BAIXE GRÁTIS NOSSO KIT DE PLANEJAMENTO DE VIAGEM! CLIQUE AQUI!

Experiência de morar no México

Olá pessoal, aqui é a Izabela Sanches, escrevendo pela primeira vez um artigo para o Vida de Turista, no qual vim compartilhar a minha experiência de como foi morar no México por mais de 2 anos.

Vou contar sobre a cultura do México, sobre a gastronomia mexicana, sobre o turismo no México e até mesmo como é o mercado de trabalho mexicano, caso você queira morar lá não só para estudar, mas também para morar.

Também vou trazer algumas curiosidades do México e dicas que só quem morou lá por mais de 2 anos pode trazer (uma experiência quase me tornou uma nativa das terras mexicanas).

Por que morar no México?

Quando pensamos no México, a primeira coisa que nos vem à cabeça são os sombreros, a tequila, as belas praias de Cancun e até mesmo os mariachis, que são os cantores mexicanos que tocam em bares por todo o país. A pergunta é: você já imaginou morar no México? Se sim, por que morar no México? Por que não morar em outro país?

Essas perguntas eu me fiz várias vezes antes de me atirar para viver por mais de 2 anos no país. Mas posso resumir o que me levou a essa decisão por 5 motivos principais:

  • Intercâmbio no México
  • Mercado de trabalho
  • Custo de vida
  • Cultura mexicana
  • Comida mexicana

Morar em um país como o México que tem tantas coisas para ver e fazer é realmente tentador. Você pode morar na capital mexicana, morar nas praias do México, morar próximo à fronteira americana ou até mesmo morar no interior do México.

A capital Cidade do México é o lugar onde todos os gostos se encontram e misturam, encontra-se de tudo um pouco: bares, restaurantes de comidas típicas e cozinha internacional.

É ali também que se encontram as melhores escolas do México, as melhores oportunidades de trabalho no México e as melhores opções de shows, teatros e vida cultural. De fato é a São Paulo do México. E foi essa a escolha que fiz, morar na Cidade do México.

>> Leia também: Como é o Carnaval no México

Viver a cultura mexicana é um dos motivos mais legais de morar no México
Viver a cultura mexicana é um dos motivos mais legais de morar no México

QUAL O MELHOR SEGURO DE VIAGEM PARA VOCÊ?










Intercâmbio no México

O México recebe vários intercambistas durante o período letivo e esse foi o meu caso. É um ótimo lugar para aprender inglês e espanhol ao mesmo tempo, já que a maioria das escolas que vão do Ensino Infantil ao Ensino Médio são bilíngues.

São vários os cursos de inglês no México que a cidade oferece, sendo que quero trazer como destaque o Harmon Hall, uma das melhores escolas do mundo para se aprender inglês. E para não chegar tão cru, você pode optar por fazer um minicurso online pela Babbel antes de se aventurar no país.

“Hoje em dia é ótimo poder contar com uma segunda língua no currículo, o que faz toda a diferença em processos de seleção.”

Você pode passar até 6 meses no México como turista e nesse período estudar cursos à vontade. Mas se quiser ficar mais tempo, é necessário solicitar um visto de estudante para o México.

É a partir dos vistos de estudante que você pode ingressar em uma universidade do México, fazer uma Especialização no México ou até mesmo fazer o Ensino Médio no México.

Como solicitar o visto de estudante para o México?
Como solicitar o visto de estudante para o México?

Mercado de trabalho no México

Além dos estudos, esse foi o maior motivo da minha ida ao México. A melhor cidade para morar no México em questão de trabalho é a Cidade do México. 

A primeira coisa a saber se você deseja morar lá e trabalhar é que não existe carteira de trabalho no México. Lá existe o contrato de prestações de serviço, mas nada comparado ao que é no Brasil.

Outra coisa muito peculiar é que os grandes grupos geralmente estipulam os ganhos em formas de dias. Por exemplo, hoje em dia o mínimo que geralmente pode ser pago ao funcionário é entre 88,36 e 176,72 pesos por dia. Isso pode assustar no começo, mas calma! É algo que varia muito de setor para setor.

>> Leia também: Como é o réveillon na Cidade do México

Bicos de trabalho no México

Lá também você pode aproveitar para fazer “bicos” que são trabalhos que podem ser feitos mais rápido e geralmente não precisa de uma formação para isso. As pessoas que mais fazem isso são os estudantes atrás de uma renda extra.

É um pouco estranho pensar em algo que não estamos acostumados, porém o México é o país com a 14ª economia no mundo. Profissionais que possuem qualificações tem geralmente um ganho mensal em média de R$ 2 mil ao mês.

Estudantes, como foi o meu caso, podem fazer “bico” para completar renda ou até mesmo para ganhar experiência no mercado de trabalho.

Esse tipo de trabalho é bem variado, alguns exemplos de trabalhos são “Nanny” que é ser baba ou cuidar de crianças e ou animais, assim como trabalhar de garçom para eventos e festas ou até mesmo dar aulas de alguma especialidade.

Como é algo que não é um trabalho fixo, deve-se prestar muita atenção no tipo de serviço que estão procurando e conversar sobre o preço. No caso de ser baba o preço era acordado via WhatsApp, e era feito um pagamento prévio de 30% a 50% do valor conversado.

Também é necessário prestar muita atenção nos locais para ir. As cidades podem ficar bastante perigosas no período da noite.

>> Leia também: Dicas de viagem para Acapulco

Dica de networking

Uma dica que gostaria de dar é que na Cidade do México é comum encontrar os famosos “antros” que são as baladas do México mais agitadas. Eu fui para muitas dessas baladas pelo meu momento de vida que era de estudar, trabalhar, mas também viver a vida.

E a verdade é que aparecem muitas oportunidades no México quando você começa a conhecer novas pessoas, como foi o meu caso nessas baladas. Conhecer pessoas é importante devido a cidade ser comandada pelo networking de ofertas de trabalho.

A Cidade do México é o local com as melhores oportunidades de trabalho
A Cidade do México é o local com as melhores oportunidades de trabalho

COMPARADOR DE SEGURO DE VIAGEM

Custo de vida para morar no México

Posso falar com propriedade sobre os preços da Cidade do México, cidade onde completei os meus estudos e onde conheci os preços de lojas, restaurantes, serviços em geral, entre outros.

Mesmo que o salário mínimo no México é relativamente menor que a faixa salarial do Brasil, a Cidade do México tem preços bem próximos da realidade do brasileiro, o que foi um fator que me ajudou na tomada de decisão de fazer intercâmbio no México.

Quando coloquei na ponta do lápis comparando o custo de um intercâmbio nos Estados Unidos, um intercâmbio no Canadá ou um intercâmbio na Europa, o México ganhou disparado.

Mas ter um custo de vida alto ou baixo no México vai depender principalmente de onde você quer ficar ou local para morar. Por exemplo, no interior do México é onde você tem os custos mais baixos. Na Cidade do México os custos se equiparam aos das grandes capitais brasileiras. Já nas praias mexicanas é onde você vai encontrar os custos mais caros, já que os preços são voltados a turistas.

“Mesmo nos mercados locais, onde os turistas dificilmente compram, existe uma inflação maior, já que teoricamente os ganhos lá são maiores devido ao turismo.”

>> Leia também: Nossa viagem de lua de mel em Cancun

Cidades turísticas como Cancun é onde tem o maior custo de vida no México
Cidades turísticas como Cancun é onde tem o maior custo de vida no México
Dicas para a bagagem

Cultura mexicana

O México em si é um país bastante religioso, principalmente entre os mais velhos. Existem inúmeras celebrações e passeios durante o ano que celebram a cultura mexicana. Entre as celebrações mais famosas estão o Dia de Los Muertos e entre os passeios está o passeio em Xochimilco.

Eu fiquei literalmente encantada com a cultura do México e esse foi um dos fatores que me ajudou muito na tomada de decisão. A cultura deles nos envolve de um jeito que não tem explicação. Somente conhecendo ela mais afundo para entender o que estou falando.

E uma das coisas mais bacanas é que os mexicanos literalmente adoram os brasileiros. Eles tem a cultura do futebol tão enraizada como nós temos. E existe um respeito mútuo. Não existe aquele olhar de cima que vemos em países mais desenvolvidos e isso ajuda muito na adaptação.

Abaixo eu trouxe algumas informações sobre o Dia de Los Muertos e Xochimilco para você conhecer um pouco mais da cultura mexicana.

Dia de Los Muertos

O Dia de Los Muertos apesar de ser considerado por muitos o halloween alternativo mexicano é uma data muito importante para lembrar os entes queridos que “voltam” para visitar. 

Apesar de estarmos lembrando de entes familiares que se foram, é um dia muito colorido e de celebração para os mexicanos. Eles encaram esse dia de uma maneira muito diferente de nós. Quando estiver morando por lá, aproveite as festas desse dia.

Inclusive essa foi a data que o Thiago fez viagem para Cancun em 2009 e sei que ele adorou o passeio como ele contou já nos textos publicados aqui no blog.

>> Leia mais: Um passeio no parque Xcaret

Foto batida pelo Thiago no Dia de Los Muertos no parque Xcaret
Foto batida pelo Thiago no Dia de Los Muertos no parque Xcaret

Xochimilco

Durante a estadia na Cidade do México, existe uma experiência única que você não encontra em outro lugar a não ser ali como o passeio a Xochimilco.

O Xochimilco é um passeio em uma espécie de flutuante com comida, bebida, com muita música e cor enquanto se aprende sobre a Cidade do México, passando por algumas regiões da cidade até chegar ao fim na Universidade Nacional do México, onde estão os quadros de muitos artistas nacionais.

O legal desse passeio é que ele pode ser feito com os amigos, família e os colegas de trabalho e várias vezes no ano. É algo que realmente vale a pena ver. Se quiser vivenciar a cultura mexicana, esse é um ótimo passeio.

Passeio em Xochimilco na Cidade do México
Passeio em Xochimilco na Cidade do México

Comida mexicana

A comida mexicana é algo adorado por muitos e por outros nem tanto, devido a pimenta, um ingrediente que os mexicanos adoram. Eu confesso que literalmente adoro, o que também ajudou na escolha.

Os tacos, burritos e o guacamole são famosos no mundo todo, mas além destes, existe uma variedade extensa dessa culinária que vale muito a pena provar.

Os mais famosos são os “Elotes” que são vendidos nas ruas, que é milho com vários ingredientes em cima, coloca-se queijo Cotija, limão espremido, pó de chile (o picante) e muito mais. Uma explosão de sabor para quem gosta. Servidos com “Agua de Horchata” é como se fosse arroz doce em forma de bebida.

Uma dica que dou para quem quiser se aventurar de morar no México é literalmente experimentar as comidas de restaurantes mexicanos no Brasil.

“Não chega a ser literalmente igual à comida mexicana, mas se aproxima e faz você ter uma ideia do que vai encontrar.”

Os tacos fazem parte da comida mexicana
Os tacos fazem parte da comida mexicana
Para aproveitar melhor a viagem

Minha adaptação para morar no México

Agora vou trazer detalhes sobre a minha adaptação no México considerando a adaptação ao idioma, adaptação aos meios de transporte e também adaptação às pessoas.

Adaptação ao idioma

A língua oficial do México é o espanhol. O espanhol mexicano dependendo do lugar que você estiver inserido pode ser carregado de gírias, muito parecidas com as brasileiras.

Geralmente no começo, você consegue se comunicar em portunhol devido aos idiomas serem próximos, mas não recomendo que o faça por muito tempo. Os mexicanos dão muito valor para quem está a apto a aprender a falar a língua deles e fazem o possível para te ajudar.

Uma dica muito importante, como você está indo morar em um lugar diferente, significa que as coisas vão ser diferentes também.

Para os mexicanos não há nenhum problema em fazer certas correções quando você falar errado. Isso só mostra que querem que você aprenda a falar as coisas certas e não parecer “gringo” falando. Então o conselho é: “Não leve as coisas para o pessoal”.

Devido ao contexto histórico com os Estados Unidos, tanto o lado mexicano quanto o lado americano tiram sarro do sotaque um do outro quando estão falando algo no idioma estrangeiro, isso é mais normal do que você imagina.

Assim como no Brasil existem vários sotaques, o México também não é diferente. Isso só mostra o quanto de cultura você pode absorver morando lá.

>> Leia também: Como é a tradição de réveillon no México

Meios de Transporte

A Cidade do México é conhecida no mundo inteiro como uma das cidades com um dos trânsitos mais intensos, algo muito similar a São Paulo, por isso, é muito importante escolher com cautela onde morar.

Se por exemplo escolher um lugar mais barato, mas que é mais longe do seu local de trabalho, tenha em mente que a cidade possui um trânsito caótico e que isso pode gerar problemas. Às vezes é melhor escolher algo mais próximo e que seja um pouco mais caro do que ter maiores problemas.

O bom de morar no México é que os ônibus custam de $ 6.00 a $ 7.00 pesos e o metrô custa apenas $ 5.00 pesos. O único ponto negativo é que existem muitos casos de abusos sexuais nesses transportes, portanto você deve se manter sempre alerta.

Fora da capital não existe metrô, porém os ônibus seguem a mesma linha de preço da Cidade do México. É muito comum, fora de horários de pico e aos finais de semana, as pessoas optarem mais por andar de táxis ou atualmente Uber.

Neste caso, os preços variam bastante, como em qualquer outro lugar do mundo, sendo algo mais caro devido ao conforto.

Esse é o museu Soumaya localizado na Cidade do México
Esse é o museu Soumaya localizado na Cidade do México

Onde morar no México

Uma boa opção para quem vai para viver no México por um tempo é o bairro Zona Rosa, localizado bem próximo ao bairro de Polanco, na Cidade do México.

É a localização das melhores baladas do México, com um custo mais baixo comparado aos outros bairros mencionados. Também é um dos bairros mais próximos das linhas de transporte, localizado bem no coração da Cidade do México.

Outra opção seria o bairro Santa Fé que tem uma pegada mais universitária, tendo aluguéis mais em conta. Em contrapartida, é um bairro mais longe do centro.

Também existem lugares de alto padrão na Cidade do México, como o bairro de Condesa, que é um bairro mais tradicional e seguro. Assim como existe um bairro mais rico como o bairro de Polanco, onde os custos de hospedagem acabam sendo altíssimos.

“Nesses lugares, o aluguel sai na faixa de no mínimo R$ 4 mil, já que o aluguel se baseia por metro quadrado.”

A melhor opção para intercambistas no México e para aqueles que querem viver o espanhol no dia-a-dia, é levar em consideração morar em casa de família mexicana em um primeiro momento, para depois optar pelo aluguel de uma casa ou apartamento.

É muito comum que depois de alguns meses os estudantes fazerem amizades e preferirem morar com outros estudantes, seja mais próximo aos centros da cidade, ou até mesmo em locais estratégicos devido a trabalho, ou outras atividades de rotina.

No meu caso, estive hospedada na casa de uma família que morava em um bairro mais tradicional e familiar da Cidade do México, no bairro Jardines Del Pedregal, 30 minutos do centro da cidade. Um tempo depois morei na cidade de Puebla, que está distante 50 minutos da capital CDMX.

Para quem quiser morar sozinho desde o primeiro dia, uma dica é reservar uma casa ou apartamento de temporada a partir de sites como o Airbnb que saem mais baratos do que os tradicionais hotéis do México.

>> Consultar opções de apartamento de temporada

Vista noturna da Catedral do México
Vista noturna da Catedral do México
Cópias de documentos

Alertas e cuidados antes de morar no México

O México é um país maravilhoso, a maioria das pessoas são amigáveis, existem muitas oportunidades tanto para conhecer novas pessoas, como para conhecer lugares incríveis, entender outra cultura, fazer novos amigos e trocar experiências em locais de trabalho.

Porém nem tudo é mil maravilhas em nenhum lugar do mundo. O México também tem problemas e é importante que você conheça eles antes de se aventurar no México.

Tráfico de drogas

Morar no México é perigoso devido ao tráfico de drogas ser muito assíduo em algumas regiões do país, mas não especificamente na Cidade do México, que é a capital, por exemplo.

São em cidades específicas onde o problema é maior, como no caso da cidade de Tijuana, a região que faz fronteira com os Estados Unidos.

Além dos problemas que se encontram devido a região fazer parte da fronteira, também existe a questão das drogas, e acaba que a cidade sempre está no alvo da mídia.

Por outro lado, e isso pode soar contraditório, é uma das cidades mais procuradas para fazer turismo quando se está na Califórnia, Estados Unidos.

“Como qualquer outra cidade tem seus prós e contras, a cidade de Tijuana não escapa disso, mas também não deixa de ser uma cidade rica em história, cultura e lazer.”

Assédio sexual no México

Outro ponto de atenção que vale ser mencionado e que é encontrado em todo território mexicano é o assédio sexual a mulheres no México.

De acordo com o site Geledés, em março de 2017, o governo mexicano fez uma pesquisa em relação ao assédio sexual que as mulheres sofriam em transportes públicos como ônibus e metro, confirmou que 65% das mulheres entrevistadas já foram vítimas de assédio sexual nos transportes da capital.

Uma alternativa polêmica que o país encontrou foi segregar os vagões do metrô, assim existe vagões destinados apenas às mulheres em horários de pico.

Ter alguns cuidados básicos em qualquer parte do mundo é sempre muito bom e necessário, afinal é um lugar novo, é uma língua que pode ser que você não tenha tido muito contato antes, então vale a pena se atentar a pequenos detalhes.

Eu não passei por nenhuma situação dessas enquanto estive morando por lá, mas escutei casos sobre o assunto e vi reportagens na televisão. Não que no Brasil não acontecem tais situações, mas vale esse cuidado também para as mulheres que decidirem morar no México também.

Seguro de viagem para morar no México

Lembre-se da importância de viajar para o México com um seguro de viagem contratado para todo o período que você vai morar no México, já que é ele que vai dar todo o suporte caso venha a acontecer algum imprevisto durante a viagem (ficar doente, se acidentar, perder um voo, perder documentação, etc).

Aconteceu comigo quando peguei um resfriado muito forte e precisei consultar atendimento médico. O seguro de viagem me deu o suporte e cobriu despesas médico e hospitalares. Lembre-se que você não é cidadão mexicano e por isso precisa desse suporte.

Um site que oferece boas cotações de seguro de viagem com opção de seguro de viagem intercâmbio é a Seguros Promo. Inclusive eles são parceiros aqui do blog, pelas boas opções de planos e coberturas, além da confiança oferecida.

>> Fazer cotação de seguro de viagem

Show México Espetacular no Parque Xcaret
Show México Espetacular no Parque Xcaret

Finalizando

Como você viu ao longo do texto, existem vários motivos para você morar no México. Trouxemos alguns deles tomando como base a nossa experiência de ter morado lá por mais de 2 anos.

É um país que hoje carrego no coração e tenho muitas saudades com muita vontade de voltar, falar com os amigos e reviver toda a sua cultura. Se você tiver essa oportunidade, recomendo a todos. Se o seu objetivo for estudar no México, tal qual foi o que eu fiz, não deixe de ler esse artigo sobre visto de estudante para o México.

Agora queremos ouvir a sua opinião. Você já tinha parado para pensar em morar no México? Se fosse escolher um destino, qual seria? Deixe abaixo o seu comentário!

Abraço e até o próximo post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat