BAIXE GRÁTIS NOSSO KIT DE PLANEJAMENTO DE VIAGEM! CLIQUE AQUI!

Melhores lugares para rapel no Brasil

Olá pessoal, continuando nossa série de artigos sobre atividades outdoor, hoje vamos falar sobre os melhores lugares para rapel no Brasil.

Vamos falar sobre os benefícios que essa atividade traz, os tipos de rapel existentes, o que levar em consideração para a escolha de um local e dicas extras para a sua proteção.

Prepare-se para usufruir dessa prática com todas as informações necessárias para fazer o rapel no Brasil e planeje-se. Afinal, a segurança deve estar em primeiro lugar antes, durante e após o esporte de aventura.

Veja as nossas dicas incríveis e divirta-se rumo aos melhores lugares para praticar rapel no território brasileiro.

Por que fazer rapel?

Os benefícios do rapel vão além de realizar um esporte, ele envolve diversos aprimoramentos do corpo e da mente para superar os seus limites. Ao praticar rapel, esse esporte de aventura nos proporciona:

  • Desenvolvimento da coordenação motora dos membros superiores e inferiores;
  • Alivia a ansiedade com o uso da concentração durante o esporte;
  • Aumenta a força muscular enquanto você planeja ações precisas;
  • Desenvolve a capacidade de adaptação;
  • Controla o estresse.

O rapel esportivo ainda melhora o condicionamento físico a cada evolução nas técnicas e desafios proporcionados para alcançar o objetivo final. Ou seja, é ideal para ficar com o corpo mais saudável com esse esporte.

Sem contar nas lindas fotos tiradas durante todo o percurso, principalmente se você tiver uma câmera GO PRO e todas as histórias para contar aos amigos e familiares.

Quais os melhores lugares para rapel no Brasil?
Quais os melhores lugares para rapel no Brasil?

QUAL O MELHOR SEGURO DE VIAGEM PARA VOCÊ?










Quais os tipos de rapel que existem?

Vamos ver agora quais os estilos de rapel que existem e entender mais sobre cada um deles:

Rapel Inclinado

É o tipo de rapel mais simples para um praticante do esporte e, conforme o próprio nome sugere, ele é realizado com um nível de inclinação em uma parede ou pedra de menos de 90°.

Rapel Vertical

É a modalidade mais tradicional da prática e muito parecida com o rapel inclinado, as diferenças estão na saída, em que depende do ponto de fixação da corda para analisar o nível de força no bouldrier (cadeirinha) na transição do plano horizontal para vertical. Mas sua inclinação é a mesma (90°). O que pode mudar também é a maior pressão no freio.

Rapel Negativo

Esse é o rapel feito em “livre” e também é muito praticado, sem manter o contato dos membros inferiores com a pedra ou parede. A velocidade é controlada pelo freio 8 e o seu ponto crítico é a saída, pois o praticante fica quase de cabeça para baixo e aumenta a pressão no bouldrier e no freio.

Rapel guiado

Semelhante ao rapel negativo, a descida também não tem contato direto com a superfície. Um cabo de aço guia o praticante, aumentando a segurança.

Cascading/Canyoning

Realizada em cachoeiras e cascatas, essa modalidade de rapel no Brasil é escorregadia e praticada como um rapel vertical ou rapel guiado, com diversos tipos de descida através da corda e dependendo da localização.

O cascading é um dos tipos de rapel
O cascading é um dos tipos de rapel
Cupom desconto viagem

O que levar em consideração na hora de escolher um lugar?

Algumas características podem ser importantes para a avaliação do local de viagem escolhido que inclua a prática do rapel.

Por ser uma atividade de aventura, considere ter um guia especializado para te ajudar em um lugar desconhecido.

Sempre pratique em grupo e saiba exatamente como chegar na cidade ainda no planejamento feito, qual o aeroporto mais próximo e a melhor hospedagem oferecida nas proximidades para você.

Assim como qual o estilo de rapel é o ideal para o seu condicionamento físico e experiência e qual a época do ano mais confortável para essa prática desafiadora. Para o rapel em pedras, o tipo de rocha influencia na escolha da instalação para a sua maior segurança.

Caso não conheça as técnicas específicas da atividade, pratique sempre com algum profissional de guia e bons instrutores durante a prática. Eles saberão a localização correta para as características dessa aventura.

12 dicas de lugares para praticar rapel no Brasil

Confira os melhores lugares dentro do território brasileiro e escolha onde pretende praticar o rapel o quanto antes!

Rapel na Boca da Onça

Boca da Onça é um parque localizado no Mato Grosso do Sul, mais precisamente em Bodoquena, próximo a cidade Bonito, e o rapel tem 90 metros de altura, considerado o mais alto do Brasil. Quem consegue chegar ao topo visualiza o cânion do Rio Salobra.

Uma estrutura de 34 metros de comprimento que avança sobre um precipício facilita a realização da atividade.

Boca da Onça também tem a maior queda d’água de Mato Grosso do Sul!

O rapel praticado no lugar é o negativo com o objetivo de preservar as rochas calcárias, já que não há o contato dos pés com a superfície.

Bonito tem um aeroporto próprio, o Aeroporto Regional de Bonito, que está a 15 km do Centro da cidade. Desembarcando no Aeroporto de Campo Grande, alugue um carro rumo a Bonito e se hospede nessa cidade mesmo, porque há mais opções disponíveis.

As distâncias de Bonito para as outras cidades são 69 km para Jardim (outra localidade próxima) e 74 km para Bodoquena, o lugar principal dessa atração.

Rapel nas Cataratas do Iguaçu

As Cataratas do Iguaçu são uma atração mundialmente conhecida localizada no Paraná, inclusive é uma das Sete Maravilhas Naturais do Mundo! Mas você sabia que elas também são destaque para a prática do rapel no Brasil?

A vista do rapel é para o Parque Nacional do Iguaçu e a descida tem cerca de 55 metros, também feita em negativo.

Você pode chegar diretamente no Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu que está a 10 km da cidade. Indo de ônibus para Foz do Iguaçu, o percurso passa por Itapemirim, Pluma e São Geraldo.

De carro, a cidade está a 640 quilômetros da capital Curitiba. Foz do Iguaçu tem várias opções de hospedagem por ser um destino turístico, então é possível encontrar preços para todos os bolsos.

Rapel na Cachoeira do Véu da Noiva

Localizada em Pernambuco, esse local também se destaca para a prática do rapel e fica em Bonito, mesmo nome da região famosa em Mato Grosso do Sul.

Só que essa cidade ainda não foi totalmente descoberta por uma grande quantidade de turistas, mesmo tendo sido eleita uma das Sete Maravilhas do estado pernambucano.

Cachoeira do Véu da Noiva transmite tranquilidade em meio à natureza e é a melhor cachoeira, dentre tantas da localidade.

Portanto, pratique o rapel dentro de uma propriedade particular e desça 40 m de altitude curtindo a beleza e se refrescando nas águas.

Hospede-se em pousadas com o clima de casa de vó ou em áreas de camping da cidade.

Chegando no aeroporto de Recife, a melhor opção é ir de carro para Bonito. É distante aproximadamente 135 km e você demora, em média, uma hora e meia para chegar ao destino.

Rapel na Gruta do Lapão

Localizada na Bahia, mais precisamente na Chapada Diamantina, a Gruta do Lapão proporciona os passeios em trilha e com a prática do rapel.

O passeio com rapel começa com um trajeto rápido de carro até a entrada da trilha, que leva ao topo da gruta.

Apaixonados por natureza já conhecem a Chapada Diamantina, principalmente quem pratica esportes radicais. Ao longo das trilhas na Gruta do Lapão, há água fresca em um caminho relativamente tranquilo nos pequenos riachos.

Dentro da gruta, o visual é incrível e a descida tem 50 metros, podendo ser feita de forma tradicional ou negativa. Para chegar à Chapada Diamantina, o aeroporto mais próximo é o Aeroporto de Lençóis (LEC), localizado em Tanquinho, a 20 km de Lençóis.

Por sua vez, a cidade de Lençóis é a porta de entrada para o local, a 430 km de Salvador. A Chapada Diamantina tem diversas bases para hospedagem, mas a principal é a cidade de Lençóis. Outras cidades próximas são Vale do Capão, Mucugê e Igatu.

Rapel na Pedra da Tartaruga

A Pedra da Tartaruga está localizada no Rio de Janeiro e é um ótimo local para a prática do rapel no Brasil.

Na Barra de Guaratiba, ela fica a 135 metros do nível do mar com o visual que só a cidade maravilhosa possui.

Essa localização é um famoso destino turístico para os aventureiros, que seguem em uma trilha por duas horas de subida e descem no rapel para se refrescar aos pés da formação rochosa.

O trajeto começa no final da Praia da Barra de Guaratiba, na Estrada da Barra de Guaratiba. Chegue bem cedo de carro e deixe-o estacionado nas ruas próximas à praia.

Muitas pessoas acampam na Praia do Perigoso, cerca de uma hora da Pedra da Tartaruga. Os aeroportos domésticos do Rio de Janeiro são o Aeroporto Santos Dumont e Galeão.

Rapel na Cachoeira Almécegas

A Cachoeira Almécegas fica em Goiás, na Chapada dos Veadeiros. Dentro da Pousada Fazenda São Bento, há uma das belas cachoeiras com um paredão de quartzito. Nessa cachoeira, escorrem as águas do Rio Faria.

O acesso até esse local é feito de forma independente, sem o auxílio de um guia, percorrendo uma trilha de 1,5 km. Mas, para praticar o rapel, contrate os serviços da agência especializada local, nos arredores da pousada.

O paredão é grandioso e a descida é dividida em duas partes: positiva e negativa. Ao final do rapel, chegue na piscina da cachoeira Almécega I.

O aeroporto mais próximo da Chapada dos Veadeiros é o de Brasília, a 223 km de distância. A Fazenda São Bento está a 8 km da entrada da cidade de Alto Paraíso, portanto fique hospedado na pousada São Bento ou em outra hospedagem em Alto Paraíso.

Rapel em Lavras Novas

Lavras Novas está localizado em Minas Gerais, a 20 km da cidade de Ouro Preto. O local já é conhecido por suas belezas naturais como montanhas, cachoeiras e mirantes.

Os lugares preferidos para a prática do rapel são a Serra do Buieié e a cachoeira do Areião.

As descidas têm níveis de dificuldade diferentes e alturas que variam entre 20 e 50 metros. O belo visual atrai muitos turistas. A principal porta de entrada é o Aeroporto Internacional de Belo Horizonte – Confins.

Outras cidades próximas a Lavras Novas, além de Ouro Preto, são Catas Altas e Santa Bárbara. Há diversas pousadas em Lavras Novas mesmo para ficar hospedado, como Biz & Biu Pousada Lavras Novas e a Pousada Solar dos Anjos.

Rapel em Analândia

Analândia é conhecida como a cidade ideal para praticar o rapel no Brasil com muita aventura.

O Morro do Cuscuzeiro e o Morro do Camelo são os principais desafios. Ainda é uma cidade pouco explorada em São Paulo e fica a 5 horas do aeroporto de São Paulo (GRU).

A distância entre São Paulo e Analândia é de quase 200 km, 3 horas de carro. Dá para fazer um bate e volta das cidades Rio Claro, São Carlos, Pirassununga, Araraquara, Leme e Porto Ferreira.

Fique hospedado em pousadas ou hotéis em Analândia mesmo e comece subindo pelo Morro do Cuscuzeiro, há 64 caminhos diferentes que vão te levar ao topo.

Portanto, se você não for experiente, conte com alguém que conheça o local. Em meio dia, você sobe o morro e desce no rapel.

Rapel em São Roque de Minas

Esse é um dos lugares mais procurados para o turismo de aventura porque está em um lugar privilegiado, na Serra da Canastra em Minas Gerais, onde há diversas cachoeiras para a prática do rapel. Entre elas, estão as cachoeiras do Nego e do Capão Forro.

Outra cachoeira que se destaca na região é a Casta d’Anta, com cerca de 186 metros, sendo a maior queda do Rio São Francisco. O acesso ao local é fácil tanto pela parte alta, quanto pela parte baixa da Serra, chegando por estradas de terra.

Há vários hotéis e chalés para hospedagem em São Roque de Minas mesmo, a portaria principal do parque fica a 8 km da cidade. A melhor opção é desembarcar pelo Aeroporto Internacional de Confins (BH). Saindo de carro da cidade Belo Horizonte, pegue a BR-381 (Fernão Dias) e depois a BR-262, sentido Triângulo Mineiro. São 400 km de Belo Horizonte até a Serra da Canastra.

Rapel em Atibaia

Em São Paulo, o paredão de Atibaia chamado Pedra Grande é uma superação de 1450 metros de altitude. Sua superfície rochosa é ideal para a prática do rapel com toda a beleza da natureza em volta.

É uma experiência tanto para iniciantes quanto para quem já é experiente nessa atividade. O aeroporto mais próximo de Atibaia fica em Campinas, o Vira Copos, a 50 km de distância.

Indo de carro e partindo de SP, pegue a rodovia Fernão Dias. Pelo RJ, o acesso é feito pela Via Dutra até chegar em São Paulo.

Você pode estacionar o carro em cima da pedra mesmo. Porém, há diversas pousadas e hotéis em Atibaia para fazer o passeio com calma após se hospedar.

Rapel em Capitólio

Capitólio, em Minas Gerais, está próxima à Serra da Canastra e é cercada por matas e trilhas. É banhada pelo Lago de Furnas e repleta de cânions, com fendas que ultrapassam os 70 metros de altura.

Sua vegetação nativa atrai pela beleza natural e um dos diversos locais disponíveis para o rapel é a ponte do Rio Turvo. Mesmo assim, os paredões naturais da região são ideais para a prática.

A cidade de Capitólio está a 276 km de Belo Horizonte. Há vários hostels, pousadas e hotéis pela cidade e, apesar de estar localizada em Minas Gerais, o aeroporto mais próximo do local é o Aeroporto Estadual Dr. Leite Lopes, em Ribeirão Preto (SP), que fica a 238 km.

Rapel em Brotas

Brotas, em São Paulo, oferece a possibilidade de praticar a modalidade canyoning em 3 Quedas, Alaya e Jacaré, mas realize a atividade com o auxílio de guias nesses roteiros de rapel.

Aproveite e tome banho de cachoeira ao finalizar a prática em Brotas, em contato com a natureza também na cachoeira Santa Eulália, por exemplo, com 45 metros de altura e que pode ser escalada em até 3 horas, até mesmo por crianças.

A vista é incrível e o passeio é extremamente relaxante nos ecoparques e sítios turísticos. O aeroporto mais próximo de Brotas é o Viracopos, em Campinas. A cidade fica a aproximadamente 240 km da capital SP e a infraestrutura das rodovias é ótima. Há diversas pousadas em Brotas mesmo para hospedagem.

Quais as vantagens de fazer rapel?
Quais as vantagens de fazer rapel?

COMPARADOR DE SEGURO DE VIAGEM

Cuidados necessários

Fique atento aos cuidados mais importantes para realizar a prática do rapel no Brasil.

Saiba quais são os equipamentos necessários, como se preparar para a atividade e qual o acompanhamento é preciso ter.

A sua segurança é o item básico antes de viajar e deve ser priorizada. Veja como se planejar da melhor forma para curtir plenamente o turismo esportivo bem preparado.

Seguro de viagem

Torne a sua viagem mais segura com a contratação de um plano de seguro viagem. Ele é simples de ser adquirido e muito necessário caso algo aconteça durante a prática do rapel.

O turismo de aventura guarda diversas surpresas boas, mas devemos pensar que atividades físicas, principalmente ao ar livre, nos deixam expostos a riscos variados.

Portanto, contrate este item fundamental que pode ser acionado a qualquer momento na viagem e fique mais tranquilo se aventurando.

A nossa recomendação é contratar pelo site Seguros Promo para ficar assegurado em qualquer ambiente que estiver, porque ele oferece diversas proteções indispensáveis e é especializado no assunto. Faça uma cotação online e confira.

Condicionamento físico

Seja iniciante ou experiente, o condicionamento físico é a condição principal para saber se você está preparado antes de viajar para praticar essa atividade e qual modalidade consegue completar.

Veja se o seu corpo está forte o suficiente para colocar em prática as técnicas do rapel com sucesso. A experiência só será boa do início ao fim estando seguro de que é possível completar a chegada descendo pela corda.

Supere-se para melhorar o seu condicionamento físico e aumente a motivação cada vez mais, porque as atividades ao ar livre exigem muito do nosso corpo e mente.

Alimentação

Assim como precisamos estar preparados fisicamente, é necessário ter uma alimentação balanceada e levar para o rapel somente o que for realmente útil, como alimentos leves e água para se manter durante toda a atividade.

Mantenha o seu corpo em pleno funcionamento para um dia de rapel de forma que antes, durante e após o treino você tenha a reposição do gasto energético realizado.

Psicológico

Estar psicologicamente preparado também é praticar rapel no Brasil com segurança.

Isso porque esse pré-requisito mantém o equilíbrio nos momentos de adversidade, devido a obstáculos que causam medo como a altura e outras emoções envolvidas com todo o risco presente na prática.

Equipamentos

O suporte dos equipamentos corretos para a prática do rapel é essencial para concluí-la com sucesso.

Desde a escolha das roupas e calçado até os equipamentos técnicos como corda, freio, cadeirinha, luvas e capacete.

Inspecione cada um e, caso não tenha o domínio sobre eles, conte com um profissional que irá te ajudar no momento da atividade e te manter em segurança com a técnica completa. Os equipamentos de rapel são fundamentais para permitirem que você se exercite nas alturas, assim como os profissionais experientes fazem.

Acompanhamento de guias

As instruções básicas são dadas com o acompanhamento de especialistas em rapel.

Eles conhecem as técnicas, fizeram cursos para garantir a sua segurança na atividade e sabem todos os cuidados necessários para o grupo que se aventura nas modalidades existentes.

Portanto, fique atento e tenha essa precaução durante a prática de estar acompanhado de um profissional desse turismo de aventura.

Treinamento/Graduação necessária

Há treinamentos de rapel para iniciantes com o objetivo de aumentar o conhecimento sobre a atividade e as habilidades nessa prática em técnicas verticais.

Tanto teoricamente quanto desenvolvendo o modo prático, os alunos/praticantes são acompanhados por instrutores para treinar o rapel.

Importante cuidar dos equipamentos para praticar o rapel
Importante cuidar dos equipamentos para praticar o rapel
Grupo de desconto de viagem

Conclusão

Esperamos que esse artigo te ajude a escolher o melhor lugar para fazer o rapel no Brasil, assim como em que você deve prestar atenção levando em consideração as características do turismo de aventura.

Tome os cuidados necessários e se desenvolva fisicamente e mentalmente enquanto se diverte com segurança. Agora que você já conhece os estilos da prática e seus benefícios, fica muito mais fácil se exercitar com essa atividade em lugares incríveis em meio à natureza.

O rapel no Brasil é permitido em diversos locais maravilhosos. Continue lendo o nosso blog e veja diversas opções de cachoeiras brasileiras!

Thiago Cesar Busarello

Thiago Busarello é autor e criador do Vida de Turista, no qual adora viajar e falar do assunto de turismo e viagens, compartilhando dicas e informações de viagens com os leitores.

Um comentário em “Melhores lugares para rapel no Brasil
  • 10/06/2021 em 12:13
    Permalink

    fui uma vez no rapel em Analândia, deu um pouco de medo rsrsrs mas deu tudo certo, foi uma experiencia bem legal

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat