BAIXE GRÁTIS NOSSO KIT DE PLANEJAMENTO DE VIAGEM! CLIQUE AQUI!

Dicas de viagem para os países Balcãs

Olá pessoal, hoje viemos trazer dicas para quem está planejando uma viagem para os países Balcãs.

Vamos falar sobre os países que fazem parte da região dos Balcãs e sobre as particularidades que esses países têm sobre os outros países da Europa mais tradicionais.

Fato é que os Balcãs são recheados de paisagens incríveis, praias maravilhosas, regiões montanhosas e inúmeras atrações culturais, além de uma culinária incrível.

A Riviera na Albânia, os castelos históricos da Romênia e os cartões postais da Sérvia são apenas algumas das maravilhas que te aguardam nesta região riquíssima.

E assim como qualquer viagem, antes de viajar para a região dos Balcãs, é necessário planejamento.

É importante ler sobre dicas de segurança, tanto para você, fisicamente, quanto para suas informações digitais, assim como planejar um bom roteiro. Todas essas informações você vai encontrar aqui nesse artigo.

Sobre a região dos países Balcãs

Nas definições mais recentes da União Europeia, a região dos Balcãs vem sendo chamada de sudeste da Europa.

É considerada uma das regiões mais complicadas da Europa por toda a sua história de guerras e conflitos, entre elas a mais famosa a Guerra dos Balcãs, e que vem se adaptando ao mundo moderno nos últimos anos e abrindo sua porta para o turismo.

O motivo de tantos conflitos é porque ela fica localizada no caminho entre a Ásia e Europa, misturando culturas orientais e ocidentais, com diferentes interesses políticos e econômicos.

“Imagine isso agora ao longo do tempo e terá uma noção da formação dos seus povos e países, formando uma cultura única e singular no mundo.”

Ao todo são 12 países que fazem parte dos Balcãs, sendo eles:

  • Albânia
  • Bósnia e Herzegovina
  • Bulgária
  • Croácia
  • Eslovênia
  • Grécia
  • Kosovo
  • Montenegro
  • Macedônia
  • Romênia
  • Sérvia
  • Turquia (parte europeia)
Viagem para os países Balcãs
Viagem para os países Balcãs

QUAL O MELHOR SEGURO DE VIAGEM PARA VOCÊ?










É possível fazer turismo nos Balcãs?

Sim, é possível fazer turismo nos países Balcãs. Alguns países são mais abertos ao turismo do que outros, assim como alguns países também possuem atrações turísticas mais interessantes que outros.

Você já deve ter ouvido falar muito sobre fazer uma viagem para a Grécia ou uma viagem para a Turquia. Agora você já escutou alguém dizer que vai fazer viagem para Montenegro, viagem para Kosovo ou viagem para a Sérvia?

Realmente é mais difícil encontrar pessoas interessadas em fazer viagens para esses países porque preferem conhecer outros destinos turísticos mais conhecidos como Itália, Alemanha, Inglaterra ou França.

Mas essas pessoas acabam perdendo pontos turísticos lindíssimos de se conhecer.

>> Leia também: Quais os benefícios de estudar na Europa

Turismo nos países balcãs

Vamos conhecer agora os principais pontos turísticos de cada um dos 12 países balcãs para você planejar o seu roteiro de viagem e aproveitar o que cada um tem de melhor.

Turismo na Albânia

No passado, a Albânia já foi considerada um país muito fechado enquanto ficou em ditadura até 1985, mas vem se abrindo ao turismo e viu o quanto o turismo pode movimentar a economia do seu país.

Desde então, começou a explorar seu lindo litoral, a ponto de ser criada a Riviera Albanesa, com lindas águas do mar da cor turquesa que encantam os olhos dos turistas com destaque para Ksamil e Saranda.

Também fica a dica para conhecer a capital Tirana, com destaque para a Pirâmide de Tirana e os bairros com prédios antigos e monumentos históricos, com destaque para o bairro de Blloku.

O lindo litoral da Albânia
O lindo litoral da Albânia

VAMOS FALAR DE DINHEIRO?

Se precisar de empréstimo para a viagem, existem empresas especialistas em crédito pessoal para ajudar nesse sentido. Para conhecer algumas delas, clique aqui.

Um cartão de crédito internacional ajuda a acumular milhas e evita que você carregue muito dinheiro na viagem aumentando a segurança. Clique aqui para conhecer algumas opções.

Para ter acesso a vários serviços financeiros, gerenciar gastos e pagar boletos durante a viagem você pode criar uma conta digital em sites como esses aqui da lista.

Turismo na Bósnia e Herzegovina

O lugar mais preparado para receber turistas na Bósnia e Herzegovina é a capital Sarajevo, recheada de edifícios antigos que fazem a pessoa mergulhar na história do país e também a sua cultura.

Nos bairros mais antigos da capital você vai encontrar muitas ruas de pedra e lojas com artigos de artesanato mais inusitados que chamam a atenção dos turistas, com destaque para lugares como a Rua do Cobre, o Túnel da Esperança e a Latinska Cuprija.

Mais uma cidade que merece a visita é Mostar, que possui Stari Most, uma ponte tombada como Patrimônio Mundial da Humanidade pela Unesco. Outras cidades para levar em consideração são Trezibat, Pocitelj, Blagaj e Visegrad.

A famosa ponte Stari Most da Bósnia e Herzegovina
A famosa ponte Stari Most da Bósnia e Herzegovina

COMPARADOR DE SEGURO DE VIAGEM

Turismo na Bulgária

Quando falamos de turismo na Bulgária, o primeiro lugar que se pensa é a capital Sofia, já que é onde estão as principais estruturas de hotéis, restaurantes, museus e monumentos turísticos.

É o lugar onde você vai encontrar construções como a Catedral de Alexandre Nevsky que preserva muitos detalhes de sua construção no estilo neobizantino.

Também merece destaque na Bulgária o monastério Rila, distante 120 km da capital, maior e mais famoso mosteiro de Igreja Ortodoxa e que abriga as relíquias de São João de Rila, padroeiro do país.

Castelo medieval da Bulgária
Castelo medieval da Bulgária

Turismo na Croácia

Se você procura belas paisagens para aquelas fotos lindas de Instagram, saiba que a Croácia vai ser o lugar perfeito, ainda mais com um litoral encrostado em montanhas belíssimas com vilarejos próximos que dão um charme ainda mais especial.

Entre os destaques, podemos citar Trogir, Dubrovnik e Split, destinos que os europeus estão abraçando como dos mais procurados para férias de verão no litoral.

A capital Zagreb é daqueles destinos que encantam com construções do Império Austro-Húngaro, além de museus, teatros, bibliotecas, bares e restaurantes, indiferente se você estiver na Cidade Alta ou Cidade Baixa, como é dividida a cidade.

>> Leia também: Dicas para as férias de julho na Europa

Trogir é uma das belezas do litoral da Croácia
Trogir é uma das belezas do litoral da Croácia

DICAS PARA A BAGAGEM

Importante conhecer as regras de bagagem antes de viajar para não pagar multa ou ser barrado de entrar no avião. Para conhecer as regras, clique aqui.

Se ainda não tem a mala para a viagem, pode fazer uma consulta e cotação de malas de viagem a partir de sites como esse clicando aqui.

Reserve um espaço nas malas para eventuais compras de roupas, presentes ou produtos típicos do destino.

Turismo na Eslovênia

A Eslovênia é um daqueles lugares ainda escondidos e preservados do turismo em massa, o que faz o lugar manter a calma e a paz de interior, no qual todos nós estamos precisando nos dias de hoje.

A capital Ljubljana se destaca com seu castelo, prédios históricos e mercado central, além do lago Bled, cartão postal da Eslovênia, e das cavernas de Postojna e Predjama.

Para quem busca turismo de aventura, a dica é conhecer a cidade de Bovec, no qual você tem a chance de conhecer desfiladeiros, rios com água verde esmeralda e chalés em meio a campos floridos.

Arquitetura medieval de Ljubljana na Eslovênia
Arquitetura medieval de Ljubljana na Eslovênia

Turismo na Grécia

A Grécia praticamente dispensa comentários sobre seus principais pontos turísticos, já que o turismo o país é muito difundido, seja para europeus, como também para visitantes de outros continentes, incluindo o Brasil.

A capital Athenas tem um berço histórico da humanidade construído ao longo de milênios, que se explicam através de monumentos como a Acrópole de Athenas e o Partenon.

Mas também precisamos falar das cidades que sempre aparecem nos filmes e hoje norteiam o imaginário de muitas pessoas como Santorini e Mykonos, praias belíssimas, com cúpulas azuis e paisagens de encher os olhos.

>> Leia também: 5 locais para curtir o carnaval na Europa

Paisagem espetacular de Santorini na Grécia
Paisagem espetacular de Santorini na Grécia

Turismo em Kosovo

Kosovo é um país ainda não reconhecido pela ONU, mas praticamente por todos os países da comunidade internacional, desde que declarou sua independência em 2008.

É considerado um destino exótico, indicado para aqueles que preferem uma viagem diferente, fugir do tradicional, com destaque para Pristina, capital do país, que oferece linda arquitetura, praças diversas, mosteiros do século XIII e a Biblioteca Nacional do Kosovo, belíssima.

Vista da cidade de Prizren em Kosovo
Vista da cidade de Prizren em Kosovo

Turismo em Montenegro

Montenegro vem se destacando no turismo por causa da sua linda natureza, no qual é um dos polos de navios de cruzeiro da Europa, principalmente porque é banhada pelo Mar Adriático, cores incríveis.

A Baía de Kotor é considerada uma das baías mais bonitas do mundo, sendo que ao seu redor se encontram vilarejos e cidades antigas construídas por comerciantes e marinheiros.

Outras cidades que merecem destaque são Budva, cidade murada na costa de Montenegro com mais de 2.500 anos, Herceg Novi, que possui spas e centros medicinais como seu destaque, principalmente por causa dos tratamentos com lama do Mar Adriático e fontes de água mineral.

A linda baía de Kotor em Montenegro
A linda baía de Kotor em Montenegro

Turismo na Macedônia

A Macedônia é um país que se possui atrações naturais incríveis com direito a cânions, montanhas, vistas para o mar e áreas verdes incríveis, sem falar dos seus prédios históricos e cultura antiga.

Um dos destaques fica com Skopje e Ohrid, que ficam à beira de um enorme lago. Em Skopje você vai conhecer o Canyon Matka, uma das principais atrações turísticas do país.

Já em Ohrid você vai encontrar uma estrutura com restaurantes, bares e muita arquitetura medieval, point para tomar umas cervejas e se divertir com outros turistas em moradores locais.

>> Leia também: Dicas para o réveillon na Europa

Vista da cidade Ohrid na Macedônia
Vista da cidade Ohrid na Macedônia

Turismo na Romênia

A Romênia tem uma importância histórica incrível, principalmente na era medieval, no qual até hoje é possível ver seus lindos e enormes castelos medievais que enchem os olhos dos turistas.

Na Capital Bucareste você vai conhecer o Palácio do Parlamento, uma construção imponente e enorme, além de pontos turísticos mais culturais como museus, praças e bibliotecas, com destaque para o Ateneu Romano e o Museu Nacional da Aldeia Dimitrie Gusti.

Outros lugares que merecem destaque são os mosteiros pintados da região da Bucovina, a região da Transilvânia, na cidade de Brasov, com destaque para a Torre do Relógio.

Castelo medieval na Romênia
Castelo medieval na Romênia

Turismo em Sérvia

A Sérvia ainda sofre certo preconceito dos europeus por causa da recente guerra da Iugoslávia, na década de 90. Hoje o país já está muito mais aberto ao turismo que acaba ganhando destaque principalmente pela sua história, com destaque para Belgrado.

Belgrado é uma das cidades mais antigas da Europa, ficando localizada entre as regiões ocidentais e orientais, sendo um dos lugares mais bombardeados e reconstruídos do mundo. Na cidade se encontram fortalezas, muralhas, prédios antigos, museus e palácios.

Além disso, podemos destacar belezas naturais únicas, como o Parque Nacional de Tara e os portões naturais de pedra de Vratn.

>> Leia também: Erro comum ao viajar para a Europa

Retratos da época medieval de Derdap na Sérvia
Retratos da época medieval de Derdap na Sérvia

Turismo na Turquia (parte europeia)

A Turquia é outro país que praticamente dispensa comentários ao se falar em turismo, já que é muito consolidado no turismo internacional, recebendo milhares de turistas todos os anos, seja do lado europeu, como do lado asiático.

A parte do lado europeu é que é considerada parte dos Balcãs e nela se encontra por exemplo, a capital Istambul e suas lindas mesquitas como a Mesquita Santa Sofia e a Mesquita Azul.

Mesquita de Istambul na Turquia
Mesquita de Istambul na Turquia

Dicas para visitar os balcãs

Agora que você conhece o que cada um dos países dos balcãs tem para oferecer de atrativos turísticos, vamos passar algumas dicas importantes antes de sair querendo visitar tudo (como eu fiquei quando escrevia esse texto).

Exigência para os passaportes

Uma das coisas mais importantes que você precisa preparar para realizar sua viagem aos Balcãs com segurança e tranquilidade é verificar as exigências para retirar seu passaporte.

Apesar de todos os países ficarem na Europa, muitos fazerem parte da União Europeia e existem acordos internacionais para transitar entre os países sem fronteira, estamos falando de países que ainda estão se adaptando a um mundo mais global e podem exigir vistos ou outras restrições.

Por exemplo, a pessoa que quer ir para a Sérvia não pode ter um carimbo de Kosovo no passaporte, já que a Sérvia não reconhece o desmembramento de Kosovo do seu país.

Com relação aos vistos para os países Balcãs, trouxemos a tabela abaixo:

País Visto
Albânia Sim
Bósnia e Herzegovina Sim
Bulgária Não
Croácia Sim
Eslovênia Sim
Grécia Sim
Kosovo Não
Montenegro Sim
Macedônia Sim
Romênia Não
Sérvia Sim
Turquia (parte europeia) Não

Importante também acompanhar o site do Itamaraty que mantém as informações sobre a necessidade Sim ou Não atualizadas sempre no site.

>> Leia também: 3 trajetos de carro mais bonitos da Europa

Não subestime o tempo e as distâncias

Quando você estiver nos Balcãs, vai perceber que o deslocamento entre algumas regiões parece bem rápido e simples, afinal o trecho entre Split e Omis, na Croácia, só tem 25 km de distância, por exemplo.

Mas a geografia dos Balcãs torna esses “pequenos” trechos em deslocamentos que levam muito mais tempo. Muitas estradas são estreitas e precárias, sem asfalto, fazendo vários contornos, principalmente nas regiões montanhosas.

Há ainda os engarrafamentos causados por períodos de alta temporada de turistas e, claro, por inúmeros trechos nos quais as pessoas param para tirar fotos e, acredite, você também vai querer tirar muitas, muitas fotos mesmo.

E não podemos deixar de falar na travessia de fronteiras. Nas fronteiras entre a Bósnia Herzegovina e a Croácia, por exemplo, o processo é bem rápido. Mas, para entrar na Bulgária, ele pode ser extremamente demorado.

Sinalizações nas estradas

Há muitas regiões montanhosas, partes de florestas e regiões acidentadas. Exatamente por isto, é importantíssimo manter todo cuidado e atenção nas estradas.

As sinalizações de trânsito nos países dos Balcãs são muito diferentes dos sinais usados na maior parte do mundo, inclusive países da Europa.

Busque toda informação possível sobre estas sinalizações caso queira viajar com um veículo próprio. É essencial para a sua segurança na geografia intensa dos Balcãs.

Evite pedágios

Planejar sua viagem também é essencial para evitar pedágios. Há várias localidades dos Balcãs que cobram pedágios, como pontes, estradas e rodovias.

Em geral, os valores cobrados nos pedágios são bem pequenos, mas você vai ter que passar várias vezes na mesma localidade, e isto pode ser um incômodo.

Por exemplo: em Montenegro, o único pedágio do país fica localizado em um túnel que liga o lago Skadar à costa marítima.

Há uma estrada alternativa, com bastante voltas. É um trajeto mais longo, mas cheio de paisagens bonitas.

Então, evitar estes pedágios significa não só uma economia de dinheiro, mas também a oportunidade de descobrir caminhos que não são convencionais e rotas que vão encher seus olhos de beleza.

Use uma boa VPN

Em termos de segurança, a região dos Balcãs é bastante tranquila, mas nunca é demais prestar atenção nos seus objetos pessoais e nas suas bagagens, principalmente em aeroportos.

Tome cuidados de segurança ideais, cuidados que você precisa ter em qualquer região, como prestar atenção nas pessoas, evitar distrações, etc.

Para sua segurança digital, use uma boa VPN que garanta criptografia adicional e que permita a conexão com servidores ao redor do mundo (permitindo a troca do seu endereço de IP).

Isto ajuda a proteger seus dados e sua conexão como um todo, especialmente quando você usar redes públicas de Wi-Fi nos hotéis, aeroportos, cafés, restaurantes, etc.

Não confie só no GPS

Outra dica muito importante é comprar (ou imprimir por conta própria) mapas das regiões que você vai visitar. Como nós já dissemos, a geografia dos Balcãs é bastante única e irregular.

Em muitos lugares, não dá para pegar sinal de telefonia móvel e, se você depender só do seu GPS, isto pode te deixar na mão.

Recursos como o Google Maps são realmente uma mão na roda e vão te ajudar demais na sua viagem pelas diferentes localidades dos Balcãs, mas não dá para depender exclusivamente da internet para se movimentar por lá.

Verifique as condições climáticas

Outro fator muito importante é ficar de olho nas condições climáticas da região e se programar bem para fazer sua viagem levando este elemento em consideração.  

Como há muitas regiões montanhosas nos Balcãs, há vários lugares que atingem temperaturas abaixo de zero, e neve suficiente para atrapalhar o trânsito em estradas importantes.

O fator climático vai afetar diretamente sua movimentação. Então, vale a pena ficar de olho nele e, claro, viajar preferencialmente em épocas com menos fluxo de turistas.

Seguro de viagem para os países Balcãs

Considerando as particularidades de cada um dos países Balcãs, o seguro de viagem se torna mais do que obrigatório, apesar de já estar cobrindo a obrigatoriedade por causa do Tratado de Schengen.

Leve em consideração a contratação de um seguro de viagem para manter você e sua família protegidos em caso de acidentes ou eventuais doenças durante a viagem.

Finalizando

Como você viu ao longo do texto, procuramos trazer um misto de informações para ajudar você no planejamento da sua viagem para os países Balcãs.

Você conheceu quais são os países Balcãs, quais os seus principais pontos turísticos, viu dicas para ter uma viagem mais tranquila e também para cuidar da saúde.

Agora queremos ouvir a sua opinião. Qual dos países Balcãs você gostaria de conhecer primeiro? Qual deles você deixaria por último? Deixe seu comentário!

Abraço e até o próximo post!

SUA VIAGEM COMEÇA AQUI!

  • Se quiser viajar para o paraíso, o Zarpo tem os melhores pacotes de viagem em resorts e hotéis de tirar o fôlego.
  • Para encontrar a passagem aérea com o menor preço do mercado, não deixe de consultar o site da MaxMilhas que consulta os preços em várias companhias aéreas!
  • Reserve diárias de hotel no mundo inteiro de maneira prática e segura no Booking.com, com opção de cancelamento grátis e sem precisar pagar antecipadamente!
  • Precisa de aluguel de carro? Na RentCars o pagamento é feito em reais, sem cobrança de IOF parcelado sem juros no cartão ou com 5% de desconto no boleto.
  • E não esqueça do seguro viagem. Na Seguros Promo você usa o cupom VIDADETURISTA5 e ganha desconto de 5% na compra.
  • Para os passeios, ingressos para tours, shows e entradas em museus você pode contar com a Get Your Guide em vários lugares do mundo.
  • Com o cupom VIDADETURISTA da América Chip você ganha 5% de desconto na compra de um chip internacional para viajar conectado o tempo todo.

Ao fazer uma compra com um parceiro através do blog recebemos uma pequena comissão. Ninguém paga a mais por isso e de quebra ajuda o blog a trazer sempre artigos e novidades atualizadas. Obrigado! =)

Avatar
Thiago Cesar Busarello

Thiago Busarello é autor e criador do Vida de Turista, no qual adora viajar e falar do assunto de turismo e viagens, compartilhando dicas e informações de viagens com os leitores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat