BAIXE GRÁTIS NOSSO KIT DE PLANEJAMENTO DE VIAGEM! CLIQUE AQUI!

Passeio na Linha Turismo de Curitiba

Olá pessoal, aqui é a Grace trazendo mais um texto contando nossas aventuras e passeios pelo Paraná, sendo que hoje vamos falar sobre o passeio na Linha Turismo de Curitiba.

Esse foi mais um passeio divertidíssimo e dessa vez minha convidada foi a minha amiga mineira Aline Sousa. A Aline na verdade já conhece e ama a cidade de Curitiba há muito tempo, mas nunca havia feito o passeio da Linha Turismo.

Foi assim que, quando ela veio me visitar, decidi que ela seria a companhia para a aventura! E ela prontamente topou o passeio comigo.

Vamos contar como foi essa aventura, falar sobre os pontos turísticos visitados e trazer dicas para você aproveitar o passeio quando fizer viagem para Curitiba.

O que é a Linha Turismo de Curitiba?

A Linha Turismo de Curitiba é o passeio mais procurado pelos turistas quando estão na cidade. A bordo de um ônibus especial você parte para conhecer vários pontos turísticos de Curitiba.

O ônibus é de dois andares, sendo que o andar debaixo é fechado com janelas, ideal para aqueles dias mais frios ou de chuva.

Já o andar de cima tem as janelas totalmente abertas, tal qual aqueles ônibus de turismo que vemos em Londres ou outras cidades turísticas, o que é ótimo para você ter uma visão ampla dos passeios, assim como tirar fotos sem janelas ou partes do ônibus atrapalhando.

Ônibus da Linha Turismo de Curitiba
Ônibus da Linha Turismo de Curitiba

QUAL O MELHOR SEGURO DE VIAGEM PARA VOCÊ?










Como fazer o passeio pela Linha Turismo?

A primeira etapa é escolher onde você quer pegar o ônibus. Geralmente as pessoas escolhem a Praça Tiradentes, considerada a primeira parada, mas ela não é obrigatoriamente a primeira.

Existem outros lugares que você pode embarcar aproveitando a proximidade da sua hospedagem em Curitiba. Se para você ficar mais fácil pegar o ônibus em outras paradas, não tem problema, pois ele faz a volta completa (se você pegar o ônibus até as 15 horas).

Depois de escolhido o ponto de partida, você deve adquirir um cartão especial da Linha Turismo que para nós saiu pelo valor de R$ 50,00. Este cartão é válido por 24 horas e você pode descer em quantas paradas desejar e depois subir de novo utilizando o mesmo cartão.

No nosso caso, escolhemos fazer uma volta (quase) completa. O total de paradas durante o passeio é de 26, como mostra o mapa disponibilizado pela URBS que você pode conferir abaixo.

Optamos por pegar o ônibus na parada 3 e descemos na 23!!! Quase a volta completa, mas passamos especialmente pelos lugares que a Aline ainda não conhecia e agora vou trazer detalhes do nosso roteiro.

Trajeto da Linha Turismo de Curitiba
Trajeto da Linha Turismo de Curitiba

VAMOS FALAR DE DINHEIRO?

Se precisar de empréstimo para a viagem, existem empresas especialistas em crédito pessoal para ajudar nesse sentido. Para conhecer algumas delas, clique aqui.

Um cartão de crédito internacional ajuda a acumular milhas e evita que você carregue muito dinheiro na viagem aumentando a segurança. Clique aqui para conhecer algumas opções.

Para ter acesso a vários serviços financeiros, gerenciar gastos e pagar boletos durante a viagem você pode criar uma conta digital em sites como esses aqui da lista.

Nosso embarque para o passeio

Para começar o passeio pela Linha Turismo, fomos até a Praça Rui Barbosa onde mostrei para a Aline a “Rua da Cidadania Matriz” com a sua super feirinha. No local você encontra muito artesanato, produtos coloniais e utensílios diversos (de cozinha, de decoração, etc).

Depois do passeio pela Praça Rui Barbosa, seguimos para o ônibus da Linha Turismo. Pulamos a parada 1 (Praça Tiradentes) e 2 (Rua XV de Novembro / Rua das Flores), pois já eram lugares conhecidos.

No caso da famosa Rua das Flores, vale mesmo a pena conhecer em uma outra oportunidade (como fizemos) e atravessar o calçadão a pé, o que é uma grande experiência cultural.

“No local você verá algumas belíssimas obras de arquitetura e diversos tipos de artistas com destaque especial para os músicos ao longo do calçadão que tocam desde MPB até flamenco!”

A Praça Tiradentes é considerada o local onde a cidade nasceu, e onde fica a Catedral de Curitiba que, claro, também vale conferir!

Escolhemos então a terceira parada, a que fica em frente à Rua 24 Horas para assim a Aline conhecer mais um de nossos cartões postais antes mesmo de embarcar.

Fazia muito tempo que eu não ia à Rua 24 Horas (que na verdade é uma galeria que liga duas ruas do centro de Curitiba). Descobri que atualmente, além de lojas, restaurantes e serviços, também são expostas obras de arte de artistas locais, especialmente quadros.

A Rua 24 Horas realmente funcionavam 24 horas por dia, mas com o passar do tempo teve seu horário reduzido. Hoje as lojas funcionam até às 19 horas e a praça de alimentação até às 22 h.

A Aline ficou encantada tanto com a arquitetura diferenciada quanto com as obras expostas. Por falar em arquitetura, por conta do seu visual, o local é muitas vezes eleito para fotos de noivos e de formandos, é mesmo muito bonito!

Nós duas (Grace e Aline) no passeio da Linha Turismo
Nós duas (Grace e Aline) no passeio da Linha Turismo

COMPARADOR DE SEGURO DE VIAGEM

Embarque no ônibus da Linha Turismo

Nosso ônibus então chegou e não sei dizer qual de nós duas estava mais ansiosa pelo passeio. Depois de entrar, fomos diretamente para o segundo andar, de onde a vista da cidade é completamente diferente, pois podemos ver “além dos muros” e assim desfrutar de paisagens que, mesmo morando aqui, raramente podemos ver.

O ônibus possui cintos de segurança e porta copos, além de um sistema de som integrado que narra um pouco da história de cada ponto turístico em 4 idiomas (Português, Inglês, Espanhol e Francês).

Saindo da Rua 24 horas de Curitiba, passamos novamente pela praça Rui Barbosa e seguimos em direção ao Museu Ferroviário.

A curiosidade é que o Museu Ferroviário fica em um shopping, ou melhor, o shopping foi construído onde era a antiga estação ferroviária, e então parte dela foi mantida e transformada em um pequeno museu.

Esta obra de arquitetura na verdade fazia parte da estrada de ferro Curitiba até Paranaguá (a mesma do passeio de trem de Curitiba até Morretes, que contamos aqui no blog).

O acesso ao museu é gratuito e ali você pode ver uma réplica da bilheteria, alguns itens históricos e também entrar em um vagão antigo onde nas janelas tem telas com fotografias da vista da estrada de ferro.

A próxima parada foi o Teatro Paiol, um antigo paiol de pólvora que foi transformado em um teatro de arena. Atualmente ele tem uma programação especialmente voltada para música brasileira.

O lindo grafite em frente ao Jardim Botânico de Curitiba
O lindo grafite em frente ao Jardim Botânico de Curitiba

A passagem pelo Jardim Botânico

Depois a próxima passagem foi no nosso queridinho, o Jardim Botânico de Curitiba. Sabe quando digo que do ônibus podemos ver coisas que normalmente não paramos para prestar atenção?

Foi o caso desse belo grafite da foto. Ele fica bem em frente ao Jardim Botânico.

O ônibus passa muito rapidamente por um local de onde dá para ver a estufa então, mas é muito rápido mesmo.

“Se você não conhece ainda nosso xodó que é o Jardim Botânico, recomendo que faça uma parada por aqui até a chegada do próximo ônibus que vem dentro de meia hora.”

>> Leia também: Passeio pelos parques de Curitiba

O Mercado Municipal de Curitiba vale a visita
O Mercado Municipal de Curitiba vale a visita

DICAS PARA A BAGAGEM

Importante conhecer as regras de bagagem antes de viajar para não pagar multa ou ser barrado de entrar no avião. Para conhecer as regras, clique aqui.

Se ainda não tem a mala para a viagem, pode fazer uma consulta e cotação de malas de viagem a partir de sites como esse clicando aqui.

Reserve um espaço nas malas para eventuais compras de roupas, presentes ou produtos típicos do destino.

A passagem pelo Mercado Municipal

Seguindo viagem o ônibus passa pelo Mercado Municipal de Curitiba, e depois pela Praça Santos Andrade onde fica localizado o maravilhoso Teatro Guaíra e o prédio histórico da Universidade Federal do Paraná – UFPR.

Na época de Natal tem feira na praça e também uma roda gigante! Ainda no centro de Curitiba, passamos pelo Paço da Liberdade que é um edifício considerado Patrimônio Histórico Nacional.

Atualmente é uma sede do Serviço Social do Comércio – SESC, onde também tem diversas exposições e atividades.

Logo depois vem o passeio público de Curitiba, local onde tinha o primeiro zoológico da cidade. Hoje é um local que abriga alguns animais pequenos e algumas aves (inclusive nós voltamos lá no dia seguinte para fotografar e andar de patinete!)

>> Leia também: 20 curiosidades de Curitiba para a sua viagem

Essa é a Universidade Federal do Paraná
Essa é a Universidade Federal do Paraná

A passagem pelo Centro Cívico

O ônibus também passou em seguida pelo Centro Cívico onde está localizada a Prefeitura de Curitiba e o Palácio do Governo do Paraná, seguindo para o Bosque do Papa e o Museu Oscar Niemeyer.

Depois é que vem outros grandes parques como o Bosque Alemão, no qual recomendo muito a descida neste bosque histórico, até porque a esta altura, começa a ficar cansativo só olhar as coisas de dentro do ônibus.

“Como ele na verdade faz paradas rápidas para embarque e desembarque, não dá tempo de fazer aquelas fotinhos que tanto amamos e tem lugares que merecem a descida!”

A seguir, o ônibus passa pela Universidade Livre do Meio Ambiente, o Parque São Lourenço e chega no Parque da Pedreira, onde também fica o famoso Teatro Ópera de Arame, outro famoso ponto turístico da capital do Paraná.

>> Leia também: Nossa visita ao Museu Oscar Niemeyer

Nossa visita ao primeiro zoológico de Curitiba
Nossa visita ao primeiro zoológico de Curitiba

A passagem pelo parque Tanguá

Não longe dali o ônibus leva os turistas para o Parque Tanguá, que é um cenário lindo para fotografia, muitas vezes escolhido para ensaios fotográficos na cidade, principalmente no pôr-do-sol, que vale ser conferido de perto.

O trajeto até o próximo parque é um pouco mais longo do que entre os demais pontos, e você poderá perceber a arquitetura das casas, muito verde e o urbanismo da cidade.

Segundo a Aline, também percebe muita gente bonita de todo jeito, caminhando, correndo, andando de bike, trabalhando. É fato que quando estamos no ônibus da linha turismo, todo mundo olha para nós, então, para os solteiros #FicaADica, né!

>> Leia também: Dicas para as férias de julho em Curitiba

A Linha Turismo também passa em frente à Igreja Ucraniana
A Linha Turismo também passa em frente à Igreja Ucraniana

A passagem pelo Parque Tingui

Chegamos no Parque Tingui e no Memorial Ucraniano, um espaço delicioso, bom para caminhar e espairecer um pouco antes de seguir viagem. No local você poderá conhecer a réplica de uma linda igreja Ucraniana.

O ônibus passa em seguida pelo portal italiano que marca a entrada do bairro de Santa Felicidade, nosso Bairro Italiano onde vale a pena experimentar da sua culinária e gastronomia.

Para quem entende de vinho, você encontra adegas especiais e pode comprar alguns de lembrança. O ônibus também passa na área dos restaurantes mais famosos como o premiado Restaurante Madalosso.

Foi aqui que nós descemos, bem em frente aos restaurantes, e demos uma passeada e voltamos para casa, pois já era final de tarde.

Os demais pontos por onde o ônibus passa são o Parque Barigui (onde você pode inclusive alugar uma bike para passear), a Torre Panorâmica (uma das melhores vistas da cidade em dias de céu aberto) e o Setor Histórico (conhecido também como largo da ordem, um bom lugar para encerrar o passeio e fazer um happy hour.)

>> Leia também: Como é o réveillon em Curitiba

Paço da Liberdade em Curitiba
Paço da Liberdade em Curitiba

Dicas para o passeio da Linha Turismo

Como eu falei, no dia seguinte ao passeio pela Linha Turismo de Curitiba fomos visitar outros lugares com mais calma, porque realmente é um passeio que passa pelos lugares, mas não permite você conhecer eles de verdade.

Mesmo assim, na minha opinião, vale cada centavo dos R$ 50,00 da passagem, principalmente se você utilizar uma tarde e uma manhã por exemplo, e aproveitar para descer no máximo de pontos.

“A verdade é que em um dia só, fica muito cansativo se for para descer e andar em cada parque. Provavelmente você não irá aproveitar ao máximo.”

Então minha dica é no Dia 1 você pegar o ônibus na Praça Tiradentes no início da tarde, escolher três parques para descer, depois retornar ao ônibus e descer no Largo da Ordem para um happy hour.

Tendo conhecido o trajeto, no Dia 2 pela manhã, pegar o ônibus na parada que for mais conveniente e então escolher outros dois parques para descer e almoçar em Santa Felicidade. Se o dia estiver aberto, fazer uma parada na Torre Panorâmica para apreciar a bela vista de Curitiba do alto!

Os parques que recomendo desembarcar são: Jardim Botânico, Parque Tanguá, Bosque Alemão, São Lourenço, Parque Tingui e Parque Barigui.

>> Leia também: 5 roteiros para as férias de julho no sul do Brasil

Jardim Botânico em Curitiba
Jardim Botânico em Curitiba

Finalizando

Como você viu ao longo do texto, o passeio da Linha Turismo de Curitiba passa praticamente por todos os principais pontos turísticos de Curitiba, o que é muito legal para quem está conhecendo a cidade pela primeira vez.

Não se esqueça de viajar com sua família protegido com um seguro de viagem aqui do Brasil para ter acesso a serviços particulares de médicos sem depender do SUS.

Agora queremos ouvir a sua opinião. Qual dos pontos turísticos da Linha Turismo você gostaria de parar primeiro? Deixe abaixo o seu comentário!

Abraço e até o próximo post!

SUA VIAGEM COMEÇA AQUI!

  • Se quiser viajar para o paraíso, o Zarpo tem os melhores pacotes de viagem em resorts e hotéis de tirar o fôlego.
  • Para encontrar a passagem aérea com o menor preço do mercado, não deixe de consultar o site da MaxMilhas que consulta os preços em várias companhias aéreas!
  • Reserve diárias de hotel no mundo inteiro de maneira prática e segura no Booking.com, com opção de cancelamento grátis e sem precisar pagar antecipadamente!
  • Precisa de aluguel de carro? Na RentCars o pagamento é feito em reais, sem cobrança de IOF parcelado sem juros no cartão ou com 5% de desconto no boleto.
  • E não esqueça do seguro viagem. Na Seguros Promo você usa o cupom VIDADETURISTA5 e ganha desconto de 5% na compra.
  • Para os passeios, ingressos para tours, shows e entradas em museus você pode contar com a Get Your Guide em vários lugares do mundo.
  • Com o cupom VIDADETURISTA da América Chip você ganha 5% de desconto na compra de um chip internacional para viajar conectado o tempo todo.

Ao fazer uma compra com um parceiro através do blog recebemos uma pequena comissão. Ninguém paga a mais por isso e de quebra ajuda o blog a trazer sempre artigos e novidades atualizadas. Obrigado! =)

Grace
Grace

Grace traz histórias e aventuras por Curitiba e região (cidade onde mora) e também dicas de lugares de João Pessoa, onde morou lá por 2 anos.

2 comentários em “Passeio na Linha Turismo de Curitiba
  • Avatar
    02/10/2020 em 12:33
    Permalink

    Nunca tinha andado no ônibus de turismo e foi uma experiência incrível, ainda mais na companhia da minha amiga Grace!♥️ Curitiba é uma cidade linda e vale a pena conhece-la cada vez mais. ♥️♥️♥️

    Resposta
    • Avatar
      23/10/2020 em 18:20
      Permalink

      Amei nosso passeio amigaaaa!!! Faremos outros juntas!

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat