BAIXE GRÁTIS NOSSO KIT DE PLANEJAMENTO DE VIAGEM! CLIQUE AQUI!

Visto de estudante para o Canadá: Como solicitar?

QUAL O MELHOR SEGURO DE VIAGEM PARA VOCÊ?










Pretende estudar no Canadá e quer uma boa notícia? Saiba que mais da metade dos pedidos de visto é aprovada depois de seguir um criterioso processo.

Para ajudar nessa conquista, mostraremos nesse artigo como passar tranquilamente por todas as etapas de solicitação de visto para estudar no Canadá.

Separamos todos os passos do que você precisa saber para dar a entrada do visto, as etapas durante o processo e também acompanhar seu pedido após solicitação.

Se tudo ocorrer dentro do planejado, é possível tirar o visto em umas duas semanas.

O que é visto e quais tipos de visto existem no Canadá?

Visto é o documento que assegura ao cidadão de fora do país a permanecer no Canadá com autorização do governo canadense. 

Somente com esse documento é que você poderá ficar no país de maneira legal.

Em resumo, os tipos de visto que existem são:

  • Visto de turismo
  • Visto de trânsito normal
  • Visto de estudo
  • Visto de trabalho
  • Visto de residência
Toronto é uma cidade que possui várias boas universidades
Toronto é uma cidade que possui várias boas universidades

COMPARADOR DE SEGURO DE VIAGEM

O que é o visto de estudante para o Canadá?

O visto de estudante para o Canadá é aquele que assegura os estudos em terras canadenses, sejam eles para o estudo de ensino básico no Canadá, ensino médio no Canadá ou faculdades canadenses.

O mais comum é as pessoas buscarem um visto de estudante para o Canadá para ingresso em universidades.

Dentro da categoria de visto de estudante no Canadá existem 2 divisões:

  • Visto de visitante (TRV) ou visto de turista: útil principalmente para cursos livre, de curta duração, com duração de no máximo 6 meses.
  • Visto de permissão de estudos ou visto de estudante: para permanências superiores a 6 meses, quando se quer fazer, por exemplo, uma graduação completa em uma universidade do Canadá.

Eles também classificam os tipos de curso da seguinte maneira:

  • Colleges: são cursos mais curtos e voltados ao mercado de trabalho, com certificados e diplomas.
  • Universities: esse tipo de estudo conta com programas longos e voltados para a área de pesquisa e variam entre dois e quatro anos.

A escolha de qual visto escolher vai depender dos seus objetivos e o que você está procurando.

Nesse artigo vamos tratar principalmente sobre o tipo de visto de estudante para universidades.

Leia também: As 7 melhores agências de intercâmbio brasileiras

7 passos para solicitar o visto de estudante para o Canadá

Em resumo, é necessário você cumprir ao menos as seguintes 7 etapas para realizar um curso de universidade no Canadá:

  1. Escolher um curso/universidade
  2. Solicitar a aprovação para realizar o curso
  3. Preparar a documentação
  4. Enviar a documentação para o consulado
  5. Fazer a entrevista presencial
  6. Retirar o visto com o deferimento
  7. Reservar a viagem

Confira em detalhes cada um destes 7 passos, para ajudar você nesse processo:

1. Escolha do curso/universidade

Existem várias universidades conceituadas no Canadá, sejam elas em Vancouver, Montreal, Ottawa, Toronto, Québec, ou qualquer outra grande cidade canadense.

Para ajudar na escolha, trouxemos uma lista de 7 principais instituições de ensino do Canadá que apareceram no ranking 2020 da QS World University Rankings:

  • University of Toronto
  • McGill University
  • University of British Columbia
  • University of Alberta
  • Université de Montreal
  • McMaster University
  • University of Waterloo

Cada instituição de ensino tem sua história e suas particularidades. Sugiro entrar no site de cada uma, fazer uma pesquisa mais aprofundada e somente então tomar a decisão por cada uma delas.

Assim como fique à vontade para encontrar outras universidades canadenses que não estão na lista.

>> Leia também: Dicas para as férias de julho no Canadá

Ottawa também é uma boa escolha de cidade universitária
Ottawa também é uma boa escolha de cidade universitária

2. Solicitar a aprovação para realizar o curso

Após a escolha da universidade, o próximo passo é entrar no site de cada uma delas, pesquisar os cursos que elas oferecem, identificar os cursos pretendidos por você e então entrar em contato com a universidade.

O objetivo é conseguir uma Letter of Acceptance (LOA) de uma das Designated Learning Institution (DLI) dessa lista com o aceite da universidade para você ingressar nela e iniciar seus estudos. É a partir dela que você pode dar sequência no processo do visto de estudante.

Cada universidade adota seus próprios critérios e métodos de aplicação, sendo que cada uma também vai fornecer informações como:

  • Custo de aplicação
  • Taxas
  • Seguro de saúde
  • Custo de vida no Canadá
  • Testes de idioma

Preencha as informações solicitadas da universidade e se ela aceitar vai enviar a você a Letter of Acceptance (LOA).

Algumas regiões do Canadá podem solicitar autorizações adicionais, como é o caso da província de Québec.

A província de Québec exige uma Québec Acceptance Certificate (CAQ) emitida pelo Ministère de l’Immigration, Diversité et Inclusion (MIDI) e que pode ser solicitada por esse link.

“O ideal é que você faça todo esse processo com antecedência, sendo o recomendado de 3 a 4 meses antes de iniciar o programa de estudos escolhido daquela universidade.”

>> Leia também: Como é o réveillon no Canadá

3. Preparar a documentação

Após a escolha do curso, da universidade e a aceitação da faculdade para fazer o curso com eles, seja através de bolsa ou pagando pelos estudos, o próximo passo é saber quais são os documentos obrigatórios para tirar o visto de estudante.

Segundo o site do governo canadense são eles:

  • Documentos de aceitação
  • Documentos de identificação
  • Documentos financeiros
  • Outros documentos eventuais
  • Documentos médicos

Documentos de aceitação

Aqui são os documentos de aceitação da instituição de ensino ou da província onde você vai realizar os estudos:

  • Letter of Acceptance
  • Québec Acceptance Certificate (CAQ)

Documentos de identificação

São os seus documentos de identificação principais, tal qual como no Brasil:

  • Passaporte válido;
  • Documentação e formulários solicitados pelo Consulado preenchidos (Residente Temporário e Questionário de Informações Adicionais);
  • 2 fotos 3×5 recentes coloridas, com fundo branco, sem óculos;
  • Dados biométricos;

Documentos financeiros

Esses são alguns dos documentos mais importantes, para provar que você possui fundos financeiros para arcar com os estudos e o seu sustento no Canadá:

  • Conta bancária do Canadá no seu nome se você transferiu dinheiro para o Canadá;
  • Guaranteed Investment Certificate (GIC) de um banco do Canadá;
  • Eventuais empréstimos bancários para estudante fornecidos por um banco;
  • Pagamento das taxas;
  • Documentos que provem que irá se manter financeiramente no país (comprovação da quantia para financiar seus estudos, alimentação etc), conta de banco canadense em seu nome, prova de empréstimo educacional por um banco, assim como suas passagens de retorno ao Brasil;

Outros documentos eventuais

Esses são os documentos que ajudam e colaboram para você ter a aceitação de emissão do visto de estudante canadense:

  • Prova de vínculos com o país de origem;
  • Autorização dos pais, caso o estudante seja menor de idade;
  • Comprovante de renda do patrocinador (última declaração do Imposto de Renda, extrato bancários dos últimos três meses e holerites);
  • Documentos do patrocinador da viagem;
  • Comprovante de escolaridade;
  • Teste de elegibilidade (triagem para quem opta pelo processo online);
  • Registro de antecedentes criminais.

Documentos médicos

Também podem ser solicitados exames médicos e realizados por uma rede credenciada. Caso isso acontecer com você, faça o seguinte:

  • Leve óculos ou lentes de contato;
  • Relatórios médicos;
  • Resultados de exames;
  • Lista atual de medicações que toma;
  • Formulário Medical Report (IMM1017E) que será enviado pelo governo do Canadá;
  • Carteira de vacinação em dia.

>> Leia também: Planejamento de viagem para as montanhas rochosas do Canadá

Como tirar o visto de estudante
Como tirar o visto de estudante

4. Enviar a documentação para o consulado

A Embaixada do Canadá ou um dos consulados do Canadá tratam-se dos locais onde o estudante faz visita para dar a entrevista e entregar a documentação para tirar o visto de estudante canadense, além de proceder com os trâmites antes da sua viagem ao Canadá.

Os consulados estão localizados em São Paulo e no Rio de Janeiro e a embaixada fica localizada em Brasília.

Em Belo Horizonte, também fica um consulado honorário para tratar de questões consulares e de cidadania, sendo que ele é subordinado a um consulado geral, mas não faz entrevistas ou emissão de vistos.

Ainda existem os escritórios comerciais do Canadá localizados em Belo Horizonte, Porto Alegre e Recife, porém esses não fazem a emissão de vistos.

Os consulados canadenses e embaixada do Canadá que tratam da emissão de vistos ficam localizados nos seguintes endereços:

  • São Paulo: Avenida das Nações Unidas, 12901, 16º Andar, Torre Norte, CEP 04578-000, CEP 70410-900;
  • Rio de Janeiro: Avenida Atlântica, 1130, 13º Andar, CEP 22021-000;
  • Brasília: Avenida das Nações, Quadra 803, Lote 16.

Após a pandemia da COVID, alguns procedimentos mudaram e eles estão tratando todos os trâmites de emissão de vistos por formulários online.

A lista acima pode sofrer modificações conforme mudanças do governo canadense. Por isso, o mais recomendado é você entrar no site de cada um dos consulados e verificar se a sua cidade faz parte daquele centro.

>> Leia também: Dicas de viagem para Montreal

5. Fazer a entrevista presencial

Após a pandemia, o governo canadense mudou algumas formas de emissão de diplomas, dispensando temporariamente as visitas presenciais.

Assim que a pandemia estiver sob controle, serão retomadas as entrevistas presenciais nos consulados ou embaixada canadense.

“A entrevista é muito importante para eles conhecerem você, registrarem as suas informações no sistema e entenderem as suas reais intenções de viagem.”

Os oficiais canadenses têm autorização para avaliar as razões para os candidatos estudarem no país.

Por isso, tenha em mente o motivo que o leva a escolher o Canadá como um destino de estudo e a instituição como a adequada para se aprimorar, caso enfrente o processo da entrevista.

Vale ressaltar que o inglês e o francês não são essenciais para a requisição do visto.

6. Retirar o visto com deferimento

Se tudo der certo você vai receber o visto deferido com toda a documentação em sua própria casa, já que quando ele é aprovado, o passaporte é enviado pelo Correio.

Ou então o estudante pode comparecer até o consulado para a entrevista final e retirar o visto de estudante para o Canadá com deferimento.

7. Reservar a viagem

O último passo, somente depois de toda essa tramitação, é reservar a viagem para o Canadá. 

Verificar quando vai ser o início das aulas, consultar o preço de passagens e verificar a hospedagem.

Para a consulta de preços de passagem aérea, a sugestão é pesquisar em sites como da Viajanet ou Max Milhas, que sempre fazem as comparações de voos e preços em vários sites das cias aéreas.

Já para hospedagem de longa data, uma sugestão é encontrar quartos em sites como do Booking ou do Airbnb, até você se sentir confortável e ter contatos para alugar uma casa no Canadá.

Vale se informar também que algumas universidades canadenses permitem o aluno ficar hospedado nos seus campis.

As montanhas rochosas são uma dica de passeio durante a pausa nos estudos
As montanhas rochosas são uma dica de passeio durante a pausa nos estudos

Autorização Eletrônica de Viagem (eTA)

Para quem vai fazer cursos de curta duração, pode solicitar a Autorização Eletrônica de Viagem (eTA – Eletronic Travel Authorization) ao invés do visto de estudante para entrar no Canadá.

O visto eletrônico vale para quem já tem um visto canadense emitido nos últimos 10 anos ou que possua um visto americano de não imigrante válido.

Nesse caso, a autorização vale por cinco anos e permite viagens por curtos períodos (até 6 meses) que podem ser usadas para estudar, fazer negócios, turismo ou transitar em um aeroporto canadense.

O processo é simples e pode ser feito no site do governo do Canadá. Clique aqui para saber mais.

Quem entra no país usando o eTA não precisa passar pela biometria. Contudo, pessoas de 14 a 89 anos que solicitam um visto canadense são obrigadas a se submeter ao processo, feito diretamente nos Centros de Solicitação de Vistos (VAC).

>> Leia também: Dicas de viagem para Vancouver

Perguntas e respostas sobre o visto de estudante para o Canadá

Onde entregar os documentos necessário para tirar visto para o Canadá?

Os documentos podem ser entregues pessoalmente somente em um dos Centros de Solicitação de Vistos do Canadá (VAC).

Neste local, funcionários poderão orientar o estudante no preenchimento dos formulários, além de tirar fotos e cópias de toda a documentação necessária.

Contudo, para entregar a documentação é preciso agendar uma data antecipadamente. Eles também oferecem um serviço de coleta via motoboy, onde é cobrada uma taxa extra.

Esse processo também pode ser feito pela internet, mas é preciso ter uma conta no site oficial do Consulado para poder enviar a documentação digitalizada.

As taxas então deverão ser pagas em qualquer agência do Banco Santander, diretamente no caixa.

É preciso destacar aqui um item importante: não são aceitos pagamentos pela internet ou caixas eletrônicos. Por isso, guarde o comprovante para apresentar juntamente com a documentação.

No caso da entrega do passaporte, ela é feita pelos Correios ou pessoalmente no VAC ou no Consulado.

Posso solicitar o visto canadense através de um despachante?

Sim, é possível. Caso você prefira, um despachante pode ser contratado para realizar todos os procedimentos.

Este tipo de profissional pode ser um grande aliado para o interessado economizar tempo, evitar burocracias e quando reside em regiões afastadas.

Importante ressaltar que a contratação deste serviço não garante a aprovação do visto.

Quanto custa o visto de estudante do Canadá?

O visto de estudante para o Canadá custa o equivalente a R$ 435,00 e é pago por boleto a partir do requerimento feito pelo site do consulado da sua jurisdição.

Quanto tempo dura o visto de estudante canadense?

Dependendo da finalidade da viagem, o tempo do visto varia de seis meses a cinco anos e nunca será maior do que o prazo de validade do passaporte.

Quanto preciso comprovar de renda para tirar visto canadense?

Para todas as regiões, com exceção da província de Québec, o estudante precisa comprovar mês a mês uma quantia guardada de 10 mil dólares canadenses, aproximadamente R$ 42 mil reais. Na província do Québec, o valor é de 11 mil dólares canadenses, aproximadamente R$ 46 mil.

O visto de estudante permite trabalhar no Canadá?

Sim, mas nesse caso, você precisa ter uma permissão. O governo canadense possui um programa para esse fim chamado de Study+Work, que beneficia estudantes matriculados em cursos superiores.

Assim, o aluno passa metade do tempo no seu intercâmbio e a outra metade em atividades remuneradas ou não.

Normalmente cursos como administração, engenharia, informática e comunicação não são remuneradas. Porém, os cursos relacionados a comércios oferecem salários.

É obrigatório o seguro de viagem para estudantes no Canadá?

Sim, o seguro de viagem para estudantes no Canadá é obrigatório. 

Existem seguros de viagem que cobrem todo o período e não saem o olho da cara quando comparados a seguros de viagem mais curtas, saindo em torno de R$ 1 mil por pessoa para 12 meses.

Existem sites que são especialistas em fazer cotação nas várias seguradoras. Um dos melhores que conheço é o da Seguros Promo, que inclusive são parceiros aqui do blog pelo bom serviço prestado.

A parceria está explicada nesse post, no qual também demos nossa opinião sobre a empresa e a experiência de utilização do serviço.

Visto de estudante para o Canadá
Visto de estudante para o Canadá

Vantagens de estudar no Canadá

O Canadá é um dos países mais desenvolvidos do mundo, com educação e saúde de qualidade, distribuição de renda justa, política e economia estáveis.

Além disso, o país possui da grande variedade cultural e gastronômica. Sua população é pequena e requer mão de obra, por isso os imigrantes são bem-vindos.

Se você é daqueles brasileiros que valoriza o calor humano, saiba que os canadenses são muito receptivos.

>> Leia também: Planejamento de uma viagem de volta ao mundo

Aprendizado de novos idiomas

Quem busca o Canadá para estudar, não precisa focar somente nos cursos superiores, pois é possível buscar aprimoramento cultural apenas para melhorar os idiomas do inglês e francês.

Além disso, os preços dos cursos costumam ser bem mais acessíveis dos que os cursos de inglês dos Estados Unidos, por exemplo.

Para quem tem o objetivo de aperfeiçoar o inglês ou francês como objetivo principal da viagem, a dica é se socializar menos com os brasileiros e mais com os estrangeiros. Para tanto procure pequenas cidades canadenses, onde não existem muitos brasileiros, pois dessa forma você treina o seu inglês ou francês e consegue se habituar aos costumes locais.

Cursos técnicos

Outra opção para quem deseja tirar visto para o Canadá são os cursos técnicos com treinamentos profissionalizantes na área que o interessado escolher, ou seja: domínio da língua e possibilidade de nova profissão. A exigência é ter o Ensino Médio e o inglês intermediário.

É possível também pleitear uma bolsa de estudo nas universidades canadenses, já que o governo canadense oferece um programa de bolsas chamado Emerging Leaders in the Americas Program (ELAP).

Também é interessante que você passe a saber sobre o acordo firmado entre Brasil e Canadá. O CAPES (Comissão de Aperfeiçoamento de Pessoal do Nível Superior) mantém com o DFATD (Ministério de Relações Exteriores, Comércio e Desenvolvimento do Canadá) uma parceria para facilitar a ida dos estudantes brasileiros ao país.

Desvantagens de se estudar no Canadá?

Como tudo na vida, tem o seu lado ruim, existem sim alguns detalhes que podem fazer alguma diferença para quem deseja passar algum tempo nesse país. Mas não se assuste porque esse fator não é tão relevante assim em se tratando de estudar e trabalhar no Canadá.

Na verdade, se trata de um pequeno detalhe que pode incomodá-lo no começo. Pois, para muitos brasileiros o clima frio é um fator relevante.

Além disso, o Canadá não conta com um parque industrial grande como a maioria dos países desenvolvidos. O que, em alguns casos, pode acarretar em escassez de ofertas de emprego também.

Pondere todos os prós e contras para que você possa tomar a decisão correta.

Conclusão

Nunca antes esteve tão fácil tirar o visto de estudante para o Canadá e conciliar o desejo de morar no Canadá, um país de primeiro mundo da América do Norte e aperfeiçoar os estudos.

Basta a pessoa ter o interesse de morar fora, se candidatar para um curso de faculdade, ser aprovada e reunir a documentação necessária, conforme mencionado no texto.

Depois basta comprar a passagem aérea, reservar um local para morar e contratar o seguro de viagem para cobrir toda a viagem.

Inclusive, você encontra um guia completo para contratar seguro de viagem para a América do Norte.

Se ficar alguma dúvida sobre o processo de tirar o visto de estudante para o Canadá, deixe abaixo nos comentários. Vamos responder assim que possível e sua dúvida pode ser a dúvida de outras pessoas.

Também não deixe de comentar aqui no blog caso você tenha conseguido ser aprovado no consulado depois de ler o conteúdo do texto. Para nós é sempre um grande incentivo para construir textos que ajudem ainda mais.

Abraço e nos vemos por aí!

SUA VIAGEM COMEÇA AQUI!

  • Se quiser viajar para o paraíso, o Zarpo tem os melhores pacotes de viagem em resorts e hotéis de tirar o fôlego.
  • Para encontrar a passagem aérea com o menor preço do mercado, não deixe de consultar o site da MaxMilhas que consulta os preços em várias companhias aéreas!
  • Reserve diárias de hotel no mundo inteiro de maneira prática e segura no Booking.com, com opção de cancelamento grátis e sem precisar pagar antecipadamente!
  • Precisa de aluguel de carro? Na RentCars o pagamento é feito em reais, sem cobrança de IOF parcelado sem juros no cartão ou com 5% de desconto no boleto.
  • E não esqueça do seguro viagem. Na Seguros Promo você usa o cupom VIDADETURISTA5 e ganha desconto de 5% na compra.
  • Para os passeios, ingressos para tours, shows e entradas em museus você pode contar com a Get Your Guide em vários lugares do mundo.
  • Com o cupom VIDADETURISTA da América Chip você ganha 5% de desconto na compra de um chip internacional para viajar conectado o tempo todo.

Ao fazer uma compra com um parceiro através do blog recebemos uma pequena comissão. Ninguém paga a mais por isso e de quebra ajuda o blog a trazer sempre artigos e novidades atualizadas. Obrigado! =)

Thiago Cesar Busarello

Thiago Busarello é autor e criador do Vida de Turista, no qual adora viajar e falar do assunto de turismo e viagens, compartilhando dicas e informações de viagens com os leitores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *