Para onde voce quer viajar?
Thiago Cesar Busarello em 17/09/14

Parece que foi ontem que fui convidado através do blog para a minha primeira viagem internacional. O destino foi Cancún no México. Nesse período foi quando dei entrada no pedido para tirar passaporte. Agora já se passaram 5 anos e chegou a hora de aprender como renovar passaporte.

Na época havia feito o post explicando sobre como tirar o passaporte, o que é o passaporte, os tipos de passaporte que existem, onde fazer a solicitação de passaporte e os documentos para passaporte. Se você tem dúvidas sobre passaporte, sugiro ler o artigo que ficou bem enxuto e completo.

Saiba como renovar passaporte

Para renovar o passaporte, é importante entender que a Polícia Federal não reconhece como um processo de renovação. Para ela, é um processo totalmente novo. Veja o que ela diz no site quanto a isso:

Não há renovação nem prorrogação de passaporte, se o seu está com prazo de validade expirado ou prestes a expirar e você deseja obter um novo documento de viagem, serão exigidos todos os documentos originais relacionados e você deverá solicitar a emissão normalmente.

No geral, o processo de renovação do passaporte brasileiro é bem similar ao de tirar o passaporte. Basta ser brasileiro, preencher o formulário eletrônico de solicitação e agendamento no site da Polícia Federal, se apresentar no dia e horário agendado e levar os seguintes documentos originais solicitados:

  • Documento de identidade
  • Título de eleitor
  • Quitação com o serviço militar obrigatório
  • Certificado de naturalização para os naturalizados
  • Comprovante bancário de pagamento da Guia de Recolhimento da União
  • Passaporte anterior (se houver)
  • CPF

A pessoa que teve o nome alterado em razão de casamento, separação ou divórcio deve apresentar, além do documento de identidade, certidão de casamento original atualizada com as devidas averbações ou anotações.

A pessoa que teve o nome alterado por decisão judicial deve apresentar, além do documento de identidade, certidão de nascimento original atualizada com as devidas averbações ou anotações.

Como renovar passaporte

Como renovar passaporte

Onde renovar o passaporte

Onde renovar o passaporte dependerá da sua escolha na hora do agendamento passaporte que você fizer no site da Polícia Federal. Sugiro escolher um local próximo para diminuir os gastos de deslocamento.

No geral, serão necessárias 2 idas no local de emissão do passaporte. A primeira para apresentar os documentos e a segunda para retirada do passaporte. Feito isso, você estará com o documento passaporte em mãos, pronto para viajar ao redor do mundo novamente. Uma boa é começar pelos principais destinos turísticos do mundo.

E então, para você também chegou a hora de renovar passaporte? Veio aprender como renovar o passaporte aqui no blog? Deixe suas dúvidas aqui nos comentários e ajude os outros leitores também!

Abraço!

Tags: ,


Thiago Cesar Busarello em 06/09/14

Achei muito bacana a campanha de comemoração dos 20 anos do Smiles, o programa de milhagens da cia aérea GOL, chamada 365 motivos para sorrir.

Todo dia eles lançam uma novidade no site 365motivos.com.br para quem gosta de viajar que vão desde passagens com desconto, formas de ganhar mais milhas smiles, promoções em produtos dos parceiros e muitas outras.

A promoção quando criava esse post era de viajar para a América do Sul e Europa com 20% de desconto. Confesso que fiquei amarradão e comecei a fazer consultas para alguns destinos que quero conhecer como Montevidéu e Santiago do Chile.

365 motivos para sorrir Smiles

365 motivos para sorrir Smiles

O presidente do Smiles, Leonel Andrade, é quem deu o recado de lançamento nas redes sociais. O vídeo você pode conferir abaixo:

E então, bora aproveitar essa campanha pra lá de interessante do Smiles?

Abraço!

Tags: , ,

Com os principais candidatos a presidente da república bem definidos e o lançamento de suas propostas de governo, é importante ficar atento em como o resultado eleições 2014 pode impactar o turismo no Brasil.

Cada candidato tem seu plano de governo, seus projetos, seus aliados, seus partidos e suas ideologias. E nesse conjunto é que ficam as obras e ideias que alavancarão o turismo do país nos próximos anos.

Não basta o Brasil ser somente sede de grandes eventos, como a Copa do Mundo e as Olimpíadas. Tem de ter as cidades preparadas para receber bem os turistas internos e externos.

Propostas para o turismo da Dilma Rousseff

  • Valorização da cultura nacional e favorecimento do diálogo com outras culturas
  • Democratização dos bens culturais e da comunicação
  • Criação de 800 praças de esportes, cultura e lazer em todo o País
  • Fortalecimento do Sistema Nacional de Cultura
  • Aceleração da implantação do Vale Cultura
  • Modernização de 14 aeroportos e sete portos
  • Conclusão das ferrovias Norte-Sul e Transnordestina
  • Conclusão da Via Expressa em Salvador, Bahia
  • Realização de 51 obras viárias

Propostas para o turismo do Aécio Neves

  • Investimentos em infraestrutura turística
  • Fomento à realização de pesquisas estatísticas
  • Conscientização da população local dos impactos econômicos positivos do turismo
  • Consolidação e divulgação dos calendários de eventos nas cidades
  • Metodologia de avaliação do estágio de desenvolvimento dos destinos
  • Promoção internacional dos valores culturais, ecológicos e gastronômicos
  • Ampliação do turismo associado às Unidades de Conservação

Propostas para o turismo da Marina Silva

  • Valorizar a especificidade de cada localidade e região
  • Estimular a capacitação para a atividade turística
  • Articulação entre a cadeia do turismo e outras cadeias produtivas
  • Programas de divulgação interna e externa de destinos turísticos
  • Parcerias com as municipalidades para conservação e melhorias de equipamentos
  • Investimentos em projetos de infraestrutura que tenham impacto para o turismo
  • Estimular o ecoturismo como alternativa de desenvolvimento sustentável
  • Transparência na prestação de contas dos gastos públicos com grandes eventos
  • Infraestrutura física e recursos humanos na visitação nos parques nacionais brasileiros

Resultado eleições com base nas propostas

Na minha opinião, a proposta mais fundamentada é a do Aécio Neves que foi mais direto e objetivo para o setor. Da Dilma Rousseff não ficaram claras as propostas específicas para o turismo e sim mais obras de infraestrutura e incentivo à cultura. Parece que o que ela fez e tem encaminhado até o momento é o suficiente para alavancar o turismo no país. Já da Marina Silva, o que mais me chamou a atenção foi o de explorar economicamente os parques nacionais brasileiros e a transparência nos gastos dos grandes eventos. O restante pareceram propostas abstratas e fazer somente mais do mesmo. Faltou dizer no plano de governo dela o “como fazer”.

Resultado eleições 2014 para o turismo

Resultado eleições 2014 para o turismo

E para você que gosta de viajar pelo Brasil, como enxerga as propostas de governo e o resultado eleições 2014 para o turismo? O que gostaria de incluir como proposta de plano de governo dos candidatos a presidente da República?

As eleições de 2014 acontecem nos dias 5 de outubro e 26 de outubro. Os votos serão para presidente da República, governador do Estado, senador, deputado federal e deputado estadual.

Maiores informações sobre os candidatos e as eleições 2014 podem ser encontradas no site do TSE e aqui no blog em nosso especial Eleições 2014 e o mundo das viagens.

Abraço e até o próximo post!

Tags: ,

Continuando nossa série de posts sobre as eleições 2014 e o mundo das viagens, vamos falar hoje sobre a justificativa eleitoral. O dia da votação das eleições 2014 está chegando e você nem se deu conta de que marcou uma viagem justamente em dia de eleição? Pois é, isso já aconteceu comigo também.

Por sorte, acabou não acontecendo o segundo turno no período em que eu estava viajando e na cidade onde moro, a cidade de Timbó – SC, e portanto não precisei justificar o voto. Agora se isso acontecer com você, saiba o que fazer para apresentar justificativa eleitoral e se manter regularizado, já que o voto é obrigatório no Brasil.

O que é a justificativa eleitoral

A justificativa de voto é o instrumento que possibilita ao eleitor justificar a sua ausência às urnas perante o juiz eleitoral. Ela pode ser feita no dia da eleição ou até no prazo de até 60 dias após a realização de cada turno da eleição, sendo que cada turno requer a sua própria justificativa.

Existe um modelo de documento de justificativa de voto próprio da Justiça Eleitoral para efetuar a justificativa, que pode ser encontrado no site do TSE. Nele deve estar claro o motivo do não comparecimento, anexando documentos que comprovem a impossibilidade do voto. Ex.: bilhete de passagem aérea, atestado de saúde, etc. A entrega pode ser pessoal ou por correios. É proibido o envio deste documento por e-mail.

Não há limites para justificativas, desde que elas sejam sempre apresentadas ao juiz eleitoral.

Se o eleitor não votar e não apresentar justificativa eleitoral, existirá multa imposta pelo juiz eleitoral, cobrada na forma da Lei. Acontecendo em três eleições consecutivas será cancelada automaticamente a inscrição do eleitor.

Justificativa eleitoral

Justificativa eleitoral

Como justificar o voto durante uma viagem no Brasil

Estando em viagem dentro do Brasil, fora do domicílio eleitoral onde se vota, pode-se apresentar justificativa no dia da eleição em qualquer local de votação ou mesa receptora de justificativa no mesmo horário da eleição (das 08 h às 17 h).

Caso não seja possível justificar durante o dia da eleição, o eleitor pode enviar o documento da justificativa eleitoral dentro dos 60 dias mencionados acima.

Como justificar o voto durante uma viagem no exterior

Não é possível justificar o voto durante o dia da eleição para o eleitor em viagem no exterior. A justificativa deve ser feita em até 60 dias após a realização de cada turno ou até 30 dias após o retorno da viagem ao Brasil e apresentada no cartório eleitoral.

Lembrando que é possível também enviar documento de justificativa eleitoral ao juiz de sua zona eleitoral por correio ou parentes que estejam no Brasil, anexando documentos que comprovem a estada no exterior.

Como justificar o voto sendo eleitor inscrito no exterior

Não é possível justificar o voto durante o dia da eleição para o eleitor inscrito no exterior. Deverá ser enviada justificativa eleitoral preenchida ao cartório eleitoral do exterior em Brasília, no prazo de 60 dias após a realização de cada turno. O eleitor deve guardar o comprovante de expedição da correspondência para evitar eventuais problemas de falha de recebimento.

Finalizando

Como podemos ver, a justificativa eleitoral não é difícil, mas é um processo burocrático cheio de regras a serem seguidas. Porém não se prive de viagem com a família e amigos por causa das eleições afinal não são sempre que surgem momentos de descanso ou boas promoções e descontos de viagens.

As eleições de 2014 acontecem nos dias 5 de outubro e 26 de outubro. Os votos serão para presidente da República, governador do Estado, senador, deputado federal e deputado estadual.

Maiores informações sobre os candidatos e as eleições 2014 podem ser encontradas no site do TSE.

Abraço e até o próximo post!

Tags: ,

Thiago Cesar Busarello em 19/08/14

Esse é o mais novo post da série especial eleições 2014 e o mundo das viagens. É incrível como o patriotismo toma conta da gente quando estamos longe de casa, seja morando ou passeando no exterior. Sentimos falta dos amigos, da família, da comida caseira e até mesmo dos vizinhos. É um sentimento tão forte que nos faz até mesmo acompanhar a política do país, acompanhar o andamento dos debates políticos e querer votar lá fora. Mas então começa a pergunta: como votar fora do país?

Para quem está viajando para o exterior a passeio, infelizmente não tem como votar, já que o voto em trânsito somente é liberado para viagens dentro do Brasil. A solução será justificar o voto durante a viagem.

Para quem é residente no exterior, o cidadão brasileiro tem as mesmas obrigações eleitorais do residente nacional. O voto é obrigatório lá fora. Só que claro existem algumas restrições, como por exemplo, do local da votação e de quais cargos públicos ele pode eleger.

Restrições para votar fora do país

Por exemplo, a votação para quem mora fora do país só acontece nas eleições presidenciais de 4 em 4 anos e para eleger unicamente os candidatos a presidente e vice-presidente da República. A pessoa não tem direito de votar em governadores, senadores, deputados, prefeitos ou vereadores.

Outro exemplo de restrição é o da quantidade mínima de eleitores da zona eleitoral onde se mora para exercer o voto. O mínimo é de 30 eleitores por zona eleitoral no exterior. Caso não se tenha o mínimo de 30 na região onde mora, a solução será justificar o voto.

Existindo mais de 30 eleitores, o Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal organizará mesas de votação, juntamente com os consulados e missões diplomáticas de cada país. As mesas são organizadas nas sedes das embaixadas, em repartições consulares ou em locais que existam serviços do governo brasileiro.

Agora se o cidadão residente no exterior não alterou seu domicílio eleitoral, ele continua obrigado a votar em todas as eleições e justificar o voto quando estiver fora do país.

Passo-a-passo para votar fora do país

  1. Solicitar transferência de domicílio eleitoral
  2. Resgatar novo título de eleitor
  3. Aguardar confirmação do local de votação pela embaixada ou consulado
  4. Aguardar o dia da eleição
  5. Se dirigir ao local indicado para votação com os documentos necessários
  6. Realizar a votação
Como votar fora do país

Como votar fora do país

Inscrição eleitoral no exterior

Todo brasileiro nato ou naturalizado, maior de 18 anos de idade, residindo no exterior, em país que tem representação diplomática brasileira pode solicitar a inscrição eleitoral no exterior.

Ela pode ser feita nas sedes das embaixadas ou das repartições consulares com jurisdição sobre a localidade de sua residência ou em qualquer cartório eleitoral brasileiro. A certidão de quitação eleitoral só será emitida após o deferimento do RAE – Requerimento de Alistamento Eleitoral.

Deve ser feita nos 150 dias que antecedem a votação do 1º turno das eleições.

Transferência de domicílio eleitoral para o exterior

Todo brasileiro já inscrito como eleitor no Brasil, residindo no exterior, em país que tem representação diplomática brasileira pode solicitar a transferência de domicílio eleitoral para o exterior. É obrigatório a residência mínima de 3 meses no novo domicílio.

Ela pode ser feita nas sedes das embaixadas ou das repartições consulares com jurisdição sobre a nova residência ou no Cartório da Zona Eleitoral do Exterior localizado em Brasília.

Deve ser feita nos 150 dias que antecedem a votação do 1º turno das eleições.

Transferência de domicílio eleitoral no exterior

Todo brasileiro já inscrito como eleitor no Cartório da Zona Eleitoral no Exterior (ZE/ZZ) que tenha alterado seu domicílio para país que tem representação diplomática brasileira pode solicitar a transferência de domicílio eleitoral no exterior. É obrigatório a residência mínima de 3 meses no novo domicílio.

Ela pode ser feita nas sedes das embaixadas ou das repartições consulares com jurisdição sobre a nova residência ou no Cartório da Zona Eleitoral do Exterior localizado em Brasília.

Deve ser feita nos 150 dias que antecedem a votação do 1º turno das eleições.

Finalizando

Como podemos ver, tem uma série de regras e restrições exigidas ao eleitor que quer votar fora do país para se manter em dia com as obrigações eleitorais. Porém apesar de burocrática, ela é importante para passar informações ao governo dos cidadãos brasileiros que votam no exterior e por permitir transparência nos votos da maior democracia do país.

E para você, já aconteceu de viajar para fora ou residir no exterior durante as eleições? Como fez para votar ou justificar o voto? Conte para nós a sua história.

Lembrando que as eleições de 2014 acontecem nos dias 5 de outubro e 26 de outubro. Os votos serão para presidente da República, governador do Estado, senador, deputado federal e deputado estadual.

Maiores informações sobre os candidatos e as eleições 2014 podem ser encontradas no site do TSE.

Abraço e até o próximo post!

Tags: ,