BAIXE GRÁTIS NOSSO KIT DE PLANEJAMENTO DE VIAGEM! CLIQUE AQUI!

Europa

Viajar para a Europa é um sonho muito comum entre os brasileiros, não é mesmo? É quase impossível encontrar alguém que não gostaria de conhecer as maravilhas do Velho Continente como as famosas cidades de Paris, Londres ou Madri. O continente possui uma imensa variedade de destinos que prometem agradar aos mais variados estilos de viajantes.

Entretanto, antes de começar a fazer as malas é necessário se atentar a alguns fatores como a documentação necessária, a melhor época para se viajar, entre outros. Sua viagem dos sonhos requer cuidados e planejamento. Saiba mais sobre o que você precisa fazer antes de embarcar a seguir.

Principais regiões turísticas

A primeira coisa a fazer após decidir viajar à Europa é decidir a região turística que você deseja conhecer. Isso porque o continente possui 50 países divididos entre quatro regiões com suas próprias características, mas todas elas repletas de atrações. O continente é dividido entre: Europa Oriental, Europa Ocidental, Europa Meridional e Europa Setentrional. Saiba mais sobre cada uma delas a seguir:

Europa Oriental

A região da Europa Oriental, que também é chamada de Europa Central e de Leste Europeu, é muitas vezes esquecida pelos turistas brasileiros que geralmente estão em busca dos lugares mais famosos localizados na região Ocidental do continente. Além disso, era bastante complicado visitar a região no passado por conta da Guerra Fria. Felizmente esse cenário mudou e a região vem sendo cada vez mais explorada pelos turistas.

A região é recheada de belíssimos destinos para se conhecer como paisagens naturais exuberantes, castelos, cidades históricas, cultura riquíssima, vida noturna agitada, gastronomia deliciosa e muito mais. Além disso, os países da Europa Oriental são mais baratos de se conhecer que os outros destinos mais badalados da Europa Ocidental.

Um dos destinos mais famosos do Leste Europeu é a cidade de Praga, capital da República Tcheca. Impossível não se impressionar com a arquitetura de suas construções, pela grandiosidade de seus monumentos, pela vida noturna agitada e pela sua gastronomia. Não deixe de visitar seus museus, o famoso Castelo de Praga e a lindíssima Catedral de São Vito e Ponte Carlos, o cartão-postal mais famoso da cidade.

A cidade de Budapeste, capital da Hungria, é outro famoso destino da Europa Oriental. A cidade é repleta de monumentos históricos que impressionam pela sua arquitetura, restaurantes, bares, vida noturna agitada e, para aqueles que preferem um passeio mais calmo, banhos termais. Não deixe de conhecer o Parlamento, as margens do Rio Danúbio, caminhar pelas ruas da cidade, visitar a Igreja de Matias e o Bastião dos Pescadores.

A capital da Eslovênia, Liubliana, é outro destino turístico recheado de belezas naturais, construções históricas e muita cultura para conhecer. Não deixe de visitar o charmoso Centro Histórico da cidade, o Parque Tivoli, o Lago Bohinj e o Lago Bled, que foi considerado o mais bonito do mundo.

A Croácia também é repleta de lindas cidades turísticas. A cidade de Split, uma charmosa cidade no litoral do país, é um belo exemplo disso. Além de Split, a cidade de Dubrovnik também vem sendo bastante visitada nos últimos anos. Isso porque além de suas belas construções e de seu litoral, ela ainda foi cenário da série Game of Thrones. A capital do país, Zagreb, também é repleta de atrações e merece ser visitada.

A Polônia é outro país do Leste Europeu que vem chamando a atenção dos turistas nos últimos anos. O país, que infelizmente sofreu muitos danos no passado, felizmente foi  reconstruído e vem impressionando aos seus visitantes pela beleza de suas cidades, pela educação de seu povo e muito mais. As cidades turísticas mais famosas são Varsóvia e Cracóvia.

O Leste Europeu ainda reserva muitas belezas dignas de serem exploradas como a cidade de Bratislava na Eslováquia, Moscou na Rússia, a Romênia e a cidade de Medjugorge na Bósnia Herzegovina.

Europa Ocidental

Quando se fala em viajar para a Europa, boa parte das pessoas imagina logo uma viagem a Paris, Londres entre outros, não é mesmo? Ou seja, quando se fala em viajar para a Europa, é impossível não pensar na Europa Ocidental ou Oeste Europeu como também é conhecida a região mais visitada do Velho Continente.

A região Ocidental do continente é famosa por possuir uma excelente infraestrutura turística, belezas naturais exuberantes, cidades cosmopolitas, vida noturna agitada, muita cultura, história, gastronomia incrível e muito mais. Não é à toa que a região seja uma das mais visitadas do mundo. Entretanto, por conta da alta procura conhecer essa parte da Europa costuma ser mais caro.

Uma das cidades mais visitadas não somente da Europa, mas do mundo é a capital do Reino Unido, Londres. Uma das atrações mais famosas da cidade é o Palácio de Buckingham. A linda Abadia de Westminster também é outra atração famosa de Londres, assim como a famosa roda-gigante London Eye, a London Tower, a London Bridge, o icônico Big Ben e o Parlamento Britânico.

A capital francesa, Paris, é uma importantíssima cidade não só para a Europa, mas para o mundo. A cidade é referência quando o assunto é gastronomia, moda e cultura. Não é à toa que é um dos destinos mais populares entre os turistas. O principal cartão-postal da cidade é a icônica Torre Eiffel. Além da famosa torre, a cidade ainda oferece muitas outras atrações como o Museu do Louvre, a Catedral de Notre Dame, o Arco do Triunfo e a avenida mais bonita d mundo: a Avenida Champs-Elysées.

Outro destino muito famoso na Europa Ocidental é a capital dos Países Baixos, a cidade de Amsterdã. A cidade é famosa por suas construções, suas casas estreitas, seus muitos canais, sua importância no mundo artístico e também por ser considerada uma cidade muito inovadora. Quem vai a Amsterdã não pode deixar de visitar o Palácio Real, a Praça Dam, o Vondelpark e o Rijkmuseum.

Destinos incríveis para conhecer na Europa Ocidental não faltam. A boa notícia é que muitos deles são relativamente próximos uns dos outros e é possível conhecer mais de uma cidade de trem.

Europa Meridional

A Europa Meridional, ou Europa Mediterrânea, compreende os países do sul do continente e também os países banhados pelo Mar Mediterrâneo. A região foi berço de importantes civilizações e é praticamente um museu a céu aberto. Além disso, a região também possui gastronomia riquíssima, lindas paisagens naturais e um clima bastante agradável. Fazem parte da Europa Meridional países como Portugal, Espanha, Itália e Grécia.

Um dos destinos mais famosos da região é Roma, capital da Itália. A cidade com mais de 3000 anos é referência em história e arquitetura, praticamente um museu a céu aberto. Impossível não se impressionar com a grandeza de monumentos como o Coliseu, o Fórum Romano e a Fontana de Trevi. Além desses e outros tantos monumentos, o visitante também poderá conhecer a Cidade do Vaticano e conhecer a Basílica de São Pedro, a maravilhosa Capela Sistina e os Museus do Vaticano.

A Espanha é outro país da Europa Meridional recheado de destinos turísticos incríveis. Os mais famosos são Barcelona e também a capital do país, a cidade de Madri. A cidade conta com diversos pontos turísticos como a Plaza Mayor, o Museu do Prado, o Palácio Real e os Jardins do Retiro. Além disso, a cidade também é referência quando o assunto é arte e conta com diversos e bons museus.

Outro destino turístico muito famoso da região é a Grécia. O país encanta quem o visita devido às suas belíssimas paisagens naturais, seus grandiosos monumentos, sua cultura riquíssima, sua gastronomia e seu povo acolhedor. O país também é perfeito para quem gosta de praias. Prova disso são as ilhas de Mykonos, Santorini e Zakynthos.

Outros destinos que valem a pena conhecer na Europa Meridional são: Veneza, Milão, Florença, Verona, Capri, Lisboa, Évora, Porto, Malta, Málaga e Ibiza.

Europa Setentrional

A região da Europa Setentrional é composta pelos países localizados ao norte do continente. A região é conhecida pela sua riquíssima cultura, suas belas construções e pelas suas paisagens naturais de tirar o fôlego. Além disso, nessa região do Velho Continente também se encontram os países com o maior IDH do mundo.

Apesar de ser uma região com um enorme potencial turístico, o Norte da Europa ainda não é muito frequentado por turistas brasileiros. Outra característica muito marcante é o clima muito frio, já que a região está localizada próxima ao Círculo Polar Ártico. Vale ressaltar também que o custo de vida dessa região é considerado alto, mas com um bom planejamento é possível conhecer a região.

Um dos destinos mais visitados da Europa Setentrional é a bela capital da Suécia, Estocolmo. A cidade é formada por 14 ilhas e ligada por cerca de 50 pontes. As atrações principais estão localizadas na chamada Cidade Velha e quem visita a cidade não pode perder a chance de conhecer o Palácio Real, o Museu de Vasa, o Skansen e o Museu do Nobel. Os fãs da banda ABBA também podem visitar o museu dedicado à banda.

Outro destino do Norte da Europa muito popular entre os turistas é a cidade de Copenhague, capital da Dinamarca. Atrações turísticas são o que não faltam na cidade, mas dentre todas elas, as principais são: a Praça Principal, os lindos jardins de Tivoli, a Estátua da Pequena Sereia, a Igreja de Mármore, a Igreja do Salvador e o bairro hippie da cidade, a Cristiania, que apesar de mão fazer parte de Copenhague tecnicamente, não deixa de ser uma atração muito interessante de ser conhecida. Só não pode tirar fotos.

A cidade de Oslo, maior cidade da Noruega e também sua capital, é uma cidade linda e recheada de coisas para fazer. As principais atrações da cidade estão localizadas no centro de Oslo. Uma vantagem da cidade é que ela não é uma cidade muito grande e é possível conhecer diversos pontos turísticos a pé. As atrações mais famosas são a Catedral de Oslo, o Palácio Real, o Parlamento da Noruega e a Karl Jonas Gate, a avenida mais movimentada da cidade.

Principais cidades turísticas

Destinos turísticos para lá de interessantes são o que não faltam no Velho Continente, não é mesmo? Cada um com suas particularidades, mas todos encantadores! Saiba mais sobre as principais cidades turísticas da Europa a seguir:

Paris

Quando se fala em turismo na Europa, uma das primeiras imagens que vêm à cabeça é a da cidade de Paris com a icônica Torre Eiffel ao fundo, não é? A capital francesa é referência mundial quando o assunto é gastronomia, moda e cultura. Não é à toa que a cidade vem sendo um dos destinos turísticos mais visitados do mundo.

A cidade possui atrações para os mais variados tipos de viajantes. Não importa qual seja o seu estilo, você certamente encontrará uma variedade imensa de atrações e coisas para fazer na Cidade Luz. Há tantas coisas para fazer na cidade que infelizmente é bem provável que você não consiga aproveitar tudo o que ela tem a oferecer em uma única viagem.

O ponto turístico mais famoso de Paris, e também um dos mais famosos do mundo, é a famosíssima Torre Eiffel. A visita ao icônico monumento é um passeio praticamente obrigatório para quem vai à cidade pela primeira vez. Caso você queira subir ao alto da torre, é importante que você chegue cedo, do contrário irá pegar filas enormes. Importante também comprar os ingressos com antecedência. Após o passeio, você pode aproveitar para conhecer outros pontos turísticos na região como Campo de Marte e o Museu de Arte Moderna.

Outro ponto turístico considerado como obrigatório por muitos é o Louvre, o maior e mais importante museu de Paris. O local recebe cerca de 08 milhões de turistas todos os anos, tem uma área de 72.735 m² e possui 35.000 obras expostas. Um paraíso para quem gosta de arte! É recomendado que você faça um tour guiado em português. Caso você tenha a sorte de estar em Paris nos primeiros domingos dos meses de março a outubro, aproveite o dia para conhecer o Louvre de graça! Hoje em dia também é possível fazer um tour virtual pelo museu.

A famosa Avenida Champs-Elysées foi considerada a avenida mais bela do mundo. Ela vai da Praça Concorde até o Arco do Triunfo e possui uma variedade enorme de lojas, muitas delas de luxo. Além disso, ainda há muitos restaurantes e cafés. Aproveite para conhecer o belíssimo Jardim de Tuileries, que está localizado ao lado da Praça Concorde.

A Basílica de Sacré Coeur é uma lindíssima igreja localizada no ponto mais alto de Paris. Para conhecer a igreja, é necessário bastante fôlego, pois é necessário subir as famosas escadarias. Há também a opção de pegar um funicular. A entrada para a igreja é gratuita, mas, caso você queira subir até a cúpula é necessário pagar um ingresso.

Há muitos outros pontos turísticos na cidade como o Jardim de Luxemburgo, a Galeria Lafayette, o Moulin Rouge, a Disneyland Paris, os muitos museus e muito mais.

Museu do Louvre em Paris
Museu do Louvre em Paris

QUAL O MELHOR SEGURO DE VIAGEM PARA VOCÊ?










Londres

A capital do Reino Unido e também da Inglaterra é outro destino na Europa muito popular entre os turistas. A cidade encanta aos seus visitantes com o seu charme único, com as suas belíssimas construções, e suas inúmeras atrações que prometem agradar aos mais diversos estilos de turistas. A cidade é tão cheia de coisas para fazer que é impossível conhecê-la em uma viagem só.

Uma das atrações turísticas mais famosas de Londres é o Parlamento Britânico. A belíssima construção chama a atenção por sua arquitetura imponente. É neste edifício que está localizado outro famoso ponto turístico da cidade, o Big Ben.

A London Eye é outra atração imperdível da cidade. A imensa roda gigante possui cerca de 120 metros de altura e de lá é possível ter uma vista de tirar o fôlego de Londres. A atração, que já virou um dos principais cartões-postais da cidade, tem 32 cápsulas e comporta até 800 pessoas por vez. Caso você queira fazer esse passeio, uma boa dica é comprar os ingressos com antecedência, assim você evita as filas – que costumam ser imensas – e ainda economiza.

A cidade também possui excelentes museus. A National Gallery possui um impressionante acervo com obras de artistas renomados como Cézanne, Van Gogh, Caravaggio, Da Vinci, entre outros. O British Museum também é outro excelente museu para quem está interessado na História do Reino Unido. A entrada para ambos é gratuita.

Impossível falar sobre a terra da Rainha e não falar sobre o Buckingham Palace, não é mesmo? A visita ao palácio é um dos passeios tidos como “obrigatórios” da capital do Reino Unido, especialmente se for a primeira vez que você vai à cidade. A famosa Troca da Guarda ocorre todos os dias às 11h30min dos meses de maio a julho. Nos outros meses, o evento acontece a cada dois dias, exceto nos dias chuvosos.

Outras atrações que merecem destaque são: a Tower Bridge (não confunda com a London Bridge), a Abadia de Westminster, a Catedral de Saint Paul, o Piccadilly Circus, o Harry Potter Studios, o Hyde Park e o bairro Notting Hill.

Roma

A cidade de Roma é outro destino famosíssimo da Europa. A capital italiana é praticamente um museu a céu aberto e certamente tem muito a oferecer aos seus visitantes. A cidade possui inúmeros monumentos históricos, opções de passeios ao ar livre, igrejas, praças, uma gastronomia excelente e muito mais.

Uma das atrações mais importantes da cidade sem dúvida nenhuma é o Coliseu. A famosa construção é um dos pontos turísticos mais visitados do mundo e atrai a cerca de 07 milhões de visitantes todos os anos. Impossível não se impressionar com a grandeza dessa construção que outrora foi palco de tantas lutas. Entretanto, nem tudo são flores. Tanto o Coliseu quanto os demais monumentos romanos costumam apresentar filas enormes. A dica é sempre comprar os ingressos com antecedência e chegar cedo.

Não deixe também de conhecer o Fórum Romano e o Paladino. O monumento tem grande importância histórica e é conhecido como o berço do Direito. Após visitar o Fórum, não deixe de conhecer a Praça Veneza, uma linda praça localizada no centro da cidade onde se encontra o Palácio Veneza.

A Fontana di Trevi é uma das atrações imperdíveis de Roma. Dizem que jogar uma moeda na fonte atrai boa sorte e faz com que o turista possa retornar à cidade. O Pantheon é outro famoso ponto turístico da capital italiana que vale a pena ser visitado.

O Vaticano, menor país do mundo, é outra atração imperdível de Roma, especialmente para os católicos. Apesar de ser considerado um território independente, o país está localizado dentro da cidade de Roma e é possível ir até ele de ônibus, táxi, metrô ou até mesmo a pé dependendo da sua localização. Muita atenção às roupas. Não é permitido entrar na Basílica e nos museus trajando roupas curtas, decotadas, bermudas e chapéus.

Não é necessário comprar um ingresso para conhecer a Praça de São Pedro, entretanto, para entrar em cada uma das outras atrações é necessário comprar os ingressos que são vendidos separadamente. Como o Vaticano é uma das atrações mais visitadas da cidade, é altamente recomendado que você compre os ingressos com antecedência. As principais atrações são: a Necrópole do Vaticano, o impressionante Museu do Vaticano, a Basílica de São Pedro e a Capela Sistina.

Reserve pelo menos um dia para conhecer o Vaticano. É interessante também fazer um tour guiado pelos museus, caso contrário, muitos detalhes importantes podem passar despercebidos. Há também diversos restaurantes na região.

Lisboa

Outro destino muito popular na Europa entre turistas brasileiros é a capital de Portugal, a linda Lisboa. A cidade conta com diversas atrações para os mais diversos gostos e uma gastronomia espetacular. Difícil é não se encantar com as belezas da Cidade das Sete Colinas!

Uma das principais atrações da cidade está localizada às margens do Rio Tejo e bem no centro da cidade: a famosa Praça do Comércio. A praça é rodeada por edifícios históricos, hotéis, restaurantes e cafés. É nesta praça que está localizado o Arco da Augusta, um dos mais famosos cartões-postais da cidade de onde é possível ter uma vista incrível da cidade.

A cidade é repleta de mirantes e de outros pontos turísticos de onde é possível ter uma linda vista da cidade. Além do mirante do Arco da Augusta, você também poderá ter uma belíssima vista do Castelo de São Jorge, do Elevador de Santa Justa, do Miradouro Portas do Sol, do Miradouro Santa Luzia, o Miradouro Senhora do Monte, o Miradouro da Graça e o Miradouro São Pedro de Alcântara.

Lisboa também é um prato cheio para quem gosta de museus. Existem mais de cem museus na cidade. Um dos melhores museus da cidade é o Museu de Arte Contemporânea, também conhecido como Museu do Chiado. Além dele, o Museu dos Coches, o Museu Nacional do Traje, o Museu Calouste Gulbekian, o Museu do Design e da Moda, o Museu da Cidade, o Museu Nacional do Azulejo e o MAAT também merecem destaque.

A Torre de Belém é outra atração muito importante de Lisboa, podendo inclusive ser considerada como uma das mais famosas da capital portuguesa. Localizada às margens do Rio Tejo, a construção possui mais de 500 anos de história e hoje em dia abriga a diversas exposições. Impossível não se impressionar com sua arquitetura. Bem próximo á Torre de Belém está o Centro Cultural de Belém.

Visite também o Mosteiro dos Jerônimos. A impressionante construção chama a atenção devido a sua arquitetura de estilo manuelino e é nada mais nada menos que uma das sete maravilhas de Portugal. O monumento também foi declarado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO.

Outras atrações que merecem destaque são: a Catedral da Sé, o Panteão Nacional, a Igreja e Mosteiro de São Vicente, a Avenida da Liberdade, o Parque Eduardo VII, o Oceanário, o Ascensor da Bica, a Feira da Ladra, a Alfama, o Monumento aos Descobrimentos, o Rossio, o Palácio Nacional de Queluz, a Avenida da Liberdade e o Santuário Nacional de Cristo Rei.

Barcelona

A cidade de Barcelona é um dos destinos turísticos mais visitados da Espanha. A capital da região da Catalunha está localizada na costa-oeste do país, no Mar Mediterrâneo. A cidade fica próxima à fronteira com o sul da França e por isso muitos viajantes aproveitam a oportunidade para conhecer o país vizinho. A cidade, assim como muitas outras da Europa, possui uma infinidade de atrações e provavelmente não será possível conhecer toda a cidade em uma única viagem.

O Centro Histórico da cidade merece ser conhecido com calma. Isso porque ele é dividido em quatro bairros: El Raval, Barri Gotic, El Born e Barceloneta. Todos eles valem a visita. Uma boa dica é fazer um tour guiado gratuito por eles. Você pode se deslocar de um ponto turístico ao outro a pé, o que muito bom para quem deseja aproveitar bastante a cidade. Você também pode usar o metrô, os transportes por aplicativos ou alugar uma bicicleta.

Não deixe de visitar a igreja da Sagrada Família, uma das Igrejas Católicas mais bonitas da Espanha. Impossível não se admirar com a arquitetura dessa igreja que é considerada por muitos como a maior obra de Gaudi edo modernismo catalão. Um fato curioso é que ela começou a ser construída no final do século XIX e ainda não foi terminada. A entrada na igreja é gratuita, mas se você quiser subir nas torres é necessário comprar um ingresso.

O Parc Guel é outra atração importante da cidade. É um parque urbano que foi construído onde antes era um parque natural. A casa em que viveu Gaudí e que hoje em dia é um museu  está localizada dentro do parque. Uma boa dica é fazer uma visita guiada por ele para não perder nenhum detalhe. Mas, é possível também conhecer o parque sozinho. E a vista da cidade também é maravilhosa!

Diversas atrações da cidade foram projetadas por Gaudí. Não deixe de conhecer os edifícios La Pedrera e a Casa Batló.

A Catedral de Barcelona é mais uma construção incrível da cidade. A catedral está localizada no Bairro Gótico e assim como outras construções do mesmo bairro, a igreja chama a atenção por sua arquitetura gótica. Aproveite para andar pelo bairro e observar as belas construções.

O Parc de La Ciutatella é uma das atrações mais antigas de Barcelona. Nela se encontra o Arco do Triunfo. Um bom lugar para fazer uma caminhada andar de bicicleta ou simplesmente descansar. E está muito bem localizado, próximo a diversos outros pontos turísticos.

Visitar a Barceloneta e conhecer as suas praias é outro bom passeio para se fazer em Barcelona. Além das praias, é possível conhecer o Peixe Olímpico e o Mercado de la Barceloneta, um excelente lugar cheio de cores, aromas e sabores. Perfeito para quem deseja conhecer mais um pouco sobre a gastronomia da região.

Outras atrações turísticas que valem a pena visitar em Barcelona são: Museu Picasso, a Plaça de Catalunya, a Plaza España, o Museu Nacional de Arte da Catalunha e o Montjuic.

Amsterdã

A cidade de Amsterdã, a capital dos Países Baixos, não é tão grande quanto as outras cidades turísticas da Europa. Em compensação, é uma cidade linda, repleta de belas paisagens, uma linda arquitetura, ótimos restaurantes, belos canais, e muitas, mas muitas pontes. Mais de mil, só para você ter uma ideia. A cidade conta com uma imensa variedade de atrações para os mais diversos estilos de viajantes.

Amsterdã conta com vários e bons museus. Os mais famosos deles são o Museu do Van Gogh, local em que estão expostas as pinturas mais famosas do artista. O Rijkmuseum é um dos museus mais famosos da cidade e também é considerado como um dos melhores da Europa. Para quem deseja aprender mais sobre a Segunda Guerra Mundial, uma boa pedida é visitar a Casa de Anne Frank. Não deixe também de visitar o Museu de Amsterdã e se você gosta de cerveja, o Museu da Heineken é uma boa pedida para você.

Além dos museus, a cidade ainda possui diversos parques e praças. Os mais famosos dentre eles são a Praça Dam, a Praça dos Museus, o Vondelpark, o Begijnhof, o Parque das Tulipas e o Leidseplen. Quem deseja comprar seus souvenires e conhecer um pouco mais sobre os sabores e aromas do país vai gostar da Albert Cuyp Market, a maior e mais famosa feira livre de Amsterdã.

O Palácio Real é outra importante atração da cidade. Ele está localizado na Praça Dam e para visitá-lo é necessário comprar um ingresso. Melhor comprar com antecedência e chegar cedo para evitar filas.

A cidade é famosa pelos seus canais e suas mais de 1000 pontes. Não deixe de fazer um passeio de barco e conhecer um pouco mais da cidade dessa forma. Os passeios duram em média 75 minutos e algumas empresas oferecem guias em áudio em português. Outra forma de conhecer a cidade é através de bicicletas. Você pode alugar uma bicicleta e explorar mais sobre a cidade.

Praga

A capital da República Tcheca está se abrindo cada vez mais ao turismo e isso é excelente! A cidade de Praga é um dos destinos turísticos mais famosos do Leste Europeu e não é por acaso. A cidade é linda e possui belíssimas paisagens lindas construções, cultura riquíssima, atrações para todos os gostos e uma gastronomia cheia de sabor.

O Castelo de Praga é um dos mais famosos pontos turísticos da cidade. O complexo é enorme com uma área de mais de 70.000 m². Definitivamente vale a pena tirar um dia para conhecer essa charmosa vila com estilo medieval. Dentro do complexo existem, além do castelo que é a sede do governo, duas igrejas, um lindo jardim, a vila do ouro, um convento e um vinhedo.

Não deixe também de conhecer o Centro Histórico da cidade. A Praça da Cidade Velha é um lugar bastante agradável para se caminhar e também o coração da cidade. De lá é possível partir para outros diversos pontos turísticos como a Igreja de São Nicolau, que apesar do nome é um templo protestante. A cidade possui um grande número de igrejas, a mais famosa dentre elas é a Igreja de Nossa Senhora de Týn, que chama a atenção pela sua construção em estilo gótico.

Um dos mais famosos cartões-postais da cidade é a Torre do Relógio. A linda torre construída em estilo gótico chama a atenção por sua arquitetura, pelas estátuas de santos católicos e pelos dois relógios que estão localizados no alto da torre. Um mostra os símbolos dos signos do zodíaco e o outro relógio astronômico, que mostra a posição do Sol, da Lua e de outros planetas. Caso você queira subir na torre, é necessário comprar o ingresso na antiga prefeitura da cidade, outro interessante ponto turístico.

A famosa Ponte Carlos é considerada como uma das atrações turísticas obrigatórias da cidade. A ponte liga a Cidade Velha ao bairro de Malá Strana e chama a atenção por sua construção toda de pedra, pelas estátuas de diversos santos católicos, e pelos arcos que a sustentam. Ela pode ser vista de diversos pontos da cidade.

Outros pontos turísticos da cidade também merecem destaque como o Museu Franz Kafka, o busto de Franz Kafka, as Sinagogas, o Velho Cemitério Judeu, o Mosteiro de Strahov e a Praça Venceslau. Uma boa dica é aproveitar para andar bastante pela cidade a pé, pois Praga tem vários cantinhos encantadores a serem descobertos.

Como viajar na Europa?

Existem diversas formas de se viajar na Europa. Saiba mais sobre elas a seguir:

Passagens aéreas

A maneira mais rápida de se viajar para a Europa é o avião. Impossível determinar com precisão o preço das passagens aéreas, pois isso dependerá de diversos fatores como o país escolhido, a época escolhida, a empresa aérea, entre outros. Uma boa dica é pesquisar bastante antes de comprar as passagens, comprar as passagens com antecedência e pesquisar em sites que trocam milhas por passagens aéreas. E não deixe de pesquisar pelas passagens aéreas low-cost.

Caminho terrestre

Uma das formas mais comuns de se viajar dentre da Europa é o trem. O meio de transporte é muito popular no continente por conta de seu preço, que costuma ser bem melhor que o preço de uma passagem de avião, pela sua praticidade e pela sua pontualidade. Além disso, você poderá aproveitar a paisagem. Melhor escolha para viagens mais curtas, sem sombra de dúvidas! Entretanto, viagens mais longas podem ser extremamente cansativas.

Viajar de ônibus pela Europa também é uma opção. Entretanto, se você não tiver muito tempo disponível e nem muita experiência viajando, o melhor é não arriscar. A viagem costuma ser mais barata que viajar de trem ou avião, mas costuma ser bem mais demorada e desconfortável. Além disso, em alguns lugares é possível que a sua mala seja revistada.

Aluguel de carro

Alugar um carro é uma boa opção caso você queira se locomover dentro de um destino com mais liberdade e o preço costuma não ser tão caro com muitos imaginam. Entretanto, nem sempre compensa. Alguns lugares costumam ficar bastante lotados, o que faz com que o trânsito fique caótico. Além disso, algumas locadoras não permitem que se cruzem as fronteiras de alguns países do Leste Europeu com o carro. E as que permitem costumam cobrar taxas bem caras.

Para alugar um carro na Europa, é necessário ser maior de 21 anos, apresentar a sua CNH, Permissão Internacional para Dirigir (consulte o site do consulado do país para o qual você vai para saber se é necessário), Passaporte, Cartão de Crédito Internacional desbloqueado para compras no exterior e do comprovante de reserva impresso.

Onde ficar na Europa

A Europa possui diversas opções de hospedagem que vão desde resorts luxuosos até pousadas mais simples e hostels. Há também a opção do aluguel por temporada, que vem se tornando cada vez mais popular entre os viajantes.

Hotéis na Europa

Nossas sugestões de hospedagem na Europa são:

Elyséés Union – Situado em um edifício do século XIX bem no coração de Paris, o hotel oferece aos seus hóspedes excelentes acomodações com banheiros privativos, ar-condicionado, TV e isolamento acústico. Os apartamentos possuem cozinha compacta com micro-ondas e geladeira. O hotel oferece um excelente café da manhã. A recepção do hotel ainda oferece serviço de bilheteria para os principais espetáculos e atrações da cidade. O preço médio de uma diária para o casal é de R$630,00.

Hotel Giolli Nazionalle – Situado no coração de Roma, o Hotel Giolli Nazionalle oferece excelentes acomodações aos seus hóspedes com TV, ar-condicionado, Wi-Fi, secador de cabelo e frigobar. O buffet café da manhã é servido na sala de refeições e além disso, o hotel ainda possui um bar e um lounge. Os funcionários do hotel podem reservar ingressos para as principais atrações da cidade. O preço médio de uma diária para o casal é de R$370,00.

Best Western Mornington Hotel Hyde Park – Situado próximo à Estação Paddington, o hotel oferece boas acomodações com banheiro privativo, TV, Wi-Fi, ar-condicionado e comodidades para fazer chá e café. O hotel também conta com um lounge e com um Library Bar. O café da manhã é servido no local. Além disso, o hotel ainda conta com uma sala de conferências e um escritório com acesso á internet. O preço médio da diária para o casal é de R$600,00.

Aluguel por temporada

Outra opção de hospedagem que vem agradando cada vez mais aos viajantes é o aluguel por temporada. É a opção perfeita para quem deseja ter mais privacidade, liberdade de horários e se sentir em casa. Entretanto, quem optar pelo aluguel por temporada não terá certos luxos, como café da manhã incluído, por exemplo.

Seguro de viagem Europa

O seguro de viagem para a Europa é obrigatório por causa do Tratado de Schengen, um acordo feito por vários países europeus, que permite o livre trânsito entre os países do continente, entre outros acordos, como é o caso do seguro de viagem que ajuda a proteger os turistas e cidadãos caso aconteça problemas de saúde com os viajantes.

Gastronomia da Europa

Poucos fatores refletem mais sobre a cultura de um povo do que a culinária, não é mesmo? Ter a oportunidade de saborear os pratos típicos do país que você está visitando é uma experiência única e não raramente uma das melhores coisas de uma viagem. E a gastronomia da Europa então? Definitivamente um show a parte!

O clima de uma região influencia muito em sua gastronomia, pois vai impactar diretamente nos ingredientes. Por exemplo, na região da Europa Meridional, o uso de ingredientes como azeite, alho, tomates e frutos do mar é muito comum. Sobremesas feitas a base de mel também são muito comuns. Além disso, a região sofreu muita influência árabe e africana e isso se refletiu na culinária. Exemplos de pratos típicos da região são a paella espanhola e o famoso bacalhau português.

O clima mais frio da Europa Setentrional faz com que ingredientes como os pães, queijos, peixes, carnes e embutidos sejam muito comuns na sua culinária. Exemplos disso são o famoso bacalhau da Noruega e os gravlaks, que é um salmão enterrado e curado com sal e açúcar e depois temperado com ervas aromáticas.

Na Europa Oriental também se come muito bem. A região sofreu muita influência de outros países da Europa e ingredientes como a batata, o trigo, o queijo e a carne são muito comuns. Os pratos ticos mais famosos da região são os dumplings.

A gastronomia da Europa Ocidental é uma das mais famosas do mundo. A gastronomia francesa, por exemplo, foi considerada como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. Pratos como o Cassoulet, Coq au vin, os crepes, entre outros são feitos por chefs do mundo todo. Além da culinária francesa, a culinária inglesa com seu icônico chá da tarde e o tradicional fish and chips são muito famosos.

FAQ – Perguntas e respostas

Que roupas levar para a Europa?

Antes de começar a separar suas roupas favoritas para colocar na mala, é importante levar em consideração o clima do destino para o qual você está indo, a estação do ano em que você estará no continente e a temperatura média do lugar para o qual você vai. Além disso, em algumas atrações não é permitido que você as conheça trajando saias curtas, shorts, regatas, bermudas e chapéus, como os Museus do Vaticano, por exemplo. Caso você esteja indo para a Europa durante os meses mais quentes do ano, é interessante você colocar na mala roupas com tecidos mais leves, confortáveis e que não amassem. E que combinem entre si, o que facilita bastante na hora de montar as combinações. Quanto aos sapatos, quanto mais confortáveis melhor! Um sapato desconfortável pode arruinar um passeio! E protetor solar sempre! O inverno europeu costuma ser bem rigoroso. Portanto, é interessante que você coloque meias grossas, um bom casaco, gorros, luvas para touch-screen, blusas tipo segunda pele, blusas de lã, cachecóis e um bom sapato. Acredite, se você estiver com os pés gelados, não importa o quanto de casacos você esteja usando, você vai estar com frio.

Quais os documentos necessários para uma viagem a Europa?

Para viajar ara a Europa é necessário que você esteja com o seu Passaporte com, no mínimo, 90 dias de validade após a data prevista para a sua volta. Além do Passaporte, é necessário que você tenha um Seguro de Viagens, apresente os seus comprovantes de hospedagem (ou carta-convite), suas comprovações financeiras (mínimo de 68 euros por dia) e sua passagem de retorno. A partir do final de 2022, turistas brasileiros precisarão solicitar o ETIAS, uma autorização para entrar nos países que fazem parte do Espaço Schengen. Até o final de 2022, não será necessário solicitar o ETIAS caso o turista for permanecer no espaço por até 90 dias. Os países que fazem parte do Espaço Schengen são: Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Estônia, Espanha, França, Finlândia, Grécia, Hungria, Islândia, Itália, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, Liechtenstein, Holanda, Malta, Noruega, Polônia, Portugal, República Tcheca, Suécia e Suíça.

Quanto custa uma viagem para a Europa?

Impossível determinar com exatidão a quantia que você irá gastar durante uma viagem para a Europa. Isso porque os seus gastos dependerão de diversos fatores como o preço das passagens aéreas, a hospedagem escolhida, quantos dias você ficará no continente, se é alta ou baixa temporada, quantos lugares você pretende visitar, entre outros.

Que moeda levar para uma viagem para a Europa?

É importante se atentar à moeda utilizada no destino escolhido. Nos países que fazem parte da União Europeia, a moeda é o Euro. Caso você esteja pretendendo ir a algum deles, é essencial levar uma quantia em euro. Caso você esteja indo para algum país que faz parte do Reino Unido, a moeda é a Libra Esterlina. Os países do Leste Europeu não adotaram o euro como moeda oficial. Você pode até encontrar um ou outro estabelecimento que aceite o euro, mas não é bom se arriscar. Melhor levar a moeda local.

Avatar
Thiago Cesar Busarello

Thiago Busarello é autor e criador do Vida de Turista, no qual adora viajar e falar do assunto de turismo e viagens, compartilhando dicas e informações de viagens com os leitores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat