BAIXE GRÁTIS NOSSO KIT DE PLANEJAMENTO DE VIAGEM! CLIQUE AQUI!

Como foi nossa viagem para Siena na Itália

Olá pessoal, aqui é a Nilce Bueno, novamente trazendo um artigo sobre a nossa viagem para a Itália, sendo que hoje você vai ler como foi nossa viagem para Siena.

Vamos falar sobre o que você deve levar em consideração para a sua viagem, os principais pontos turísticos de Siena a serem visitados e dicas que só quem foi na cidade pode trazer.

Sobre a cidade de Siena

A cidade de Siena, na Itália, é realmente fascinante! Suas muralhas de tijolos marrom-alaranjados, já à primeira vista, criam um clima que nos remete à era medieval, logo que as avistamos.

A cidade é famosa pelo autêntico Chianti, extraído de seus atraentes vinhedos, e também por sua histórica competição de cavalos, o Palio delle Contrade.

É reconhecida por seu meio artístico e possui um Centro Histórico tombado pela UNESCO sendo assim Patrimônio da Humanidade

Apresenta, ainda, inúmeros tesouros e lendas, que ficamos fascinados por conhecer!

Como foi nossa viagem para Siena na Itália
Como foi nossa viagem para Siena na Itália

QUAL O MELHOR SEGURO DE VIAGEM PARA VOCÊ?










A lenda de Siena

Antes de viajar já sabíamos que Siena é muito conhecida por uma lenda que conta que Siena foi fundada pelos filhos de Remo, o fundador de Roma, que era alimentado por uma loba. Eles se chamam Senio e Aschio.

Diz a lenda que isso ocorreu após a morte de Remo por seu irmão Rômulo, quando fugiram em direção a Toscana e fundaram a cidade de Siena.

Por esse motivo, ao visitar Siena não estranhe: em muitos lugares vai se deparar com estátuas da loba alimentando os dois meninos!

Não somente em Siena, mas na Itália inteira você sempre vai se deparar com essa representação clássica italiana.

A lenda conta, ainda, que os irmãos fugiram em dois cavalos, um branco e um preto, o que justifica as cores do brasão bicolor de Siena, a Balzana.

Também o Duomo de Siena, por esse motivo, teria sido revestido interno e externamente com mármore preto e branco.

>> Leia também: Como foi nossa viagem a Bolonha

A loba faz parte da lenda de Siena
A loba faz parte da lenda de Siena
Cupom desconto viagem

A nossa visita para Siena

Minha família e eu a visitamos em um tour rápido de um dia, vindos de Florença, também conhecida como Firenze, onde fizemos o trajeto pelo autopista, mais uma aventura em família.

Optamos pela viagem de carro, ou melhor de van, pois já tínhamos o veículo alugado justamente para passeios em cidades próximas a Florença. E com Siena não foi diferente.

Confesso que não foi o lugar mais fácil para se andar de carro. Utilizamos um GPS, mas as ruas em Siena, em sua grande maioria, possuem somente um sentido. Assim, para quem não conhece o local fica um pouquinho complicado.

Lindas fachadas dos edifícios de Siena
Lindas fachadas dos edifícios de Siena

COMPARADOR DE SEGURO DE VIAGEM

Mas conseguimos chegar onde queríamos, próximo ao Centro Histórico de Siena, onde pudemos por meio de placas nas ruas achar um local para estacionarmos a van e seguirmos a pé nosso lindo passeio a esse apreciado Patrimônio da Humanidade.

Se você for fazer um passeio por Siena e dispuser de tempo, minha recomendação é que fique pelo menos dois dias. Assim poderá conhecer melhor suas riquezas. De qualquer maneira, é imperdível pelo menos uma tarde!

Apartamentos em Siena e sua arquitetura
Apartamentos em Siena e sua arquitetura
Grupo de desconto de viagem

Como tínhamos pouco tempo para conhecer todas suas maravilhas, fomos diretamente ao ponto zero de Siena, que fica no meio do centro histórico: a Praça Del Campo, com formato de uma concha.

Siena é extremamente bonita, e seu centro histórico é cheio de ruas charmosas que levam à praça central, sendo o principal ponto da cidade.

Esta praça é também o símbolo da cidade. É cercada por edificações medievais lindíssimas, na cor marrom-alaranjada.

Nela se localizam a Torre del Mangia e o Palácio Público, atual sede do governo.

Fachada da Igreja di San Raimondo al Refugio em Siena
Fachada da Igreja di San Raimondo al Refugio em Siena
Dicas para a bagagem

Palio de Siena

O Palio de Siena trata-se de uma antiga corrida de cavalos, conhecida mundialmente, disputadas pelos 17 bairros da cidade.

Fomos no mês de novembro, fora da temporada da tradicional disputa, que é realizada em duas etapas nos meses de julho e agosto.

Assim, não tivemos a oportunidade de presenciar este famoso evento. Mas tudo bem, vamos ter que voltar a cidade, desta vez para assistir ao Palio em Siena!

Essa cidade transporta você exatamente a um período medieval. Você tem a impressão de que a qualquer momento irá presenciar alguma cena do passado.

É simplesmente um transporte surreal a outra época!

Além de Siena ter esse ar medieval, ela possui muita alegria nas ruas, onde transitam muitos jovens alegres e estudantes eufóricos.

Isso ocorre principalmente nesta época em que viajamos, final de ano onde muitos estão comemorando nas ruas de Siena a sua formatura.

>> Leia também: Como nossa viagem a Pisa

Grande praça onde acontece o Palio em Siena
Grande praça onde acontece o Palio em Siena

Hospedagem em Siena

Como ficamos somente um dia, não nãos hospedamos na cidade, porém pesquisamos os hotéis com melhor custo/benefício para ficar da próxima vez que formos a Siena, dentre eles:

  • NH Siena: um hotel de categoria 4 estrelas localizado a 600 metros do centro (dá para ir a pé conhecer as principais atrações) com direito a café da manhã e diárias a partir de R$ 825,00.
  • Hotel Certosa di Maggiano: também um hotel 4 estrelas, dessa vez um pouco mais afastado do centro, mas que remete a todo o charme da cultura medieval (parece que você está num castelo) com diárias a partir de R$ 1.389,00.
  • Hotel Athena: outro hotel de categoria 4 estrelas, distante 650 metros do centro e com uma vista belíssima da cidade, principalmente do deck do restaurante do hotel, com diárias a partir de R$ 749,00.

>> Ver mais opções de hotéis para Siena

O que fazer em Siena

Vou falar agora de vários dos passeios que fizemos em Siena e também contar de alguns lugares que não tivemos tempo de conhecer, mas que valem a pena ser levados em consideração.

Palazzo Pubblico (Pallazzo Comunale)

O Palazzo Pubblico é o principal edifício da Praça Del Campo e abriga a Câmara Municipal, a Torre del Mangia (a torre do sino) e um museu.

Não pudemos conhecer a Câmara Municipal de Siena, pois não estava aberta a visitas, mas como você pode ver na foto, ela é muito imponente e chama a atenção dos viajantes logo que se entra na cidade.

Esse é o imponente Palazzo Publico de Siena
Esse é o imponente Palazzo Publico de Siena
Para aproveitar melhor a viagem

Torre del Mangia (Torre Sineira)

Fundada entre os anos de 1338 e 1348, a Torre del Mangia possui 102 metros de altura e paredes com 3 m de espessura em cada lado.

Além de uma vista lindíssima, a torre nos presenteia com uma galeria de mármore, a Piazza di Capella, construída em 1352, em agradecimento a Virgem Maria, por pessoas que sobreviveram à peste negra.

Poder ajoelhar-me e orar sob a abóboda renascentista de mármore da capela, diante de suas estátuas impregnadas pela fé, valeu a pena o esforço exigido para subir sua imensa escadaria de pedras centenárias, quase brutas.

>> Leia também: Como é o réveillon em Roma

A Torre del Mangia pode ser vista a quilômetros em Siena
A Torre del Mangia pode ser vista a quilômetros em Siena

Museu Cívico

Situado no primeiro andar do palácio, quase todas as salas são recobertas com afrescos que mostram imagens seculares, típicos da arte italiana na idade média.

São obras primas impressionantes espalhadas pelos Salão do Grande Conselho e Salão dos Nove.

Você vai se maravilhar diante do portal em mármore, obra de Bernardo Rossellino; se deslumbrar diante do coro em madeira, entalhado por Domenico di Niccolò; se emocionar diante das esculturas de Giovanni Duprè e dos afrescos de Spinello Aretino e Domenico Beccafumi, tanta é a beleza com a qual nos deparamos!

Essa é a Fonte Gaia que fica localizada na Praça do Campo
Essa é a Fonte Gaia que fica localizada na Praça do Campo
Cópias de documentos

Via Chiantigana

É a via que liga Siena à Florença, estrada SS222. Para um bom apreciador de vinho, transitar por ela é um deleite! 

A rodovia funciona como uma grande artéria da zona vinícola, alimentando as principais vinícolas toscanas.

Ficamos encantados em meio aos vinhedos que se estendem de colina a colina, e mais ainda com as vinícolas que surgem a todo instante.

Tivemos o prazer de parar para degustar vinhos em algumas delas, todas elas encantadoras.

Minha filha Flavia na Fonte Gaia
Minha filha Flavia na Fonte Gaia

Vinícola Tenuta Casanova

Situada no parque natural da Cipresseta Sant’Agnes, bem no coração de Chianti, a Vinícola Tenuta Casanova é uma fazenda magnífica que oferece ao visitante um tour completo pelos vinhedos e habitat de seus moradores naturais, como os patos, galinhas, porcos, faisões.

Tudo isso incluindo a visita ao local onde ficam as colmeias e onde é feito o processo de extração de azeite, sempre acompanhado por informações importantes sobre produção de vinhos e seus produtos.

Pudemos degustar alguns vinhos divinos, acompanhados por uma massa fresca italiana, à bolonhesa, daquelas de “comer rezando”.

É claro que alguns deles vieram na bagagem, dentre eles o requintado Champagne Toscano, que é feito com Chardonnay e Malvasia, juntamente com frascos de azeite e vinagres balsâmicos produzidos no local.

Para saber mais detalhes sobre a vinícola, seus produtos, ou agendar sua visita, consulte sua página oficial.

>> Leia também: Dicas de viagem para Florença

Uma das lojas de souvenir de Siena
Uma das lojas de souvenir de Siena
Adaptador de tomadas

Vinícola Montefioralle Winery

A Vinícola Montefioralle Winery fica localizada na via Montefioralle, 50022 Greve em Chianti – Firenze. É uma fazenda menor, porém muito aprazível. Fomos bem recepcionados e pudemos participar de uma degustação de 6 de seus melhores vinhos. Tudo isso acompanhado por frios deliciosos.

A única coisa chata é que se você for com carro alugado, quem dirige não pode participar das degustações, como ocorreu com meu genro Renato (uma lei seca italiana).

É bom lembrar que antes de pegar a estrada é bom confirmar o agendamento, que deve ser feito com bastante antecedência.

Visite sua página oficial, conheça mais detalhes sobre a Vinícola Montefioralle, compre vinhos online, agende sua visita!

Meu genro Renato na entrada da Galeria de Artes de Siena
Meu genro Renato na entrada da Galeria de Artes de Siena

Catedral de Siena (Duomo de Siena)

A Catedral de Siena foi construída no estilo romântico-gótico, com fachada de mármores coloridos. É considerada hoje uma das igrejas góticas mais lindas da Itália e um dos mais lindos cartões postais de Siena.

Caminhando dentro dela, tivemos a honra de, literalmente, pisar no passado, uma vez que o piso é revestido por 56 placas de pura arte, com cenas que formam um mosaico esculpido e entalhado no mármore.

Fiquei impressionada com seus vitrais coloridos, os mais antigos da Itália, que data de 1288.

Essa é a famosa Catedral de Siena e suas naves
Essa é a famosa Catedral de Siena e suas naves
Fotos e identificação das malas

Biblioteca Piccolomini

A Biblioteca Piccolomini fica localizada dentro da Catedral de Siena.

Toda colorida, é famosa por possuir abrigar um verdadeiro tesouro: quatro esculturas de Michelangelo, pinturas e coleção de iluminuras.

Cripta da Catedral de Siena

A cripta da Catedral de Siena é outra atração turística da cidade. Totalmente esquecida e soterrada por mais de 700 anos, foi reencontrada em 2003 durante escavações no local.

Em suas paredes foi encontrado um tesouro precioso, que felizmente estavam conservados: uma coleção de afrescos que datam de 1270 e 1280.

>> Leia também: Como é o réveillon em Florença

Batistério de San Giovani

O Batistério de San Giovani é conhecido também como segunda cripta e fica localizada na parte dos fundos da Catedral de Siena.

É um verdadeiro tesouro, que consiste em uma pequena igreja do século XIV, com teto e parede decorados por afrescos renascentistas, com cenas de Siena.

Museo dell’Opera

Não deu tempo para conhecermos o Museo dell’Opera que fica localizada ao lado da Catedral de Siena.

Ele possui alguns acervos incríveis como esculturas góticas italianas de Giovanni Pisano, assim como obras de Duccio di Buoninsegna, com destaque para a obra Maestà.

Imponente fachada do Palazzo Piccolomini
Imponente fachada do Palazzo Piccolomini

Basílica de São Domingos (San Domenico)

Construída entre 1226 e 1265, a Basílica de São Domingos está localizada bem na entrada da cidade. Possui fachada preta em estado bruto, com interior simples.

Adquiriu aparência gótica somente no século XIV, quando foi ampliada, perdendo seu formato original.

Em seu interior, pudemos conhecer o retrato contemporâneo de Santa Catarina, o único existente, feito no século XIV por Andrea Vanni. Padroeira de Siena, os restos mortais de Santa Catarina estão espalhados por toda Itália.

O Logge del Papa é uma das lojas de Siena e foi encomendada pelo Papa Pio II
O Logge del Papa é uma das lojas de Siena e foi encomendada pelo Papa Pio II

Museu Santa Maria della Scala

O Museu Santa Maria della Scala trata-se de um antigo hospital de Siena, que foi reformado para ser museu.

Contém muitos afrescos, dentre eles o que fica na Sala do Peregrino, que mostra como os doentes eram recepcionados.

Igreja de Santa Annunziatta

A Igreja de Santa Annunziatta fica localizada dentro do Museu Santa Maria della Scala e é uma capela escura onde, conta a lenda, que Santa Catarina costuma rezar à noite.

>> Leia também: Dicas para as férias de julho na Itália

A Logge del Papa possui fachada em mármore travertino com três arcos renascentistas
A Logge del Papa possui fachada em mármore travertino com três arcos renascentistas

Museu Arqueológico

Fica localizado na parte subterrânea do Museu Santa Maria della Scala e abriga um acervo de arte etrusca e também a fonte de Gaia original.

Fortezza Medicea

O Fortezza é um lugar lindíssimo, no alto da colina, ideal para tirar fotos e curtir a linda vista da cidade.

Literalmente é o forte da cidade de Siena, com altas muralhas, construído por Cosimo de Medici em 1560, antes dele ser nomeado grão-duque de Toscana.

Pinacoteca Nazionale

Siena participou ativamente do movimento do renascimento das artes que fica muito bem representado pela Pinacoteca Nazionale.

A Pinacoteca Nazionale mostra a história da arte de Florença, com mais de cinco séculos, por meio de obras pré-renascentista e renascentista.

Fachada da Igreja di San Giorgio em Siena
Fachada da Igreja di San Giorgio em Siena

Dicas de viagem para Siena

Trouxemos agora algumas dicas para você levar em consideração na sua viagem para Siena:

  • Se você for a Siena com intenção de assistir ao Palio de Siena, faça reservas antecipadas em um dos hotéis da região, pois o evento é muito concorrido. E lembre-se que acontece somente em dois meses do ano (julho e agosto).
  • Os produtos produzidos nas vinícolas que visitamos, citadas acima, não são vendidos em lojas ou restaurantes, mas podem ser adquiridos no local. Compre apenas alguns exemplares, e depois compre online os produtos que mais gostar!
  • Lembre-se de comprar seu prato da boa lembrança. Siena possui inúmeros tipos, um mais lindo que o outro.
  • Para visitar a Catedral de Siena, compre no local um passe que dá direito a visitar também a Cripta, o Batistério e o Museu de Ópera.
Rua medieval com a Igreja Holy Spirit ao fundo
Rua medieval com a Igreja Holy Spirit ao fundo

Gastronomia de Siena

A gastronomia de Siena é diversa, com vários restaurantes trazendo toques da culinária mundial, para atender a todos os gostos, sem deixar de trazer também a riqueza da cultura italiana.

Abaixo trouxemos informações de um dos restaurantes de Siena que tivemos a oportunidade de conhecer na viagem. Uma dica é aproveitar os restaurantes localizados em frente a Praça do Campo.

Trattoria Papei

O Trattoria Papei fica localizado na Piazza del Mercato, bem atrás do Palácio Público. O ambiente é bem italiano e tranquilo. Os pratos têm preços populares e são muito saborosos.

Como aperitivo, saboreamos um Couton de alho com cogumelos, que nada mais é do que alho torrado com cogumelos, espetacular!

E como prato principal experimentamos o Pappardelle com Javali (macarrão de fitas grossas com javali), que estava divino! Saboreamos até o fim!

Mais informações sobre o restaurante você encontra em sua página oficial.

La Taverna di San Giuseppe

Esse restaurante é a indicação número 1 do Tripadvisor e literalmente fica localizado numa taverna de estilo mediterrâneo passando todo o clima da idade medieval para os seus visitantes.

Antica Salumeria Salvini

Para quem buscar apenas petisco italianos para saborear na viagem, pode experimentar os pratos do Antica Salumeria Salvini e degustar de pães, queijos, salames e, claro, bons vinhos.

Na Praça do Campo em Siena há diversas opções de restaurantes
Na Praça do Campo em Siena há diversas opções de restaurantes

Finalizando

Siena foi um lugar encantador na viagem. Nos arrependemos de não ter ficado pelo menos mais um dia na viagem para conhecer com calma.

Tivemos uma viagem muito corrida para conhecer o máximo de lugares possíveis e isso não é muito indicado, principalmente se você está com crianças.

O que ficou agora é o gostinho de querer voltar lá e conhecer tudo com calma e aproveitar mais as belezas do lugar.

Lembre-se de viajar sempre com o seguro de viagem para a Itália, para estar protegido caso venha a acontecer algum problema.

Agora queremos ouvir a sua opinião. Qual dos pontos turísticos de Siena você ficou com mais vontade de conhecer? Deixe abaixo o seu comentário!

Abraço e até o próximo artigo!

Nilce Bueno

Nilce Bueno teve experiências incríveis de viagem quando visitou a Europa e América do Sul e vem compartilhando suas histórias e experiências aqui no blog.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat