do destino.

Aproveitamos que estávamos no Bairro Recoleta e fomos visitar seu famoso cemitério (gostamos muito de visitar cemitérios também), onde estão enterradas celebridades, como Evita Perón, cujo túmulo pudemos conhecer.

Imagine você que o Cemitério da Recoleta conta até com visita guiada, que você pode contratar na hora. Se não quiser, pode optar também por um mapa que pode ser comprado logo na entrada.

Túmulo de Evita Perón em Buenos Aires
Túmulo de Evita Perón em Buenos Aires

Tudo isso se justifica porque alguns túmulos, por serem tão importantes, são vistos como monumentos históricos nacionais da Argentina.

Cemitério do Bairro Recoleta
Cemitério do Bairro Recoleta

Completamos o tour por Recoleta visitando o Centro Cutural Recoleta, a Igreja Nuestra Señora del Pilar e o shopping Buenos Aires Design, onde fizemos compras e pudemos degustar uma deliciosa bebida no Hard Rock Café de Buenos Aires.

Igreja Nossa Senhora do Pilar em Buenos Aires
Igreja Nossa Senhora do Pilar em Buenos Aires

Assistir a um tango é obrigatório!

Visitar Buenos Aires e não assistir a um espetáculo de tango, é igual pedir Romeu e Julieta sem queijo! Praticamente impossível, porque a cidade respira arte.

Tanto que é muito comum ver shows de tango nas praças da cidade, sendo que de fato a melhor opção para um show de tango mais profissional, daqueles que enchem os olhos, assistir a um espetáculo de tango em um espaço próprio.

Muitos desses espaços oferecem inclusive o jantar para acompanhar o passeio. Desfrutamos de um jantar maravilhoso e depois assistimos ao espetáculo argentino com músicas, tango e dança em uma casa de tango que existe desde 1969, chamada de El Viejo Almacen.

>> Leia também: Guia completo de seguro de viagem para a Argentina

Show de tango no Viejo Almacen
Show de tango no Viejo Almacen

O que fazer em Buenos Aires

Vamos ver agora outros lugares da nossa viagem para Buenos Aires que visitamos e recomendamos.

Plaza de Mayo

A Plaza de Mayo é a praça que marca o centro de Buenos Aires, cercada por edifícios belíssimos do século 19, dentre eles a Casa Rosada, o Cabildo e a Catedral Metropolitana, onde o Papa Francisco rezou suas missas por mais de 20 anos.

Além de ser a principal praça da cidade, faz parte da história do país devido às batalhas ali ocorridas. Hoje encontra-se com muitos canteiros arrumados e floridos, que fazem a alegria dos turistas.

Até hoje o local é palco de movimentos e manifestações (muito comum na Argentina), sendo que as mais importantes avenidas da cidade se iniciam ali.

>> Leia também: Dicas de viagem para a Patagônia Argentina

Casa Rosada

A Casa Rosada é sede da presidência da Argentina e chama a atenção por sua arquitetura, e por ser inteirinha pintada de rosa, cor evidenciada ainda mais durante a noite, por iluminação especial na fachada.

Por sinal, a Casa Rosada é ainda mais linda por dentro do que por fora. Isso você pode conferir agendando uma visita para visita-la, pois embora o local seja usado durante toda semana para reuniões do presidente com políticos, aos sábados, domingos e feriados o local é aberto aos turistas, para visitas guiadas.

É uma oportunidade incrível para conhecer a história da Argentina, como funciona o governo e outras curiosidades a respeito, como hábitos do presidente e atividades do edifício.

DICA: Sugerimos agendar a visita guiada com pelo menos 15 dias de antecedência no site da Casa Rodada, que você acessa clicando AQUI.

>>  Leia também: Um passeio pela Calle Florida em Buenos Aires

Vista da Casa Rosada iluminada à noite
Vista da Casa Rosada iluminada à noite

El Caminito

O El Caminito é uma rua que é também museu, localizada no bairro La Boca. Devido ao seu grande valor cultural e artístico, é muito procurada pelos turistas, e serviu até de inspiração para Juan de Dios Filiberto, que compôs a música do tango Caminito em sua homenagem.

Artistas de rua no El Caminito
Artistas de rua no El Caminito

Recheada de casas coloridas que abrigam restaurantes e grande variedade de lojinhas, essa rua-museu é mesmo uma loucura para os turistas na aquisição de presentes e lembranças.

Os turistas misturam-se em meio aos dançarinos de tango que sempre estão por ali, solícitos para tirarem algumas fotos.

DICA: Quando visitar a rua Caminito, restrinja-se a ela e a outras ruas movimentadas das regiões, pois o bairro tem fama de ser perigoso.

Você encontra tango em vários lugares na Argentina, inclusive no El Caminito
Você encontra tango em vários lugares na Argentina, inclusive no El Caminito

Obelisco de Buenos Aires

Com mais de 60 metros de altura, o obelisco de Buenos Aires é o maior emblema da cidade e de seus habitantes, localizado na confluência da avenida 9 de julho, uma das mais largas avenidas do mundo e a Avenida Corrientes, um ponto cultural muito visitado.

É uma obra do arquiteto Alberto Prebisch e foi inaugurado em 1936, em comemoração ao quarto centenário de Buenos Aires, em sua primeira fundação.

A bandeira nacional da cidade foi hasteada pela primeira vez nesse local. Ao todo são 206 degraus que levam ao topo do Obelisco, onde existe um mirante com quatro janelas.

DICA: Quando for a Buenos Aires, consulte nas agências de turismo argentinas se o Obelisco está aberto para visitas guiadas. Isso ocorre ocasionalmente e é uma oportunidade imperdível.

>> Leia também: Dicas de viagem para Bariloche na Argentina

Teatro Colón

Essa casa de ópera conta com 2.500 lugares e é considerada a terceira melhor casa de ópera do mundo. Foi inaugurada em 1908, após 20 anos de obras, com a ópera de Giuseppe Verdi, Aída.

Sua qualidade arquitetônica e artística é comparada à Ópera de Paris e ao Scala de Milão, ao Metropolitan de Nova York, à Ópera de Viena e ao Covent Garden de Londres.

Se não conseguir agendar-se para um espetáculo no Teatro Colón, agende-se para uma visita guiada, pois só conhecer a riqueza de sua infraestrutura interna já é um passeio deslumbrante.

O Salão Dourado, utilizado antigamente para a socialização da burguesia argentina, é uma coisa louca de ser ver, bem como o fosso para a orquestra que comporta até 120 músicos, camarotes com detalhes dourados, os inúmeros assentos todos revestidos de vermelho, seus vitrais coloridos e obras de arte, onde tudo fascina.

Para fazer visita guiada, acesse o site do teatro clicando AQUI.

>> Leia também: Opinião do Fernando sobre sua viagem a Buenos Aires

Museu de Arte Latinoamericana – MALBA

Localizado no bairro de Palermo, o Museu MALBA atrai os turistas, principalmente por sua coleção de arte latino-americana da Fundação Costantini, que reúne cerca de 400 obras, dentre elas pintura, gravações, fotografias objetos e esculturas.

Embora pequeno, o museu é um dos mais interessantes da cidade. Bem iluminado e aconchegante, nele você pode ver obras de artistas famosos como Frida Kahlo, Antonio Berni, Roberto Matta, Jorge de La Veja, Diego Rivera, Pedro Figari e Tarsila do Amaral, dentre outros. Momentos mágicos que você não pode perder!

DICA: os ingressos para os museus de Buenos Aires são vendidos com 50% de desconto todas as quartas-feiras.

>> Leia também: Como é o Museu Malba de Buenos Aires

Museu Nacional de Belas Artes

Com sede em Buenos Aires e na cidade de Neuquén, o Museu Nacional oferece 34 salas de exibição, contendo biblioteca especializada em arte com 150 mil volumes, que funcionam no térreo, primeiro e segundo andar.

O primeiro andar ainda conta com um auditório com 320 metros quadrados, voltado a atividades artísticas. O museu é curador de 12.713 obras, mas nem todas estão expostas

Grandes autores reconhecidos mundialmente estão ali representados por suas obras, dentre eles Morandi, Renoir, Rubens, El Greco, Rodin, Marc Chagall e Rembrandt. O Museu conta também com obras de pintores e escultores argentinos, como Juan Carlos Castagnino, Fernando Fader, Cándido López, Marc Chagall e Rodin, dentre outros.

>> Leia também: Como é o Hotel Panamericano de Buenos Aires

Puerto Madero

É linda a área restaurada do cais de Puerto Madero. Passeamos pelas trilhas que circulam os lagos existentes caminhando até o rio. Essa área faz parte da Reserva Ecológica Costanera Sur.

Cruzamos com atletas que utilizam as trilhas para treinamentos, e também com espécies da vida selvagem local, como aves, répteis e mamíferos, em meio à vegetação nativa.

Passamos pela Puente de la Mujer, que atravessa o cais, nos fartando com a beleza dos cenários oferecidos para qualquer lado que olhássemos.

É claro que fomos conhecer as sofisticadas churrascarias instaladas nos prédios edificados com tijolos vermelhos, algo único de se ver.

O local comporta, ainda, sofisticados arranha-céus, onde funcionam apartamentos de alto padrão e também empresas multinacionais.

Caminhada no Puerto Madero
Caminhada no Puerto Madero

La Bombonera

É o estádio do Club Atlético Boca Juniors, oficialmente Estádio Alberto José Armando, que anteriormente levava o nome de Estádio Camilo Cichero.

A magia começa quando você chega próximo ao estádio e dá de cara com murais pintados em suas paredes pelos artistas Rômulo Macció e Pérez Celis, sem falar na obra lindíssima de Benito Quinquela Martin, que se encontra no saguão de entrada do Estádio.

Com capacidade para 52.000 espectadores, o Boca Juniors tem a estrutura em forma de ferradura e impressiona também por suas arquibancadas, tão próximas do campo, que assistir ali uma partida de futebol é uma experiência impactante.

Tudo isso reforçado pela paixão que toma conta do local e contagia, fazendo-o pular, cantar, gritar, e até abraçar os que estão à sua volta! Dizem até que essa experiência fica em primeiro lugar dentre os 50 espetáculos esportivos que você deve ver antes de morrer.

Entrada do Estádio La Bombonera
Entrada do Estádio La Bombonera

Museo de La Pasion Boquense

Um tour pelo Museo de La Pasion Boquense, no La Bombonera, é realmente imperdível.

Os turistas podem conhece-lo por meio de visita guiada e, por meio de exposições divertidas em áreas temáticas, conhecer em detalhes a história do clube durante mais de 100 anos.

Esta foi, realmente, um lugar incrível de nossa visita a Buenos Aires! Para saber mais sobre o Museo, clique AQUI.

>> Leia também: Vale a pena fazer compras em Buenos Aires?

Museu La Pasion Boquense
Museu La Pasion Boquense

Livraria El Ateneu Grand Splendid

Visitamos com muito entusiasmo uma livraria que é lindíssima e vale cada segundo do seu tempo. A livraria El Ateneo, considerada a livraria mais linda do mundo.

Vista da famosa Livraria El Ateneo
Vista da famosa Livraria El Ateneo

Ela ocupa um espaço que já foi um teatro e converteram para a livraria. Além de livros, CDs, DVDs, a famosa livraria conta com uma cafeteria que é um verdadeiro espetáculo. Desfrutamos bons momentos ali.

Essa é a cafeteria da Livraria El Ateneo
Essa é a cafeteria da Livraria El Ateneo

É lógico que como jornalista, escritora e apreciadora de livros que sou, “uma a verdadeira traça”, tive que perder algumas horinhas neste mundo maravilhoso de cultura e sair de lá com alguns livros…

Compras na Livraria El Ateneo
Compras na Livraria El Ateneo

Gastronomia de Buenos Aires

Buenos Aires tem como base em sua gastronomia muitas refeições com carne de gado, no qual eles fazem o seu tradicional churrasco ou parrillada argentina.

Tendas de rua no Caminito

Coma um choripan no bairro Caminito e tome um drink, já que comida de rua é legal e também ajuda na questão de tempo durante a viagem.

Tendas de rua no El Caminito
Tendas de rua no El Caminito

El Mirasol de La Recova

Se for à Argentina, coma carne Argentina! El Mirasol é um surpreendente restaurante de carnes argentinas. Escolha seu corte preferido e delicie-se! Não se esqueça de fazer reserva antecipada. Saiba mais sobre El Mirasol clicando AQUI.

Restaurante Elena

Esse restaurante é imperdível! Fica dentro do Hotel Four Seasons. Para saber mais sobre o restaurante, clique AQUI.

Gastronomia de Buenos Aires no Restaurante Elena
Gastronomia de Buenos Aires no Restaurante Elena

Finalizando

Como você viu ao longo do texto, Buenos Aires oferece inúmeras atrações para encantar os turistas que decidem visita-la ao invés outros destinos turísticos pelo mundo.

Trouxemos aqui a nossa experiência de viagem e os passeios que mais gostamos, sempre com dicas para ajudar você do início ao fim da viagem.

Importante também lembrar do seguro de viagem para Buenos Aires para que você esteja coberto caso venha a ficar doente ou acontecer algum acidente.

Agora queremos ouvir a sua opinião. Quais dos pontos turísticos de Buenos Aires você ficou com vontade de conhecer primeiro? Deixe abaixo o seu comentário!

Abraço e até o próximo post!

Nilce Bueno
Nilce Bueno

Nilce Bueno teve experiências incríveis de viagem quando visitou a Europa e América do Sul e vem compartilhando suas histórias e experiências aqui no blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat