Mochileiros

Mochileiros

Quer título melhor para representar um mochileiro do que viajante independente? Pois essa é a característica mais marcante de viajantes mochileiros. São viajantes que organizam suas viagens por conta própria, utilizando hospedagens econômicas por onde passam principalmente reservando albergues ou ficando na casa das pessoas que vão conhecendo.

As viagens geralmente são mais longas que as dos tradicionais turistas, formada principalmente por jovens e/ou estudantes que querem conhecer o mundo sem gastar muito. O transporte dos mochileiros na maioria das vezes é a pé ou por carona.

Mochileiros

Para não dizer que os mochileiros viajam sozinhos, a mochila é a principal companheira de viagem, no qual cada um leva o que acha interessante para si. Uns levam mais roupas, outros alguns utensílios para a comida e claro, câmera digital para registrar os momentos marcantes das viagens.

Há também os grupos de mochileiros que se reúnem para viajar para um determinado local. Com a disseminação da internet então, essa prática está se tornando mais comum a cada dia. Porém sempre tem alguns que vão somente na cara e na coragem, quase como um desafio pessoal, é uma forma de se ver livre, dizer ao mundo que se está à disposição de novos conhecimentos, novos aprendizados. Quem gosta de viajar sabe que uma viagem enriquece muito o espírito.

Não tive a experiência de ser mochileiro ainda, porém assim como fazer um acampamento, está na minha lista de atividades para me tornar um turista completo. Uma mochila grande eu já tenho. Agora falta me aventurar pelo mundo.

Para quem busca parceiros de mochila para se aventurar pelo mundo, um dos sites mais famosos é o Mochileiros.com. O site deles tem muito conteúdo interessante, inclusive com pessoas compartilhando a vontade de querer viajar para um determinado lugar e buscando cia. No mínimo você fará novas amizades.

Mochileiros
Mochileiros

E você, é mochileiro de coração? Tem muitas experiências e aventuras pra compartilhar? Deixe seu comentário!

Abraço e até o próximo post!

Curtiu? Dê seu joinha pra gente!

Sua viagem começa aqui!

Reserve sua hospedagem em qualquer lugar do mundo de maneira rápida e segura, com opção de cancelamento gratuito e sem pagamento antecipado!

Precisa alugar um carro? Na RentCars a cobrança é feita em reais, sem IOF e em até 12x sem juros no cartão ou com 5% de desconto no boleto.

Se quiser viajar para o paraíso, o Zarpo tem os melhores pacotes de viagem.

E não esqueça do seguro viagem. Na Real seguro viagem o pagamento pode ser em até 6x sem juros no cartão ou com desconto de 5% no boleto.

Ao reservar com um parceiro através dos nossos links recebemos uma pequena comissão. Você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda o blog a se manter sempre atualizado com novas dicas de viagem. Obrigado! =)

Publicado por

Thiago Cesar Busarello

Thiago Busarello é autor e criador do Vida de Turista, no qual adora viajar e falar do assunto de turismo e viagens, compartilhando dicas e informações de viagens com os leitores.

9 comentários em “Mochileiros”

  1. Viajamos o mundo em 17 meses com uma mochila nas costas. Foi demais, a melhor coisa que já fizemos em nossas vidas e foi exatamente como você comentou no post. Demais!

  2. Olá, já acampei várias vezes e fiz algumas viagens. A 3 anos penso em largar tudo e colocar a mochila nas costas e sumir mundo a fora o problema é a grana.

  3. Arrarrarra mochilero ha aventureiro, que mano sou bicho solto. Larguei tudo: serviço concursado, casa, móveis e faculdade. Tudo isso as 02:00 da matine só deixei uma carta encima da cama com os dizeres to a pampa, abraços. Já fui peguei a moto Titan 150 ano 2004, algumas peças de roupas, uma bíblia, uma vara de pesca, uma lanterna, uma garrafinha de água, algumas chaves estrelas 17, 13, 10, uma faca e capei o gato, de SP para onde Deus me levasse. Detalhe apenas com um cartão de débito com 1800 em conta. No bolso nada. Fui pela Anhanguera até amanhecer o dia, ai dormi em um motel beira de estrada, acho que em Santa Rita, isso das 07:00 às 12:00, estrada a noite em Minas Gerais foi mais uma noite em um motel. Amanheceu e estrada sai da frente, sou leão e ninguém me segura. Meu celular sempre desligado. Anoiteceu em Goiás em motel. Amanheceu cortei Goiás até Goiânia em pousada o que estou fazendo, estou louco? Não estou! Ai ar de liberdade e estrada pela primeira vez. A corrente da moto quebrou. Empurrei 1 km até encontrar ajuda em uma província. Um motoqueiro me empurrou até a oficina, pensa que é fácil? Não só pra quem é livre desprendido dos ilusórios valores sociais. Riqueza pra mim é isso liberdade em plena Br. Belém, Brasília ai é só por Deus. Paisagens deslumbrantes, vida selvagem, ambulantes rios, exorbitantes e eu alguns quilos mais magro. Você ta na selva sem cachorro caça com gato. Para satisfação da alma, o corpo se sacrifica já se passaram 5 dias de viagem depois de Goiânia, os postos não aceitavam mais cartão. Eu deveria ter tirado dinheiro, imprevisto, mas a situação faz hora enche ai não aceita cartão. Tira e nessa sobrava um pouquinho a mais de gasolina até km e km encontrei um banco dei risada de mim mesmo quando li placa balboziei. To no Maranhão e mais uns dias Palmas, Tocantins até Belém 7 dias de viagem. Fim de estrada imprevisto agora objetivo é Rio Amazonas. Um bom samaritano me informou que não da pra chegar de moto com medo me conduziu até o Porto Santa Cruz Santarém ou Manaus. Vou pra Manaus quanto mais longe melhor. Continua…

    1. Olá Claudião, obrigada por compartilhar sua experiência aqui conosco. Muitas pessoas também pensam em fazer uma aventura dessas, mas falta coragem. Com a sua história muitos vão se sentir motivados. Abraço!

  4. Em outra oportunidade ainda tenho muito pra relatar. Os seis dias até Manaus. Hoje vivo à um ano nessa cidade e logo mais Ceará, Pantanal, Bhaia é só me estabilizar mais um pouco. Detalhe já consegui comprar uma casa, aqui com o meu suor de vigilante e também aqui já vou ser pai. Só tenho a dizer para sujeito de personalidade coragem e pensamento livre. Liberdade. Envie perguntas ao meu e-mail [email protected]

  5. Lembre-se se tomar esse destino se desprendam do medo, as estradas são perigosas. Talvez você não chegue, talvez você não volte. Seus sentimentos serão seus maiores inimigos e se a saudade bater fuja. Esteja convicto não vá pela emoção e sim pelo coração. Pelo espirito livre por que uma viagem assim não é pra escoteiro ou pra aventureiro sem causa, é uma viagem para homem de verdade. O curso de sobrevivência na selva é feito em jardim se comparado com esse lugar. Se não tiver preparado fica no seu videogame, na sua TV, no aconchego do seu lar, na cidade, para não chorar onde a mãe não pode ver e o pai pode ajudar. Para não se arrepender tremendo e chorando que nem criança com fome no escuro agora se tem coragem vamos, ai fui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *