BAIXE GRÁTIS NOSSO KIT DE PLANEJAMENTO DE VIAGEM! CLIQUE AQUI!

Turismo em Salzburg na Áustria

Olá pessoal, aqui é a Nilce novamente trazendo mais dicas da nossa viagem para a Europa Central, no qual hoje vamos falar sobre o turismo em Salzburg na Áustria.

Salzburg é um local com verdes campos cercados pelo Rio Salzach, os alpes ao fundo, torres de igrejas centenárias e um castelo medieval sinistro observando o movimento lá do alto da colina… Beleza que não acaba mais!

Quem nunca assistiu Noviça Rebelde, um filme onde todos ficam babando com os cenários da cidade onde se passa a história?

Pois essa cidade que mora no imaginário de tanta gente é Salzburg, a cidade onde nasceu Wolfgang Amadeus Mozart, outro grande motivo para visitar a cidade.

Visitar Salzburg é uma oportunidade e tanto de ver cenários tão lindos ao vivo e ainda conhecer a casa onde morou o menino prodígio, local onde compôs suas primeiras melodias.

Pensando em tudo isso, quando fizemos viagem para Viena, minha família e eu nos programamos para fazer um passeio bate-volta a Salzburg. Se soubéssemos que era tão lindo, teríamos programado ficar mais dias por lá!

Sobre Salzburg

Trata-se de uma região montanhosa, com um charme atípico, que reúne cerca de 460 mil moradores. No país, a província de Salzburg é a mais frequentada depois da província de Viena.

Passou a integrar a Áustria, somente após o Congresso de Viena em 1815. Antes era um principado independente que era alinhado com o Sacro Império Romano, os Habsburgo ou a Roma.

Uma das vistas durante turismo em Salzburg na ponte Makartsteg
Uma das vistas durante turismo em Salzburg na ponte Makartsteg

QUAL O MELHOR SEGURO DE VIAGEM PARA VOCÊ?










Como chegar a Salzburg

O trajeto de ônibus de Viena a Salzburg foi excelente e inesquecível. Foram cerca de 3 horas de magia e encantamento pela estrada que serpenteia entre as montanhas, lagos e campos a perder de vista.

Optamos de chegar a Salzburg através de uma viagem de ônibus, trajeto que é de tirar o folego quando se avista as lindas paisagens cobertas de neve.

Mas o trajeto pode ser feito também em 3 horas de trem. Os trens partem de Viena, de Munique e de Praga, e devem oferecer paisagens igualmente magníficas.

Pode-se optar, ainda, por alugar um carro em Salzburg através de sites como da Rentcars. Assim é possível explorar melhor a região, conhecer os lagos e pequenas cidades que se espalham no trajeto que liga Salzburg a outras metrópoles.

Outra opção é chegar a Salzburg de avião. O desembarque é feito no aeroporto W.A.Mozart, distante 20 minutos do centro.

O aeroporto de Salzburg recebe voos de algumas cidades da Alemanha, Paris, Amsterdã, Londres e Viena, dentre outros locais.

Confira abaixo as distâncias até Salzburg partindo das principais cidades da região:

  • Partindo de Munique: 144 km – trajeto leva cerca de 1h40
  • Partindo de Innsbruck: 156 km – trajeto dura cerca de 2 horas
  • Partindo de Viena: 296 km – trajeto leva cerca de 3 horas
  • Partindo de Praga: 375 km – trajeto leva cerca de 4 horas
  • Partindo de Zurique: 451 km – trajeto leva cerca de 4h30

“A visita durou apenas um dia, mas aproveitamos cada minuto do tempo que lá passamos, embora tenhamos retornado à capital da Áustria com um gostinho de quero mais.”

>> Consultar preço de passagens aéreas

Paisagem do percurso até Salzburg
Paisagem do percurso até Salzburg

VAMOS FALAR DE DINHEIRO?

Se precisar de empréstimo para a viagem, existem empresas especialistas em crédito pessoal para ajudar nesse sentido. Para conhecer algumas delas, clique aqui.

Um cartão de crédito internacional ajuda a acumular milhas e evita que você carregue muito dinheiro na viagem aumentando a segurança. Clique aqui para conhecer algumas opções.

Para ter acesso a vários serviços financeiros, gerenciar gastos e pagar boletos durante a viagem você pode criar uma conta digital em sites como esses aqui da lista.

O que fazer em Salzburg

Existem muitas atrações para ver e conhecer em Salzburg e trouxemos aqui a experiência principalmente daqueles lugares que conhecemos.

Para começar, é importante dizer que o Rio Salzach acaba dividindo a cidade em duas partes, e que existem passeios em ambas. Podemos chamar as duas partes de Cidade Antiga e Cidade Nova.

  • Cidade Antiga: fica à esquerda do rio, de frente para a Cidade Nova, e ostenta construções medievais e barrocas. É exclusiva para pedestres.
  • Cidade Nova: Fica à margem direita do rio. Sua construção teve início no século XIX.
Margem do Rio Salzach, com vista para a Cidade Nova, na outra margem
Margem do Rio Salzach, com vista para a Cidade Nova, na outra margem

COMPARADOR DE SEGURO DE VIAGEM

Rua Getreidegasse

A Rua Getreidegasse também é conhecida como Rua do Grão e é uma rua comercial muito famosa, a principal do Centro Histórico da cidade.

Dentre as altas e estreitas casas medievais, encontra-se a casa número 9, local em que Mozart nasceu e morou até completar 17 anos.

É uma rua lindíssima, diferenciada, onde só se caminha a pé. O charme fica por conta das fachadas padronizadas e das placas em estilo medível, obrigatórias em toda rua.

Mesmo que você não queira comprar nada, vale a pena caminhar por ela, apreciar as vitrines das lojas de luxo, restaurantes e cafés instalados nas ruas medievais.

Ou até mesmo conhecer a cultura local, apresentada por artistas e músicos que se espalham nos pátios entremeados aos prédios das lojas, que se estendem por toda rua.

Os pátios são ótimos pontos de descanso, longe das multidões. Cada um tem encanto próprio, individual, que inclui arcos, arranjos de flores e murais, dentre elas a pintura da Virgem com o Menino, que fica entre a Schatz Haus e a Universitätsplatz.

O passeio é, ainda, uma ótima oportunidade para historiadores e apreciadores da arquitetura medieval, e também para aqueles que querem apenas adquirir souvenires, sempre com os temas de Mozart ou Noviça Rebelde.

Rua Getreidegasse (ou Rua do Grão)
Rua Getreidegasse (ou Rua do Grão)

Fortaleza Hohensalzburg

De qualquer ponto da cidade você avista a Fortaleza Hohensalzburg, um dos mais preservados exemplos da arquitetura medieval da cidade e também o maior castelo da Europa Central totalmente preservado.

Conhecida também como Castelo de Hohensalzburg, foi construída em 1077 no topo do Festungsberg e abrigou o poder político comandado por bispos naquela época.

Foi ampliado entre 1461 e 1466, ganhando reforços em sua muralha externa e quatro torres redondas: a Torre do Trompista (Tropeterturm), a Torre do Relógio (Glockenturm), a Torre do Ferreiro (Schmiedturm) e a Torre das Ervas (Krautturm).

Possui 250 metros de cumprimento e largura de 150 metros, e cada parede ou canto do Castelo tem sua própria história, lenda ou mito.

Hoje é o cartão postal de Salzburgo e recebe cerca de 1 milhão de visitantes por ano, tornando-se a segunda atração turística mais visitada da Áustria.

Fortaleza de Hohensalzburg domina o cenário em Salzburg
Fortaleza de Hohensalzburg domina o cenário em Salzburg

DICAS PARA A BAGAGEM

Importante conhecer as regras de bagagem antes de viajar para não pagar multa ou ser barrado de entrar no avião. Para conhecer as regras, clique aqui.

Se ainda não tem a mala para a viagem, pode fazer uma consulta e cotação de malas de viagem a partir de sites como esse clicando aqui.

Reserve um espaço nas malas para eventuais compras de roupas, presentes ou produtos típicos do destino.

Ponte de pedestre Makartsteg

Conhecida também como Ponte dos Cadeados, a Ponte Makartsteg liga a Cidade Nova à Cidade Antiga.

Atravessa-la a pé é um passeio obrigatório, pois além da vista panorâmica dos dois lados da cidade você pode admirar também os alpes sob um outro prisma.

Os patos nadando calmamente no rio, sob o céu azul, nos remete a uma sensação de paz e harmonia com a natureza.

Se você passar por ela à noite, o cenário muda, e você se vê imerso em mundo mágico, onde parece flutuar sobre o rio em meio às luzes fulgurantes da cidade.

Ao passar por ela tivemos uma imagem surreal: inúmeros cadeados travados nas grades da ponte, que nos inseriram no clima romântico da terra de Mozart.

São os cadeados do amor (love lockers), símbolos da crença que o amor entre duas pessoas pode ser resistente.

“É claro que meus filhos Renato e Flávia, casados há pouco tempo, lá colocaram o seu cadeado, com muita fé.”

Se você for com seu amor, pode levar seu cadeado na bolsa e fixá-lo junto aos outros na grade, como símbolo da união do casal.

Mas se esquecer o cadeado, não seu preocupe. Nas lojas ali por perto você poderá comprar um deles. Só não pode esquecer de jogar as chaves no rio e declarar seu amor, como manda o costume!

Ponte Makartsteg ou Ponte dos Cadeados
Ponte Makartsteg ou Ponte dos Cadeados

Mozarts Geburtshaus

A Casa Número 9 é onde nasceu e morou Mozart e hoje virou o Mozarts Geburtshaus que é um museu montado na casa onde Mozart nasceu e viveu sua infância e juventude.

A casa fica na Getreidegasse, número 9, e é uma das atrações mais visitadas de toda Áustria. No local pode-se ter contato com objetos pessoais do músico e conhecer algumas de suas obras e história.

Se tiver oportunidade, vá conhecer também o Mozart-Wohnhaus, que possui um acervo maior do que a casa onde ele nasceu.

A casa também é bem maior e fica em frente ao Hotel Bristol Salzburg. Mozart viveu nesse local de 1773 a 1781.

Mozarts Geburtshaus em Salzburg
Mozarts Geburtshaus em Salzburg

Mozartplatz

A Praça Mozart (Mozartplatz) fica entre as praças Residenz e Wagplatz, no centro do distrito histórico da cidade. No ponto central ergueu-se o Monumento a Mozart, um projeto de Ludwing Schwanthaler.

Trata-se de uma estátua fundida em bronze em 1842, que foi inaugurada na presença dos filhos de Mozart em setembro do mesmo ano. Um importante patrono da estátua foi Ludwing I, rei da Baviera, que doou o pedestal de mármore.

Acredita-se que o local da praça foi escolhido devido à esposa de Mozart, Constanze Mozart-Nissen, ter residido na casa número 8 situada na atual praça.

A Praça Mozart de Salzburg
A Praça Mozart de Salzburg

Catedral de Salzburg

Dentre as lindíssimas igrejas de Salzburg, destacamos essa catedral por sua grandiosidade e beleza, e também por ser o local de batismo de um dos ícones da música clássica, Mozart.

Foi na Catedral de Salzburg que Mozart, com 23 anos, tocou a composição “Missa do Coração” pela primeira vez. Os acordes da música exprimem a necessidade do perdão e da paz na relação entre os homens.

A igreja é facilmente localizada devido à sua cúpula imponente e duas torres na cor verde, com 81 metros de altura, construídas em estilo barroco italiano.

Até hoje ainda tocam nas torres, dois dos sete sinos originais. Na fachada existem dois portões que acessam as portas da catedral, feitas em bronze.

Estátuas lindíssimas dos evangelistas São João, São Lucas, São Mateus e São Marcos dominam o centro da nave.

Outros detalhes podem ser admirados se você conseguir tirar os olhos do teto da igreja, todinho trabalhado com imagens da caminhada de Jesus, iluminada do começo ao fim, com cenas finais de sua ressurreição.

Comprar ingressos para os passeios

Uma das vistas da Catedral de Salzburg
Uma das vistas da Catedral de Salzburg

Residenzplatz

Um dos locais que não se pode deixar de conhecer em Salzburg é a Praça da Residência dos Arcebispos (Residenzplatz).

No centro da praça pode-se apreciar um dos monumentos barrocos mais importantes da cidade. A obra é considerada o maior chafariz barroco da Europa Central.

Falamos aqui de uma fonte muito imponente, obra de Tommaso di Garone, famoso artista italiano.

O monumento foi construído em calcário, entre 1656 e 1661, e é chamado de Resdenzbrunnen. Ostenta no alto uma estátua de Tritão expelindo jatos de água para cima.

A Praça Residenzplatz recheada de barracas de artesanatos locais
A Praça Residenzplatz recheada de barracas de artesanatos locais

Cemitério Petersfriedhof ou de São Pedro

Parece tétrico, mas fizemos questão de visitar o Cemitério de São Pedro, para apreciar “in loco” o cenário de uma das cenas do filme “A Noviça Rebelde”, que achamos muito charmoso.

É muito comum na Europa se visitar cemitérios, pois eles guardam grandes histórias. Eu, particularmente, acho todos muito fascinantes, pois expressam a cultura local.

Chamado também de “Jardim de Deus”, é nesse cemitério que estão enterrados os corpos de figuras ilustres da Áustria e também da irmã mais velha de Mozart, Maria Anna Mozart, falecida em 1829.

Trata-se de um cemitério pequeno, que fica no sopé do Castelo Hohensalzburb com o Festungsberg, incrustado em uma rocha, ao lado de um bistrô que leva seu nome.

É o cemitério mais antigo da cidade. Surgiu no ano de 696, por ocasião da fundação do mosteiro e da Igreja de São Pedro.

“Embora muito antigo e sombrio, é muito lindo e bem cuidado, o que faz com que seja um dos cemitérios mais visitados da Áustria.”

Por onde se caminha em suas dependências, pode-se admirar a beleza das flores, da arte sacra e arquitetônica das lápides, construídos em mármore e ferro fundido no estilo rococó.

Ao visitarmos as catacumbas e altares que são cavados dentro das pedras, o peso dos anos e o mistério que paira no ar nos transportaram aos primórdios da humanidade. Foi uma sensação indescritível e surreal!

Um dos trechos do Cemitério de São Pedro: pura arte
Um dos trechos do Cemitério de São Pedro: pura arte

Abadia de São Pedro

Por volta dos anos 800 foi construída dentro do cemitério o mosteiro ou Abadia de São Pedro (Sift Sankt Peter), cuja igreja ostenta um interior de luxo, no estilo rococó.

A abadia mantém um acervo de instrumentos musicais, obras de arte premiadas e outros tesouros, como uma biblioteca com manuscritos musicais antigos.

Jardins do Schloss Mirabell

O Palácio Mirabell foi utilizado por vários arcebispos, e hoje é ocupado por órgãos administrativos. Possui uma lindíssima escadaria, conhecida como Escadaria dos Anjos com estátuas e adornos belíssimos e preservados.

Neste palácio estão localizados os Jardins do Schloss Mirabell, ao qual visitamos com dedicada apreciação de seus riquíssimos detalhes.

Vista dos Jardins Schloss Mirabell com neve
Vista dos Jardins Schloss Mirabell com neve

Monumento Sphaera

Na área da Kapitelplatz, localizada ao lado da Catedral de Salzburg, encontra-se um monumento dourado reluzente e muito chamativo.

Trata-se de uma obra de Stephan Balkenhol. Com cerca de nove metros de altura, desde o chão, leva o título de Sphaera e foi feita em 2007.

Em cima da esfera dourada, há um homem, de vestimenta branca e preta com expressão indiferente, que representa a figura humana.

Na foto, minha filha Flavia aprecia a majestosa e intrigante Bola dourada, o monumento Sphaera
Na foto, minha filha Flavia aprecia a majestosa e intrigante Bola dourada, o monumento Sphaera

Curiosidades da nossa viagem a Salzburg

Durante a nossa viagem para Salzburg, foi tanto aprendizado e conhecimento que alguns pontos e fatos chamaram a atenção, como esses que destaco abaixo:

  • Com apenas 13 anos Mozart compôs uma missa para o abade do mosteiro. Isso ocorreu em 1769, mas até hoje se realizam concertos com obras do compositor no interior da abadia.
  • Pode parecer mentira, mas nos surpreendemos com um restaurante instalado nas adegas da abadia. Acredita-se que seja um dos mais antigo da Europa, ideal para quem gosta de excentricidade.
  • Em qualquer esquina de Salzburg você encontra o famoso Chocolate Mozart, um bombom em formato de bolinha feita com chocolate, com recheio de marzipã, nougat e creme de pistache. O bombom foi criado em 1890, por ocasião das celebrações dos 100 anos da morte de Mozart, e hoje é fabricado por várias marcas, dentre elas a Mirabel. Entretanto, o bombom original só é encontrado em uma das quatro lojas da confeitaria Fürst.

Gastronomia em Salzburg

Assim como dissemos no nosso texto sobre Viena, a gastronomia de Salzburg segue os princípios da culinária alemã, a base de muitas batatas, carne suína e salsichões.

Porém alguns restaurantes fogem do tradicional e trazem pratos também baseados em frutos do mar, assim como de outras culturas ao redor do mundo.

Na Rua do Grão, a Rua Getreidegassse, há uma infinidade de opções de restaurantes, para todos os gostos e bolsos.

Restaurante Nordsee

Fomos almoçar no Nordsee, um restaurante ao qual você escolhe os frutos do mar, peixe e acompanhamento na hora. Rápido e prático.

Estava muito cheio de gente e conseguir uma mesa foi uma missão quase impossível, mas a espera valeu a pena. Tudo muito saboroso! Para saber mais sobre o Nordsse, clique aqui.

Calda de Lagosta acompanhado de arroz com frutos do mar, molho e batatas
Calda de Lagosta acompanhado de arroz com frutos do mar, molho e batatas

Outras dicas de viagem para Salzburg

Segue abaixo algumas dicas de viagem importantes para você considerar quando viajar para Salzburg.

  • Como na Áustria não existem pedágios, ao alugar um carro você tem que ter o cuidado de adquirir um adesivo, chamado Vignette, para colar no vidro frontal do veículo e transitar tranquilamente. O adesivo pode ser adquirido na fronteiro ou em postos de gasolina do país.
  • Para visitar as atrações de Salzburg, se você não comprou ingressos antes da viagem, é importante que, logo ao chegar, você vá até um dos Centros de Informações Turísticas de Salzburg para adquirir os Um deles fica na Praça Mozart e outro na Estação Central de Salzburgo.
  • Não se esqueça de comprar alguns bombons Mozart para levar de lembrança aos amigos e familiares. Vale a pena investir nos originais.
  • Se pretende colocar seu “cadeado do amor” na ponte Makartsteg, nada melhor que comprar e personalizar o seu antes de seguir viagem. Fica mais ao seu gosto e muito mais barato!
  • Irresistível. Não dá para deixar de adquirir um artesanato local. O difícil é escolher somente um. Fomos na época do Natal, portanto existiam milhares de decorações de Natal lindíssimas.
Artesanatos de Natal em Salzburg
Artesanatos de Natal em Salzburg

Finalizando

Foi uma grata surpresa ter incluído Salzburg na nossa viagem para a Europa. Lugar lindo, cheio de história para contar, além de uma receptividade incrível. Com certeza é um lugar que indicamos para todos os nossos amigos.

Aqui no artigo procuramos trazer informações sobre os principais pontos turísticos de Salzburg e dicas para que você possa aproveitar a viagem tanto quanto nós aproveitamos.

Lembre-se de que ao fazer turismo em Salzburg se faz obrigatório o seguro de viagem, já que a Áustria faz parte do Tratado de Schengen.

Agora queremos ouvir a sua opinião. Qual dos pontos turísticos da nossa viagem para Salzburg você ficou com vontade de conhecer? Deixe abaixo o seu comentário!

Abraço e até o próximo artigo!

SUA VIAGEM COMEÇA AQUI!

  • Se quiser viajar para o paraíso, o Zarpo tem os melhores pacotes de viagem em resorts e hotéis de tirar o fôlego.
  • Para encontrar a passagem aérea com o menor preço do mercado, não deixe de consultar o site da MaxMilhas que consulta os preços em várias companhias aéreas!
  • Reserve diárias de hotel no mundo inteiro de maneira prática e segura no Booking.com, com opção de cancelamento grátis e sem precisar pagar antecipadamente!
  • Precisa de aluguel de carro? Na RentCars o pagamento é feito em reais, sem cobrança de IOF parcelado sem juros no cartão ou com 5% de desconto no boleto.
  • E não esqueça do seguro viagem. Na Seguros Promo você usa o cupom VIDADETURISTA5 e ganha desconto de 5% na compra.
  • Para os passeios, ingressos para tours, shows e entradas em museus você pode contar com a Get Your Guide em vários lugares do mundo.
  • Com o cupom VIDADETURISTA da América Chip você ganha 5% de desconto na compra de um chip internacional para viajar conectado o tempo todo.

Ao fazer uma compra com um parceiro através do blog recebemos uma pequena comissão. Ninguém paga a mais por isso e de quebra ajuda o blog a trazer sempre artigos e novidades atualizadas. Obrigado! =)

Nilce Bueno
Nilce Bueno

Nilce Bueno teve experiências incríveis de viagem quando visitou a Europa e América do Sul e vem compartilhando suas histórias e experiências aqui no blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat