BAIXE GRÁTIS NOSSO KIT DE PLANEJAMENTO DE VIAGEM! CLIQUE AQUI!

Uma viagem para Chillán no Chile: O Vale Las Trancas

Olá pessoal, aqui é Nilce Franco trazendo mais um artigo recheado de dicas de viagem para os leitores que estão planejando viagem para o Chile, mais especialmente viagem para Chillán.

Se você gosta de lugares menos movimentados, mas que tenham estrutura para curtir sua viagem com tudo o que tem direito, esse lugar é Chillán, ou melhor Vale Las Trancas um cantinho especial e charmoso do Chile.

É um lugar que geralmente é mais frequentado no inverno, quando é frio para valer. Fui com minha família e adorei. Só que fomos no início do outono, onde a temperatura é bem confortável.

Aqui no artigo você vai conhecer os principais passeios e pontos turísticos de Chillán, vai ver algumas sugestões de hospedagem e também ler dicas que só quem esteve no lugar pode trazer.

Como foi nossa viagem para Chillán

Eu voltaria mil vezes para Chillán, pois é um lugar que oferece tudo o que uma pessoa precisa para aprender a esquiar, a relaxar, a curtir a natureza, seja esse lugar com ou sem neve.

Para essa aventura, tomamos um trem direto de Santiago, da plataforma Alameda para Chillan. Entre esse percurso, o trem faz 10 paradas, o que é um pouco chato pela demora, mas muito bacana pela paisagem que pode ser apreciada com mais calma.

Paisagem do passeio de trem para Chillán
Paisagem do passeio de trem para Chillán

QUAL O MELHOR SEGURO DE VIAGEM PARA VOCÊ?










Para adquirir seu bilhete ou sua passagem de trem, você pode comprar online, no escritório da Alameda na Estação Central ou na estação de metrô Universidade de Chile.

Na hora de comprar os tickets, lembre-se de escolher as opções corretas para abrigar bagagens como malas, bicicletas ou esquis.

“A viagem de trem durou cerca de 4 horas e meia. É uma viagem segura e muito agradável, onde pode-se admirar as paisagens rurais de cidades extremas do Chile.”

Estrada a caminho dos Nevados de Chillán - Vista do vulcão
Estrada a caminho dos Nevados de Chillán – Vista do vulcão

VAMOS FALAR DE DINHEIRO?

Se precisar de empréstimo para a viagem, existem empresas especialistas em crédito pessoal para ajudar nesse sentido. Para conhecer algumas delas, clique aqui.

Um cartão de crédito internacional ajuda a acumular milhas e evita que você carregue muito dinheiro na viagem aumentando a segurança. Clique aqui para conhecer algumas opções.

Para ter acesso a vários serviços financeiros, gerenciar gastos e pagar boletos durante a viagem você pode criar uma conta digital em sites como esses aqui da lista.

A Chegada em Chillán

Chegando na estação de Chillán, fomos de van (em serviço de transfer que já havíamos contratado anteriormente), até nosso hotel em Las Trancas, o Hotel Termas de Chillán.

O nosso percurso durou cerca de uma hora até nosso destino final, o que foi teoricamente rápido, já que estávamos de van particular. De ônibus pode demorar mais.

A estrada que percorremos para subir a Las Trancas definitivamente não é para os fracos. A velocidade permitida é bem baixa, cerca de 20 quilômetros por hora pois as curvas são cotovelos bem apertados, chegando ao ponto de ter quase que parar o veículo para fazer a curva.

Pelo caminho existem paisagens de tirar o folego, o que faz valer cada minuciosa curva do Vale. Perdi a conta de quantas fotos eu tirei somente desse momento.

>> Leia também: Quanto custa viajar para o Chile?

Estrada cheia de curvas em Las Trancas
Estrada cheia de curvas em Las Trancas

COMPARADOR DE SEGURO DE VIAGEM

Caso preferir, você pode ir de Santiago a Chillán de outras formas, conforme lista abaixo:

  • De ônibus: A viagem leva cerca de 6 horas e o preço varia dependendo do horário e do tipo de e ônibus escolhido. Os ônibus operados pela Tur-Bus oferecem várias opções, como leito e semileito.
  • De carro: Você pode alugar um carro em Santiago em sites como da Rentcars e ir dirigindo até o centro de Chillán. São 5 horas de estrada, mas você tem a vantagem de ir parando pelo caminho para tirar fotos, nos lugares mais irresistíveis.
  • De avião: Parte de Santiago e desembarca no aeroporto de Concepción em menos de uma hora. O aeroporto é distante 180 km da cidade, e demora mais 2h30 de carro para chegar ao centro de Chillán.

>> Leia também: Dicas para as férias de julho no Chile

Vista do lindo Hotel Termas de Chillán
Vista do lindo Hotel Termas de Chillán

Hospedagem em Chillán

Chegando no nosso hotel em Chillán, que maravilha! Um digníssimo hotel para curtir o Vale Nevado no Chile.

Ficamos hospedados no Hotel Termas de Chillán por quatro dias. O hotel é muito bem localizado e dá acesso a todos os esportes que você pode praticar, tanto no inverno como no verão.

Quadro com poema falando sobre a montanha no Hotel Termas de Chillán
Quadro com poema falando sobre a montanha no Hotel Termas de Chillán

DICAS PARA A BAGAGEM

Importante conhecer as regras de bagagem antes de viajar para não pagar multa ou ser barrado de entrar no avião. Para conhecer as regras, clique aqui.

Se ainda não tem a mala para a viagem, pode fazer uma consulta e cotação de malas de viagem a partir de sites como esse clicando aqui.

Reserve um espaço nas malas para eventuais compras de roupas, presentes ou produtos típicos do destino.

Possui várias vistas incríveis! Para qualquer lado que você olhe é um verdadeiro cartão postal. Muitas vezes não deu nem vontade de sair do hotel e ficar ali só curtindo a natureza e o que o hotel tem de bom para oferecer.

Até porque esse hotel é completo. Possui restaurante, bar, café, academia, piscina, aluguel de bicicleta, sala de ioga, estacionamento, wi-fi, atividades de lazer noturna, caminhadas, quadras, karaokê, aulas de esqui, passeios a cavalo, spa, dentre outros serviços, todos oferecidos de maneira impecável.

Essa é a piscina do Hotel Termas de Chillán
Essa é a piscina do Hotel Termas de Chillán

Vale ressaltar que no Hotel Termas de Chillán é possível fazer o aluguel de roupas para ski, entre outros equipamentos para esqui. O hotel possui também uma loja de artigos variados.

O café da manhã do hotel é de tirar o chapéu! Eu que amo mirtilos me fartei todas as manhãs com esses frutos suculentos que, na minha opinião, são deliciosos demais. Pães variados e tudo muito farto.

Eu de pernas para o ar, relaxando com vista para as montanhas de Chillán
Eu de pernas para o ar, relaxando com vista para as montanhas de Chillán

Já que estávamos passeando e aproveitando para relaxar, acordávamos tarde e normalmente não almoçávamos, pois tomávamos café por volta das 11 horas.

Todos os dias saíamos para fazer caminhadas. Íamos em direções diferentes a cada dia, podendo explorar lugares diferentes, mas todos com algo em comum: uma natureza estonteante ao redor.

Em uma de nossas caminhadas passamos por uma pequena igreja local, muito bonita feita em pedras que nos chamou muito a atenção.

>> Leia também: Como foi nossa viagem para a Patagônia Chilena

Minha filha Flávia e seu esposo Renato fazendo caminhada em Chillán
Minha filha Flávia e seu esposo Renato fazendo caminhada em Chillán

O que mais gostamos em Chillán

Na verdade, gostamos de tudo em Chillán, especialmente onde ficamos hospedados. Fomos ao Valle Las Trancas, passear por ali descontraidamente, ouvir música na praça e visitar a catedral local.

Outro passeio que gostamos muito foi o Bosque Encantado. Ali nos deparamos com estátuas do mundo da fantasia e, assim, pudemos reviver nosso tempo de criança totalmente integrados à natureza magistral que reina por ali.

Pequena igreja local de Chillán
Pequena igreja local de Chillán

Chillán fica ao sul do Rio Nuble e ostenta em sua região central um memorial modernista, a Catedral de Chillán. O memorial foi construído em homenagem às vítimas de um terremoto, ocorrido em 1939.

Além das pistas de esqui, a sudeste, tem outros locais interessantes para visitar cidade, como o animado Mercado de Chillán, onde podemos apreciar e comprar lindos presentes variados, dentre eles cerâmicas e artesanato de vime.

>> Leia também: Como é o réveillon no Chile

Animais da natureza de Chillán
Animais da natureza de Chillán

Se você é fã de artigos históricos e religiosos, não pode deixar de visitar o Museu San Francisco. Você vai querer comprar de tudo, pois as peças oferecidas são maravilhosas.

Como todo lugar mais isolado, a cidade é um pouquinho mais distante para chegar, mas o tempo de viagem não é perdido, pois você verá cenários lindos.

Bicicletas subindo para a pista de teleférico de Chillán
Bicicletas subindo para a pista de teleférico de Chillán

Complexo Nevados de Chillán (ex Termas de Chillán)

O Complexo Nevados de Chillán é o centro de esqui de Chillán e uma das melhores opções sobre o que fazer no inverno em Chillán, com um total de 35 km de pistas de esqui, onde você pode optar por pistas com diferentes níveis de dificuldades.

É nesse complexo que fica a pista Três Marias, com 13 km de extensão, a mais longa pista de ski da América do Sul.

Mapa do Vale Nevado de Chillán
Mapa do Vale Nevado de Chillán

As pistas variam também de altura, e você pode escolher a sua, que ficam entre 1.500 m a 2.400 m de altitude.

Nos meses em que há neve, o complexo oferece atividades de esqui e snowboard e excursões divertidas que se prolongam pelo verão adentro. Para saber mais, visite o site oficial.

“A estação de ski é muito simples, mas compensa pela variedade de opções de pistas, sendo que em algumas delas lhe darão o privilégio de esquiar em meio aos bosques.”

Paisagem de cima do teleférico em Chillán
Paisagem de cima do teleférico em Chillán

Abaixo listamos 11 motivos do porquê escolher o Complexo Nevados de Chillán:

  1. Tem excelente qualidade de neve
  2. É rodeado por floresta nativa
  3. Oferece bons hotéis no estilo montanha
  4. Oferece serviços de spa
  5. Tem piscinas de águas termais
  6. Campos de golfe e de tênis
  7. Ginásio
  8. Discoteca
  9. Salas de conferência
  10. Bar e restaurante

>> Leia também: Dicas para passar um feriadão no Chile e Argentina

O que fazer fora de temporada de esqui em Chillán

Em temperaturas fora do inverno em Chillán, onde não há mais a presença de neve, o Vale oferece trilhas espetaculares para pratica com bicicletas, onde você pode subir em patamares diferentes com seu equipamento (bicicleta), para desfrutar dessa aventura ímpar pelo teleférico.

Se você não for tão radical como eu, pode apreciar um belíssimo passeio de teleférico que te dará uma sensação de liberdade, uma vez imerso em paisagens tão inebriantes, a uma altura bem plausível.

O melhor de tudo é que, seja inverno ou verão, os visitantes podem fazer deliciosos mergulhos nas águas curativas das piscinas, enquanto curte a paisagem deslumbrante das montanhas e do vulcão Chillán.

As piscinas comportam águas vulcânicas, naturais, cujas temperaturas variam entre 27 graus Celsius a 65 graus Celsius. Você entra e não quer mais sair!

Vamos ver agora as principais atrações:

O Machu Picchu Village é o ponto de partida do Valle de Águas Calientes
O Machu Picchu Village é o ponto de partida do Valle de Águas Calientes

Valle de Águas Calientes

Conhecida também como Machu Picchu Village, o ponto de partida para Machu Picchu, o Valle possui infraestrutura bem simples, somente para atender turistas que querem pernoitar ali para sair bem cedo para Machu Picchu.

Possui ruas beirando o Rio Urubamba e a linha de trem, repletas de lanchonetes e lojinhas que vendem souvenires. Em meio à linda paisagem do vilarejo surgem as irresistentes piscinas de águas termais que passam de 30 graus Celsius. Clique AQUI e saiba mais sobre o Valle de Águas Calientes.

>> Leia também: Como foi nossa viagem para San Pedro do Atacama

A majestosa Catedral de São Carlos Borromeo, a catedral de Chillán
A majestosa Catedral de São Carlos Borromeo, a catedral de Chillán

Catedral de Chillán

A Catedral de São Carlos Borromeo é um lindo templo católico dedicado a São Bartolomeu, que é padroeiro da cidade.

Foi construída após o terremoto de 1939, quando foi todinha destruída. Foi inaugurada em 1960, após duas décadas de construção.

O projeto da catedral fez parte da graduação do arquiteto Hernán Larraín Errázuriz, sobrinho do Bispo de Chillán e arquiteto na Pontifícia Universidade Católica do Chile.

Veja outros detalhes da Catedral de Chillán acessando o site oficial.

Bosque Encantado

O Bosque Encantado é um Parque Mitológico situado à beira da única estrada do vilarejo, com esculturas mitológicas sonorização e efeitos que transformam tudo em mágica.

Tanto adultos quanto crianças amam de paixão visitar o lugar, pois nos remetem a um mundo povoado de fadas, duendes, seres mitológicos e outros animais enormes.,

No parque você pode almoçar em um restaurante simples, mas aconchegante, aproveitar os serviços de spa e ainda adquirir lembrancinhas do local em uma loja de souvenires.

Se você quer sentir a magia por completo, pode locar uma das cabanas situadas no local e prolongar a sensação de encantamento que tomará conta de você. Saiba como agendar a visita ao Bosque Encantado de Chillán clicando AQUI.

>> Leia também: Artigo completo sobre seguro de viagem para o Chile

Esse é o Jardim Plaza de Armas de Chillán
Esse é o Jardim Plaza de Armas de Chillán

Plaza de Armas de Chillán

Situada ao lado de um passeio público, possui estacionamento subterrâneo de fácil acesso. Um local aconchegante para relaxar, arborizada e florida.

A praça é repleta de história, onde moradores, estudantes e visitantes se unem para tocar violão e cantar.

Escuela México

A Escuela México é um passeio imperdível da viagem para Chillán! Uma escola com murais que ocupam o teto e a parede de uma grande biblioteca. Infelizmente, é proibido tirar fotos no local.

Os atraentes murais foram feitos pelo artista mexicano Siqueiros Guerreiro e tem grande valor histórico. A escola foi doada a Chillan pelo governo do México após o terremoto de 1939.

Acessando o site oficial você fica sabendo mais sobre a Escuela México e ainda pode apreciar fotos de seus lindos murais.

Museo Claudio Arrau León

Nesse museu você faz um tour interessante, onde conhece ricos detalhes da vida e da carreira do famoso pianista Claudio Arrau León e também seu piano.

Um valioso momento de cultura e história em meio à adrenalina dos esportes da montanha. Visite o site oficial do Museo e saiba como visita-lo.

>> Leia também: Como comprar pacote de viagem para o Chile

Gruta del Pangue

Visitar a Gruta del Pangue é um passeio muito lindo e tranquilo para todas as idades. Faz parte de uma formação rochosa que tem no alto algumas cascatas lindíssimas.

Para chegar à Gruta você tem que caminhar cerca de 5 minutos, a pé, partindo das fontes termais. O trajeto segue por uma ladeira suave em meio à natureza, em pleno bosque.

Tem que prestar bem atenção pois a entrada da gruta não é muito visível, por ficar em uma curva, mas tem uma seta indicando.

Você tem duas opções de trilhas para chegar até lá. Uma das trilhas o levará até a gruta, embaixo da cachoeira.

A outra trilha vai levá-lo a um mirante, em frente à gruta, de onde você pode vê-la emoldurada por cachoeiras. Imperdível.

É sempre bom ir com um guia, que assim ficará mais tranquilo e poderá conhecer um pouco mais da natureza local, que o guia vai descrevendo.

Iglesia y convento las Carmelitas (la Virgen del Carmén)

Trata-se da primeira igreja da Ordem dos Carmelitas Descalças no Chile. Formada por refugiados espanhóis e padres carmelitas, firmou-se como ponto de partida das missões da ordem.

Considerada uma joia arquitetônica por seus vitrais, abóbada nervurada, arcos pontiagudos e imagens que vieram da Espanha, destaca-se ainda pela altura e imenso átrio.

Dedicada à Nossa Senhora do Carmo, padroeira do Chile, a igreja foi construída em estilo neogótica. É muito linda, com um interior surpreendente, mas precisa de reparos externos.

Entretanto, o jardim interno continua lindo e intrigante com suas lindas veredas. Conheça detalhes da história e saiba como visitar a Iglesia y convento las Carmelitas visitando o site oficial.

Presunto cru no restaurante Jamon Pan & Vino
Presunto cru no restaurante Jamon Pan & Vino

Gastronomia de Chillán

Restaurante Parador Jamon Pan & Vino

Pudemos observar que o Restaurante Parador Jamon Pan & Vino é frequentado por muitos moradores locais no horário da refeição. Vários trabalhadores o frequentam. A comida é especial e o presunto cru é local.

Há aqui um dos melhores Crème brûlée que já comi na vida, frutado e cremoso!

  • EndereçoSan Nicolás, Región del Bío, Chile
  • Telefone+56 9 9223 2244
Melhor creme Brulée da minha vida no restaurante Jamon Pan & Vino
Melhor creme Brulée da minha vida no restaurante Jamon Pan & Vino

Chil’in Pizzerie

O restaurante serve diversas opções de pratos, mas nos deliciamos com comida aconchegante e familiar: pizza! Para saber mais sobre o restaurante, acesse o site oficial.

Restaurante Termas de Chillán – Hotel

O restaurante do Hotel Termas de Chillán oferece um cardápio muito caprichado, e se tiver tempo no hotel, coma as empanadas que servem no bar.

Carne exótica (carne de ema) no restaurante do Termas de Chillán
Carne exótica (carne de ema) no restaurante do Termas de Chillán

Dicas de viagem para Chillán

  • Em Las Trancas não existe caixa eletrônico nem casa de câmbio. Por isso vá com dinheiro em espécie.
  • Utilizar GPS ou Google Maps não é uma boa escolha, possivelmente irão te levar a outro local.
  • Utilize um veículo 4×4, e se estiver em época de neve deve-se utilizar correntes nas rodas. Confie em quem já tem experiência.
  • Curta a natureza local!
  • E é expressamente proibido não comer um salmão no Chile, o top!

Finalizando

Como você viu ao longo do texto, Chillán é um dos destinos para você curtir seja no inverno ou no verão. No inverno para curtir as estações de esqui e no verão para curtir as trilhas e lindas paisagens.

Trouxemos aqui várias dicas de viagem para você não perder nenhum passeio, entre outras dicas de viagem para Chillán.

Agora queremos ouvir a sua opinião! Quais dos passeios você mais gostou? Deixe abaixo o seu comentário!

Abraço e até o próximo post!

Nilce Bueno
Nilce Bueno

Nilce Bueno teve experiências incríveis de viagem quando visitou a Europa e América do Sul e vem compartilhando suas histórias e experiências aqui no blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat