Consultor de intercâmbio – Profissão turismo

Continuando nossa série de posts sobre a profissão turismo, o post de hoje traz informações sobre a profissão de consultor de intercâmbio.

A profissão de consultor de intercâmbio é muito similar ao de um agente de viagens que trabalha em agência de viagens, só que o foco dele é vender os programas de intercâmbio para quem quer estudar ou trabalhar fora do país nas agências de intercâmbio.

Existem muitas agências de intercâmbio no Brasil que precisam de profissionais qualificados para vender seus programas de intercâmbio. Os programas de intercâmbio geralmente são montados de acordo com parcerias com escolas e universidades fora do país ou com empresas de recrutamento de fora do país.

Como muitos programas de intercâmbio são para alunos e estudantes, é comum para o consultor de intercâmbio ter de atender principalmente pais de estudantes para dar as explicações de como funcionam os programas.

É importante para o profissional que atua com a venda de intercâmbio passar credibilidade das instituições de ensino lá fora e demonstrar como a agência de intercâmbio aqui do Brasil presta o apoio e assessoria para o intercambista que está em outro país. Se ele não passar credibilidade, dificilmente conseguirá vender um programa de intercâmbio.

O bacana de trabalhar com essa profissão é que ele está muitas vezes realizando o sonho de várias pessoas que sonham em estudar e morar fora do país, assim como está o tempo todo falando de viagens pelo mundo e da cultura de vários países diferentes.

Consultor de intercâmbio - Profissão turismo
Consultor de intercâmbio – Profissão turismo

Remuneração do consultor de intercâmbio

A remuneração do consultor de intercâmbio funciona com um salário fixo mais remuneração variável de acordo com o número de vendas dos programas de intercâmbio da agência.

Os salários médios iniciam geralmente na faixa de R$ 1.000,00 e vão aumentando de acordo com o nível e experiência do profissional, de acordo com o grau de formação e de acordo com o aumento de responsabilidades na função.

Assim como o agente de viagens, o consultor de intercâmbio também ganha incentivo na venda de programas de intercâmbio de algumas escolas, muitas delas através de viagens para fora do país.

Para trabalhar na função é importante ter bom poder de persuasão para venda de pacotes de intercâmbio, ter bons conhecimentos de geografia, ter boas habilidades de comunicação e suportar pressão por metas. Formação em cursos universitários de turismo também contam pontos a favor por demonstrar o conhecimento de como funciona o mercado de turismo.

Minha experiência com consultor de intercâmbio

Recentemente estive em duas agências de intercâmbio aqui de Blumenau: a CI Intercâmbio e a STB Intercâmbio, ambas as empresas de grande renome nacional do setor de intercâmbio. Fui buscar informações sobre um intercâmbio para a Irlanda ou Austrália que queria fazer, no qual pude conhecer um pouco mais do serviço do profissional consultor de intercâmbios.

Nas duas instituições que fui atendido, um dos profissionais tinha feito 3 intercâmbios para fora do país e o outro não tinha feito nenhum programa. Adivinha qual passou mais credibilidade? Qual que prestou melhores informações? Por isso a experiência conta muito para esse profissional.

E você, já conhecia essa profissão? Ficou com interesse em trabalhar como consultor de intercâmbio? Já fez algum intercâmbio na vida? Deixe seu comentário!

Abraço e até o próximo post!

Sua viagem começa aqui!

Reserve diárias de hotel no mundo inteiro de maneira prática e segura, com opção de cancelamento grátis e sem precisar pagar antecipadamente!

Precisa de aluguel de carro? Na RentCars o pagamento é feito em reais, sem cobrança de IOF parcelado sem juros no cartão ou com 5% de desconto no boleto.

Se quiser viajar para o paraíso, o Zarpo tem os melhores pacotes de viagem.

E não esqueça do seguro viagem. Na Seguros Promo você usa o cupom VIDADETURISTA5 e ganha desconto de 5% na compra.

Para os passeios, ingressos para tours, shows e entradas em museus você pode contar com a WePlann.

Ao fazer uma compra com um parceiro através do blog recebemos uma pequena comissão. Ninguém paga a mais por isso e de quebra ajuda o blog a trazer sempre artigos e novidades atualizadas. Obrigado! =)

Conteúdo relacionado

Thiago Cesar Busarello

Thiago Busarello é autor e criador do Vida de Turista, no qual adora viajar e falar do assunto de turismo e viagens, compartilhando dicas e informações de viagens com os leitores.

16 comentários em “Consultor de intercâmbio – Profissão turismo

    • 03/04/2017 em 13:21
      Permalink

      Olá Patricia, que bom que gostou. A profissão de consultor de intercâmbio pode ser uma profissão muito gratificante. Se precisar de ajuda para entrar na área, me avise. Abraço!

      Resposta
  • 21/04/2017 em 13:56
    Permalink

    Olá, Thiago.

    Eu amei este artigo.
    Tenho muito interesse em ingressar na área. Já tenho experiência em hotelaria (5 anos de registro) e já fiz intercâmbio para a Inglaterra. Como devo começar à procurar? Sinto que estou preparada para esta nova experiência e estou ansiosa para conhecer o processo que me fez realizar meu sonho de estudar fora.

    Me ajuda?

    Um beijo.

    Tassiane Ramos

    Resposta
    • 29/04/2017 em 11:59
      Permalink

      Legal Tassiane! O primeiro caminho mesmo é participar de processos seletivos em agências de intercâmbio. Entre nos sites das grandes empresas, cadastre o seu currículo, deixe mensagens nos sites deles, procure vagas no Linkedin, procure vagas em sites de empregos e também procure vagas em empresas especializadas de recrutamento. Procure mostrar no seu currículo a sua experiência em hotelaria e dê destaque de que você já foi uma intercambista, porque esse é um trunfo bacana seu, já que muitas das pessoas que procuram agências de intercâmbio querem saber como é a experiência e você poderá falar com propriedade com os clientes. Espero ter ajudado! Abraço!

      Resposta
  • 14/03/2018 em 00:25
    Permalink

    Olá Thiago, legal o blog e a postagem! Eu gostaria de pedir sugestões de como ingressar no mercado de intercâmbio. Eu me identifico muito com a carreira de consultor de intercâmbio porque já morei no Canadá, falo inglês fluentemente, tenho ampla experiência com atendimento e experiência com vendas de cursos de inglês e já trabalhei em hotel como recepcionista e vendedor de pacotes e mesmo assim não consigo encontrar portas abertas nesta carreira, carreira que desejo muito ingressar. Mandei meu Cv e uma carta de apresentação para todas agências daqui de Campinas/SP e já fiz duas entrevistas e hoje mesmo em uma entrevista o dono da agência disse que até gostou do meu perfil mas prefere alguém com experiência. Me corrija se eu estiver errado mas não existem cursos de formação de consultor de intercâmbio( pesquisei mas não achei) então como eu vou explicar pra um cara desses que se a pessoa não começar em algum lugar ela nunca vai ter a experiência já que não existe onde aprender! Vira um circulo vicioso: eu não adquiro experiência porque não me contratam e não me contratam porque não tenho experiência. Faz , ao meu ver, muito mais sentido me contratar e me treinar. Está sendo mais difícil do que eu imaginava. O que eu faço? Obrigado.

    Resposta
    • 15/03/2018 em 20:58
      Permalink

      Olá Marcelo, realmente isso que você comentou acontece não só com a profissão de consultor de intercâmbio, mas com muitas outras profissões também. Minha sugestão é você não desistir, porque uma hora vai surgir uma oportunidade e você mostrou que tem uma baita experiência que é totalmente complementar a profissão. Incrível não terem te chamado ainda. Fica tranquilo que logo vai dar certo. Para te ajudar na busca, uma sugestão é procurar vagas no linkedin, no site turijobs e também se mostrar aberto para buscar vagas em outras cidades. Um abraço e boa sorte!

      Resposta
  • 19/04/2018 em 11:01
    Permalink

    Olá Thiago!
    Me tira uma duvida? Vou abrir uma agência de viagem em uma cidade do interior de MG e me deparei com seu post quando me surgiu a ideia de agregar o intercâmbio nessa agência. Já fiz intercâmbio e amei, e acho uma ótima opção para agregar. Existe a possibilidade de trabalhar com alguma empresa sem precisar ser franqueado ou funcionário, mas apenas como parceiro?

    Resposta
    • 04/05/2018 em 18:27
      Permalink

      Olá Cristina, sim é possível. Nesse caso você faria a venda dos intercâmbios como se fosse representante de uma agência sem necessariamente abrir uma loja física para comercialização. Você poderia vender pela internet ou fazendo visitas nas casas das pessoas. Minha sugestão é você procurar as grandes empresas de intercâmbio do Brasil, como a STB, CI e EF. Abraço!

      Resposta
  • 15/06/2018 em 13:34
    Permalink

    Olá Thiago. Tudo bem? Adorei seu blog. Bom, acabei de voltar da Argentina, fiquei 2 semanas estudando em uma escola de espanhol. Adorei a experiência, sou graduada em Turismo e estou fazendo Pós Graduação em Turismo e Hotelaria. Minha experiência é totalmente na área do turismo e buscando vagas de trabalho surgiu a ideia de trabalhar em agência de intercâmbio e tal. Você acredita que com o meu diploma de turismo e essa minha experiência de 2 semanas em BsAS ajuda na candidatura de uma vaga na área de agências de intercâmbio?

    Abraços

    Resposta
    • 26/06/2018 em 21:46
      Permalink

      Olá Maria, que bom que você gostou do blog, fico muito feliz. É mesmo muito bacana ter essas experiências em outros países, além de enriquecer o currículo também traz oportunidade de aprendizado. Agora o primeiro passo é participar de processos seletivos em agências de intercâmbio. Entre nos sites das grandes empresas, cadastre o seu currículo, procure vagas no Linkedin e também procure vagas em empresas especializadas de recrutamento. O importante é não desistir. Boa sorte. Abraço!

      Resposta
  • 15/08/2018 em 13:12
    Permalink

    Obrigada Thiago pelas informações! Eu atuo como Ambassador pela EF, mas nunca fiz intercâmbio, eu pesquiso tudo sobre o local que tem as escolas da EF e assim efetuar minhas vendas. Não sou funcionária e sim parceira, a EF tem um programa para ambassador, para estudantes que fizeram intercâmbio e ganhamos incentivos por pontos a cada venda feita. Inclusive um intercâmbio de 15 dias incluso hospedagem e alimentação pago pela EF. Mas estou querendo alçar voos maiores e ter minha agência de intercâmbio em parceria com escola de inglês para crianças aqui em Salvador. Mas eu sei que preciso viver esta experência.

    Resposta
    • 20/08/2018 em 16:19
      Permalink

      Olá Shirlei, realmente fazer um intercâmbio para passar a sua experiência e maior credibilidade na hora de vender intercâmbios seria ótimo. Porém não é obrigatório, você pode abrir sua agência de intercâmbio sem ter feito intercâmbio. Entre em contato com as escolas de inglês e ofereça sua proposta. Desejo desde já, boa sorte. Abraço!

      Resposta
  • 01/11/2018 em 12:23
    Permalink

    Boa tarde Thiago! Tudo bem? Eu fiz intercâmbio para África do Sul, tenho uma agência de turismo (home office) e consegui parceria com uma escola de inglês na África do Sul. Preciso de dicas para facilitar as vendas.

    Resposta
    • 15/11/2018 em 15:46
      Permalink

      Olá Karen, que história de vida bacana. Com certeza com essa experiência você tem muito mais propriedade para vender pacotes de viagem para África do Sul do que qualquer outra pessoa que vende pacotes para lá, mas nunca viajou. Minha sugestão é você aproveitar essa experiência para montar pacotes personalizados de intercâmbio para esse país. Não venda somente o intercâmbio, mas sim toda experiência cultural, o contato com os animais através de safáris e toda causa humanitária que os países africanos necessitam. Também venda os lindos destinos turísticos do país, como as praias da Cidade do Cabo, Durban e Porto Elizabeth. Tenho certeza que explorando bem esse nicho você vai se destacar no mercado e realizar muitas vendas. Abraço!

      Resposta
  • 25/02/2019 em 10:13
    Permalink

    Olá Thiago, bom dia! Tenho uma vasta experiência de vida, trabalho e estudo no Reino Unido onde morei por 22 anos, trabalhando nas áreas de A&B, Vendas e Business Development. Falo fluentemente Inglês e outros idiomas e tenho certificações para ensinar a lingua (CELTA) e nivel C2 do CEFR adquiridos no Brasil depois do meu retorno. Tenho vivência na área de ensino da lingua tendo trabalhado para empresas de renome no Brasil (Cultura Inglesa) e escolas bilingues e sou um grande defensor da imersão no aprendizado da lingua. Recentemente me foi oferecida uma oportunidade para trabalhar como agente para um grupo educacional do UK e preciso agir para ingressar neste mercado. Minhas perguntas;
    1) Qual a melhor ferramenta/plataforma para alcançar clientes em potencial, jovens, adultos, grupos ou individual? Seria um ebook, uma webpage, midias sociais?
    2) Como um profissional independente qual seria um approach para passar credibilidade e valor?Tenho uma pequena empresa no Brasil voltada ao ensino de Inglês online e presencial atuando de Brasília e quero expandir para a área de intercâmbio focado no UK.
    Obrigado!
    Marcelo Durigan

    Resposta
    • 01/03/2019 em 14:11
      Permalink

      Olá Marcelo, que bacana sua história e experiência. Pelo que vejo um profissional altamente dedicado e qualificado. Deixa eu ver o que posso contribuir com suas dúvidas.

      1) Aqui caberiam uma série de estratégias em paralelo aumentando a exposição em cada uma de acordo com os primeiros resultados colhidos. Para resultados imediatos, eu faria uma publicação paga via Google Ads e Facebook Ads segmentando o público alvo da campanha. Em paralelo avançaria nas ações de webpage e e-book, já que é uma ação mais demorada para conquistar clientes e ficar bem indexado nos mecanismos de busca.

      2) Mesmo sendo independente, o melhor approach é aquele que demonstra profissionalismo e confiança. Você tem uma experiência de vida bacana e pode utilizar a seu favor, contando suas histórias e compartilhando conhecimentos. Outra sugestão é visitar empresas, entrando em contato com elas e solicitando para marcar um horário para apresentar seu trabalho. Muitas empresas de gabarito internacional necessitam de profissionais qualificados e um intercâmbio focado em UK pode agregar muito valor para os profissionais dessas empresas. Prepare uma lâmina deixando claro os prós e benefícios para as empresas e funcionários.

      Abraço e bons negócios!

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *