O que você está procurando?

GRÁTIS! KIT DE PLANEJAMENTO DE VIAGEM! CLIQUE AQUI!

Viagem internacional

Quando eu fiz minha primeira viagem internacional na viagem a Cancún no México me deparei com uma série de informações que precisava conhecer antes de me aventurar em sair do país. Por isso gostaria de relatar aqui minha experiência de tudo que passei e precisei buscar de informações para realizar a viagem.

O que você vai encontrar nesse artigo:

  • Informações sobre passaporte
  • Informações sobre visto de viagem
  • Informações sobre a língua e idioma local
  • Informações sobre as leis, costumes e cultura local
  • Informações sobre o fuso horário e jet lag
  • Informações sobre telefonia no exterior
  • Informações sobre seguro de viagem
  • Informações sobre medidas e distâncias internacionais
  • Informações sobre câmbio e moeda local
  • Informações sobre aluguel de carro e carteira de motorista
  • Informações sobre malas de viagem
  • Informações sobre gorjetas
  • Informações sobre hospedagem

Como começou minha viagem internacional

Informações sobre passaporte

Tudo começou com a necessidade de criar o passaporte, o documento principal de um turista que vai viajar internacionalmente, visto que esse é seu principal documento de identificação. A pessoa deve proteger e andar com o passaporte na viagem em todo o momento e ter cópias físicas (xerox) guardadas na mala e cópias digitais (fotos em e-mail ou na nuvem) caso aconteça algum roubo ou extravio. Para quem já tem o documento precisa ver se ele está em dia e renovar ele a cada 10 anos. Se precisar de dicas para renovar o passaporte é ver nosso post como renovar passaporte.

Informações sobre visto de viagem

Outra necessidade da primeira viagem internacional foi a criação do visto de viagem para o país que fui visitar (no caso o México), pois de acordo com alguns acordos entre os países pode ser necessário ou não requerer o visto de viagem. Nos acordos atuais entre os países, o México não exige mais visto mexicano para os brasileiros. Porém muitos países ainda exigem, como é o caso dos Estados Unidos e você precisa tirar o visto americano. É importante você ver se o país em questão exige o visto.

Informações sobre a língua e idioma local

Havia também a preocupação de como conversar fora do país conhecendo a língua e o idioma local. Na época conhecia somente o básico do inglês e do espanhol e poderia me complicar se não soubesse falar pelo menos alguma coisa, principalmente nos aeroportos. Fiz um curso básico online e preparei o celular com o Google Tradutor para ajudar nos momentos mais difíceis. Nesse artigo você aprende frases comuns em inglês para se virar no aeroporto.

Informações sobre as leis, costumes e cultura local

Depois comecei a pesquisar sobre os costumes e a cultura local para não marcar bobeira ou cometer alguma gafe. Às vezes a gente pode se meter em furadas por achar que os mesmos costumes daqui são os costumes lá fora. Por sorte, os costumes mexicanos eram muito parecidos com os costumes brasileiros. Agora se você viajar para a África, Oriente Médio ou Ásia, com certeza vai sentir uma diferença cultural muito maior. Importante também ficar atento às leis de cada país. Alguns países por exemplo não permitem beber em público, algo muito comum por aqui.

Informações sobre o fuso horário e jet lag

Também comecei a pesquisar sobre como funcionam os fusos horários e a diferença de horas com relação ao Brasil. Caso eu precisasse me comunicar com alguém aqui do país precisava saber o melhor horário. Além disso, o viajante precisa se preocupar com o jet lag, que é quando o viajante sente a diferença de horários para dormir e ficar acordado até se adaptar no país da viagem. Quanto maior o fuso horário, maior o jet lag. Em Cancun, a diferença foi de 2 horas, então senti muito pouco a diferença, mas na hora de conversar com os parentes e amigos do Brasil foi possível sentir a diferença.

Informações sobre telefonia no exterior

E por falar em se comunicar, outro ponto importante foi pesquisar sobre como telefonar e receber ligações de um país para outro conhecendo os códigos de telefone DDD e códigos de telefone DDI. E como funcionariam os celulares fora do país. No meu caso, sabia que o meu não funcionaria, porque não tinha plano de roaming internacional habilitado, mas há planos de telefone que permitem ligações internacionais e enviam até SMS (porém os olhos da cara). A melhor solução hoje em dia é ligar via Whatsapp e para isso você precisa de um chip internacional com plano de dados habilitado. Existem várias empresas que oferecem o serviço e a nossa dica é comprar o chip internacional da América Chip. Eles entregam o chip em casa antes da viagem e dão todo o suporte necessário independente o país da viagem. O cupom VIDADETURISTA também oferece 5% de desconto na compra para os nossos leitores.

Informações sobre seguro de viagem

Algo também que me surpreendeu na primeira viagem internacional foi a importância de ter um seguro de viagens, já que numa viagem fora do país o seguro de viagem faz toda a diferença caso você venha a se machucar ou ficar doente. Ninguém viaja pensando que algo ruim venha a acontecer, mas se vier a acontecer o viajante estará segurado com um valor que cubra qualquer despesa, principalmente porque os custos de remédios, consultas e despesas médicas são altas lá fora. Um site que oferece planos com várias coberturas e bons preços é a Seguros Promo e vale a pena a consulta. O cupom VIDADETURISTA5 oferece 5% de desconto na compra para os nossos leitores.

Informações sobre medidas e distâncias internacionais

Entender como são as diferentes medidas de distância, medidas de pesos, medidas de líquido, tamanhos de calçados e tamanhos de roupas pode fazer com que você se localize melhor no país visitado e também compre produtos sem ser enganado em sua viagem internacional. Foi comum lá no México ver informações de distância escritas nas placas em milhas (porque eles recebem muitos turistas americanos). Em outros países você vai se deparar com outras situações particulares daquele país.

Informações sobre câmbio e moeda local

E se for comprar algo, conhecer a moeda e o dinheiro local, assim como as formas de pagamento do país que se vai visitar também é necessário, além de conhecer como funciona o câmbio para a troca da moeda e outras coisas mais. Na minha primeira viagem internacional meu cartão de crédito internacional não funcionou fora do Brasil, mesmo eu tendo habilitando no banco. O que fazer nesse caso? Você precisa ter em mãos um número de SAC do banco para entrar em contato com eles e também ter outros meios de pagamento além do cartão para não passar sufoco, como dinheiro físico, cartão pré-pago de viagem, entre outros recursos que as casas de câmbio podem oferecer.

Viagem internacional
Viagem internacional

Informações sobre aluguel de carro e carteira de motorista

E para se locomover dentro do país visitado, como fazer? Logo ao chegar no aeroporto de Cancun eu me deparei com uma série de situações: pessoas entrando em contato oferecendo transfer, táxis, motoristas particulares e empresas de aluguel de carros. Transfer é quem leva os passageiros do aeroporto para o hotel em vans.

Muitas vezes as agências de viagem já vendem o transfer para você se sentir mais confortável, porém pode se tornar mais caro e fazer você perder mais tempo. A dica hoje em dia é se locomover com aplicativos como Uber quando os destinos da sua viagem ficam perto um dos outros.

Porém caso você queira ter mais liberdade para viajar em destinos mais longos a dica é o aluguel de carros. Um dos locais que sempre utilizo para consultar o aluguel de carros é a Rentcars, já que eles centralizam a consulta em um único lugar com várias locadoras.

A sua carteira de habilitação tem validade em vários países, porém alguns países exigem o PID (Permissão Internacional para Dirigir) que você pode tirar no Detran mais próximo da sua casa. Fique atento a essa documentação também e nos prazos (geralmente até 10 dias de antecedência) para emitir o documento.

Informações sobre malas de viagem

Quando viajei para o México fiquei 7 dias fora e você precisa planejar as malas pensando exatamente em todos os dias que você tiver na viagem. Pense exatamente o que você vai fazer e separe mudas de roupas para cada dia de viagem. Não exagere nas roupas. Você só vai ter uma mala pesada para ficar carregando e voltar para casa com várias roupas para lavar e passar sem nem ao menos ter usado. Algumas dicas para arrumar as malas para a viagem você encontra nesse nosso artigo sobre como arrumar malas de viagem.

Informações sobre gorjetas

Aqui no Brasil não temos o costume de dar gorjetas pelos serviços prestados. Porém em vários países as gorjetas representam o salário das pessoas e o agradecimento pelo serviço prestado. Não dar gorjetas significa que você não gostou do serviço. Por isso você precisa deixar sempre separado algumas moedas e notas de dinheiro para dar aos garçons, atendentes, camareiras, entre outros. Na primeira viagem internacional no México eu esqueci de dar a gorjeta pelo serviço prestado e a pessoa reclamou (com razão, o serviço tinha sido impecável). Me senti mal por isso e comecei a prestar mais atenção nesse sentido.

Informações sobre hospedagem

Você tem vários meios de hospedagem ao viajar para fora do país, como hotéis, pousadas, resorts e hoje em dia até mesmo no aluguel de casas e quartos pelo AirBnb. Importante você ver se a hospedagem oferece estacionamento gratuito, se o café está incluído na diária, e quais outros serviços são oferecidos. Uma boa dica dos resorts é contratar o serviço de all inclusive, no qual você não se preocupa com nenhuma alimentação ou bebida durante a estadia, além de ter serviços de recreação que divertem adultos e crianças. Faça a escolha de um lugar que fique próximo às atrações turísticas para economizar tempo e dinheiro (principalmente no deslocamento). Para encontrar boas hospedagens o Booking traz uma lista inteira de hotéis, pousadas ou resorts além de mostrar aqueles que estão com desconto no momento.

Finalizando

É muita informação, não é verdade? Mas posso afirmar com toda a certeza que o esforço e aprendizado de uma viagem internacional compensa. Você volta com uma visão de mundo muito mais abrangente e cheio de histórias para contar. Além de dar muito mais valor ao seu país e seus amigos e familiares quando está lá fora e volta para casa. É uma experiência que todos precisam fazer pelo menos uma vez na vida. Depois você só vai se deparar e pensar quando e para qual país será sua próxima viagem internacional.

Por isso, quando você for realizar uma viagem para fora do país, fique atento a todas essas importantes informações para você poder realizar uma boa viagem e não se surpreender com nada. Não deixe de baixar o nosso kit de planejamento de viagem que traz um check-list completo do que você precisa levar para a viagem e também um planejador de roteiro e planejador de gastos com a viagem.

E você, já foi viajar para fora do país? Passou por todas essas etapas na sua viagem internacional?

Abraço e até o próximo post!

SUA VIAGEM COMEÇA AQUI!

  • Se quiser viajar para o paraíso, o Zarpo tem os melhores pacotes de viagem em resorts e hotéis de tirar o fôlego.
  • Para encontrar a passagem aérea com o menor preço do mercado, não deixe de consultar o site do Kayak que consulta os preços em várias companhias aéreas!
  • Reserve diárias de hotel no mundo inteiro de maneira prática e segura no Booking.com, com opção de cancelamento grátis e sem precisar pagar antecipadamente!
  • Precisa de aluguel de carro? Na RentCars o pagamento é feito em reais, sem cobrança de IOF parcelado sem juros no cartão ou com 5% de desconto no boleto.
  • E não esqueça do seguro viagem. Na Seguros Promo você usa o cupom VIDADETURISTA5 e ganha desconto de 5% na compra.
  • Para os passeios, ingressos para tours, shows e entradas em museus você pode contar com a WePlann em vários lugares do mundo.
  • Com o cupom VIDADETURISTA da América Chip você ganha 5% de desconto na compra de um chip internacional para viajar conectado o tempo todo.

Ao fazer uma compra com um parceiro através do blog recebemos uma pequena comissão. Ninguém paga a mais por isso e de quebra ajuda o blog a trazer sempre artigos e novidades atualizadas. Obrigado! =)

GOSTOU? COMPARTILHE!

Thiago Cesar Busarello

Thiago Busarello é autor e criador do Vida de Turista, no qual adora viajar e falar do assunto de turismo e viagens, compartilhando dicas e informações de viagens com os leitores.

16 comentários em “Viagem internacional

  • Pingback:Post de final de ano 2009 | Vida de Turista

  • Pingback:Duty Free Shop | Vida de Turista

  • 04/10/2011 em 13:30
    Permalink

    Minha primeira viagem internacional e primeira de avião também…passei por várias etapas…passaporte, verificar moeda do país a ser visitado, telefone e endereço da embaixada do Brasil, algumas frases básicas em português e francês, dicionário português/francês na bolsa…muita confiança em mim e na família que me acolheu por 30 dias na cidade de FES. Vi maravilhas da natureza e pessoas especiais que me fizeram sentir como uma princesa, num lugar tão distante e com uma cultura tão diferente da minha.

    Resposta
  • 04/10/2011 em 13:36
    Permalink

    Duty Free em Paris no aeroporto Charles De Gaulle é enorme ( comprei perfumes para minha nora e filha)…permaneci por 18 h esperando o voo para o Brasil. Lamentável porque retornei desta viagem desidratada, com febre…consegui me comunicar com um agente da área internacional e fui até a Farmácia onde pude ser atentida e comprar medicamentos necessários para prosseguir a viagem.

    Resposta
  • 25/11/2011 em 00:38
    Permalink

    Olá Inês,
    E como é ótimo vivenciar essas etapas não é verdade? Faz parte da viagem. Tem toda a expectativa do antes, durante e o depois.
    Recomendo a todos se puderem um dia realizar uma viagem para fora do país. Vale a pena.
    Abraço,
    Thiago

    Resposta
  • 07/05/2012 em 14:42
    Permalink

    Olá, gostava de saber como posso fazer para trocar uma nota de 500.000,00 liras turcas sem sair do meu pais e possível? O meu país é Portugal.

    Resposta
    • 29/08/2013 em 22:38
      Permalink

      Olá Renato, é possível sim. Nesse caso, a melhor opção é procurar uma casa de câmbio mais próxima. Os bancos do país também podem ajudar, mas nesse caso, as taxas são mais altas.

      Resposta
  • Pingback:Post de final de ano 2009

  • Pingback:Bem-vindo 2013!

  • Pingback:Entrevista da semana| Vida de Turista | ABBV | Associação Brasileira de Blogs de Viagem

  • Pingback:Fazenda 23 de Março - Pantanal - MS - Muitas histórias pantaneiras!

  • 08/10/2016 em 13:04
    Permalink

    Tentei baixar o tal kit de planejamento de viagem diversas vezes e não deu.

    Resposta
  • 15/02/2019 em 18:11
    Permalink

    Gostei do artigo. Eu sempre reservo o hotel pelo Booking.com e a assistência ao viajante eu contrato com a empresa Seguros Promo. Tem preços muito econômicos. Recomendo sempre viajar. Eu sempre estou planejando.

    Resposta
    • 23/02/2019 em 19:40
      Permalink

      Bacana Valentina, esses são mesmos os nossos principais parceiros na reserva de hotéis e seguro de viagem. Será que você está acompanhando as nossas dicas? =)

      Resposta
  • Pingback:Seguro de viagem | Tribo Seguros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
1
Olá 👋
Podemos te ajudar?
Powered by