Turismo em debate: Internet wi-fi gratuita nos estabelecimentos turísticos

Hoje é dia de falar de internet wi-fi. Em 2012, grandes blogueiros de turismo da internet se uniram para colocar em pauta o turismo em debate, discutindo mês a mês assuntos que: ajudam os turistas em suas viagens, a preocupação com o meio-ambiente, além de outros assuntos de responsabilidade social.

E você pode acompanhar as discussões sempre com a hashtag #turismoemdebate no Facebook e Twitter.

O tema deste mês de janeiro é sobre o wi-fi gratuito em estabelecimentos turísticos. Sim! Você há de concordar leitor. Nada mais chato que você ter que pagar para usar wi-fi em aeroportos, hotéis e restaurantes. Ou pior, não ter wi-fi nesses lugares para você se conectar com a família e os amigos.

Isso vale inclusive para pontos turísticos famosos, como o caso das Cataratas do Iguaçu que vivenciei na viagem pelo BlogTur. Lá estava repleto de turistas estrangeiros batendo fotos, mas sem wi-fi, com o Brasil perdendo na divulgação gratuita e instantânea do local.

Internet wi-fi grátis
Internet wi-fi grátis

Porque não disponibilizar internet wi-fi grátis?

E é por essa e outras que me pergunto:

  1. Por que essas empresas não disponibilizam wi-fi gratuito para os usuários?
  2. Será que o custo de infra-estrutura para manter internet wi-fi gratuita é tão caro assim?
  3. É medo de que suas redes sejam utilizadas ou invadidas por usuários piratas?

Para a primeira pergunta, não há motivo aparente. Uma empresa de turismo que disponibiliza wi-fi gratuito para seus usuários:

  • Permite que elas divulguem seu estabelecimento em redes sociais com fotos que se conectam automaticamente com TwitterFacebook.
  • Permite que os clientes deem comentários em sites e aplicativos como o Foursquare, TripAdvisor, Minube recebendo um feedback instantâneo do lugar.
  • São chamariz para pessoas que vivem conectadas atingindo em cheio um público altamente consumidor.

Já escutei até comentários de amigos que entre um estabelecimento que tem wi-fi e um sem wi-fi optaram por aquele que tem, mesmo não sendo melhor ou mais barato que o outro.

Para a segunda pergunta, basta analisar o seguinte:

  • Média de um modem wi-fi de bom alcance: R$ 200,00
  • Média da mensalidade internet ADSL de 2 MB: R$ 100,00
  • Fidelizar clientes, receber elogios, divulgar em redes sociais, chamar novos clientes para seu estabelecimento: Não tem preço.

Lembrando que se for fornecer internet wi-fi gratuita, deve ser internet de boa velocidade, bom alcance e que não fique caindo, pois senão poderá pesar negativamente para seu estabelecimento. Invista mais para receber mais.

Modem wi-fi
Modem wi-fi

Para a terceira pergunta, você pode resolver da seguinte forma:

  • Manter a rede da empresa separada da rede wireless gratuita
  • Criar uma senha única para que somente clientes utilizem o wi-fi
  • Alterar a senha wireless do estabelecimento uma vez por mês
  • Limitar a velocidade da internet wireless por usuário
  • Colocar um firewall para impedir acesso a sites proibidos

Mas nada de criar empecilhos para o usuário se conectar na internet como cadastro com nome, e-mail, telefones, etc. Isso é uma burocracia desnecessária e irrita.

Com o advindo de netbooks, smartphones, tablets e outros a empresa deveria investir em alguém para manter o institucional da empresa nas redes sociais, responder as dúvidas/críticas dos clientes e inclusive fornecer descontos e outros brindes para quem usa o wi-fi fazendo a divulgação do estabelecimento por meio da internet wi-fi.

Aplicativos móveis wi-fi
Aplicativos móveis wi-fi

Olhando mais para frente ainda, investir em aplicativos em aparelhos móveis dos lugares contendo mapas turísticos, integração com as redes sociais, preços de cardápios, hospedagens, passeios, além de oferecer dicas de turismo para os clientes.

Quem ganha com tudo isso? Clientes, empresas, destinos turísticos, usuários da internet, redes sociais com informações atualizadas sobre o lugar, entre outros.

Wi-fi free já!

Internet wireless free
Internet wireless free

E você, qual sua opinião sobre o assunto? Já teve experiências positivas ou negativas no uso da internet wi-fi enquanto esteve viajando?

Abraço!

Sua viagem começa aqui!

Reserve sua hospedagem em qualquer lugar do mundo de maneira rápida e segura, com opção de cancelamento gratuito e sem pagamento antecipado!

Precisa alugar um carro? Na RentCars a cobrança é feita em reais, sem IOF e em até 12x sem juros no cartão ou com 5% de desconto no boleto.

Se quiser viajar para o paraíso, o Zarpo tem os melhores pacotes de viagem.

E não esqueça do seguro viagem. Na Real seguro viagem o pagamento pode ser em até 6x sem juros no cartão ou com desconto de 5% no boleto.

Ao reservar com um parceiro através dos nossos links recebemos uma pequena comissão. Você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda o blog a se manter sempre atualizado com novas dicas de viagem. Obrigado! =)

Conteúdo relacionado

Thiago Cesar Busarello

Thiago Busarello é autor e criador do Vida de Turista, no qual adora viajar e falar do assunto de turismo e viagens, compartilhando dicas e informações de viagens com os leitores.

6 comentários em “Turismo em debate: Internet wi-fi gratuita nos estabelecimentos turísticos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *