BAIXE GRÁTIS NOSSO KIT DE PLANEJAMENTO DE VIAGEM! CLIQUE AQUI!

Vancouver – Canadá

Se você planeja realizar uma viagem internacional perfeita, para uma cidade onde você pode viver uma incrível experiência gastronômica, diversidade cultural, pontos turísticos e históricos incríveis, além de curtir uma bela paisagem com belezas naturais inconfundíveis, o seu lugar é Vancouver no Canadá.

Mesmo com paisagens urbanas maravilhosas e verdadeiros símbolos de modernidade, a cidade é cercada por montanhas e belas praias como a Jericho Beach.

Além disso, a cidade conta com uma temperatura bastante agradável durante o verão, com temperaturas que podem atingir até 30º Celsius, muito diferente de outras cidades do Canadá geralmente mais frias que Vancouver.

Embora não seja a capital, Vancouver no Canadá é uma das cidades mais desenvolvidas do país.

A cidade figura em todas as listas já criadas sobre as melhores cidades do mundo para se viver. Com alta taxa em qualidade de vida, a cidade fica na costa oeste do Canadá e possui uma forte diversidade cultural e étnica.

A herança cultural da cidade e do país está ao alcance de todos, com belas esculturas e construções. A história da cidade pode ser tocada e sentida tanto por habitantes quanto pelos visitantes.

Se você quer saber mais sobre os principais pontos turísticos de Vancouver fique com a gente para descobrir mais sobre esta incrível cidade.

Listaremos os pontos turísticos e de lazer mais importantes do lugar, para que você possa aproveitar ao máximo a sua viagem.

O que fazer em Vancouver

A cidade de Vancouver no Canadá é uma referência pra quem quer estudar, conhecer uma nova cultura, aperfeiçoar outros idiomas, como o inglês e francês, e tentar um estágio profissional, no qual os vistos consulares concedidos para estudantes parecem ser os mais tranquilos de se fazerem.

Para quem vai viajar com a família, a segurança é uma das maiores características de Vancouver. A cidade conta com seu código de honra, que diz que se você falou que fez algo, ninguém vai lhe exigir que você prove pelo mesmo, valendo principalmente a confiança.

A cidade tem várias atividades turísticas para fazer como curtir campos, parques, praias, ski, trilhas e festas. Tudo vai depender da época do ano, visto que varia muito devido ao clima da cidade. Vancouver por ficar no Canadá é teoricamente uma cidade fria. Vale a pena acompanhar a temperatura da cidade pela internet.

Devido a sua geografia o dia parece não ter fim, pois o sol se despede só as 22 h de lá. No inverno, a cidade fica cheia de neve e chega a oferecer 200 pistas de ski em suas proximidades.

Existem mais de 180 parques a disposição. Um dos mais famosos, por ser o maior, é o Stanley Park. Outro famoso é o Queen Elizabeth Park, com gramados que parecem tapetes.

E o que o pessoal não consegue deixar de ver em Vancouver é o Oceano Pacífico que rodeia a cidade. Uma dica é percorrer as ciclovias ao longo da estrada English Bay, patinar no Stanley Park e curtir o esporte da canoagem na região aquática de False Creek.

Até então parece tudo meio chato e tal, mas pelo fato de morar muitos estudantes em Vancouver, existem muitas festas. Uma dica fica com a festa no Roxy Vancouver que é uma das mais badaladas e fica perto de Granville Street que é uma das ruas mais movimentadas a noite.

Vancouver - Canadá
Vancouver – Canadá

QUAL O MELHOR SEGURO DE VIAGEM PARA VOCÊ?










Acima vemos uma foto de Matthew Walters, publicada no Panoramio (antiga rede social de imagens do Google que foi descontinuada).

Stanley Park

Um ótimo representante das belezas naturais da Vancouver no Canadá é o Stanley Park. Ele é um dos mais antigos ambientes naturais do país.

Antes de se tornar um dos primeiros parques explorados pelos colonizadores britânicos, o Stanley Park já era habitado pelos nativos indígenas da região.

Toda a área está enfeitada com pequenos monumentos e ídolos indígenas, como os totens, herança cultural de Vancouver no Canadá.

Além disso, o parque ainda possui árvores plantadas com centenas de anos e outras com mais de 75 metros.

O parque também apresenta uma área ampla e ideal para patinadores e ciclistas que aproveitam para a prática destas modalidades e também outros esportes.

Totem do Stanley Park em Vancouver
Totem do Stanley Park em Vancouver

VAMOS FALAR DE DINHEIRO?

Se precisar de empréstimo para a viagem, existem empresas especialistas em crédito pessoal para ajudar nesse sentido. Para conhecer algumas delas, clique aqui.

Um cartão de crédito internacional ajuda a acumular milhas e evita que você carregue muito dinheiro na viagem aumentando a segurança. Clique aqui para conhecer algumas opções.

Para ter acesso a vários serviços financeiros, gerenciar gastos e pagar boletos durante a viagem você pode criar uma conta digital em sites como esses aqui da lista.

Queen Elizabeth Park

O Queen Elizabeth Park é um verdadeiro “colírio para os olhos”, quase uma paisagem retirada diretamente dos contos de fadas para a cidade de Vancouver no Canadá.

O parque encanta viajantes e moradores com seus magníficos jardins, com flores de todos os tipos, especiais para climas frios.

Localizado no centro da cidade de Vancouver, o Queen Elizabeth Park oferece outras ótimas e divertidas opções de lazer para as famílias.

O Bloedel Floral Conservation, dentro do Queen Elizabeth Park, é um oásis para os visitantes. O local oferece a magnífica experiência de observação de plantas e pássaros tropicais.

Outro diferencial do Queen Elizabeth Park é a vista a partir dos pontos mais altos com um visual de tirar o fôlego.

VanDusen Botanical Garden

O VanDusen Botanical Garden fica localizado no bairro de Shaughnessy e é um pedaço do paraíso no meio da cidade.

Esta maravilha conta com a ajuda de mais de mil voluntários, em várias modalidades, que ajudam a conservar o parque. São vinte e dois mil metros quadrados de pura natureza e tranquilidade.

Os voluntários da VanDusen Botanical Garden se orgulham de exibir uma ligação especial com o lugar e todas as espécies de árvores, plantas, arbustos, flores, etc.

O parque possui 7.500 exemplares entre plantas do mundo inteiro e plantas nativas. O parque também lançou um projeto, uma espécie de “reflorestamento” dos parques de Vancouver.

O projeto tem a finalidade de espalhar plantas nativas por todos os parques e reintegrá-las à vegetação e aos parques na cidade. Principalmente na primavera e no outono, o parque exibe cores que são um verdadeiro colírio para os olhos dos visitantes.

Mas não é somente o passeio. Em 2011, a administração do parque, a Vancouver Botanical Gardens Association (VBGA), inaugurou um centro de visitantes superequipado para receber os turistas de maneira confortável.

O local conta com restaurante, uma biblioteca botânica especializada, cafeteria, loja de souvenirs e jardinagem.

Os ingressos para curtir o passeio só estão disponíveis para compra no site oficial do jardim botânico. Além disso é necessário reservar os ingressos com antecedência. Quando estiver viajando para Vancouver no Canadá, já deixe o seu ingresso reservado.

Granville Street

Se você tem um estilo mais urbano, prefere a vida noturna, curtir baladas ou ótimos restaurantes, com gastronomia variada e muita agitação, sua pedida é uma visita na concorrida Granville Street, em Vancouver no Canadá.

A longa avenida que atravessa os famosos bairros de Shaughnessy e Marpole. São conhecidos por serem quase inteiramente residenciais, não fosse toda a movimentação que a Granville Street promove nos locais.

Na Granville Street, você poderá encontrar a Venue, uma danceteria muito conhecida da cidade e muito bem localizada.

O local é procurado tanto por moradores locais quanto turistas e pode ser facilmente acessada por qualquer tipo de meio de transporte, seja ônibus, táxi, trens, etc.

A Venue já recebeu djs como DJ Pauly D, da Jersey Shore, da MTV, além de proporcionar outros incríveis shows.

False Creek

O False Creek é um bairro que separa o movimentado centro de Vancouver do resto da cidade, além de ofertar opções de lazer das mais variadas, oferecendo agradáveis experiências ao ar livre.

False Creek oferece aos seus turistas e moradores uma belíssima vista da cidade, fazendo valer a pena as caminhadas e passeios pelo lugar.

O bairro também conta com o incrível Science World, um centro de ciências que nasceu em 1989 e tem uma série de atividades interativas permanentes, além de exibições cinematográficas de cunho didático.

A equipe do Science World também viaja por todo o Canadá, levando conhecimento às regiões mais remotas do país, onde a população não tem acesso a infraestrutura do centro de ciências.

No Science World é possível encontrar diversão para todas as idades e bastante recursos de interatividade.

Entre as principais atividades estão as concorridas “Torres do Amanhã”. Para mais informações sobre horários e agendamentos, acesse o site do Science World.

Esse é o Science World em Vancouver
Esse é o Science World em Vancouver

COMPARADOR DE SEGURO DE VIAGEM

Granville Island

Outra ótima possibilidade para diversão e entretenimentos para quem gosta mais dos centros urbanos, é a Granville Island.

A península de Granville Island também é um distrito comercial que não deixa de ter boas opções de lazer e vida noturna.

Ela fica na localizada em False Creek, no centro de Vancouver e, embora tenha sido uma área industrial, se tornou um dos pontos mais atrativos para o entretenimento.

Além disso, para conhecer melhor os costumes locais e apreciar o melhor da culinária, nada melhor do que visitar os mercados públicos.

O grande mercado público de Granville Island é a opção perfeita para quem deseja uma verdadeira viagem gastronômica por sabores de todas as partes do mundo.

O ambiente é todo climatizado e decorado e os clientes podem experimentar algumas das mercadorias expostas, elevando a experiência a outro patamar.

A Granville Street termina perto do rio Fraser com a Southwest Marine Drive e contínua para o sudeste em direção a Arthur Laing Bridge levando a Richmond e ao Aeroporto Internacional de Vancouver.

Ilha do litoral de Vancouver
Ilha do litoral de Vancouver

Robson Street

A Robson Street faz parte de um conjunto de lugares ideais para quem gosta de explorar ao máximo todas as comodidades e atrações que a vida urbana pode proporcionar aos moradores e visitantes.

A importante rua começa no BC Place Stadium, próximo a ala norte da False Creek.

A rua, que ganhou este nome em homenagem ao jornalista e premiê John Robson, termina na Lost Lagoon em Stanley Park.

Neste trajeto da Robson Street se encontram importantes pontos turísticos como o Vancouver Library Square, o Robson Square e a Vancouver Art Gallery.

Contudo, além de todas as opções de lazer que a Robson Street oferece, o turista ainda encontrará restaurantes luxuosos e lojas de grandes grifes de moda ao longo da rua, tornando o local uma área de passeio ideal, principalmente para os mais abastados.

A área também oferece acomodações de luxo, hotéis 5 estrelas e apartamentos para locação com o mais alto nível de sofisticação e elegância, como o Rosewood Hotel Georgia ou o Hyatt Regency.

Se você gosta desfrutar do luxo, conforto e todas as comodidades e benesses que o dinheiro pode comprar, então o seu lugar é na Robson Street.

Gastown

Quem valoriza história cultura e tradição, precisa conhecer o bairro de Gastown em Vancouver no Canadá.

O bairro é o mais antigo da cidade de Vancouver e conservou toda sua arquitetura antiga e tradicional.

Nas ruas de Gastown são utilizadas luminárias antigas em um estilo bem elegante que chama a atenção dos turistas e que foram muito tempo utilizadas na primeira metade do século XX.

Entretanto, uma atração à parte do bairro é o relógio movido a vapor que inspirou o nome do bairro, sendo que o relógio funciona ainda hoje.

O equipamento que sofre manutenções regulares, solta fumaça quando toca, e está programado para fazê-lo a cada 15 minutos.

Na região, além do ambiente confortável que a arquitetura tradicional proporciona, existem bares e restaurantes de todos os tipos para atender a todos os gostos e principalmente, a todos os bolsos.

E ainda uma ótima opção são os passeios ao ar livre. Não deixe de conferir este bairro aconchegante e acolhedor.

Esse é o edifício do Parlamento de Vancouver
Esse é o edifício do Parlamento de Vancouver

DICAS PARA A BAGAGEM

Importante conhecer as regras de bagagem antes de viajar para não pagar multa ou ser barrado de entrar no avião. Para conhecer as regras, clique aqui.

Se ainda não tem a mala para a viagem, pode fazer uma consulta e cotação de malas de viagem a partir de sites como esse clicando aqui.

Reserve um espaço nas malas para eventuais compras de roupas, presentes ou produtos típicos do destino.

Passeio até Victoria

Outro passeio clássico de Vancouver é o passeio até Victoria, capital da província canadense de British Columbia.

O trajeto pode ser feito de carro, ônibus, hidroavião, helicóptero e até avião, partindo do aeroporto de Vancouver. A região possui diversas atrações peculiares e muito agradáveis.

Alguns dos exemplos de diversão da região é o passeio de observação das baleias, a partir da Fishermen’s Wharf que é um conjunto de casas e restaurantes flutuantes.

Em Victória, você também poderá visitar o Royal British Columbia Museum. Como esperado, o passeio é altamente cultural.

Lá o turista encontrará a exposição “El Dorado”, uma série de ídolos e artigos arqueológicos de todas as espécies que contam a história de British Columbia, a busca pelo ouro, a origem do idioma, os primeiros habitantes do lugar e muitas outras histórias.

>> Dicas para arrumar as malas de viagem

Chinatown

Se você gosta de experiências inesquecíveis e total imersão cultural, o Chinatown em Vancouver no Canadá vai te proporcionar uma das melhores experiências em cultura oriental das américas.

A Chinatown de Vancouver é a maior da América do Norte (maior que a de Nova York) e é uma atração turística muito popular graças às experiências culturais e gastronômicas que proporciona aos visitantes.

É composta essencialmente por famílias tradicionais que se estabeleceram no país a mais de duas gerações. Ela possui tanta identidade chinesa que a cidade chegou a ser chamada de “Hongcouver”, uma mistura de Hong-Kong com Vancouver.

Sendo uma região culturalmente temática, a região é uma imersão na cultura chinesa considerando costumes, gastronomia, religião e um comércio que apresenta uma vasta gama de produtos típicos que ajudam a conservar e propagar as tradições do povo chinês, mesmo no Canadá.

>> Conheça o melhor seguro de viagem internacional

English Bay

Para quem gosta de praia, a English Bay é uma ótima pedida. Um cenário maravilhoso, com águas lindas, mas congelantes e um cais que permite uma bela vista da praia.

Além disso, os visitantes ainda são presenteados com um pôr do sol espetacular contemplado direto da praia, que também é bastante movimentada, se tornando um ótimo programa para a família.

Uma interessante curiosidade é que English Bay também é conhecida como a “praia dos troncos”, pois há uma grande quantidade de toras espalhadas pela areia, que os visitantes utilizam para se sentar e aproveitar a paisagem.

No verão, o pôr-do-sol na English Bay acontece entre às 21 h e 22 h e os visitantes costumam ficar até o final para aproveitar o visual.

>> Conheça as moedas do mundo e seus valores

Kitsilano Beach

Localizada no outro extremo, em frente a famosa English Bay, a Kitsilano Beach é uma das praias mais concorridas, especialmente no verão.

Além de uma bela paisagem, a praia ainda abriga a maior piscina de água salgada natural do Canadá, sendo que a piscina é disponibilizada para banhistas nos meses entre maio e setembro.

Kitsiliano Beach também é ideal para a prática de esportes. No extremo norte da praia foram instaladas algumas quadras para a prática de esportes, principalmente vôlei de praia.

O local é organizado e limpo e com águas igualmente congelantes às de English Bay, mas que valem a visita.

>> Conheça também a cidade de Montreal

Pôr-do-sol em Kitsilano Beach
Pôr-do-sol em Kitsilano Beach

Vancouver Aquarium

Para quem gosta muito da vida marinha e quer se manter bem seco e aconchegado, uma boa pedida é visitar o Aquário de Vancouver, da Ocean Wise Conservation Association.

O Vancouver Aquarium é um aquário público e uma das grandes atrações da cidade, sendo uma atração muito indicada para as crianças que adoram ver os animais de perto.

Além de ser uma belíssima atração turística, ele também é um centro de pesquisa e reabilitação da vida marinha.

Ele fica localizado no Avison Way, no Stanley Park, e possui mais de 55 mil espécies diferentes, vivendo sob os cuidados de biólogos e naturalistas profissionais.

No Vancouver Aquarium, os turistas podem contemplar espécies do mundo todo, inclusive espécies nativas da floresta amazônica, com espécies de água doce, como jacarés, cobras, e outros animais.

O aquário fica aberto todos os dias para visitação, até às 17 h, exceto nos finais de semana, quando o encerramento das atividades acontece às 19 h.

>> Dicas para as férias de julho no Canadá

Museu de Antropologia da UBC

O Museum of Anthropology da UBC é aquele lugar para quem não perde a chance de adquirir conhecimento através de passeios culturais, esteja onde estiver.

Ele está localizado no campus da Universidade de British Columbia, por isso a sigla UBC, e possui um incrível acervo de peças histórica e culturais, não só dos nativos, mas também dos antigos habitantes das américas.

Além disso, o Museu de Antropologia da UBC também possui peças de povos antigos do continente africano e asiático. São encontradas peças tanto do cotidiano de tribos, quanto peças utilizadas em rituais e festas de todos os tipos, ídolos, vestuários, armas de guerra, instrumentos musicais, etc.

O museu é um espaço altamente educativo e ainda possui espaços de manifestações culturais, salas para a realização de cursos, lojinhas de souvenirs e muito mais.

Os ingressos podem ser adquiridos antecipadamente pelo site oficial ou na entrada do museu.

>> Leia mais: Onde curtir o réveillon no Canadá

Museu de Antropologia da UBC
Museu de Antropologia da UBC

Sea To Sky Gondola

Este passeio é especial para quem gosta de apreciar a natureza e sentir aquele gostinho de aventura. O Sea To Sky Gondola é um belíssimo passeio pelas áreas e com uma paisagem de tirar o fôlego.

Ele fica localizado na Sea to Sky Highway / Hwy 99, aproximadamente 2 quilômetros ao sul de Squamish, entre Vancouver e a cidade de Whistler.

No Sea To Sky Gondola existem diversas atrações para todos os gostos e a diversão é garantida, sendo que o passeio de gôndola é, sem dúvida, a maior atração do parque.

O passeio de gôndola dura cerca de 10 minutos de viagem, em cabines feitas especialmente para a atração, com laterais de vidro do chão até o teto que proporcionam uma experiência memorável, com vista da floresta e estrada, até o cume, onde aguardam mais atrações aos visitantes.

Lojas com vendas de roupas especializadas para a prática de esportes na neve, cafés bem confortáveis, restaurantes, lojas de souvenirs e muito mais.

Além disso, também é possível fazer a trilha de subida do mar, ao invés de subir de gôndola. A caminhada pode levar de 3 a 5 horas e a trilha possui algumas áreas com seções bem desafiadores e íngremes. Nossa sugestão é encarar a trilha somente se você estiver bem preparado fisicamente.

O caminhante também pode comprar somente o ingresso de descida de gôndola, antes de começar a subida pela trilha.

Ao chegar no topo, o viajante é premiado com uma incrível vista de Howe Sound e das montanhas da costa.

O Sea To Sky Gondola fica aberto todos os dias e tem atrações diversas a cada estação. Acesse o site e veja quais as recomendações de proteção contra a COVID-19 e aproveite este incrível passeio.

>> Planejamento de viagem completo para as montanhas rochosas

Grouse Mountain

Para completar a nossa rota de passeios pela natureza, vamos falar de uma opção especial para os amantes de esportes radicais, a Grouse Mountain.

A Grouse Mountain é a mais famosa opção de Vancouver para quem tem sede de aventura. São montanhas de 1.200 metros de altura, com trilhas, esqui que são brindados por uma vista deslumbrante de Vancouver.

O turista poderá se divertir com a tirolesa da Grouse Mountain, para curtir um passeio embarcado cheio de adrenalina e velocidade que chega até 80 km/h, passando entre os picos e desfiladeiros das montanhas Grouse e Dam.

Já o circuito de montanha possui 5 linhas e mais um circuito de linha dupla. O passeio dura um pouco mais de duas horas e todo o processo é orientado e guiado por profissionais treinados para fornecer a mais alta segurança aos corajosos aventureiros. As linhas possuem até 70 metros quadrados a 200 pés de altura.

Para os mais contidos, o ideal é um passeio na maravilhosa Skyride. O maior sistema de bondes teleféricos da América do Norte que sobe pela encosta da montanha, passando pelos picos nevados e que revela uma bela visão da cidade de Vancouver e do Oceano Pacífico.

Além das trilhas, os aventureiros podem experimentar adrenalina pura nos passeios pela Mountain Ropes Adventure. Um percurso por pontes de cordas no alto, com diferentes graus de dificuldade, a depender da coragem do visitante.

O Grouse Mountain funciona todos os dias a partir das 09 h até às 21 h. Acesse o site para encontrar sempre informações atualizadas de horários, eventos e preços.

>> Leia também: Como fazer o seguro de viagem para o Canadá

Grouse Mountain em Vancouver
Grouse Mountain em Vancouver

Vancouver Canucks

E como falar de esportes em Vancouver no Canadá e não falar de hóquei? Para completar a sua viagem você não poderá sair de Vancouver sem assistir à uma partida de hóquei sobre gelo do Vancouver Canucks.

O time de hóquei da cidade faz parte da Divisão do Pacífico e da Conferência Oeste da National Hockey League, sendo que os seus jogos são realizados na Arena Rogers.

Não é preciso dizer que adrenalina é o sobrenome do hóquei no gelo e as partidas são de tirar o fôlego. A torcida vibra a cada jogada e não para de gritar um segundo.

O Canadá é o criador do hóquei sobre gelo e também o país com mais vitórias em campeonatos internacionais. Vale muito a pena conferir pelo menos um jogo, não só pelo jogo em si que é para lá de diferente, mas por todo o show e espetáculo do evento.

Acompanhe o calendário dos campeonatos no site oficial do time e veja quais jogos você poderá conferir durante a sua estadia e como reservar seu ingresso.

>> Comprar ingressos passeios e eventos

Capilano Suspension Bridge

A Capilano Suspension Bridge é uma ponte suspensa a mais de 70 m de altura, acima do rio Capilano, e tem nada menos que 137 m de extensão.

Atrai milhares de turistas em busca de adrenalina todos os anos, sendo que originalmente foi construída para fazer a ligação entre os dois terrenos separados pelo rio, que pertenciam à mesma família.

Hoje ela se destaca como atração turística e provoca um frio na barriga para os aventureiros.

Devido a sua grande altura e extensão, a ponte balança constantemente, principalmente se houver muitas pessoas transitando por ela, o que é costumeiro.

Atualmente, a família detentora do terreno e responsável pela área a transformou no Capilano Suspension Bridge Park, graças a alta procura de muitos corajosos, que desejavam a sentir a emoção de atravessar a ponte.

O parque ainda oferece outras atrações como, trilhas, arvorismo e uma assustadora travessia em uma ponte de vidro sobre o desfiladeiro. É preciso ter muita coragem para encarar tantas aventuras.

>> Leia também: dicas para o aluguel de carros no Canadá

Ponte suspensa de Capilano em Vancouver
Ponte suspensa de Capilano em Vancouver

Como chegar em Vancouver

Para os brasileiros chegarem em Vancouver no Canadá pode ser mais simples do que barato. A cidade tem um aeroporto internacional que pode ser facilmente acessado por quem já está na cidade.

Passagem aérea para Vancouver

O YVR Airport fica somente a 17 km do centro da cidade de Vancouver e pode ser acessado através dos principais meios de transporte: ônibus, trem, Uber, taxi, etc.

Quem quer partir direto do Brasil vai descobrir que não há voos diretos para a cidade. Será necessário fazer em média 2 paradas, na maioria das companhias aéreas.

A viagem dura em média 17 h e, para quem vai fazer escala em outros países, precisa estar atento sobre as regras da imigração.

Ao comprar passagens aéreas para Vancouver entre em contato com a companhia aérea e busque informações sobre traslados, escala, etc.

Se necessário, para sanar todas as dúvidas sobre a viagem, entre em contato com a embaixada do país, no Brasil, para obter informações seguras.

Os preços das passagens variam muito, principalmente com a desvalorização do real, o que pode exigir um planejamento maior se você deseja viajar para o Canadá.

Algumas empresas aéreas chegam a cobrar R$ 6.500,00 para passagens de ida e volta para o país, porém também é possível encontrar passagens por até R$ 5.000,00.

E se escolher a entrada nos Estados Unidos para então partir para o Canadá, pode encontrar passagens por até R$ 3.000,00, porém nesse caso o visto americano é obrigatório.

>> Clique para fazer cotação de passagens aéreas

Caminho terrestre

A segunda possibilidade de entrada no Canadá considerando em seguida partida para Vancouver é por via terrestre.

A principal opção é fazer a rota de carro. O caminho principal é passando por Seattle, fazendo uma parada em Victoria e, por fim, chegando em Vancouver.

A viagem é muito rápida e pode ser feita sem paradas, levando no máximo 3 h.

Aluguel de carro em Vancouver

Outra informação importante para quem deseja aproveitar ao máximo sua estada extraindo o melhor da viagem é alugar um carro em Vancouver.

Alugar um carro no Canadá significa maior liberdade de ir e vir e a possibilidade de conhecer outras cidades nos arredores de Vancouver, já que um veículo gera bastante independência para os viajantes economizando principalmente tempo, um dos maiores bens dos viajantes.

As empresas Avis, National, Hertz e Alamo são as maiores locadoras de veículos do país, e estão presentes em Vancouver. Todas oferecem uma mesma média de preço para diferentes linhas de veículos e serviços similares.

As reservas de veículos podem ser previamente agendadas nos sites, incluindo o horário e local de retirada e devolução dos veículos. Um lugar para fazer a consulta em todas elas de uma vez é o site da Rentcars.

>> Clique para fazer uma cotação de aluguel de carro

Onde ficar em Vancouver

Vancouver oferece todos os tipos de hospedagens possíveis, desde hotéis e resorts famosos, a pousadas, chalés ou aluguel de temporada.

Hotéis em Vancouver

Como Vancouver é uma cidade bastante diversificada, com atrações e opções de turismo para todos os tipos de gostos e bolsos, o mesmo acontece com os hotéis em Vancouver.

Para garantir o conforto de sua viagem e conseguir hospedagens de acordo com seu grau de exigência, o ideal é fazer uma pesquisa prévia na internet em sites como do Booking.

Você vai encontrar quartos de hotel, apartamentos, resorts, chalés, etc, que fazem toda a diferença para se esquentar e descansar após um dia intenso de viagem.

Nos quartos de hotel em Vancouver, o cliente pode visualizar todos os itens que o quarto oferece e ainda contar com os serviços de cada um dos hotéis de Vancouver.

Uma das opções de hotéis que recomendamos estão o Fairmont Waterfront de categoria 5 estrelas, superconfortável e café da manhã completo com diárias a partir de R$ 1.200,00.

Outra opção é o Opus Hotel também de categoria 5 estrelas localizada em Yaletown, a 900 metros do centro com quartos superiores e cama king size com diárias a partir de R$ 889,00.

A reserva poderá ser feita com antecedência e, em alguns casos, desfeita sem nenhum pagamento de multa.

>> Consultar mais opções de hotéis e pousadas

Fairmont Waterfront Hotel
Fairmont Waterfront Hotel

Outras opções de hotéis em Vancouver

Aluguel de temporada em Vancouver

Uma opção que também tem sido das mais buscada pelos viajantes brasileiros, é o aluguel de temporada em Vancouver para ficar em casas e apartamentos através de sites como o Airbnb.

A vantagem deste padrão de hospedagem é o preço diferenciado (mais barato que hotel). Através do site, o viajante pode escolher a acomodação que mais agrada e que cabe no bolso.

Além disso, o turista ainda pode buscar por acomodações que atendam exigências como ar-condicionado, casas que aceitem pets, camas para mais de um hóspede, apartamentos e casas completas.

>> Consultar mais opções de aluguel de temporada

Gastronomia de Vancouver

A culinária e gastronomia canadense são multiculturais, tal qual foi a colonização do país, sendo que isso também transcende para a gastronomia de Vancouver, com múltiplas variedades e ofertas, sem necessariamente ter uma identidade única.

Mesmo assim, podemos trazer alguns pratos canadenses que valem a pena experimentar, já que são muito consumidos, como o poutine, as beavers tails, as butter tarts e a nanaimo bar.

Entre alguns restaurantes de Vancouver que podemos indicar para você conhecer em Vancouver estão o Nuba in Gastown, mais aconchegante e ideal para um happy hour.

Também tem a Panaderia Latina Bakery de estilo casual para quem quer fazer uma boa refeição e recarregar as energias.

Assim como podemos indicar o Eby-Ten, também mais casual e que também oferece boas opções vegetarianas.

Restaurante Nuba in Gastow em Vancouver
Restaurante Nuba in Gastow em Vancouver

Seguro de viagem para Vancouver

O seguro de viagem para Vancouver é importantíssimo para quem deseja viajar sem esquentar a cabeça.

Afinal de contas você está indo viajar e não espera ficar doente ou sofrer um acidente, mas se isso acontecer, você precisa estar assegurado para cobrir as despesas médicas e hospitalares.

Os custos médicos no Canadá são altos, no qual um simples tratamento de uma gripe com remédios pode sair até R$ 1.000,00 e não há um serviço de saúde pública acessível aos turistas.

Outros percalços que não envolvem saúde, mas que são chatos de serem resolvidos, são cobertos pelo seguro de viagem, como: extravio de bagagens, cancelamento de voo, etc.

Um lugar para consultar os planos disponíveis, preços e as melhores seguradoras é o site da Seguros Promo, que inclusive é parceira do site pela boa qualidade de serviço ofertada.

Você pode acessar o site a partir desse link e com o cupom VIDADETURISTA5 você ainda tem direito a 5% de desconto adicional.

>> Fazer cotação de seguro de viagem

Finalizando

Como você viu ao longo do texto, Vancouver realmente é um país que merece ser levado em consideração em uma próxima viagem ao Canadá.

A cidade é repleta de pontos turísticos, um mais variado e diferente do outro, que encantam pela sua natureza, história, cultura ou arquitetura.

Ao longo do texto você pode conhecer alguns deles, os principais bairros e também atividades para complementar o passeio.

Agora queremos ouvir a sua opinião. Quais dos passeios acima você mais gostaria de conhecer em Vancouver? Deixe a baixo o seu comentário!

Abraço e até o próximo post!

FAQ – Perguntas e respostas

Quais roupas levar para Vancouver?

O país é essencialmente frio então a cidade de Vancouver no Canadá é fria. Além disso, a cidade é chuvosa. Vancouver foi apelidada de “Raincouver”. Seus melhores amigos no turismo pela cidade serão as peças impermeáveis para te manter quente e seco, para assim você aproveitar a cidade de maneira confortável e segura, mantendo as doenças bem longe, mesmo no verão. Lembre-se que o serviço de saúde do Canadá não é acessado com facilidade.

Que moeda levar para Vancouver?

A moeda do país é o dólar canadense. Atualmente, com a desvalorização do real a moeda canadense está valendo, em média, R$ 4,10. Isso pode tornar a viagem mais cara e por isso, precisa ser bem planejada. Para quem parte do Brasil, a maneira mais barata de acessar o país é pelos Estados Unidos. Uma passagem direta para o Canadá, dependendo da companhia aérea, pode custar mais de R$ 15.000,00. Enquanto uma passagem para os Estados Unidos custa, em média R$ 3.000,00. Contudo, para realizar a segunda rota mais barata, o viajante precisará ter autorização para circular dentro dos EUA com passaporte válido e visto americano (seja ele o visto oficial ou o visto de trânsito).

Quais documentos obrigatórios para Vancouver?

Quanto a documentação para os brasileiros que possuem visto para os EUA, ou que tenham visto para o Canadá, basta solicitar no site oficial do governo canadense o eTA, Electronic Travel Authorization. Para os que estão indo pela primeira vez, será necessário apresentar uma série de documentos para comprovação de residência no Brasil, emprego fixo com comprovação de renda, de preferência dos últimos meses, além de preencher o formulário de solicitação.

SUA VIAGEM COMEÇA AQUI!

  • Se quiser viajar para o paraíso, o Zarpo tem os melhores pacotes de viagem em resorts e hotéis de tirar o fôlego.
  • Para encontrar a passagem aérea com o menor preço do mercado, não deixe de consultar o site da MaxMilhas que consulta os preços em várias companhias aéreas!
  • Reserve diárias de hotel no mundo inteiro de maneira prática e segura no Booking.com, com opção de cancelamento grátis e sem precisar pagar antecipadamente!
  • Precisa de aluguel de carro? Na RentCars o pagamento é feito em reais, sem cobrança de IOF parcelado sem juros no cartão ou com 5% de desconto no boleto.
  • E não esqueça do seguro viagem. Na Seguros Promo você usa o cupom VIDADETURISTA5 e ganha desconto de 5% na compra.
  • Para os passeios, ingressos para tours, shows e entradas em museus você pode contar com a Get Your Guide em vários lugares do mundo.
  • Com o cupom VIDADETURISTA da América Chip você ganha 5% de desconto na compra de um chip internacional para viajar conectado o tempo todo.

Ao fazer uma compra com um parceiro através do blog recebemos uma pequena comissão. Ninguém paga a mais por isso e de quebra ajuda o blog a trazer sempre artigos e novidades atualizadas. Obrigado! =)

Avatar
Thiago Cesar Busarello

Thiago Busarello é autor e criador do Vida de Turista, no qual adora viajar e falar do assunto de turismo e viagens, compartilhando dicas e informações de viagens com os leitores.

17 comentários em “Vancouver – Canadá
  • Avatar
    20/04/2007 em 17:40
    Permalink

    Queria agradecer o slide show e dizer que já disponibilizei de outras cidades também.

    Resposta
  • Avatar
    20/11/2009 em 04:23
    Permalink

    ola…meu nome eh juliana e irei a vancouver em julho! vou fazer um intercambio de 1 mes pela EF! Gostaria de receber algumas dicas!Obrigada

    Resposta
  • Avatar
    22/11/2009 em 18:16
    Permalink

    Olá Juliana..
    Que legal que vai lá conhecer Vancouver.. Tenho um amigo meu que também está para ir para o Canadá então ele comenta algumas coisas comigo, como principalmente a importância de ter o visto de viagem certinho e a temperatura da cidade que é bem fria..
    Abraço..

    Resposta
  • Pingback:Olimpíadas de Inverno – Vancouver – Canadá – 2010 | Vida de Turista

  • Avatar
    29/06/2011 em 01:10
    Permalink

    Olá Matthew, para não ter problemas referenciei a imagem original no link que você propôs. Acredito que agora esteja tudo ok. Parabéns pela foto que é linda e por isso foi utilizada aqui no blog!

    Abraço,
    Thiago

    Resposta
  • Avatar
    29/08/2011 em 16:08
    Permalink

    Estou indo para Vancouver em outubro vou passar um mês lá e gostaria de receber algumas dica^s…

    Vlw

    Resposta
    • Avatar
      16/06/2013 em 12:14
      Permalink

      Olá Adriana, uma boa dica para viagem a Vancouver é ir no inverno, para conhecer a neve e fazer uma viagem diferente do que estamos acostumados aqui no Brasil. Abraço!

      Resposta
    • Avatar
      01/09/2014 em 22:48
      Permalink

      Adriana
      Quando você vai exatamente?
      Começo minhas aulas em outubro tbm…
      Em qual escola você vai estudar?

      Resposta
  • Avatar
    08/09/2013 em 23:45
    Permalink

    Oi, meu nome é Nathalia, estou fazendo Intercambio de um ano pra Burnaby (cidade vizinha de Vancouver) e já visitei esses parques que vc mencionou e gostei bastante!! Gostaria de saber agora se tem algumas festas, shows que vc sugere aqui nesta região!!
    Abç.

    Resposta
  • Avatar
    08/10/2015 em 11:11
    Permalink

    Olá, viajei para Vancouver em abril desse ano de 2015 e voltei com 10 passagens do skytrain, para 2 zonas. Custou 31,50 dólares canadenses. E ainda me sobrou 5 dólares canadenses. Em real, daria 115 reais hoje. Quem quiser, passo por 70. Entrego em mãos no centro do rio ou tijuca.

    Resposta
    • Avatar
      05/11/2016 em 17:56
      Permalink

      Bacana Felipe, se ainda não concretizou a venda, uma sugestão é trocar o dólar canadense nas casas de câmbio mesmo. Abraço!

      Resposta
  • Avatar
    26/10/2016 em 23:18
    Permalink

    Vancouver é uma cidade maravilhosa, mas muiiiiittttto cara para visitar e especialmente para morar, é preciso mencionar isso……

    Resposta
    • Avatar
      05/11/2016 em 17:57
      Permalink

      Verdade Edson! Ainda mais quando consideramos que os preços das coisas lá são em dólares que está caro nesse momento para qualquer turista. Obrigado pela participação!

      Resposta
  • Pingback:Réveillon Vancouver 2020 - Dicas para um réveillon diferente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat