BAIXE GRÁTIS NOSSO KIT DE PLANEJAMENTO DE VIAGEM! CLIQUE AQUI!

Como recuperar fotos de viagens apagadas?

Olá pessoal, tem coisa pior do que perder registros de uma viagem incrível? Eu sou uma das pessoas que mais ficaria revoltada caso isso acontecesse comigo. Por isso criei esse artigo para ajudar quem já passou por essa situação e como recuperar fotos de viagens apagadas!

Fato é que todo mundo gosta de rever registros de uma viagem, sejam fotos ou vídeos. E após tempos de pandemia, rever as fotos de viagem é uma forma de matar as saudades de conhecer outras culturas e lembrar momentos importantes que você viveu com amigos ou com a família.

Entretanto, falhas no sistema do computador ou mesmo uma exclusão acidental podem fazer com que você perca os registros das suas viagens.

Para não passar esse perrengue, veja como recuperar fotos de viagens apagadas, a seguir!

Recuperar fotos de viagens apagadas

Normalmente, quando chegamos de uma viagem e desfazemos as malas, passamos as fotos e vídeos para o computador, para garantir que nada seja perdido.

Com o passar do tempo, você pode esquecer do nome da pasta e acabar por excluir os registros de forma acidental. Ou pode passar por um problema no HD do computador, que deleta tudo o que está salvo.

Nessas situações, o que fazer quando suas fotos são apagadas? Ainda que muita gente pense que esse é um problema sem solução, existem formas de recuperar fotos deletadas de HD, para que suas lembranças voltem para as pastas do computador, em segurança.

E não precisa sair para comprar uma passagem aérea nova e repetir todo o roteiro para França, roteiro para a Argentina ou roteiro para os Estados Unidos para refazer as fotos perdidas (por mais que isso seja uma ótima desculpa para viajar).

Vale a pena utilizar programa de recuperação de fotos?
Vale a pena utilizar programa de recuperação de fotos?

QUAL O MELHOR SEGURO DE VIAGEM PARA VOCÊ?










O segredo é usar softwares de recuperação de arquivos, como é o caso do software Recoverit, especializado em recuperar arquivos deletados do HD e de outros dispositivos, como pen drives e cartões SD.

Com o Recoverit, tudo o que você precisa fazer é abrir o programa e identificar qual unidade precisa passar por uma varredura. O software vai iniciar o processo e apresentar na tela uma lista com todos os dados recuperados.

Depois, você pode visualizar uma miniatura do arquivo e salvar as fotos de viagens apagadas em uma nova pasta. E é isso: você já conseguiu recuperar esses registros importantes!

O Recoverit consegue reconhecer mais de mil formatos de arquivo, o que permite que fotos feitas com câmeras profissionais ou com smartphones diferentes também sejam recuperadas.

Como recuperar fotos de viagens apagadas?
Como recuperar fotos de viagens apagadas?
Cupom desconto viagem

E se forem fotos impressas?

Perder fotos importantes e ter que recuperar arquivos do HD pode não ser o seu problema, caso os registros sejam impressos.

Muita gente prefere selecionar as principais fotos de uma viagem e revelar esses registros em uma empresa gráfica. Mas assim como o HD, ninguém está livre de passar por complicações com as imagens.

Um problema comum enfrentado por aqueles que imprimem as fotos é o envelhecimento da tinta. Nesse caso, se você perceber que suas imagens estão perdendo a cor, você pode imprimir novamente os registros e substituí-los no álbum.

Depois, lembre-se de deixar o álbum de fotos da viagem ao abrigo da luz solar. Esse é um dos principais motivos pelos quais as fotos perdem a cor com o tempo.

Agora, se esse for um registro de viagem que não conta com uma cópia digital (como aqueles feitos em câmeras analógicas), você pode procurar aplicativos que propõem escanear a foto e melhorar seu aspecto geral.

7 dicas e cuidados com as fotos de viagem
7 dicas e cuidados com as fotos de viagem

COMPARADOR DE SEGURO DE VIAGEM

Cuidados com as fotos para levar para a vida

Todo dispositivo tecnológico conta com uma certa sensibilidade. HDs, pen drives, cartões SD: todos eles são dispositivos que utilizamos para armazenar fotos e registros e que possuem uma estrutura frágil.

Existem alguns cuidados com o disco rígido e outros dispositivos que você deve tomar, além de orientações básicas para não perder suas fotos de viagens.

Confira 7 cuidados com as fotos para levar para a vida:

1. Crie cópias em diferentes pastas

É muito comum que, após uma viagem, as fotos que você tirou sejam salvas em uma pasta do computador. Porém, isso não garante a integridade dos arquivos.

Como medida de segurança, é importante que você crie cópias das suas fotos em diferentes pastas e dispositivos.

Assim, se geralmente os registros ficam salvos no seu computador pessoal, crie uma pasta em um HD externo, um pen drive ou em um serviço de nuvem e coloque cópias de todas as imagens e vídeos nesses locais.

Isso porque, por mais que já existem programas capazes de recuperar fotos de viagens apagadas, é sempre bom ter mais de uma garantia quando falamos de memórias especiais.

Eu tenho 3 HDs externos, onde faço cópias pelo menos uma vez por ano entre si, justamente para garantir a cópia entre eles.

A recuperação de um disco rígido é muito complicada (melhor fazer backup)
A recuperação de um disco rígido é muito complicada (melhor fazer backup)
Grupo de desconto de viagem

2. Mantenha um programa de recuperação instalado

Já que estamos falando de softwares para recuperar fotos de viagens apagadas, um dos cuidados que você pode tomar é manter um desses programas sempre instalado no computador.

O Recoverit é uma sugestão interessante porque ocupa pouco espaço na memória do computador. Assim, mantê-lo instalado não vai prejudicar o desempenho da máquina.

A vantagem de ter um programa para recuperar fotos apagadas no computador é a praticidade.

Se suas fotos da viagem sumirem repentinamente, seja por uma exclusão acidental ou falha no HD, você não vai precisar buscar por softwares e descobrir como ele funciona em um momento de desespero.

Estar preparado é sempre a melhor saída. Não tem nada pior do que procurar uma solução quando o problema já está acontecendo.

3. Não deixe seus registros somente no smartphone

Com a evolução tecnológica de equipamentos como o smartphone, levar uma câmera para os passeios se tornou um hábito que somente quem se interessa por fotografia tem.

Para a maioria das pessoas, o mais comum é levar o smartphone, que vai fazer todos os registros da viagem, em foto e vídeo, com mais praticidade.

Mas, se você tem o costume de chegar de viagem e deixar todos os registros no smartphone, saiba que você está correndo o risco de perder todas as suas memórias!

Além das situações de falhas no sistema, um smartphone é um dispositivo sensível, que pode ter sua qualidade de operação prejudicada ao passar por danos físicos.

A violência das grandes cidades também pode representar um risco, já que você pode perder o seu smartphone quando menos esperar.

Sem contar um eventual caso de você perder seu smartphone durante a viagem. Quase aconteceu comigo em Playa del Carmen na nossa viagem de lua de mel para Cancun.

Fui fazer compras numa chocolateria e deixei o celular no balcão para fazer o pagamento. Depois de 5 minutos já fora da loja fui perceber: “Cadê o meu celular?” Percorri os passos onde tinha passado e a loja tinha guardado o mesmo (para minha sorte).

Por isso, ao chegar de viagem, coloque o smartphone para descarregar as fotos ou passe todos os arquivos para o serviço de nuvem do Google, da Apple, da Microsoft ou outro da sua preferência.

4. Proteja suas fotos impressas

Outro cuidado que você pode inserir na sua rotina tem a ver com as fotos impressas, pois elas também possuem certa sensibilidade.

O ideal é que as fotos sejam acomodadas em álbuns, que conseguem proteger e preservar a qualidade das cores por um tempo maior.

Mas independentemente de acomodar as fotos em um álbum ou deixá-las em uma caixa, lembre-se sempre de nunca posicionar esses registros diretamente sob a luz do sol.

A luz solar é capaz de desgastar as cores da impressão, fazendo com que o processo de envelhecimento de uma foto seja acelerado. O resultado dessa exposição é uma foto amarelada e sem brilho.

Além disso, não deixe suas fotos impressas em um lugar úmido. A umidade enfraquece a qualidade do papel e deixa o registro propenso ao surgimento de fungos.

Confesso que tenho vários álbuns de fotos impressas de viagens tanto de viagens nacionais como de viagens internacionais. Dentro do Brasil, dois dos álbuns mais legais são os da viagem para Fortaleza e da viagem para Bonito e Pantanal.

Um álbum de fotos de viagem impressas também requer cuidados
Um álbum de fotos de viagem impressas também requer cuidados
Dicas para a bagagem

5. Organize suas pastas de fotos

Pode ser que você já tenha o hábito de chegar em casa e descarregar as fotos da viagem no computador. Mas como essas pastas estão organizadas?

Se a resposta for “sem ordem nenhuma”, é importante que você dedique algum tempo para organizar suas pastas adequadamente.

Essa atitude é importante porque, com uma estrutura organizada, encontrar um registro específico posteriormente é muito mais fácil.

Outro ponto positivo é que, com pastas organizadas, o risco de excluir algum documento acidentalmente, por não saber onde ele estava salvo, diminui consideravelmente.

6. Cuidados com o HD

Se você mantém suas fotos e vídeos salvos no computador, saiba que existem alguns cuidados que você precisa tomar, que impactam na durabilidade do HD.

Entre as várias dicas para cuidar do disco rígido, algumas merecem destaque. O primeiro é garantir que o HD do computador fica ao abrigo do sol e está bem ventilado.

Afinal, se o disco rígido tiver uma alta na temperatura, pode sofrer falhas no funcionamento e fazer com que seus arquivos sejam corrompidos.

Você também deve tomar cuidado para que o HD não sofra danos físicos. Uma queda de um notebook, por exemplo, pode provocar um dano físico ao disco rígido e sua recuperação pode ser impossível.

7. Digitalize suas fotos impressas

O tempo é o grande vilão das fotos impressas, especialmente se você não tomar os cuidados citados na dica 4.

Como uma garantia extra, vale digitalizar suas fotos impressas, principalmente aquelas fotos que foram feitas em câmeras analógicas e que não possuem o negativo para novas cópias.

Para essa digitalização você pode usar um scanner ou mesmo tirar uma “foto da foto”, com um smartphone de qualidade ou uma boa câmera.

Depois, é só passar suas fotos digitalizadas para o computador e criar cópias para garantir que elas estarão seguras para sempre!

Tenho fotos antigas da família de viagens de infância para Penha e Piçarras que fiz isso e hoje estão guardadas digitalmente para recordação.

Fotografias que resistem ao tempo

Ao tomar certos cuidados com os seus registros e contar com ferramentas úteis caso você precise recuperar fotos de viagens apagadas, você garante que essas memórias nunca se percam.

Assim, sempre que bater a saudade de viajar, você pode conferir as fotos de suas últimas aventuras e se preparar para as próximas!

Agora queremos ouvir a sua opinião! Já aconteceu de você perder fotos de uma viagem? Qual foi o caso que aconteceu com você? Conseguiu recuperar as fotos? Deixe abaixo o seu comentário!

Abraço e até o próximo artigo!

Thiago Cesar Busarello

Thiago Busarello é autor e criador do Vida de Turista, no qual adora viajar e falar do assunto de turismo e viagens, compartilhando dicas e informações de viagens com os leitores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat