BAIXE GRÁTIS NOSSO KIT DE PLANEJAMENTO DE VIAGEM! CLIQUE AQUI!

Um passeio em Kutná Hora na República Checa

QUAL O MELHOR SEGURO DE VIAGEM PARA VOCÊ?










Olá pessoal, é a Nilce aqui novamente continuando a nossa série de artigos sobre nossa viagem para Praga. Hoje em especial vamos falar do passeio a Kutná Hora.

Se você ainda não leu os textos sobre a Cidade Velha e a Cidade Pequena, recomendo a leitura antes de continuar no artigo.

O amanhecer de nosso terceiro dia no Hotel Paris, em Praga, foi repleto de ansiedade. Afinal, iríamos conhecer o famoso Ossuário, localizado na cidade de Kutná Hora, no bairro de Sedlec.

Na realidade, trata-se de uma pequena capela decorada com ossos humanos, que tem em anexo um pequeno cemitério.

Nesse artigo vamos contar detalhes de como foi o passeio, o que você vai encontrar na cidade, a história do lugar e dicas para você aproveitar melhor quando estiver fazendo turismo em Kutná Hora.

Como chegar até Kutná Hora

Fizemos um tour muito interessante, que recomendo a todas as pessoas que visitarem Praga. A van nos pegou no hotel e fomos para a cidade de Kutná Hora, onde visitamos também a Igreja de Santa Bárbara.

Nos dias de semana pode-se também chegar a Kutná Hora de trem, que sai da principal estação de trem de Praga de hora em hora. Aos fins de semana os horários do trem são reduzidos, mas você pode pegar um taxi ou uma van.

O trajeto dura 1 hora mais ou menos e para não depender de ninguém e fazer os seus horários você também pode alugar um carro em Praga a partir de sites como da Rentcars.

Na mesma rua da Igreja dos Ossos fica um escritório de turismo, onde pegamos um mapa com as atrações locais. Esse escritório também oferece o serviço de agendamento de taxi e van para a volta, os quais podem ser compartilhados.

>> Fazer cotação para o aluguel de carro

Passeio em Kutná Hora - Vale a pena?
Passeio em Kutná Hora – Vale a pena?

COMPARADOR DE SEGURO DE VIAGEM

A cidade de Kutná Hora

Localizada há cerca de 80 km de Praga, Kutná Hora é uma pequena e aprazível cidade, que atrai muitos turistas e viajantes, principalmente por possuir essa pequena igreja, decorada de ossos humanos.

A cidadezinha tem, ainda, outros pontos de atração, dentre eles o templo gótico de Santa Bárbara, a Igreja de São Tiago, a Igreja de São João Nepomuceno, a Igreja de Nossa Senhora, e o Colégio Jesuíta, que mais parece um palácio, ligado à Igreja de Santa Bárbara por uma rua repleta de estátuas de santos.

Mesmo com tantas atrações belíssimas, a cidade recebe muitos turistas que gostam de ir para lá, simplesmente para passear por suas ruas, que datam da época medieval.

Na época de sua fundação, em períodos medievais, Kutná Hora possuía muitas minas de prata, o que a tornou a segunda cidade mais importantes da Boêmia, depois de Praga.

Leia mais: Como é o réveillon em Praga

Como foi nossa viagem para Kutná Hora
Como foi nossa viagem para Kutná Hora

Ossuário de Sedlec

Começamos o passeio em Kutná Hora pela pequena capela de ossos, conhecida como Ossuário de Sedlec. É mesmo surreal e emocionante pensar que dentro desses crânios, existiram, um dia, cabeças pensantes.

Confesso que nos arrepiamos vendo tantos ossos humanos juntos. De início pensei que fossem ossos de judeus vitimados pelo genocídio da Segunda Guerra Mundial, mas descobri que os ossos pertencem a vítimas de guerras religiosas e da peste negra, que assolou a região no século XIV.

Entre 40 mil a 70 mil ossos servem de mobília e decoram bizarramente o interior de três naves laterais, construída em estilo barroco por um mórbido entalhador.

Na entrada do Ossuário de Sedlec, anjos com as asas abertas acolhem os visitantes e inscrições religiosas surgem aqui e ali, formadas por tíbias e fêmurs.

Vista Interna do Ossuário de Sedlec
Vista Interna do Ossuário de Sedlec

Pode-se ver cálices enormes formados por cóccix e omoplatas, crânios que são usados como candelabros e pendurados em correntes nas colunas e no teto.

“Em um canto da capela pudemos ver um cordão feito com crânios, mas o que nos chamou mais a atenção foram as pilhas de ossos em formato de sino.”

Nesse recinto macabro, visitantes fazem pedidos e até oram enquanto jogam moedas sobre os ossos.

É mesmo surreal olhar os detalhes do lustre que domina a nave principal, composto por, pelo menos um exemplar de cada osso humano.

Juntamente com o brasão da família Schwarzenberg, é uma das peças mais admiradas da capela dos ossos.

Mesmo com toda essa bizarrice, o ossuário recebe em torno de 200 mil visitantes por ano e está entre as atrações mais populares da República Tcheca.

Leia mais: Como é o réveillon na República Tcheca

Lustre central da Igreja dos Ossos, montado com todos os ossos existentes em um corpo humano
Lustre central da Igreja dos Ossos, montado com todos os ossos existentes em um corpo humano

A origem do ossuário de Kutná Hora

Depois de visitar o Ossuário de Sedlec e ficar espantados com o lugar decidimos pesquisar a história e origem do ossuário para contar aqui para vocês.

Conta a história que, em 1278, o abade do mosteiro de Sedlec foi para Jerusalém a mando do Rei Otacar II da Boêmia, e ao voltar, trouxe um punhado de terra do Santo Calvário.

Essa terra foi espalhada no cemitério do mosteiro, o que fez com que o Sedlec começasse a ser vista como Terra Santa.

Cemitério do Ossuário de Sedlec
Cemitério do Ossuário de Sedlec

A partir daí pessoas de poder e prestígio da região passaram a ser enterradas no local após morrer.

Conta-se que durante o primeiro surto da peste negra, nos meados do século XIV, cerca de 30 mil pessoas foram enterradas no entorno do mosteiro, o que expandiu a área do cemitério.

Diz a história que a igreja gótica e a capela subterrânea utilizada como ossuário foi construída por volta de 1400, e que, a partir de 1511 um monge cego passou a exumar os ossos e colocá-lo na capela.

A capela superior e o muro frontal em estilo barroco foram construídos em 1703 e 1710, mas os ossos só passaram a ser organizados em 1870, com a contratação do xilógrafo Frantisek Rint, que em uma parede próxima à entrada assina a obra.

>> Adquirir ingressos e passeios para a sua viagem

Igreja gótica do Ossuário de Sedlec
Igreja gótica do Ossuário de Sedlec

Outros passeios em Kutná Hora

Saindo do Ossuário, visitamos outros locais importantes em Kutná Hora que vamos contar em mais detalhes abaixo.

Igreja de Santa Bárbara

Saindo do ossuário, visitamos a Catedral Gótica de Santa Bárbara, listada no patrimônio mundial da Unesco, bem como a Catedral da Assunção da Nossa Senhora, construída em estilo barroco, bem perto da igreja de ossos.

“Confesso que me extasiei diante de tanta beleza! Ela é realmente linda e majestosa e vale a visita!”

Conhecida também como Templo de Santa Bárbara, é uma igreja católica romana, estruturada em estilo gótico que se encontra entre as mais famosas da Europa Central.

Linda e majestosa, a Catedral de Santa Bárbara - vista do jardim
Linda e majestosa, a Catedral de Santa Bárbara – vista do jardim

Sua construção foi interrompida e retomada diversas vezes até sua fundação em 1830. Em 500 anos passou por modificações e aperfeiçoamentos que lhe garantiram a beleza e a posição atual.

Conta a história que a igreja foi iniciada pelos habitantes do local, em uma espécie de competição com a Catedral de São Vito, em Praga, que falamos no texto sobre a Cidade Pequena, e também com o mosteiro Sedlec em Kutná Hora.

Com isso, os moradores visavam mostrar a força da cidade e sua independência da capital católica.

Em minha opinião, a igreja é mesmo uma rival digna da Catedral de São Vito. Seu interior espalha-se por cinco naves fascinantes, sendo as três naves centrais em forma de pirâmide, o que lhe dá mais altura e atração.

>> Leia também: Dicas para as férias de julho na Europa

Vista da Cidade de Kutná Hora, que apreciamos da Igreja de Santa Bárbara
Vista da Cidade de Kutná Hora, que apreciamos da Igreja de Santa Bárbara

O teto decorado de suas naves, com flores e brasões nos faz sonhar. Algumas capelas ostentam afrescos medievais que descrevem brilhantemente o trabalho dos mineiros da cidade e sua vida secular, rivalizado com a beleza dos altares, púlpito e vitrais coloridos.

Me encantei com as estátuas de pedra, que representam criaturas mitológicas, humanas e animais, que vista sob as luzes de seus lindos vitrais, nos remete de volta aos primórdios da história.

Estátuas estilo barroco na Igreja Santa Bárbara
Estátuas estilo barroco na Igreja Santa Bárbara

Nas tábuas inferiores de seus bancos de madeira entalhados (originais do século XV) me ajoelhei e agradeci o privilégio de estar ali juntando minhas orações a outras tantas que ali foram feitas durante séculos.

Interior da Igreja de Santa Bárbara
Interior da Igreja de Santa Bárbara

Igreja de São Tiago

Concluída em 1420, a Igreja de São Tiago é a igreja mais antiga da cidade. Destaca-se por sua torre de 86 metros, que compensa a outra torre do projeto inicial, cuja construção foi abandonada mais tarde.

É também conhecida como Igreja Alta ou Church of Saint James e possui uma maravilhosa vista junto a um mirante. Foi a primeira igreja de pedra construída em Kutná Hora.

Igreja de São Tiago em Kutná Hora
Igreja de São Tiago em Kutná Hora

Igreja de Nossa Senhora

Localizada ao lado do Ossuário de Sedlec, com estilo arquitetônico gótico, a Catedral da Assunção de Nossa Senhora de Sedlec faz parte de um antigo mosteiro criado pelo rei Venceslau II.

Ela também foi tombada pela Unesco como Patrimônio da Humanidade no ano de 1995.

Diferente de outras igrejas góticas de Kutná Hora, a Igreja de Nossa Senhora possui um interior muito claro e simples, que contrasta com seu exterior, pois os monges pregavam a simplicidade.

Suas obras e relíquias sagradas remetem à morte, como ocorre nas igrejas da cidade, e contrastam com suas paredes amarelas.

>> Leia também: Como é o réveillon na Europa

Vista da rua Barborska em Kutná Hora
Vista da rua Barborska em Kutná Hora

Igreja de São João Nepomuceno

Datada dos meados do século XVII, a Igreja de São João Nepomuceno é a única igreja barroca construída em Kutná Hora.

Fez parte de um monastério fundado em 1280 e é o primeiro exemplo de arquitetura gótica na Boêmia.

Foi tombado como Patrimônio Mundial da Humanidade pela Unesco no ano de 1994.

O Colégio Jesuíta é a segunda maior galeria da República Tcheca
O Colégio Jesuíta é a segunda maior galeria da República Tcheca

Colégio Jesuíta

O Colégio Jesuíta foi construído entre 1667 e meados do século XVIII e abriga hoje uma galeria de arte.

Foi a realização de um sonho dos jesuítas que chegaram a Kutná Hora em 1926, voltando todos seus cuidados às crianças.

“É um lugar que traz uma paz de espírito muito grande e complementa esse passeio de muita fé entre os vários passeios de Kutná Hora.”

Vista lateral do Colégio Jesuíta em Kutná Hora
Vista lateral do Colégio Jesuíta em Kutná Hora

Corte Italiana

A Corte Italiana é o local onde as moedas de prata foram cunhadas na Idade Média.

Recebeu esse nome dos banqueiros de Florença, que a pedido do Rei Venscelau II, ali implementaram, em 1300, a reforma monetária que substituiu as antigas moedas de prata pela moeda de prata Prague Groschen.

Naquela época a nova moeda chegou a ser uma das divisas mais fortes da Europa, até chegar hoje na moeda oficial do país que é a coroa tcheca.

>> Conferir moeda dos países do mundo

Pátio do prédio da Corte Italiana
Pátio do prédio da Corte Italiana

Gastronomia de Praga

Após um passeio tão místico e um tanto macabro, voltamos à Cidade Antiga de Praga com muita fome e com vontade de continuar experimentando as delícias da gastronomia de Praga.

Acabamos jantando ali por perto de onde nos hospedávamos, na rua Celetná, onde encontramos uma pizzaria que havia sido indicada na recepção do Hotel Paris (infelizmente não lembramos mais o nome).

“Degustamos ali uma pizza de presunto Parma muito boa. Desta vez, nada com ossos. Rsrss”

Que tal experimentar uma pizza de parma em Praga?
Que tal experimentar uma pizza de parma em Praga?

Finalizando

O passeio por Kutná Hora foi realmente diferente e ao mesmo tempo renovador por tantas particularidades das igrejas da cidade e do Ossuário de Sedlec.

Procuramos trazer ao longo do artigo detalhes de como foi essa experiência de viagem e dicas para que você também pudesse aproveitar os principais pontos turísticos da cidade.

Lembre-se que ao viajar para Praga, recomendamos a viagem com um seguro de viagem. Algumas boas opções você encontra no site da Seguros Promo.

Agora queremos ouvir a sua opinião. Você entraria no Ossuário de Sedlec durante a viagem? Ou somente olharia a igreja dos ossos por fora? Deixe o seu comentário!

Abraço e até o próximo artigo da nossa série de viagem!

SUA VIAGEM COMEÇA AQUI!

  • Se quiser viajar para o paraíso, o Zarpo tem os melhores pacotes de viagem em resorts e hotéis de tirar o fôlego.
  • Para encontrar a passagem aérea com o menor preço do mercado, não deixe de consultar o site da MaxMilhas que consulta os preços em várias companhias aéreas!
  • Reserve diárias de hotel no mundo inteiro de maneira prática e segura no Booking.com, com opção de cancelamento grátis e sem precisar pagar antecipadamente!
  • Precisa de aluguel de carro? Na RentCars o pagamento é feito em reais, sem cobrança de IOF parcelado sem juros no cartão ou com 5% de desconto no boleto.
  • E não esqueça do seguro viagem. Na Seguros Promo você usa o cupom VIDADETURISTA5 e ganha desconto de 5% na compra.
  • Para os passeios, ingressos para tours, shows e entradas em museus você pode contar com a Get Your Guide em vários lugares do mundo.
  • Com o cupom VIDADETURISTA da América Chip você ganha 5% de desconto na compra de um chip internacional para viajar conectado o tempo todo.

Ao fazer uma compra com um parceiro através do blog recebemos uma pequena comissão. Ninguém paga a mais por isso e de quebra ajuda o blog a trazer sempre artigos e novidades atualizadas. Obrigado! =)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *