BAIXE GRÁTIS NOSSO KIT DE PLANEJAMENTO DE VIAGEM! CLIQUE AQUI!

O que fazer em Los Roques

O arquipélago venezuelano de Los Roques caiu no gosto dos brasileiros faz pouco tempo e passou a ser um destino bastante procurado por quem quer curtir o mar do Caribe e se encantar com as belezas do local.

O arquipélago de Los Roques é cercado por uma barreira de corais, o que o torna ainda mais impressionante. Não fosse a crise da Venezuela que está espantando as nossas viagens para lá, fora a pandemia, esse destino estaria repleto de brasileiros.

No artigo de hoje vamos trazer informações completas sobre o que fazer em Los Roques, dicas para você chegar até o destino e onde ficar hospedado, assim como outras informações.

Onde fica Los Roques

O arquipélago de Los Roques tem cerca de 50 ilhas e fica localizado a 170 quilômetros ao norte da costa da Venezuela.

Fica localizado praticamente uma linha reta partindo de Caracas, como você pode ver no mapa abaixo.

O que fazer em Los Roques

O principal atrativo de Los Roques são as belas praias e o maravilhoso Mar do Caribe. Mas existem outras coisas para fazer por lá também e neste artigo você vai descobrir tudo o que fazer em Los Roques.

Passeio de barco em Los Roques

Você vai andar bastante de barco durante sua estadia em Los Roques, para se deslocar entre as ilhas e passear bastante.

Dê preferência às embarcações da Cooperativa de Transporte Turísticos de Los Roques. Eles fazem roteiros diários já pré-definidos, sendo que os barcos saem apenas com 8 pessoas.

Mergulho em Los Roques

São vários os lugares para mergulhar em Los Roques. A propósito, é a coisa que você mais vai fazer por lá.

Os corais em torno do arquipélago são uma grande atração e deixam a experiência de mergulhar muito mais interessante. Ao longo do artigo vamos falar sobre vários locais para fazer mergulho em Los Roques.

>> Leia também: Dicas para as férias de julho no Caribe

O que fazer em Los Roques
O que fazer em Los Roques

QUAL O MELHOR SEGURO DE VIAGEM PARA VOCÊ?










Boca de Cote

A Boca de Cote é um dos melhores lugares para quem quer mergulhar. É uma entrada natural que separa Cayo Sal de Cayo Nube Verde.

O mar é de um azul de Boca de Cote é surpreendente e tem várias espécies de peixes e vida marinha.

Boca del Medio

A Boca del Medio não é uma praia, é um passeio exclusivamente para mergulho, tanto de snorkeling quanto de cilindro.

Como não existem passeios oficiais para Boca del Medio, é necessário um barco particular para ir ao local que você precisa reservar lá mesmo no local. A dica é pedir sugestões de reserva de barcos no hotel que você ficar hospedado.

Laguna Rabusquí

A Laguna Rabusquí é uma laguna e um braço de mar raso, que fica entre bancos de areia. Então dá para tomar banho tranquilo, porque é rasinho.

Mas a grande atração da laguna são seus habitantes mais diferentes: estrelas do mar, pepinos do mar e ouriços.

>> Leia também: Conheça a cidade de Maracaibo na Venezuela

As gaivotas fazem parte da vida marinha de Los Roques
As gaivotas fazem parte da vida marinha de Los Roques

Las Salinas

Las Salinas é um excelente lugar para mergulho. A diversidade da vida marinha é absolutamente espetacular e deixa até os mais experientes impressionados.

A recomendação é fazer o mergulho em Las Salinas ainda pela manhã, quando mar está mais calmo e quando você consegue apreciar melhor a paisagem.

La Guasa

La Guasa é um dos melhores pontos de mergulho com cilindro de todo o arquipélago. Você vai se surpreender com a diversidade da vida marinha que vai encontrar por lá.

A limpidez da água de La Guasa beira quase os 100% e você parece estar em um aquário (de fato é um aquário natural).

Sebastopol

Sebastopol é uma ilha completamente deserta, localizada ao sul do arquipélago.

É um ponto excelente para snorkeling e para quem quer se isolar do resto do mundo, pois a única construção que você vai ver por lá são os restos de um Galion dos anos 1700.

Gran Roque

Gran Roque é a ilha central do arquipélago, a única que é realmente habitada e onde ficam as pousadas.

É um vilarejo, um povoado, acho que nem chega a ser considerada uma cidade. Um lugar pacato, com cara de cidade praiana, cheio de casinhas coloridas.

É a base do arquipélago, onde está o aeroporto de Los Roques e onde praticamente todos os habitantes vivem, no qual recomendamos muito você conversar com eles e vivenciar a cultura local que se diferencia muito da capital Caracas, muito mais simples e sem tanta interferência política.

>> Leia também: Qual a moeda do mundo e seus valores

Não deixe de conhecer os moradores e cultura local de Los Roques
Não deixe de conhecer os moradores e cultura local de Los Roques

COMPARADOR DE SEGURO DE VIAGEM

Isla Francisquí

A Isla Francisquí também possui boa estrutura para os visitantes e, assim como Madrisquí (abaixo), fica pertinho de Gran Roque.

O trajeto é rápido e a ilha não costuma ficar muito deserta, há sempre algum turista passeando por lá e curtindo o lindo visual.

Isla Madrisquí

A Isla Madrisquí é a ilha mais próxima a Gran Roque, por isso a mais visitada de todas. É um ótimo lugar para snorkeling e fica ligada a outra ilha, a Cayo Pirata, por uma fina faixa de areia.

Não tem estrutura nenhuma lá, mas a vizinha tem algumas casas de pescadores onde é possível comprar refeições a preços baratos, se a intenção for economizar na viagem.

Isla Crasquí

A Isla Crasquí é uma das praias mais longas da ilha, são cerca de 3 quilômetros, que mesmo apesar de longa, é possível conhecer a pé em apenas uma hora e meia de caminhada.

O mais interessante é a divisão de água na Isla Crasquí, um ponto específico onde o mar afunda de repente e a água também muda de cor.

Isla Noronquí

A Isla Noronquí fica a cerca de 10 minutos de lancha da ilha Gran Roque. É o maior habitat das tartarugas marinhas e dos pelicanos.

Faz parte de um conjunto com 3 porções de terra: Noronquí Arriba, Noronquí Medio e Noronquí Abajo.

A ilha é totalmente deserta, não há restaurantes ou lugar para comprar sequer água, por isso você vai precisar levar.

>> Leia também: Dicas para o réveillon no Caribe

Em Los Roques é impossível não pensar em mergulhar no Mar do Caribe
Em Los Roques é impossível não pensar em mergulhar no Mar do Caribe
Dicas para a bagagem

Isla Espenquí

A Isla Espenquí é uma ilha completamente deserta, com águas em tons esverdeados e uma longa faixa de areia repleta de estrelas do mar.

É um local muito bonito, mas a verdade é que não tem muita coisa para fazer por lá. Mas vale o passeio, especialmente porque o lugar é deserto.

Isla Sarquí

A Isla Sarquí é uma das praias mais longas, com cerca de 3 quilômetros. No mar, a água é rasa até uma divisão e então afunda do nada e muda de cor.

Em uma das extremidades da ilha existem algumas casinhas de pescadores. É ótimo para a prática de snorkeling.

Cayo de Agua

A queridinha de todas as ilhas do arquipélago é a Cayo de Agua e é o maior cartão-postal. São duas ilhas, ligadas por um caminho fino de areia.

Em uma das ilhas, um farol vermelho e branco marca o ponto com a praia mais bonita. Na outra, um coqueiro solitário representa a beleza.

O trajeto até a ilha não é dos melhores, o vento é muito forte e a lancha bate muito, mas vale a pena.

>> Leia também: Dicas de lugares para uma lua de mel diferente

Cayo de Água é o ponto turístico mais famoso
Cayo de Água é o ponto turístico mais famoso

Cayo los Viejos

A ilha Cayo los Viejos é a mais visitada por turistas e tem mais movimento do que outras que iremos mencionar, pois está entre as queridinhas dos turistas.

Mas, quando falamos que a Cayo Los Viejos tem mais visitantes, não pense em uma praia lotada, cheia de gente se apinhando.

Estamos falando de umas 20 pessoas ao mesmo tempo na ilha, talvez um pouco mais. Um excelente lugar para curtir o mar e ver a galera praticando sitesurf.

Cayo Vapor

A Cayo Vapor é uma ilha excelente para a prática de kitesurf. É absolutamente deserta e você vai precisar levar tudo o que vai precisar para um dia.

O passeio não é feito pela Cooperativa de Transportes Turísticos de Los Roques, portanto você vai precisar de um barco particular.

Fica pertinho da ilha central, cerca de 15 minutos de lancha e vale o visual, porque de um lado da ilha de Cayo Vapor você tem o mar calmo e tranquilo protegido pela barreira de corais e do outro o mar aberto e agitado.

>> Leia também: Confira o calendário de feriados para a próxima viagem

Cayo Muerto

A ilha de Cayo Muerto não tem absolutamente nada, apenas areia e o mar lindo sobre o qual já falamos bastante.

Se você já desejou ficar perdido com alguém em uma ilha deserta, essa pode ser a sua grande oportunidade.

Você vai precisar levar tudo, inclusive sombra, pois não existem árvores para você se proteger.

Saquí Saquí

Também chamada de Cayo Sardinas, a Saquí Saquí é um dos melhores lugares para a prática de kitesurf, devido aos fortes ventos que sopram por lá.

A ilha é bem pequenininha e completamente deserta. Só vale a visita se você for adepto do esporte.

O passeio não está no roteiro da Cooperativa de Transporte Turístico de Los Roques, é preciso alugar um barco particular.

>> Leia também: O que fazer em Aruba

Paisagem em meio às embarcações em Los Roques
Paisagem em meio às embarcações em Los Roques

Dos Mosquises

A Dos Mosquises na verdade são duas ilhas, a norte e a sul, sendo que a sul é bem mais interessante, porque tem a Fundação Científica Los Roques, além de um local de escavação onde estão provas de vida pré-colombiana na ilha.

É um passeio superinteressante, porém é mais longe de Gran Roque, quase duas horas para chegar lá e isso se você estiver em uma lancha rápida e se o vento ajudar.

Carenero

A Carenero é considerada por muitos uma das melhores ilhas do arquipélago. E realmente é muito bonita.

O lugar possui apenas algumas casas de pescadores, não tem restaurantes ou nada do tipo, por isso, você precisa ir preparado e levar bastante água.

Mas o passeio é lindo, tem um excelente local para snorkeling e fica a cerca de 20 minutos da ilha central.

Praça Bolívar

A Praça Bolívar fica localizada bem no centro de Gran Roque e tem lojinhas ao seu redor, o coração comercial da pacata cidade, que mais se parece um vilarejo do que uma cidade.

Na praça tem uma estátua de Simón Bolívar mas, o mais interessante é que a praça está sempre cheia de pessoas com notebooks e celulares, porque tem wi-fi grátis e um dos melhores sinais da ilha.

Passeio de Kitesurf

O kitesurf é um esporte bastante praticado em Los Roques, porque as condições do vento são bastante favoráveis.

Você pode alugar o equipamento por lá, e inclusive ter aulas. Tem uma escola de kitesurf na Praça Bolívar, fácil de localizar.

>> Leia também: Qual o idioma e língua dos países

A linda arquitetura de Los Roques com o mar do Caribe ao fundo
A linda arquitetura de Los Roques com o mar do Caribe ao fundo
Para aproveitar melhor a viagem

Como chegar até Los Roques

A maneira mais fácil de se chegar a Los Roques é ir para Caracas e de lá seguir em pequenos aviões que pousam na ilha. Mas caso não queira o transporte aéreo, também é possível ir de barco.

Passagem aérea para Los Roques

Saindo de Caracas, pequenos aviões voam para o arquipélago e pousam no aeroporto de Gran Roque.

A viagem é curta, dura cerca de 40 minutos e os preços podem variar entre 250 e 400 dólares. Você pode fazer uma cotação de passagem em sites como da Max Milhas.

>> Fazer cotação de passagem aérea

Caminho terrestre

Como estamos falando de um arquipélago, não existe caminho terrestre para se chegar até Los Roques.

O máximo que você pode fazer é precisar do transporte terrestre para sair de Caracas e chegar até Playa Grande em uma viagem que demora 1 hora e lá pegar o transporte de barco, que demora 8 horas (o que não recomendamos).

Aluguel de carro

Não vai dar para alugar carro em Los Roques, simplesmente porque não existem carros por lá. Os únicos permitidos são os do policiamento ostensivo, que garantem a segurança dos turistas.

Onde ficar em Los Roques

A única ilha habitada do arquipélago é Gran Roque e é lá que estão as posadas, que são os hotéis da ilha. São todos pequenos, com apenas dois andares e possuem no máximo 10 quartos.

Hotéis em Los Roques

Os valores das diárias nas posadas não são tão baratos, especialmente se levarmos em consideração que são pousadas simples, com quartos pequenos e às vezes não possuem sequer televisão.

Geralmente o café da manhã está incluído e é servido em uma área comum, com uma mesa grande para todos.

Os valores variam e as melhor avaliadas pelos clientes são: Posada La Langosta (R$ 1.100,00), Posada Omisaya (R$ 620,00), Posada Guaripete (R$ 960,00) e Posada Piano y Papaia (R$ 660,00).

Lembramos que os valores são de referência para um casal e podem variar conforme período da viagem.

>> Fazer cotação de reserva da hospedagem

Essa é a Posada La Langosta
Essa é a Posada La Langosta

Aluguel de temporada em Los Roques

Você vai encontrar algumas casas para aluguel de temporada, porém os valores são bastante altos, onde algumas passam de 8 mil reais a diária. Você pode fazer uma consulta em sites como do Airbnb.

Agora, se dinheiro não for um problema para você, existe até a opção de alugar um iate e ficar hospedado lá.

>> Ver opções de aluguel de temporada

Gastronomia de Los Roques

A gastronomia de Los Roques é quase que exclusivamente baseada em frutos do mar.

Você vai se deliciar com muitos peixes, moluscos, crustáceos e mariscos. E lagosta, muita lagosta, uma vez que o arquipélago é um dos maiores exportadores de lagosta do mundo.

Seguro de viagem para Los Roques

Não é obrigatório fazer seguro de viagem para ir a Los Roques, mas como estamos falando da Venezuela, que vem sofrendo um colapso econômico e político, é mais do que recomendável que você faça seguro, especialmente em viagens internacionais. Afinal, nunca se sabe o que poderá acontecer.

Você pode fazer uma cotação de seguro de viagem em sites como da Seguros Promo, que oferecem o seguro de viagem para a América do Sul.

>> Fazer a cotação de seguro de viagem

A lagosta faz parte da gastronomia local
A lagosta faz parte da gastronomia local
Cópias de documentos

Finalizando

Como você viu ao longo do texto, o destino de Los Roques é um verdadeiro paraíso para quem é fã do azul turquesa clássico do mar do Caribe e fãs de mergulho e snorkel.

Estamos torcendo muito para que a Venezuela volte a ser um país tranquilo e seguro para receber os turistas estrangeiros e que sua população possa ter uma vida melhor para atender ainda melhor o turismo tão potencial.

Agora queremos ouvir a sua opinião. Qual dos pontos turísticos de Los Roques você ficou com mais vontade de conhecer? Deixe abaixo o seu comentário!

Abraço e até o próximo artigo!

Avatar
Thiago Cesar Busarello

Thiago Busarello é autor e criador do Vida de Turista, no qual adora viajar e falar do assunto de turismo e viagens, compartilhando dicas e informações de viagens com os leitores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat