BAIXE GRÁTIS NOSSO KIT DE PLANEJAMENTO DE VIAGEM! CLIQUE AQUI!

O que fazer em Belo Horizonte

Olá pessoal, nesse artigo vamos falar sobre a famosa cidade de Belo Horizonte, capital de Minas Gerais e tão famosa Brasil afora pela sua arte, sua cultura e história.

A capital de Minas tem muito a oferecer a seus visitantes. Na verdade, todo o estado tem muito a oferecer, é um verdadeiro paraíso da nossa história e cultura, basta continuar lendo este artigo para ver a quantidade de museus e centros culturais que a cidade possui.

Com quase 3 milhões de habitantes, a cidade está de portas abertas para receber os turistas e pode ser o seu próximo destino.

O que fazer em Belo Horizonte

Cada viagem a Belo Horizonte pode trazer consigo muitas descobertas e experiências.

Entretanto, existem alguns lugares e experiências que não podem ficar de fora do seu roteiro. Por isso, separamos alguns lugares “must go” para a sua viagem a capital mineira.

City Tour em Belo Horizonte

Existem empresas que fazem city tour em Belo Horizonte bastante completo passando pelas principais atrações da cidade, com cerca de 4 horas de duração.

Entre as empresas que oferecem o serviço podemos destacar a Guimarães Tour Turismo e Receptivo, a Uai Brazil Tour, a Primotour e a Safari Viagens BHZ.

Na maioria das vezes o passeio começa pela Lagoa da Pampulha, passando pela Praça da Liberdade, traslado pela Praça do Papa e pela Praça Savassi.

Retorno ao centro pelo Palácio das Artes, Prefeitura, Palácio da Justiça, Conservatório de Música, Parque Municipal e Praça da Estação, com ponto final no Mercado Central.

Lagoa da Pampulha

Sem dúvida a Lagoa da Pampulha é o cartão postal mais conhecido de Belo Horizonte.

É impossível falar em viagem para BH e não falar da Lagoa da Pampulha.

Na orla da Lagoa há o famoso Conjunto Arquitetônico da Pampulha, com várias atrações dentro dela, como o Museu de Arte Moderna, a Igrejinha da Pampulha, a Casa Kubitschek, a Casa do Baile e o Iate Clube.

O que muita gente não sabe, entretanto, é que a famosa lagoa é artificial e foi construída nas décadas de 30 e 40.

O tempo indicado para você ficar na Lagoa da Pampulha vai depender do quanto você gosta de praças, de ficar ao ar livre, de curtir um dia para fazer um piquenique e tudo mais.

Nossa sugestão é reservar pelo menos meio dia para esse passeio, dando tempo para passear, tirar fotos e guardar esse lugar na memória. A dica é ir em dias de sol.

A Igrejinha faz parte do Conjunto Arquitetônico da Pampulha
A Igrejinha faz parte do Conjunto Arquitetônico da Pampulha

QUAL O MELHOR SEGURO DE VIAGEM PARA VOCÊ?










Museu de Arte Moderna

Assinado por Oscar Niemeyer, assim como todo o conjunto arquitetônico da Lagoa da Pampulha, o museu é parada obrigatória.

Não apenas para quem aprecia arte moderna, mas para todos que se dizem turistas em Belo Horizonte. O acervo é bastante rico e diversificado.

Igreja de São Francisco de Assis (Igrejinha da Pampulha)

A construção mais fotografada da cidade é sem dúvida da Igreja de São Francisco de Assis, também conhecida como Igrejinha da Pampulha.

Todo mundo já viu o monumento em algum momento em fotos na internet, promoções de viagem ou na televisão, mas o que muita gente não sabe é que se trata de uma igreja.

A parte mais fotografada é o painel com o desenho na parte da trás da igreja. Porém, vista de frente, a construção é ainda mais bonita e charmosa.

Essa é a fachada da Igrejinha da Pampulha em Belo Horizonte
Essa é a fachada da Igrejinha da Pampulha em Belo Horizonte
Cupom desconto viagem

Casa Kubitschek

A casa de fato pertenceu a Juscelino Kubitschek, presidente do Brasil de 1956 a 1961, que costumava passar lá seus finais de semana.

Hoje, funciona como museu, com cômodos restaurados para parecer dos anos 40 e 50.

Apesar de ter ficado conhecido pela construção de Brasília e mudança da capital do país do Rio de Janeiro para o cerrado, não podemos esquecer que o ex-presidente era mineiro.

Casa do Baile

Referência quando o assunto é design, urbanismo e arquitetura, a Casa do Baile foi construída para ser um restaurante.

Hoje em dia, contudo, é um local para exposições itinerantes, além de uma atração e um belo prédio do complexo da Pampulha.

Iate Clube

O Iate Clube de Belo Horizonte encerra os prédios do Complexo da Pampulha, oferecendo requinte e tradição aos seus frequentadores.

A beleza do lugar é inegável e isso acabou rendendo ao clube o título de Patrimônio Cultural da Humanidade. Oferece esportes como tênis, futebol, natação, peteca e sinuca.

Ginásio Mineirinho

O Estádio Jornalista Felippe Drummond, o Ginásio Mineirinho, fica próximo ao Mineirão.

É o maior ginásio do Brasil e já foi palco de muitos jogos de vários esportes.

Também recebe outros eventos como shows e eventos, além da tradicional feirinha, onde se compra excelentes produtos artesanais e come-se muito bem.

Estádio Mineirão

O Estádio do Mineirão é outro símbolo à parte de Belo Horizonte que merece a visita.

Ele foi modernizado para a Copa do Mundo de 2014, porém ficou eternizado ao fatídico 7×1 do Brasil contra a Alemanha.

Mas, não se engane, o estádio também já trouxe muitas alegrias aos mineiros e brasileiros.

Quando não há jogos, o estádio abre suas portas para visitas guiadas, onde conhecemos o gramado, sala de imprensa, vestiários, arquibancadas, camarotes, um tour completo.

Quem é fã do futebol (e até mesmo quem não é) vale a pena conhecer o estádio.

Vista de dentro do Estádio do Mineirão
Vista de dentro do Estádio do Mineirão

COMPARADOR DE SEGURO DE VIAGEM

Museu Brasileiro do Futebol

O Museu Brasileiro do Futebol fica dentro do estádio do Mineirão e tem por objetivo expor, pesquisar e preservar artefatos materiais e imateriais do futebol brasileiro.

Ele garante aos visitantes uma imersão no mundo do esporte mais amado do país. Uma visita bastante interativa, divertida e informativa.

Parque Ecológico da Pampulha

O nome oficial do Parque Ecológico da Pampulha é Parque Ecológico Francisco Lins do Rego e proporciona um contato direto com a natureza, nas proximidades da Lagoa da Pampulha.

Espaço ideal para passear, andar de bicicleta, praticar esportes, fazer piqueniques ou simplesmente passear e descansar.

Lugar bastante frequentado por moradores da cidade, especialmente aqueles com crianças pequenas, que precisam de ar livre e espaço para correr e brincar.

É um dos lugares para se visitar para vivenciar a experiência de um morador local.

Universidade Federal de Minas Gerais

Mais do que apenas um local de estudos, a UFMG é um modelo para todo o país em excelência de ensino gratuito, pesquisa científica, extensão, apoio às artes e à cultura e geração de patentes em todas as áreas de conhecimento.

O campus da Universidade Federal de Minas Gerais é super tradicional e pode ser um lugar interessante de se visitar, incluindo sua biblioteca, repleta de várias obras locais.

Espaço do Conhecimento da UFMG

O Espaço do Conhecimento da UFMG é uma excelente opção para quem gosta de astronomia, de apreciar o céu e as estrelas.

Isso porque a principal atração é o Terraço Astronômico, cheio de telescópios e com um teto retrátil, de onde é possível ver o céu.

Isso sem falar em todo o acervo do espaço, bastante interessante.

O que fazer em Belo Horizonte
O que fazer em Belo Horizonte
Grupo de desconto de viagem

Biblioteca Pública Estadual

A biblioteca está aberta a todos os moradores da cidade, inclusive para empréstimo de livros, basta fazer a sua carteirinha de leitor.

Para os visitantes, é um lugar de paz e tranquilidade, com um vasto acervo e uma programação cultural diversificada.

Praça da Liberdade

A Praça da Liberdade em si é bem bonita, com suas palmeiras imperiais, porém, sua importância vai muito além.

É um ponto central da cidade, rodeada por cultura na forma de museus e centros culturais, conhecido como circuito cultural.

Nos finais de semana, a praça costuma ficar cheia e ocorrem várias apresentações culturais.

Se você estiver no final de semana em Belo Horizonte, leve em consideração um passeio na Praça da Liberdade.

Circuito Cultural Praça da Liberdade
Circuito Cultural Praça da Liberdade
Dicas para a bagagem

Palácio da Liberdade

O Palácio da Liberdade é uma bela construção, antiga sede do governo do estado, o palácio foi construído em 1897.

O local é aberto à visitação pública e em seu interior podem ser encontradas muitas obras de artes, além de objetos importantes que ajudam a contar a história do governo do estado.

Edifício Niemeyer

O Edifício Niemeyer trata-se de um edifício residencial, porém também representa um marco na cidade, uma referência na arquitetura modernista de Niemeyer, que projetou o prédio nos anos 50.

Sua localização também é privilegiada, no centro de BH, em plena Praça da Liberdade, pertinho do Palácio da Liberdade.

Parque Municipal das Mangabeiras

O Parque Municipal das Mangabeiras é um reduto de beleza, natureza e paz, para quem quer fugir da rotina e do agito da cidade grande, sem precisar sair da grande cidade.

Um ótimo local para caminhar, se exercitar, passear com seu pet ou apenas curtir um pouco, relaxar, ver as pessoas passarem ou até mesmo ler um bom livro.

Mirante do Mangabeiras

Complementando o cenário do parque, temos o Mirante do Mangabeiras, de onde é possível se ter uma vista privilegiada da cidade, ao pé da Serra do Curral.

Um local para tirar fotos incríveis, principalmente no entardecer de uma estação como o outono, com aqueles dias alaranjados incríveis.

Para os mais radicais, há a opção de descer de tirolesa do mirante até o parque. Nesse caso recomendamos chegar mais cedo.

Centro Cultural Banco do Brasil

Construído na década de 1920, o Centro Cultural Banco do Brasil vai conquistar sua admiração de imediato, tamanha a beleza.

E quando você entrar, vai se encantar com as exposições e mostras do lugar. Há o acervo fixo, mas também existem sempre mostras e exposições temporárias.

Memorial Minas Gerais Vale

Um dos prédios mais bonitos do circuito cultural da Praça da Liberdade é o Memorial Minas Gerais Vale.

Uma construção histórica, tombada como patrimônio histórico e artístico da cidade, hoje administrada pela Vale do Rio Doce.

Em seu interior, um acervo que mostra a importância do passado e a identidade do povo mineiro, fazendo um link com o futuro.

Museu das Minas e do Metal

O Museu das Minas e do Metal é um museu criado para contar a história do desenvolvimento do estado.

Mas, acima de tudo, para ensinar ao visitante sobre desenvolvimento e os impactos sociais e econômicos que a exploração de metais nas minas causa na vida das pessoas envolvidas, nas cidades e em todo o estado.

Casa FIAT de Cultura

O ponto forte da Casa FIAT de Cultura é sem dúvida é seu acervo, com obras de pintores famosos como Portinari, Caravaggio e Tarsila do Amaral.

Mas não pense que só irá encontrar obras clássicas por lá, porque o acervo também conta com obras de muitos artistas novos, da atualidade. Uma visita enriquecedora, que vale muito a pena. Hoje o prédio é administrado pela FIAT.

Centro de Arte Popular

O Centro de Arte Popular é um lugar totalmente dedicado à cultura e à arte popular mineira.

Lá você vai aprender um pouco mais da história da cidade, sempre através da visão dos artistas populares.

Nomes importantes do cenário artístico mineiro estão expostos no acervo permanente, como Ulisses Pereira, Artur Pereira, Zefa e Zezinha, mas também há espaços para exposições temporárias.

Museu Mineiro

O objetivo do Museu Mineiro é preservar a história do estado, por meio de peças de períodos diferentes, que incluem arte sacra, mobília, objetos históricos, pinturas e esculturas, em um acervo que conta com mais de 3.500 itens.

Parque Municipal Américo Renné Giannetti

O Parque Municipal Américo Renné Giannetti é o parque mais antigo da cidade e um dos mais frequentados pelos moradores, sempre em busca de exercícios ou apenas de um pouco de ar livre.

Fica localizado no centro da cidade e conta com lagos, coreto, parques e até mesmo um teatro.

Avenida Afonso Pena

Muito mais do que apenas uma rua, a Avenida Afonso Pena é uma das mais importantes da cidade.

Por toda a sua extensão, de 4,3 quilômetros, há bares, restaurantes, museus, lojas, teatros, centros culturais.

Vale muito a pena caminhas pelas calçadas da avenida, apreciando sua arquitetura e fazendo uma ou outra parada estratégica.

Mercado Central

O Mercado Central é um excelente lugar para quem quer comer a verdadeira comida mineira (e não estamos falando somente de pão de queijo).

Mercados municipais são um excelente lugar para se conhecer a verdadeira cultura e gastronomia de um lugar, além de possibilitar um contato direto com os moradores.

Há excelentes opções de restaurantes, isso sem falar nas delícias que você vai poder comprar nas inúmeras bancas, como doces, queijos, cachaças, pimentas e muito mais.

Catedral Nossa Senhora da Boa Viagem

A Catedral Nossa Senhora da Boa Viagem é uma igreja em estilo neogótico, imponente por natureza e bastante visitada pelos turistas.

Os vitrais do interior da catedral são uma atração à parte e chama a atenção dos frequentadores.

O altar feito em mármore Carrara já foi palco de muitos casamentos, já que se trata de uma das igrejas preferidas para o evento, especialmente pelas famílias mais tradicionais da cidade.

Museu de Artes e Ofícios

O Museu de Artes e Ofícios fica localizado na Praça Rui Barbosa, também conhecida como Praça da Estação.

Trata-se, sem dúvida, de um museu diferente, que conta a história das profissões no Brasil, por meio de veículos, maquinários, objetos e roupas.

A exposição é bastante detalhada e interessante, pois os itens não ficam apenas expostos, há cenários montados com a ajuda de manequins, que fazem o papel dos profissionais.

Palácio das Artes

O Palácio das Artes é um centro cultural vinculado à Fundação Clóvis Salgado, que oferece vários tipos de atrações como exposições artísticas de pinturas, esculturas e fotografias, shows musicais, cinema e teatro.

As atrações são sempre variadas, por isso vale a pena dar uma conferida no site antes de ir aproveitar.

Edifício Maletta

Um dos prédios mais importantes de Belo Horizonte é o Edifício Maletta.

De dia funciona um centro comercial, com os mais variados tipos de comércios e vários sebos, ideal para quem gosta de leitura e livros antigos.

Mas é à noite que o prédio ganha vida, com mesas no calçadão e pessoas felizes, bebendo, comendo bem e celebrando a vida.

O Saideira Bar é um dos mais requisitados pelos frequentadores do local e está sempre lotado, oferecendo comidas de boteco de dar água na boca.

Bairro Savassi

Um dos bairros mais importantes da cidade é o Bairro Savassi que abriga alguns dos melhores hotéis da cidade.

Também possui vários bares e restaurantes com mesas que se espalham pelas calçadas, dando vida ao lugar, que é um dos mais frequentados na noite da cidade.

Para morar por lá, é preciso ter dinheiro, pois é considerado um dos bairros mais nobres da capital mineira.

Parque da Serra do Curral

Outro local para fazer trilhas e caminhadas é o Parque da Serra do Curral, que requer um pouco mais de fôlego e preparo físico.

O caminho até o topo é uma subida não muito íngreme, mas um tanto puxada.

Ao chegar lá em cima tudo terá valido a pena, pois a vista é ainda mais bonita do que o Mirante do Mangabeiras.

Praça do Papa

Durante a semana, a Praça do Papa é um local para curtir o momento e ver a vida passar.

Nos finais de semana a praça enche de vendedores ambulantes vendendo comidinhas mineiras.

Também podem acontecer apresentações culturais, muitas vezes sem anúncio prévio.

Parque de Diversões Guanabara

As crianças vão adorar o passeio no Parque de Diversões Guanabara, mas os adultos também vão se encantar com a vista da Lagoa da Pampulha do alto da roda gigante.

No final da tarde, o cenário fica ainda mais bonito e tudo isso a um preço bastante acessível, com opções variadas de brinquedos para todas as idades.

Museu de Ciências Naturais

O Museu de Ciências Naturais é administrado pela PUC Minas e tem por missão promover o conhecimento da história natural.

Em seu acervo, várias coleções que vão tratam desde arqueologia a astrologia, passando por vários outros ramos da cidade.

O tatu gigante é o símbolo do museu, mas não é seu único morador ilustre. Há fósseis de dinossauros, de uma preguiça gigante e ainda é morada do gorila Idi Amim, que viveu no zoo da cidade, sobre o qual ainda falaremos neste artigo.

Uma visita interativa e divertida, que vai fazer bastante sucesso entre as crianças, mas também agrada adultos de todas as idades.

Museu Abílio Barreto

O Museu Abílio Barreto é um dos poucos museus que tem um casarão histórico em seu acervo.

Sim, o museu foi construído ao redor do Casarão Secular, de 1883, que é a última construção do período em que a cidade era apenas Arraial do Curral del Rei.

Além do casarão e de muitos outros objetos, há partes de um antigo bonde elétrico e de uma locomotiva a vapor.

Zoológico de Belo Horizonte

Na verdade, o nome oficial do Zoológico de Belo Horizonte é Zoobotânica, pois o local junta um zoológico e um jardim botânico.

São várias espécies de animais, entre felinos, répteis e muitos outros, todos muito bem tratados, diferentemente do que algumas pessoas podem pensar.

É o lugar ideal para passar uma manhã ou uma tarde de sábado, acompanhado dos filhos, sobrinhos ou apenas com a pessoa amada.

Mercado das Borboletas

Conhecido como Velho Mercado Novo, o Mercado das Borboletas tinha um andar totalmente desocupado.

Esse andar foi transformado, revitalizado e passou a ser sede do projeto Mercado das Borboletas, que é um espaço para encontro entra artistas e outros movimentos culturais.

Festival Comida di Buteco

O Festival Comida di Buteco é uma competição onde os restaurantes e botecos participam, mas toda a população e visitantes se beneficiam.

Os visitantes são brindados com comidas deliciosas e petiscos incríveis. Os pratos são julgados por um júri especializado e pelo público e os que ficam com as notas 20% mais baixas não podem participar no ano seguinte.

Tudo isso para escolher o melhor boteco do Brasil.

Feira Hippie de BH

Aos domingos a Feira Hippie de BH é praticamente uma parada obrigatória.

Frequentada não apenas por visitantes, mas por muitos moradores, acredite, você vai encontrar muito mais do que apenas itens feitos por hippies.

Lá vende-se de tudo um pouco. É quase impossível sair sem comprar nada. Ideal para levar lembranças da viagem a Belo Horizonte para casa e presente aos amigos e família.

>> Leia também: Como é o réveillon em Belo Horizonte

Instituto Inhotim em Brumadinho
Instituto Inhotim em Brumadinho

Passeios próximos a Belo Horizonte

Muitas pessoas aproveitam a viagem para Belo Horizonte para conhecer passeios próximos de BH super famosos, como o Instituto Inhotim, as cidades históricas de Ouro Preto e Tiradentes, além da Serra do Cipó. Vamos ver um pouco sobre eles:

Passeio no Instituto Inhotim

O Instituto Inhotim fica localizado em Brumadinho, município da região metropolitana de Belo Horizonte.

Fica a apenas 60 km do centro de Belo Horizonte, mas mesmo que fosse mais longe valeria a visita, pois o lugar é lindo, absolutamente incrível.

É o maior museu a céu aberto do mundo e a mistura da arte contemporânea com a natureza é o que mais encanta. Vale a pena sair cedo de BH e passar o dia inteiro por lá.

Visita a Brumadinho

Brumadinho é uma cidade cheia de história, infelizmente algumas não tão boas.

Quando for visitar o Instituto Inhotim, aproveite para desfrutar mais algumas das belezas que a cidade tem a oferecer, como o Mirante do Morro dos Veados, cujo acesso é por uma bela trilha.

Outro lugar incrível é a Serra da Moeda. Para quem curte, a Rota da Cachaça é um atrativo muito interessante.

Mas se você gosta de natureza e esportes radicais, não pode deixar de conferir o Espaço Verde Folhas, que tem atrações como trekking, tirolesa, arvorismo e escalada.

Visita a Ouro Preto

Ouro Preto é uma cidade única, maravilhosa e merece um artigo só para falar de tudo que você poderá fazer por lá. Mas não poderíamos deixar de mencionar a cidade neste artigo.

Ouro Preto fica a cerca de 100 km de Belo Horizonte e encanta seus visitantes com sua arquitetura, belas igrejas e história.

Há ainda antigas minas de ouro, museus e belas paisagens naturais. Um lugar repleto de belezas e muita história, que merece uma estadia de pelo menos 3 dias.

Para quem gosta de carnaval, pode viajar para conhecer o famoso Carnaval de Ouro Preto.

Visita a Tiradentes

A cidade de Tiradentes fica um pouco mais distante da capital de Belo Horizonte, são cerca de 190 km, mas vale a pena percorrer cada um deles para ver esse lugar diferenciado e comer muito bem.

A cidade tem como um dos seus grandes atrativos o turismo gastronômico, mas a cidade também tem outros atrativos.

A parte histórica é muito rica, com ruas, igrejas e museus que contam a história do lugar e de todo o estado.

A cidade é bem mais tranquila que Ouro Preto, o ritmo é menos frenético, o tempo parece andar mais devagar.

Por isso, não deixe de aproveitar seu tempo lá para descansar um pouco. Recomendamos 2 dias na cidade.

Visita a Serra do Cipó

Para quem gosta de natureza e de tomar banho de cachoeira, a Serra do Cipó é o lugar ideal para se “esconder” em um final de semana e curtir a vida.

Lá você vai encontrar algumas das mais belas cachoeiras de todo o estado.

O Vale do Travessão também é um destino incrível, na parte alta do Parque da Serra do Cipó. Um visual incrível, que você certamente jamais irá esquecer.

Como chegar até Belo Horizonte

O aeroporto internacional de Confins é a porta de entrada mais comum da cidade e recebe voos de todas as regiões do Brasil.

Mas a cidade possui boas estradas de acesso e está localizada na região sudeste do Brasil.

Passagem aérea para Belo Horizonte

Como dissemos, a localização da cidade é relativamente central, exceto para quem sai do Norte e Nordeste do Brasil.

Mesmo assim, por ser uma cidade muito procurada, o valor dos voos é relativamente em conta.

Por exemplo, em maio de 2021 foi possível encontrar voos de Fortaleza para Belo Horizonte pagando cerca de R$ 1 mil reais.

Já se você estiver saindo de Curitiba, a passagem custa cerca de 700 reais. Mas é sempre importante lembrar que esses são apenas valores de referência.

O ideal é pesquisar os preços atualizados em sites de pesquisa de passagem aérea, como da Max Milhas, que além de trazer os preços em R$ também traz os preços pagando em milhas.

>> Fazer pesquisa de passagem aérea

Caminho terrestre

De carro, as principais estradas para Belo Horizonte são a BR-381, para quem vem de São Paulo, a BR-040, para quem vem de Brasília ou do Rio de Janeiro e a BR-262, para quem viaja do Espírito Santo.

Essas são as capitais mais próximas de BH, na ordem: Rio de Janeiro (434km), Vitória (524km), São Paulo (586km) e Brasília (741km).

Aluguel de carro

É muito fácil alugar carro em Belo Horizonte. As principais locadoras do Brasil possuem lojas na cidade.

A locação de carro pode ser feita no próprio aeroporto, lembrando que às vezes alugar na chegada pode sair mais caro.

O ideal é alugar antes e aproveitar alguma promoção em sites especialistas, como da Rentcars. E, é claro, você também tem a opção de alugar pela internet nos sites das próprias locadoras.

Onde ficar em Belo Horizonte

Belo Horizonte é uma cidade pronta para receber turistas e visitantes. São muitas as opções de hospedagem espalhadas por toda a cidade.

Os melhores hotéis estão no bairro de Savassi e Pampulha, que ficam próximos a vários pontos turísticos e ao agito da noite na cidade.

Hotéis em Belo Horizonte

Separamos algumas opções de hotéis em Belo Horizonte para você, de acordo com os valores, que são sempre de referência para um casal:

>> Pesquisar outras opções de hotéis

Bourbon Hotel em Belo Horizonte
Bourbon Hotel em Belo Horizonte
Para aproveitar melhor a viagem

Aluguel de temporada em Belo Horizonte

A cidade possui diversas opções de hospedagem de aluguel de temporada pelo Booking, que vem cada vez mais agregando casas e apartamentos para quem prefere gastar menos com hospedagem.

Com cerca de 100 reais por diária, é possível alugar um apartamento na região da Pampulha. Mas, se você quiser inovar, pode alugar um apartamento de luxo por cerca de 220 reais a diária.

Gastronomia de Belo Horizonte

Nem só de pão de queijo vive o mineiro. É claro que se trata de uma grande iguaria da cidade, mas você não pode deixar de experimentar outros pratos típicos da culinária mineira.

Entre eles podemos destacar o Frango com Quiabo, Tutu, Feijão Tropeiro, Leitão à Pururuca e Vaca Atolada.

Outro destaque são os doces, em especial o doce de leite e a goiabada, que sempre vão bem com um queijo de minas.

Para apreciar essas delícias mineiras, sugerimos alguns restaurantes com comida mineira e tempero excelente. Vale a pena conferir o Xapuri, o Dona Lucinha e o Monjardin Costelaria.

É claro que a cidade é enorme e tem restaurantes especializados em diversas culinárias. Portanto, pode escolher a sua comida favorita que certamente você irá comer muito bem.

Pão de queijo faz parte da gastronomia de Minas Gerais
Pão de queijo faz parte da gastronomia de Minas Gerais

Seguro de viagem para Belo Horizonte

Viajar dentro do Brasil normalmente não requer seguro viagem. Porém, você pode precisar pagar seguro específicos como, por exemplo, se alugar um carro, ou uma casa por temporada.

Também é indicado o seguro de viagem para quem tem plano de saúde regional ou estadual e não tem cobertura para viagem a Belo Horizonte.

Nesse caso, recomendamos fazer uma cotação de seguro de viagem nacional em sites como da Seguros Promo.

>> Fazer cotação de seguro viagem

Finalizando

Como você viu, não vão faltar atrações para você visitar na sua viagem para Belo Horizonte. O que vão faltar são dias para conhecer todos os lugares.

O que recomendamos é você fazer a seleção dos destinos que ficou com mais vontade de conhecer e organizar o roteiro conforme o seu perfil de viajante.

Por sinal, agora queremos escutar a sua opinião. Qual dos pontos turísticos de Belo Horizonte você vai querer visitar primeiro? Deixe abaixo o seu comentário!

Abraço e até o próximo post!

FAQ – Perguntas e respostas

O que fazer em Belo Horizonte em 1 dia?

Se você tiver apenas 1 dia em BH, aproveite-o com sabedoria. Não deixe de fazer circuito básico, que inclui a Praça da Liberdade e seus arredores, o Mercado Central, o Mirante das Mangabeiras e o Complexo da Pampulha. Isso certamente irá ocupar grande parte do seu dia. Aproveite para almoçar no Mercado Central e comer a típica comida da cidade. À noite, aproveite para conhecer um dos vários bares da Avenida Afonso Pena, sempre lotados.

Quanto custa uma viagem para Belo Horizonte?

O custo de vida na cidade não é tão elevado e muitas atrações turísticas são gratuitas ou cobram apenas valores simbólicos, o que acaba barateando o custo da sua viagem. O transporte para chegar até lá é o mais caro, definitivamente. Como vimos, existem alternativas mais econômicas para hospedagem. Portanto, com jogo de cintura e um bom planejamento, viajar para BH pode não ser uma experiência tão cara.

Que roupas levar para Belo Horizonte?

A temperatura da cidade durante o dia fica entre os 25° e os 30°, dependendo da época do ano. É uma cidade agradável, não é muito quente. Entre abril e agosto as noites são mais agradáveis, fresquinhas, mas não chega a fazer muito frio. Por isso, opte sempre por roupas confortáveis para aproveitar bem a sua viagem, e não esqueça de levar filtro solar.

Quais passeios para crianças em Belo Horizonte?

Belo Horizonte é uma cidade bastante cultural, com muitos museus e prédios históricos, o que pode acabar sendo um pouco cansativo para as crianças. Mas, para compensar, aposte em passeios que elas vão aproveitar bastante, como o Museu de História Natural, o Zoológico e, é caro, o Parque de Diversões Guanabara, onde todos vão se divertir bastante.

O que fazer em Belo Horizonte em dias de Chuva?

A cidade possui vários pontos turísticos em locais fechados, como os vários museus espalhados por toda a cidade. Então, se você acordar um dia com o tempo fechado, vá para a região da Praça da Liberdade. Embora você não vá poder curtir a praça propriamente dita, poderá curtir um dos vários museus em seus arredores.

O que fazer à noite em Belo Horizonte?

Muito da vida noturna da cidade ocorre no bairro de Savassi, especialmente se você está à procura de bares e restaurantes. Alguns dos mais frequentados são o Savassi 158, Cabernet Butiquim e Estação Savassi. Mas há excelentes opções de lazer por toda a cidade. Os bares da Avenida Afonso Pena também são uma excelente opção.

Thiago Cesar Busarello

Thiago Busarello é autor e criador do Vida de Turista, no qual adora viajar e falar do assunto de turismo e viagens, compartilhando dicas e informações de viagens com os leitores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat