O que você está procurando?

BAIXE GRÁTIS NOSSO KIT DE PLANEJAMENTO DE VIAGEM! CLIQUE AQUI!

Quanto custa viajar para o Chile? Saiba TUDO nesse guia!

O Chile é um destino tão lindo e próximo de nós que merece ser visitado por todos ao menos uma vez na vida. Muitos não o fazem por achar que é um destino caro. Agora, será que é caro mesmo? Nesse artigo trouxemos informações completas sobre quanto custa viajar para o Chile.

Trouxemos informações sobre preços de passagens aéreas, preços de hotéis, preços de aluguel de carros, preços de entradas, custos de deslocamento, custos de alimentação e quanto sai o seguro de viagem para o Chile.

Também trouxemos informações sobre os preços para viajar ao Chile na alta temporada e preços para viajar ao Chile na baixa temporada.

Qual a moeda do Chile?

Um dos pontos mais importantes para o planejamento de viagem para o Chile é saber qual a moeda do Chile. O peso chileno é a moeda do Chile e o valor da cotação no dia que escrevemos esse artigo era de 185 pesos para cada 1 real.

Olhando assim friamente podemos dizer que o real é uma moeda mais forte que o peso chileno e que podemos comprar muitas coisas com poucos reais. Mas a verdade é que o poder de compra é muito similar. 

Também podemos dizer que o Chile tem em média preços 15% mais baratos que os grandes centros e preços muito parecidos com o da maioria das cidades do Brasil. Fugindo de Santiago os preços ficam até 20% mais baratos (principalmente mercados).

Um índice que gostamos muito de usar aqui no blog para comparar o poder de compra da moeda para saber se aquele destino é muito caro é o Big Mac Index que traz os preços de Big Mac de vários lugares do mundo convertendo o preço para dólares. Enquanto o Big Mac aqui no Brasil custa 4,6 dólares no Chile custa 3,83 dólares.

Vale a pena comprar pesos chilenos no Brasil?

Em Santiago é muito fácil trocar pesos chilenos por reais nas várias casas de câmbio espalhadas pela cidade, principalmente no centro da capital chilena.

Nós aqui do blog recomendamos a troca de pesos chilenos no Brasil caso você não tenha planejado passar alguns dias em Santiago para evitar gastos com deslocamentos e tudo mais, além de perder horas preciosas da viagem.

A sugestão nesse caso é trocar pesos chilenos em casas de câmbio aqui no Brasil. Saiba que você não terá a melhor conversão do mundo, porém economizará tempo.

Vale a pena comprar dólares para trocar por pesos chilenos?

Essa é outra pergunta muito comum, já que estamos acostumados a comprar dólares em viagens internacionais para depois trocar lá no destino turístico pela moeda local. 

Porém como o Chile recebe a visita de muitos turistas brasileiros, é muito fácil trocar reais por pesos chilenos lá mesmo no Chile. 

Nesse caso, trocar reais por dólares para depois trocar dólares por pesos chilenos só vai fazer você gastar 2 vezes com conversões (as casas de câmbio agradecem, mas seu bolso não). Ou seja, não vale a pena fazer essa troca.

Para onde viajar no Chile?

Agora que sabemos quanto vale um peso chileno e o valor de compra do dinheiro no país, precisamos saber quanto custa viajar para o Chile nos pontos turísticos para decidir os lugares onde podemos viajar.

Podemos começar dizendo que o Chile é um país ímpar com atrações que remetem a muita natureza, cultura e tradições. 

É um destino que encanta pela altura da Cordilheira dos Andes, sem deixar de ter atrações na praia como em Viña del Mar e Valparaíso.

Também é um destino que encanta por ser um destino de neve, no qual os brasileiros são doidos para viajar ao Chile para conhecer a neve pela primeira vez.

Sem contar nas lindas paisagens que são encontradas em destinos como o Deserto do Atacama, a Patagônia Chilena e os Lagos Andinos. Inclusive fizemos um artigo especial somente sobre a Patagônia Chilena.

atrações do chile
O Chile é um país com atrações que remetem a natureza, cultura e tradições.

Se buscar ainda um destino exótico, pode escolher a Ilha de Páscoa, que fica no meio do Oceano Pacífico.

Ou seja, destinos turísticos não faltam e cabe a você primeiramente entender o que gostaria de conhecer na hora de viajar para o Chile.

Podemos dizer que 80% das viagens dos brasileiros acabam sendo para Santiago, incluindo passeios para cidades próximas. É a viagem mais comum e também mais prática e rápida, já que Santiago tem voos diretos com aeroportos do Brasil.

Agora, quanto custa viajar para o Chile em todos esses pontos turísticos? Veja abaixo:

Quanto custa viajar para Santiago e arredores

Santiago do Chile é a capital de um país e assim como várias capitais pelo mundo elas acabam tendo preços mais caros que lugares do interior, já que o custo de vida é mais caro.

Portanto é comum encontrar preços de restaurantes de Santiago que se equivalem a preços de restaurantes de São Paulo, por exemplo. Isso vale tanto para restaurantes mais simples como para aqueles mais sofisticados. 

Os preços médios de pratos no almoço ficam na faixa de R$ 40,00 por pessoa. Já nos jantares fica na faixa de R$ 80,00 por pessoa. 

É possível economizar comendo lanches e fast food, com preços na faixa de R$ 20,00 por pessoa, porém somente iria nessa opção se você realmente não puder, já que um dos maiores prazeres de uma viagem é experimentar pratos da gastronomia local.

Os preços de transporte público também são parecidos ao de grandes capitais e isso vale tanto para ônibus, metrô, táxis e Uber. Por sinal, Uber acaba sendo uma das melhores opções, não só econômicas, mas também de conforto, tempo e previsibilidade.

Os preços de entradas, shows e espetáculos varia de espetáculo para espetáculo e de casa de shows para casas de shows, mas podemos dizer que a média de entrada é de R$ 80,00 por pessoa. Já é possível pagar apenas R$ 30,00 por pessoa em pontos turísticos como museus. Esse é o valor da entrada do Teatro Municipal de Santiago, por exemplo.

Quanto custa viajar para a Patagônia Chilena

Quando o objetivo é visitar destinos mais afastados da capital Santiago, você vai notar que os preços dos passeios acabam ficando mais caros. 

Isso acontece principalmente pela raridade do passeio (lugares de natureza ímpar que você só vai conhecer lá mesmo), por ter longas distâncias e muitas vezes pela necessidade de guias de viagem para acompanhar.

Na Patagônia Chilena é onde você vai encontrar, por exemplo, o Parque Nacional Torres del Paine, além dos fiordes e geleiras que proporcionam fotografias de capa de revista.

O ideal é reservar ao menos 4 dias de passeio para conhecer todas as belezas e nossa sugestão é contratar pacotes de viagem das agências locais ou especialistas no serviço. 

O valor de um pacote de passeio + guia + hospedagem para 5 dias sai por R$ 6 mil por pessoa, fora passagem aérea. Os preços foram consultados no site do Patagônia Experience.

Patagônia Chilena
Patagônia Chilena é onde você vai encontrar fiordes e geleiras que proporcionam fotografias de capa de revista.

Quanto custa viajar para o Deserto do Atacama

Outro destino incrível, único e particular do Chile é o Deserto do Atacama. Um dos lugares onde tem uma vista do céu estrelado das mais lindas do mundo, tanto que é comum um tour astronômico nos pacotes de viagem.

Nossa sugestão também é contratar agências locais que levam para os passeios. Algumas delas vendem pacotes somente do transporte, como a Do Brasil para o Mundo

O pacote Atacama Essencial, por exemplo, sai por R$ 745,00 por pessoa com a duração de 3 dias, porém não inclui o preço das entradas dos parques, hotel e alimentações.

Quanto custa viajar para a Ilha de Páscoa

A Ilha de Páscoa é um dos lugares mais exóticos e intrigantes do mundo. Ele fica localizado no meio do Pacífico e por toda essa distância acaba sendo um dos passeios mais caros de uma viagem ao Chile

Lá você vai encontrar um vilarejo e também seu principal ponto turístico que são os moai, as famosas estátuas de pedra vulcânicas de até 10 metros de altura perfileiradas.

Um roteiro de 7 dias e 6 noites da agência Pisa Trekking sai por R$ 6.500,00 por pessoa e permite o turista conhecer o Vulcão Rano Raraku, a Praia de Anakena, o Vulcão Poike, além da trilha para conhecer os moais. Não inclui passagem aérea.

Ilha de Páscoa
A Ilha de Páscoa é um dos lugares mais exóticos e intrigantes do mundo.

Quando viajar para o Chile?

A decisão de quando viajar para o Chile influenciará diretamente nos preços, assim como acontece com qualquer outro destino turístico. O que calibra o preço é a oferta e a demanda. 

Por exemplo, a alta temporada no Chile acontece nos meses de junho e julho ocasionada principalmente pelos brasileiros que viajam para o Chile para ver neve aproveitando as férias de julho. Nesse artigo trouxemos dicas para as férias de julho no Chile.

Realmente é um dos melhores momentos para viajar para o Chile, já que você encontrará as estações de esqui abertas e paisagens de tirar o fôlego. Sem contar na experiência de provar os deliciosos chocolates quentes e pratos quentes da gastronomia local.

Caso você não se importe com a neve, pode pesquisar preços para todos os meses restantes do ano, com exceção de janeiro, que recebe turistas nas férias de verão. 

Destinos mais longínquos nesse caso não são recomendados nessa época do ano já que faz muito frio, como a Patagônia, por exemplo. Outras estações são mais adequadas.

Porém a escolha da melhor época é muito particular, portanto coloque na balança o que você gostaria de visitar e sua disponibilidade de tempo e dinheiro.

Quanto custa viajar para o Chile de avião?

Chegou a hora de mostrar os preços médios das passagens aéreas para o Chile. Fizemos a consulta nos nossos parceiros o Viajanet e a MaxMilhas com pesquisas na alta e baixa temporada. 

Todas as pesquisas foram feitas considerando o Aeroporto de Guarulhos em São Paulo como ponto de partida inicial.

  • Santiago: Os preços das passagens aéreas até o aeroporto de Santiago no mês de julho saem por R$ 1.254 por pessoa. Em junho os preços saem por R$ 811 e nos demais meses a média fica em torno de R$ 684 por pessoa.
  • Patagônia: Os preços das passagens aéreas até o aeroporto de Punta Arenas com valores médios na faixa de R$ 1.200 por pessoa.
  • Deserto do Atacama: Os preços das passagens aéreas para o deserto do Atacama até o aeroporto de Calama é de R$ 1.100 por pessoa.
  • Ilha de Páscoa: O preço das passagens aéreas para a Ilha de Páscoa até o aeroporto de Hanga Roa é de R$ 4 mil por pessoa.

Vale lembrar que preços oscilam conforme procura e demanda. Portanto você pode encontrar valores diferentes do site nos portais oficiais.

opções culturais no Chile
São muitas opções culturais no Chile

Qual o custo da hospedagem no Chile?

O Chile é muito bem servido de hotéis e hospedagens sendo que existem opções para todos os gostos e bolsos.

Os preços da hospedagem no Chile também variam conforme temporada e podemos acrescentar que eles variam de acordo com a categoria do hotel e quarto escolhidos. Hotéis de luxo são mais caros, assim como hostels ou casas de temporada pelo Airbnb são mais baratos.

Trouxemos abaixo algumas opções de hotéis e sua faixa de preço comparando as categorias de cada um dos hotéis.

  • Santiago: Os preços de hotéis em julho ficam na faixa de R$ 400,00 a diária. Já fora da temporada os preços ficam na faixa de R$ 300,00 a diária.
  • Patagônia: A maioria dos pacotes inclui hospedagem, mas caso não for seu caso é possível encontrar hospedagens na faixa de R$ 300,00 a diária, mais simples.
  • Deserto do Atacama: No deserto não é possível contar com muita estrutura e os hotéis refletem isso com preços na faia de R$ 300,00.
  • Ilha de Páscoa: A hospedagem da Ilha de Páscoa é tão escassa que as poucas opções cobram preços mais caros para turistas. Os valores são de R$ 500 a diária.

Os preços foram consultados no site do Booking, uma das principais ferramentas de reserva de hotéis online do mundo.

Vale lembrar que preços oscilam conforme procura e demanda. Portanto você pode encontrar valores diferentes do site nos portais oficiais.

E a alimentação, qual o custo?

Falamos sobre o custo de alimentação no Chile um pouco mais acima no artigo. Os valores de restaurantes são muito similares aos restaurantes do Brasil.

Olhando exclusivamente para Santiago, é possível encontrar pratos mais finos e elaborados da culinária chilena pelo valor de R$ 200 o prato, assim como pode encontrar lanches em cafeterias pelo valor de R$ 15. Tudo vai depender sua fome e vontade de experimentar pratos.

Para os outros destinos, as opções de restaurantes no Chile são mais reduzidas e tudo dependerá do prato escolhido.

Vale a pena alugar carro no Chile?

Alugar um carro no Chile pode ser um bom e um mal negócio. O bom é que ele ajuda a economizar muito. O mal negócio é que para andar pelas grandes estradas e rodovias. 

Isso vale principalmente para visitar destinos turísticos de longe como Patagônia e Atacama, corre o risco de se perder ou sofrer adversidades com o carro causado pelo clima peculiar.

Dentro de Santiago, é mais tranquilo e vale a pena alugar para se locomover sem depender de transporte público. Porém você deve levar em consideração gastos com estacionamento e combustível. É possível reservar carros alugados em Santiago pelo valor de R$ 145,00 em sites como da Rentcars.

Qual o custo dos passeios na viagem para o Chile?

Essa é uma pergunta que acabamos respondendo ao longo do texto. É possível encontrar pacotes de passeios para todos os bolsos.

Passeios mais próximos da capital chilena você encontrará preços mais em conta. Agora se for mais afastado, existe o preço do transfer + guia + hospedagem + passeios.

Compras no Chile: O que vale a pena?

Existem produtos que valem a pena ser comprados durante uma viagem ao Chile, como por exemplo, os vinhos chilenos, principal produto que os brasileiros levam para casa após viagem. 

Os vinhos do Chile podem chegar a ter 33% do valor de uma garrafa comprada nos supermercados e adegas do Brasil. Porém uma dica do blog é não comprar demais por causa do transporte e das regras de despacho das cias aéreas.

Algumas roupas também podem ser interessantes, já que existem marcas famosas no Chile que tem lojas no país e podem complementar o guarda-roupas (ainda durante a viagem). Os preços chegam a ficar até 10% mais baratos.

Você pode fazer compras em lojas de departamento, shoppings em Santiago e outlets em Santiago, que são lugares mais seguros e confiáveis.

Lembre-se do seguro viagem quando for ao Chile

Como dissemos ao longo do texto, o Chile é um destino turístico ímpar com uma natureza para lá de espetacular. Porém ao mesmo tempo continua sendo um país em desenvolvimento e deixar o turista na mão quando ele mais precisa.

Caso aconteça um imprevisto em viagem, os gastos podem ser extraordinários e um bom seguro de viagem para o Chile com cobertura para acidentes fará toda a diferença. 

Os preços não são caros, na faixa de R$ 150,00 por pessoa que varia conforme duração da viagem e fatores de risco (se a pessoa vai esquiar, idade, etc).

Existem sites que são especialistas em viagens para o Chile. Um dos melhores que conheço é o da Seguros Promo, que inclusive são parceiros aqui do blog pelo bom serviço prestado. A parceria está explicada nesse post, no qual também demos nossa opinião sobre a empresa e a experiência de utilização do serviço.

Abaixo você encontra a caixa de pesquisa para fazer a consulta de preços:

Afinal, quanto custa viajar para o Chile?

Bem, depois de fazer a consulta de tantos preços, você conseguiu anotar quanto custa viajar para o Chile?

Vamos ajudar fazendo a soma abaixo para uma viagem a Santiago de 5 dias, principal roteiro dos viajantes brasileiros.

Alta temporada (1 pessoa):

  • Passagem aérea: R$ 1.254
  • Hotel: R$ 400 x 4 noites = R$ 1.600
  • Aluguel de carro: R$ 145 x 5 dias = 725
  • Seguro de viagem: R$ 150
  • Passeios: R$ 500
  • Alimentação: R$ 50 x 3 x 5 = 750
  • Total: R$ 4.979 por pessoa

Baixa temporada (1 pessoa):

  • Passagem aérea: R$ 684
  • Hotel: R$ 300 x 4 noites = R$ 1.200
  • Aluguel de carro: R$ 145 x 5 dias = 725
  • Seguro de viagem: R$ 150
  • Passeios: R$ 500
  • Alimentação: R$ 50 x 3 x 5 = 750
  • Total: R$ 4.009 por pessoa

Conclusão

Viajar para o Chile tem custos e gastos como em qualquer outra viagem. Saber quanto você vai gastar ajuda no planejamento da viagem e permite você economizar todos os meses até chegar no valor completo da viagem.

O nosso artigo procurou trazer preços de passagens aéreas, hotéis, aluguel de carros, passeios e tudo mais para ajudar ainda mais nosso leitor que está planejando viagem para o Chile.

Importante não esquecer do seguro de viagem Chile, já que o Chile tem atrações mais simples, assim como atrações mais radicais ou que exigem muito condicionamento físico.

O custo com despesas médicas e hospitalares é alto e não compensa economizar pelo valor de investimento quando comparado o valor total da viagem.

Se esse artigo ajudou você de alguma forma, deixe seu comentário. Tenho certeza que vai ajudar outros leitores e vamos consolidar um dos materiais mais completos sobre viagem ao Chile.

Abraço e nos vemos por aí!

SUA VIAGEM COMEÇA AQUI!

  • Se quiser viajar para o paraíso, o Zarpo tem os melhores pacotes de viagem em resorts e hotéis de tirar o fôlego.
  • Para encontrar a passagem aérea com o menor preço do mercado, não deixe de consultar o site da MaxMilhas que consulta os preços em várias companhias aéreas!
  • Reserve diárias de hotel no mundo inteiro de maneira prática e segura no Booking.com, com opção de cancelamento grátis e sem precisar pagar antecipadamente!
  • Precisa de aluguel de carro? Na RentCars o pagamento é feito em reais, sem cobrança de IOF parcelado sem juros no cartão ou com 5% de desconto no boleto.
  • E não esqueça do seguro viagem. Na Seguros Promo você usa o cupom VIDADETURISTA5 e ganha desconto de 5% na compra.
  • Para os passeios, ingressos para tours, shows e entradas em museus você pode contar com a Get Your Guide em vários lugares do mundo.
  • Com o cupom VIDADETURISTA da América Chip você ganha 5% de desconto na compra de um chip internacional para viajar conectado o tempo todo.

Ao fazer uma compra com um parceiro através do blog recebemos uma pequena comissão. Ninguém paga a mais por isso e de quebra ajuda o blog a trazer sempre artigos e novidades atualizadas. Obrigado! =)

Thiago Cesar Busarello

Thiago Busarello é autor e criador do Vida de Turista, no qual adora viajar e falar do assunto de turismo e viagens, compartilhando dicas e informações de viagens com os leitores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *