Caos nos aeroportos britânicos pode desviar parte do tráfego corporativo

A notícia de hoje fala sobre a crise aérea, porém dessa vez não no Brasil, e sim o caos nos aeroportos britânicos. Como podemos ver, os problemas não acontecem somente no Brasil, mas também em outros lugares do mundo. Com certeza não é na mesma magnitude daqui do Brasil, mas não deixa de ser um problema aéreo fora daqui. Que os dois países aprendam a lição.

Caos nos aeroportos britânicos

Um número significativo de business travelers pode ser desviado para outras cidades da Europa, em função do congestionamento e dos atrasos nos aeroportos do Reino Unido.

A conclusão é de uma pesquisa informal da ACTE – Association of Corporate Travel Executives, aplicada entre “senior travel managers” no Reino Unido, em agosto último. Entre as companhias multinacionais que participaram da pesquisa, 80% estão sugerindo em suas empresas que as reuniões em aeroportos sejam transferidas do Reino Unido para outras cidades, como Frankfurt ou Amsterdam.

Dois terços (66%) dos participantes atribuíram a instalações ultrapassadas, ao volume de tráfego e às medidas de segurança, os motivos para os constantes atrasos nos aeroportos britânicos.

Mais da metade dos travel managers (60%) estão trabalhando com o conceito “demand management” e os 40% restantes não, mas estão considerando sua adoção. Trata-se de um processo de alternativas para viagens, adotado para reduzir o volume interno de viagens corporativas.

Na prática, o “demand management” utiliza moderna tecnologia para interligar laptops e desktops para teleconferências em tempo real. A diretora executiva da ACTE, Susan Gurley, foi conclamada a colocar o problema do congestionamento nos aeroportos como prioridade na agenda da indústria de business travel.

“É hora dos segmentos-chave da indústria de administração de viagens trabalharem juntos e tentarem alcançar um consenso sobre o congestionamento nos aeroportos”, disse a executiva.

Caos nos aeroportos britânicos
Caos nos aeroportos britânicos

Fonte: Business Travel

TAM reformula o site oferecendo novos serviços

A notícia de hoje fala que a TAM reformula o site com uma série de novos serviços oferecidos aos seus clientes. Eu que trabalho com informática, sei que os sites de cias aéreas tem muito a melhorar. Eles deveriam se basear em sites de comparação de preços de viagens de várias cias aéreas que estão muito a frente. Pelo menos a TAM deu um passo para melhorar os serviços existentes.

TAM reformula o site

A TAM Linhas Aéreas reformula o site www.tam.com.br, que agora apresenta um visual mais moderno e propicia maior agilidade de navegação ao usuário. Com nova escala de cores, o site oferece navegação mais intuitiva e facilita o acesso dos passageiros às informações e serviços disponibilizados pela companhia aérea.

O conteúdo do site também foi reestruturado e dentre as funcionalidades já existentes, o sistema “Compre Fácil” oferece uma nova ferramenta de busca dos vôos, calendário para facilitar a escolha das datas e mapa interativo das rotas internacionais. O mapa mostra as conexões possíveis no exterior em vôos de companhias parceiras.

Ganharam destaque os hotsites “Destinos Internacionais” – apresenta os vôos internacionais operados pela companhia com dicas de hospedagem, alimentação, cultura e lazer na cidade escolhida -, “Ofertas TAM” e “TAM Informa”.

Os canais “Serviços” e “Informações” também foram aprimorados e esclarecem possíveis dúvidas dos clientes, além de apresentarem as facilidades oferecidas e todos os serviços que podem ser utilizados ou solicitados antes do embarque, no aeroporto, a bordo da aeronave e após o pouso.

Outra comodidade é o “Check-In Fácil Web”, que permite ao passageiro imprimir seu cartão de embarque através do site, evitando a fila do balcão de check-in no aeroporto.

Para os clientes do Programa Fidelidade, a TAM disponibilizou o serviço online de resgate de pontos. O passageiro escolhe seus vôos e, no final do processo de compra, pode escolher o Cartão Fidelidade como forma de pagamento.

Além disso, se a TAM reformula o site, é possível ver como novidade a opção de consultar o extrato, solicitar pontuação, alterar senhas e atualizar dados cadastrais.

TAM reformula o site
TAM reformula o site

Fonte: Business Travel

Estudo HRG demonstra a evolução das tarifas hoteleiras no 1º semestre

A notícia de hoje fala sobre um estudo da HRG demonstrando a evolução das tarifas hoteleiras no 1º semestre, dados estes muito interessantes para as agências de viagens, redes hoteleiras e o mercado de turismo como um todo.

Evolução das tarifas hoteleiras

Nas grandes cidades da Europa as tarifas hoteleiras continuam aumentando, segundo pesquisa da HRG UK para o primeiro semestre, cujos resultados foram divulgados terça-feira.

O recorde foi de Barcelona, com aumento de 18%, seguida de Berlim, com 17%. As diárias médias nos principais mercados europeus apresentaram crescimento, com exceção de Genebra, que registrou queda de 3%.

A diária média em Nova York aumentou 4%, para US$ 361.29, e só foi superada pela diária média de Moscou, de US$ 473.05, segundo a pesquisa. Entre as “Top 10” com maior aumento de tarifas, a única cidade norte-americana que aparece é Houston, com variação de 8%.

O grande tráfego registrado para Mumbai, na Índia, levou a cidade a registrar um aumento consolidado de 30% na diária média do primeiro semestre de 2007, comparado com o mesmo período do ano passado. Mumbai já havia registrado um aumento de 49% em sua diária média em 2006 e a tendência deve continuar, segundo o estudo da HRG.

Por causa das reservas de última hora, 28% das tentativas de reserva não foram atendidas no primeiro semestre de 2007. A pesquisa da HRG UK diz que mais de um terço dessas reservas negadas ocorreram, porque as tarifas corporatias negociadas não foram inseridas nos sistemas globais de distribuição.

A pesquisa foi baseada nos números da indústria, no volume de room nights reservados e nas tarifas pagas pelos clientes da HRG do Reino Unido. As tarifas hoteleiras foram levantadas em libras esterlinas e convertidas em dólares norte-americanos pelo câmbio do dia 30 de junho.

Fonte: Business Travel

Estudo da HRG sobre a evolução das tarifas hoteleiras
Estudo da HRG sobre a evolução das tarifas hoteleiras

Colômbia está cobrando de seus visitantes US$ 5 de imposto de turismo

A notícia de hoje fala sobre a Colômbia e uma absurda notícia para os turistas que visitam o país. Ela está cobrando US$ 5,00 de imposto de turismo para quem visita alguma cidade de lá.

Já pensou, você ter de pagar ao Governo para ir à Europa? Ter de pagar para visitar os EUA? O Brasil começar a cobrar de seus visitantes um imposto para descer no país? Que grande incentivo ao turismo hein? Comente!

Imposto de turismo na Colômbia

Desde o dia 1º de junho, regulamentado por decreto do ministério de Comércio, Indústria e Turismo da República da Colômbia, os visitantes daquele país estão pagando US$ 5 a título de “Imposto de Turismo”.

A cobrança está sendo feito pelas companhias aéreas em cada aeroporto de embarque, em moeda local e pela taxa cambial vigente no dia, de todos os passageiros que tenham a Colômbia como destino final (a cobrança não é devida aos passageiros em trânsito).

Mediante comprovação, estão isentos da cobrança os passageiros que viajam com passaporte colombiano, diplomatas de países que mantêm relações com a Colômbia, passageiros com mais de 65 anos, estudantes, bolsistas e docentes investigadores (pesquisadores), além dos passageiros em trânsito, que deverão comprovar a condição através do cartão de embarque da conexão.

Fonte: Business Travel

Imposto de turismo na Colômbia
Imposto de turismo na Colômbia

A TAM lança versão do Check-in Web Fácil com funcionalidades ampliadas

A notícia de hoje é sobre as novidades da Tam no lançamento do Check-in Web Fácil.

Check-in Web Fácil com novidades

A TAM Linhas Aéreas modernizou seu Check-in Web Fácil para os principais aeroportos brasileiros, ampliando as funcionalidades do sistema. A partir de agora, o passageiro realiza normalmente o seu check-in pela internet e pode imprimir o cartão de embarque em casa ou no escritório, além de confirmar lugar na aeronave e escolher o assento de sua preferência, sem necessidade de senha.

Os principais objetivos dessas renovações são proporcionar mais agilidade e comodidade aos clientes que realizam vôos domésticos, que poderão chegar ao aeroporto mais próximo do horário programado do vôo, além de evitar eventuais filas nas posições tradicionais de atendimento.

O funcionamento do Check-In Web Fácil é simples: basta que o passageiro entre no site www.tam.com.br , clique na opção “realizar o meu check-in” e digite o número do seu bilhete eletrônico (e-ticket). Em seguida, é preciso apenas confirmar dados do vôo, escolher o assento e digitar em “imprimir”. Se o passageiro estiver em um vôo com conexões, será impressa uma folha para cada vôo. O mesmo ocorrerá se houver troca de assentos durante a viagem (como já ocorre no check-in convencional).

Já o passageiro que por algum motivo não conseguir imprimir seu cartão de embarque via internet, pode fazê-lo normalmente nos totens de auto-atendimento disponíveis nos aeroportos ou nos balcões de atendimento da companhia aérea. O sistema possui certificação digital (SSL) e dá ao passageiro a opção do envio de confirmação do check-in via e-mail ou SMS.

O passageiro deve se apresentar para embarque com, no mínimo, 30 minutos de antecedência ao vôo para realização dessa etapa. Já os passageiros com bagagem para despachar devem se apresentar ao balcão da companhia para identificação das malas, com antecedência superior a meia hora.

Já estão habilitados para receber o Check-in Web Fácil Definitivo os aeroportos de:

  • Congonhas, Guarulhos, Ribeirão Preto, Viracopos e São José do Rio Preto (SP);
  • Santos Dumont e Tom Jobim (RJ);
  • Vitória (ES); Confins e Uberlândia (MG);
  • Curitiba, Londrina e Foz do Iguaçu (PR);
  • Florianópolis e Navegantes (SC);
  • Porto Alegre (RS);
  • Brasília e Goiânia (DF);
  • Campo Grande (MS);
  • Cuiabá (MT);
  • Recife (PE);
  • Salvador (BA);
  • Aracaju (SE);
  • Belém (PA);
  • Fortaleza (CE);
  • Maceió (AL);
  • Natal (RN).

Até o fim do mês, os demais aeroportos brasileiros nos quais a TAM mantém operação também contarão com essa facilidade.

Check-in Web Fácil
Check-in Web Fácil

Fonte: Business Travel

NBTA 2007, maior evento de business travel do mundo

A notícia de hoje é sobre o NBTA 2007, um dos maiores eventos de business travel do mundo.

Informações sobre o NBTA 2007

O maior evento anual do mundo especializado exclusivamente em business travel, o NBTA 2007 – 39º NBTA International Convention & Exposition, organizado e promovido pela NBTA – National Business Travel Association, está sendo realizado em Boston, MA, nos EUA.

A solenidade oficial de abertura aconteceu no domingo à noite, na The Boston Public Library, mas o Boston Convention & Exposition Center, local onde o evento acontece de 22 a 25 de julho para receber os participantes da NBTA 2007 no Pavilhão de Tecnologia.

Estimativas da NBTA divulgadas no final de junho, informavam que cerca de 1.250 de travel managers já estavam inscritos para o evento em Boston, que deve receber um total de 6.000 profissionais de business travel, de 30 países.

Entre os participantes estarão ainda mais de 1.300 compradores representando empresas e agências governamentais, além dos representantes das 450 empresas expositoras. Mais de 40 sessões educacionais proverão aos participantes as informações sobre as últimas tendências, programas e opções para a gestão de viagens corporativas, capacitando-os a maximizar o valor das viagens em suas empresas.

Palestras principais de reconhecidos líderes (keynote speakers) – como Colin Powell (ex-secretário de Estado dos EUA), Gordon Betune (presidente do conselho do Aloha Airgroup e ex-CEO da Continental Airlines) e Bob Crandall (ex-presidente da American Airlines), entre outros -, também integram o programa da NBTA 2007.

NBTA
NBTA

Fonte: Business Travel