BAIXE GRÁTIS NOSSO KIT DE PLANEJAMENTO DE VIAGEM! CLIQUE AQUI!

Ásia

A Ásia, o maior continente do mundo em extensão territorial, possui uma infinidade de destinos turísticos repletos de paisagens naturais maravilhosas, cidades cosmopolitas incríveis, uma cultura riquíssima, gastronomia surpreendente e muito mais. Não é à toa que das 10 cidades turísticas mais visitadas do mundo, oito estão localizadas no continente asiático. Entretanto, antes de embarcar para esse maravilhoso e misterioso continente, é necessário muito planejamento. Saiba mais sobre esse incrível e diverso destino a seguir.

Principais regiões turísticas

A Ásia é o maior continente do mundo tanto em área quanto em população. Devido às suas muitas diferenças, o imenso continente foi dividido em seis regiões, cada uma com suas características naturais, econômicas e sociais.

Ásia Central

A Ásia Central ainda não é um destino muito popular entre os viajantes brasileiros, entretanto, os encantos da região vêm sendo descobertos por turistas de todas as partes do mundo nos últimos anos e a região tem uma boa infraestrutura para receber o turista. A região é composta pelo Cazaquistão, pelo Uzbequistão, pelo Quirguistão, pelo Tajiquistão e pelo Turcomenistão.

Uma das principais cidades turísticas da região é a cidade de Ashgabat, a capital do Turcomenistão. A cidade passou por um acelerado processo de modernização nos últimos anos e possui uma grande variedade de parques, monumentos históricos e charmosos edifícios branco e dourado. A capital do Cazaquistão, Astana, também vem chamando a atenção dos turistas nos últimos anos devido ao seu rápido crescimento, seus modernos edifícios e monumentos.

A região também possui muitas atrações naturais.  Uma das mais famosas é a Cratera de Darvaz, no Turcomenistão, que também é conhecida como “Porta para o Inferno”. A atração ganhou esse apelido nada convidativo devido ao seu fogo que queima sem parar desde a década de 1970.

As Montanhas Fann, localizadas no Tajiquistão, também são muito procuradas por quem deseja entrar em contato com a natureza e impressiona pelos seus picos nevados, suas florestas e lagos.

Ásia Setentrional

A região da Ásia Setentrional é composta pela Rússia Asiática e pela Sibéria. A região, apesar de bastante extensa, não é muito populosa devido às suas condições climáticas. A região, apesar de não muito visitada em comparação às outras regiões da Ásia, é repleta de paisagens naturais de tirar o fôlego e com certeza valem a visita.

Quando se pensa em Sibéria, não é comum que a imagem de cidades cosmopolitas venha à cabeça, não é mesmo? A exceção é a maior cidade da região, a cidade de Irkutsk. É na Sibéria também que está localizada a maior reserva de água doce do mundo, o Lago Balkal. Interessante aproveitar para conhecer a cidade de Ulan Ude localizada próxima ao lago.

A atração mais conhecida da região, porém, é a Ilha de Olkhon. Ela é a maior ilha do lago Balkal e encanta pelas suas paisagens naturais, pelas suas águas cristalinas e pela sua tranquilidade.

Oriente Médio

A região do Oriente Médio é uma das regiões que mais crescem no mundo quando o assunto é turismo. A região, que foi berço de importantes civilizações, está localizada em grande parte no sudoeste da Ásia e possui atrações capazes de agradar aos mais diversos estilos de viajantes. A região, infelizmente vem sendo palco de diversos conflitos nos últimos anos, mas ao contrário do que muitos imaginam é seguro sim viajar ao Oriente Médio.

A região é muito procurada por quem deseja fazer turismo religioso. Um exemplo disso é a cidade de Jerusalém, em Israel. A cidade, que é uma das mais visitadas do mundo, é considerada sagrada por praticantes do cristianismo, judaísmo e islamismo. Outra incrível atração da região é Petra, na Jordânia.

Alguns países da região se desenvolveram bastante nos últimos anos devido à produção de petróleo. Exemplos claros disso são países como os Emirados Árabes Unidos e o Catar, que hoje é considerado o país mais rico do mundo. Cidades como Dubai, Abu Dhabi e Doha, impressionam aos seus visitantes com construções para lá de modernas e luxuosas.

Ásia Meridional

Ao sul do continente asiático está localizada a região da Ásia Meridional. A região é composta pelo Afeganistão, Bangladesh, Butão, Índia, Maldivas, Nepal, Paquistão e Sri Lanka. É um dos maiores subcontinentes do mundo e, sem dúvidas, o mais populoso. Só a Índia possui mais de um bilhão de habitantes. É também uma região que desperta o interesse de muitos turistas ao redor do mundo, pois possui diversas atrações para todos os gostos.

É nesta região que se encontra o famosíssimo Taj Mahal. A atração está localizada na cidade de Angra, na Índia, foi considerada como uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno e atrai a milhões de visitantes todos os anos.

Quem nunca sonhou em conhecer as Maldivas, não é mesmo? O arquipélago é composto por 26 atóis e mais de 1000 ilhas que impressionam aos seus sortudos visitantes com aquelas praias de areia branquinha e aquele mar azul. As principais atividades para fazer durante uma viagem ao país são relacionadas, obviamente, ao mar. O país é um ótimo lugar para a prática de esportes aquáticos, andar de barco, entre outras atividades.

A região também conta com a Cordilheira do Himalaia e o Monte Everest, o mais alto do mundo. A região é bastante frequentada por alpinistas e praticantes de trekking que desejam se aventurar pelas inúmeras trilhas da região.

Ásia Oriental

A região da Ásia Oriental, ou Extremo Oriente, está localizada no leste do continente asiático e é composta pela China, Coreia do Norte, Coreia do Sul, Japão, Mongólia e Taiwan.

É nesta região que está localizada a cidade mais visitada do mundo: Hong Kong, na China. A cidade possui uma certa independência em relação ao restante do país, tanto é que tanto o governo quanto a moeda são diferentes. E não faltam atrações turísticas na cidade! A cidade possui diversos templos, parques, mercados, restaurantes, além de uma vida noturna bastante agitada. Vale a pena também dar uma esticadinha até a cidade de Macau.

A cidade de Tóquio também é uma importante cidade da região. A capital japonesa é vibrante, cheia de cor, de vida, sabores e muito mais. É muito interessante observar a mistura do tradicional e do moderno na cidade. Quem vai a Tóquio não pode deixar de conhecer o bairro de Shibuya, a Omote Sando, o Harajuku, o bairro Roppongi e o Kabukicho.

Sudeste Asiático

O Sudeste Asiático, região que foi por muitas vezes esquecida pelos turistas, vem caindo nas graças dos turistas brasileiros nos últimos anos. A região encanta por suas várias belezas naturais, seu povo acolhedor, sua riquíssima cultura e sua gastronomia. Outro fator que vem atraindo os turistas brasileiros ao Sudeste Asiático é o preço, o que é excelente ainda mais em tempos de dólar e euro nas alturas.

A Tailândia é um destino turístico que vem se tornando cada vez mais popular. Sua capital, Bangkok, é uma das cidades mais visitadas do mundo e não é à toa: trata-se de uma cidade cosmopolita, jovem, repleta de atrações, templos, pubs e muito mais. Também vale destacar Myanmar com seus lindos templos.

Outro destino turístico muito popular do Sudeste Asiático é Singapura. A cidade cresceu muito em poucos anos e hoje em dia é exemplo de modernidade. A cidade possui diversas atrações que prometem agradar aos mais diversos estilos de turistas como a Marina Bay, a ilha de Sentosa, o Merlion Park, o bairro de Little India e Chinatown. O bom é que você pode conhecer tudo em pouco tempo, uma vez que a cidade não é muito grande e possui um bom sistema de transporte público.

É nesta região que se localiza o maior arquipélago do mundo com nada mais nada menos que 17508 ilhas. Isso mesmo, a Indonésia possui mais de 17000 ilhas! A mais famosa delas é Bali. Outro arquipélago bastante importante e repleto de atrações no Sudeste Asiático é o das Filipinas, com mais de sete mil ilhas, sendo a sua capital, Manila, a mais famosa. O país é um dos mais baratos da região para se conhecer, possui incríveis paisagens naturais e uma ótima infraestrutura para receber o turista.

Principais cidades turísticas

Hong Kong

A cidade de Hong Kong, conhecida por muitos como a “China Capitalista”, é a cidade mais visitada da Ásia e uma das mais visitadas do mundo. Para você ter uma ideia, no ano de 2019 mais de 26 milhões de turistas viajaram a ilha, que é considerada um dos maiores centros financeiros do mundo.

Você vai encontrar diversos mercados em Hong Kong e pode apostar: tem mercado de tudo! De jade, especiarias, artesanato… Entretanto, o mais interessante é o Mercado das Flores de Mong Kok, um enorme mercado totalmente dedicado às plantas. Não deixe de dar uma volta pela região e conhecer esse belo pedaço da cidade repleto de lindos arranjos florais e plantas para lá de exóticas.

Outra atração “obrigatória” da cidade é o Victoria Peak (também conhecido como The Peak), o ponto mais alto da cidade de onde se tem uma vista de cair o queixo. O Sky 100 possui um excelente observatório bem no alto do edifício mais alto da cidade.

Os fãs da Disney não podem deixar de reservar um dia para conhecer a Disneyland Hong Kong. O parque foi inaugurado em 2005 e é o menor parque da Disney em todo o mundo, o que facilita na hora de planejar uma visita. Outra curiosidade sobre o parque é que foram incorporados elementos da cultura chinesa no projeto do parque e, ao contrário do que acontece na Disneyland Tokyo e na Disneyland Shanghai, todas as atrações estão em inglês.

Não deixe de visitar os mosteiros da cidade. Os melhores são o Mosteiro dos Dez Mil Budas e o Mosteiro de Po Lin Hong Kong, que está localizado bem próximo à famosa estátua do Buda Gigante.

Outros pontos turísticos de Hong Kong que valem a pena ser visitados são:  Garden of Stars, a versão chinesa da Calçada da Fama, o Parque Kowloon, o Ocean Park e o Man Mo Temple.

Bangkok

A capital da Tailândia, Bangkok, é um dos destinos turísticos mais famosos do Sudeste Asático. A cidade vem caindo nas graças dos turistas brasileiros nos últimos anos e não é à toa, pois se trata de uma cidade jovem, cheia de vida e bastante agitada. Além disso, a cidade possui diversas atrações que prometem agradar aos mais diversos estilos de viajantes.

Vale a pena conhecer a rua mais famosa da cidade, a Khaosan Road. O interessante dessa rua é que ela traduz bem o espírito da cidade, com todas aquelas pessoas, barraquinhas, lojas, hoteis… Os mais corajosos podem até se arriscar a provar uma iguaria diferenciada como a que muitos ambulantes passam vendendo, como escorpiões fritos, gafanhotos e até baratas.

Outra imperdível atração da cidade é o Grand Palace.  Não deixe de conhecer esse maravilhoso palácio que foi por muito tempo a sede do governo tailandês e de admirar sua magnífica arquitetura. Importante chegar cedo e reservar um bom tempo do seu dia para conhecer a atração com calma.

A cidade possui muitos e lindos templos que, sem dúvida alguma, merecem ser visitados. Infelizmente, é impossível conhecer todos os templos da cidade em uma única viagem, mas é possível se organizar para conhecer os mais famosos que são: o Wat Pho, o Wat Arun, o Wat Ratchanatdaran, o Wat Suthat e o Wat Benchamabophit. A Golden Mount também vale uma visita.

Quem gosta de visitar os mercados certamente vai adorar Bangkok! A cidade possui diversos mercados bastante interessantes para os turistas, e até mesmo aqueles que não têm interesse em comprar nada vão gostar desses lugares. Os mercados mais interessantes da cidade são: os famosos mercados flutuantes, o Chatuchak Market, o JJ Green Market e o Pak Khlong Talak Flower Market.

Outros pontos turísticos de Bangkok também merecem destaque como o Chinatown, o Bangkok National Museum e a ilha artificial de Bang Kachao.

Singapura

A cidade-estado de Singapura se desenvolveu muito nos últimos anos e hoje em dia é considerada uma das cidades mais modernas do mundo. Impossível não se impressionar com a grandiosidade de seus edifícios, com a limpeza da cidade, com a Marina Bay… Entretanto, trata-se de um destino turístico bem caro. Felizmente há muitas opções de atrações gratuitas na cidade.

Não deixe de dar uma volta pela Baía de Singapura e observar os prédios modernos e as diversas esculturas que existem no local. O bom é sair andando sem rumo, apenas aproveitando a paisagem, mas você também pode conhecer o local de barco. É nessa baía que se encontram diversos pontos turísticos da cidade como a Ópera de Singapura, o Art Science Museum e o icônico Merlion.

Visite também o Gardens by the Bay, esse incrível jardim com árvores de diversas localidades do mundo. Aproveite também para assistir ao lindíssimo show de luzes que acontece no local. Também vale a pena conhecer o Jardim Botânico da cidade, que pode até ser bem mais simples, mas não deixa de ser um excelente lugar para quem gosta de estar em meio à natureza.

A cidade recebeu grande influência dos seus habitantes que vieram de outros países, principalmente de outros países da Ásia. Vale a pena conhecer os bairros Chinatown, Little India e Arab Quarter.

A cidade possui outras atrações que merecem destaque como a Singapura Flyer, a Sentosa e o Clark Quay.

Dubai

A maior cidade dos Emirados Árabes Unidos, Dubai, virou sinônimo de luxo, riqueza, beleza e modernidade e vem encantando aos turistas de diversas partes do mundo nos últimos anos. A cidade, que é uma das mais visitadas do Oriente Médio, possui atrações que prometem agradar aos mais variados estilos de visitantes.

É em Dubai que está localizado o prédio mais alto do mundo, o Burj Khalifa. A impressionante construção possui mais de 800 metros de altura, diversas lojas, restaurantes, e até mesmo uma mesquita. No 124 andar há um mirante de onde é possível ter uma vista impressionante da cidade e também é no Burj Khalifa que está localizado o elevador mais rápido do mundo.

Se você deseja conhecer esse impressionante ponto turístico de Dubai, primeiro é necessário passar por outra famosa atração da cidade: o Dubai Mall. O Dubai Mall é nada mais nada menos que o maior shopping do mundo e agradará até mesmo àquelas pessoas que não são muito fãs de shoppings centers.

Um dos maiores cartões-postais da cidade são as Palm Islands. O impressionante conjunto de ilhas artificiais em formato de palmeiras possuem diversos resorts, restaurantes de luxo, shoppings, e muito mais. O conjunto de ilhas é formado por três ilhas artificiais: Palm Jumeirah, Palm Jebel Ali e Palm Deira. A mais visitada das três é a Palm Jumeirah.

Outras atrações de Dubai que merecem destaque: Dubai Marina, Mall of The Emirates, Sky e o Dubai Parks.

Seul

A capital da Coréia do Sul, a cidade de Seul, é outro destino turístico no continente asiático bastante interessante e que aos poucos vem se popularizando. Seul é uma cidade bastante limpa, organizada, animada e consegue unir o moderno ao tradicional como poucas. Mas, infelizmente nem tudo são flores. Assim como Singapura, a capital sul-coreana não é uma cidade nada barata de se conhecer.

Seul é conhecida por ser a cidade dos cinco palácios, sendo o mais famoso o Palácio de Gyeongbokgung. Não perca a oportunidade de assistir à famosa troca de guardas. Em frente ao palácio há uma praça e vale a pena tirar um tempinho para conhecê-la.

A aldeia de Bukchon Hanok é uma charmosa aldeia na parte mais tradicional da cidade. É uma aldeia super preservada e com construções de mais de 600 anos. Vale a pena observar as construções, passear pelas ruas, comer alguma coisa…

Quem gosta de agito e badalação certamente vai adorar o bairro de Hongdae! É neste bairro que se encontram as melhores boates, bares e restaurantes.

Tóquio

A capital japonesa, Tóquio, há anos vem encantando viajantes de todo os cantos do mundo, pois se trata de uma cidade muito moderna, jovem, agitada, e ao mesmo tempo, uma cidade em que a tradição se mantém viva de uma forma em que é difícil de encontrar em outras partes do mundo. A maior capital do mundo também possui uma infinidade de atrações turísticas, vida noturna agitada, uma deliciosa gastronomia e muito mais.

Uma boa dica para quem está planejando viajar a capital japonesa é conhecer os bairros da cidade. O bairro Shibuya, por exemplo, é conhecido como uma “Times Square japonesa”.  Aproveite para conhecer o cruzamento mais famoso do mundo. Dentro do bairro Shibuya, está a região de Harajuku, uma região muito famosa entre os jovens japoneses. Quem gosta de cosplay

Não deixe também de conhecer o Parque Ueno, especialmente se você estiver visitando a cidade durante a época das famosas flores de cerejeira. O parque também está localizado bem próximo a um zoológico, museus e templos. E por falar em templos, saiba que a capital japonesa possui diversos templos e santuários que definitivamente merecem uma visita. Exemplo disso é o Santuário de Meiji e o Templo de Sensoji, considerado por muitos como o melhor da cidade.

Visite também o Palácio Imperial. Você pode fazer uma visita guiada pelo Palácio Imperial, mas o melhor mesmo é aproveitar para conhecer os lindos jardins imperiais, os East Gardens.

Se você está a procura de um lugar cheio de luzes, pessoas, edifícios com letreiros iluminados e repleto de lugares para fazer boas compras, então você provavelmente vai adorar conhecer o bairro Akibahara! O lugar é conhecido por ser um “paraíso para os nerds”, pois possui uma infinidade de lojas de artigos eletrônicos, mangás e animes. O interessante desse bairro, é que ao mesmo tempo em que você vai encontrar tudo o que há de mais moderno no mercado, você também vai encontrar peças e games que você nem sabia que ainda existiam.

Outras atrações que também merecem destaque são a Tokyo Tower, o bairro Ginza, o Museu da Fotografia, o Tokyo National Museum, o bairro Shinjuku e o bairro Shimokitazawa.

Até nas sombrinhas os japoneses tem uma cultura própria
Até nas sombrinhas os japoneses tem uma cultura própria

QUAL O MELHOR SEGURO DE VIAGEM PARA VOCÊ?










Como viajar na Ásia

Existem diversas maneiras de se viajar para a Ásia. Saiba mais sobre elas, sobre suas vantagens e desvantagens a seguir:

Passagens aéreas

A maneira mais comum de se viajar à Ásia é o avião. Impossível determinar com exatidão o preço das passagens, pois isso dependerá de uma série de fatores como o destino escolhido, a época escolhida, a empresa aérea, entre outros fatores. Uma boa dica para quem deseja economizar é procurar trocar as milhas aéreas por passagens e comprar as passagens com antecedência.

Os principais aeroportos do continente são: Dubai (DXB); Tel Aviv (TLV); Doha (DOH); Pequim (PEK); Tóquio (NRT); Bangkok (BKK); Hong Kong (HKG), Singapura (SIN) e Shanghai (PVG).

As principais companhias aéreas que fazem voos no continente são: Emirates; American Airlines; Iberia; Air France; LATAM Airlines Brasil; Air China; Japan Airlines e Qatar Airways.

Caminho terrestre

Dentro do continente também é possível viajar de trem e ônibus. Além disso, alguns lugares da Ásia possuem um excelente sistema de transporte público, como Singapura, por exemplo. Entretanto, antes de embarcar é bom pesquisar bastante. Às vezes compensa procurar por voos em companhias low-cost.

O trem é uma alternativa bastante interessante para viagens mais curtas na Ásia. O meio de transporte é bastante procurado no continente por conta de seu preço, que costuma ser mais barato que uma passagem de avião. Além disso, viajar de trem também é mais fácil. Porém, o meio de transporte não é o mais indicado caso você queira fazer uma viagem mais longa ou dispõe de pouco tempo.

Viajar de ônibus também é uma alternativa, especialmente se você quiser conhecer outras cidades próximas do seu destino escolhido e o melhor: o preço costuma sair bem em conta. Entretanto, tenha em mente que a viagem vai ser mais demorada e que as chances de você se enfiar em um perrengue daqueles é bem grande. Dica: leve lanche, água, remédio para enjoo, e, como em qualquer outra viagem, fique de olho nos seus pertences.

Aluguel de carro

Uma boa alternativa para quem deseja explorar as cidades ao redor ou até mesmo ter mais liberdade dentro do destino escolhido é alugar um carro. A ideia de alugar um carro no exterior pode ser bem assustadora para muitos, mas é mais simples e barato do que muitos imaginam.

Para alugar um carro no continente asiático, é interessante levar em consideração o local para o qual você está indo. Alguns lugares do continente, Índia, por exemplo, possuem a má-fama de ter um trânsito caótico e dirigir nesses lugares pode ser um pesadelo para quem não está acostumado. No Japão, a mão-inglesa também pode ser bem confusa. Pesquise bem antes de fazer a sua escolha.

Caso você tenha escolhido alugar um carro, a primeira coisa a se fazer é se atentar à documentação necessária. Você vai precisar da sua Permissão Internacional para Dirigir (PID), da sua CNH, do seu Passaporte e do seu cartão de crédito internacional. Em muitos lugares também é cobrada uma taxa caso o motorista tenha menos de 25 anos.

Onde ficar na Ásia

Opções de hospedagem não faltam no continente asiático! O continente possui uma infinidade de opções desde resorts luxuosos até pousadas mais simples e hostels. Outra opção que vem se popularizando cada vez mais entre os visitantes é o aluguel por temporada.

Hotéis na Ásia

Nossas sugestões de hospedagem na Ásia são:

Holiday Inn Bangkok Sukhumvit – Situado na área mais bem avaliada de Bangkok, próximo às estações de metrô, shoppings e aeroportos, o hotel oferece excelentes acomodações com vista da cidade e Wi-Fi gratuito. O hotel ainda oferece duas opções gastronômicas, serviço de quarto 24 horas, transfer para o aeroporto, piscina e academia. O preço médio da diária para o casal é de R$250,00.

Royal Park Hotel – Situado na região central de Hong Kong o hotel oferece excelentes acomodações com ótima vista da cidade, Wi-Fi gratuito em todos os quartos, área de estar confortável e banheiro privativo com banheira. O hotel ainda dispõe de seis opções gastronômicas, academia, piscina, transfer e serviço de quarto. O preço médio da diária para dois adultos é de R$450,00.

Aluguel por temporada

Outra opção que vem se popularizando cada vez mais entre os viajantes é o aluguel por temporada. É a opção perfeita para quem deseja se sentir em casa, ter mais privacidade, liberdade de horários e está viajando com amigos. Mas, ao escolher essa opção, o viajante não terá direito a certos luxos como café da manhã, por exemplo.

Gastronomia da Ásia

Provar da gastronomia de um país diferente é uma delícia, não é mesmo? Ter a oportunidade de experimentar da gastronomia de um país diferente durante uma viagem ao país é sem dúvidas uma experiência única!

A gastronomia asiática é muito rica, cheia de aromas, cores e sabores marcantes. Vai muito além do sushi, do sashimi e do yakisoba que muitas pessoas pensam de cara e que certamente provaram de um jeito bastante “abrasileirado”. Uma das características importantes sobre a culinária asiática é que ela é feita a partir dos quatro sabores: doce, salgado, azedo e amargo. Outra característica importante sobre a culinária asiática: ela costuma ser bem picante e bem temperada.

Ingredientes como os cereais, as carnes, aves, peixes, verduras, legumes, frutas, ervas e especiarias são muito utilizados na culinária asiática. Outra curiosidade sobre a culinária asiática é que o tempo de preparo costuma ser rápido. Importante ressaltar que o continente é enorme tem mais de 50 países e cada um tem a sua culinária e seus pratos típicos.

O prato típico mais conhecido da Tailândia é o Pad Thai. Além dos famosos sushis e sashimis, o Japão ainda possui uma infinidade de pratos típicos que merecem ser experimentado como o ramen, o karê raisu, entre outros. A índia também possui uma culinária muito rica e vale a pena experimentar o frango ao curry.

Quanto às sobremesas, vale a pena experimentar o arroz com manga, os mochi, e os famosos ice cream rolls.

Seguro Viagem

Para viajar à Ásia, não é obrigatório que você contrate um Seguro Viagem, mas isso não significa que não seja recomendado. Pensar na possibilidade de ter o seu voo cancelado, a sua mala extraviada ou pior: um problema de saúde não é nada agradável, mas infelizmente imprevistos acontecem e ninguém está a salvo deles. A boa notícia é que você pode contratar um seguro de viagens por um preço bom e o melhor: poderá viajar mais tranquilo.

FAQ – Perguntas e respostas

Que roupas levar para a Ásia?

Uma dúvida muito comum entre as pessoas que decidem viajar à Ásia é sobre quais roupas levar na bagagem. Antes de começar a comprar as roupas para a viagem, é importante que você pesquise bastante sobre o clima do local escolhido e sobre os costumes do local para o qual você vai. Em alguns lugares é considerado falta de respeito usar roupas curtas, justas, decotadas ou que mostrem os ombros, por exemplo. Importantíssimo levar em consideração o que você vai fazer e as atrações que você vai visitar, especialmente se você estiver planejando visitar templos, mesquitas e outros lugares sagrados. É interessante colocar na mala camisas, camisetas, calças do tipo pantalona, calças jeans mais folgadas, vestidos com manga, saias longas, um lenço caso você precise cobrir os ombros e prendedores de cabelo. É interessante que os homens evitem usar calças muito justas, bermudas, regatas e camisas muito justas. Agora, se você está pretendendo ir a algum lugar com praias, o Sudeste Asiático, por exemplo, é interessante que você coloque na mala biquínis, maiôs, roupas de tecidos leves e claros, shorts e camisetas. Não se esqueça de que o calor lá é bem forte, então capriche na hidratação, leve óculos de sol, filtro solar e chapéus. Quanto aos sapatos, dê preferência aos mais confortáveis possíveis. Isso porque você certamente vai andar bastante e um sapato desconfortável pode causar bastante incômodo e estragar um passeio.

Quais os documentos necessários?

Para viajar ao continente asiático, em primeiro lugar é necessário que você esteja com o seu Passaporte em dia. A maioria dos países asiáticos exige o visto, não deixe de conferir o site do Itamaraty e o Portal Consular.

Quanto custa uma viagem para a Ásia?

Impossível determinar com precisão a quantia que alguém gastará em uma viagem à Ásia porque isso dependerá de diversos fatores como o preço das passagens, o destino escolhido, o tempo que a pessoa ficará em um país, documentação, hospedagem, alimentação e outros. Além dos gastos extras, é claro.

Qual moeda levar para a Ásia?

O recomendado é levar uma quantia em dólar e trocar pela moeda local assim que você chegar ao destino escolhido. Importante também levar o seu cartão de crédito internacional desbloqueado para compras no exterior ou o seu cartão pré-pago.

Avatar
Thiago Cesar Busarello

Thiago Busarello é autor e criador do Vida de Turista, no qual adora viajar e falar do assunto de turismo e viagens, compartilhando dicas e informações de viagens com os leitores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat